Choque de horário · 17/10/2019 - 16h29 | Última atualização em 17/10/2019 - 17h54

Dr.Lázaro propõe mudar horário das sessões para reduzir faltas na Câmara de Teresina


Compartilhar Tweet 1



Durante a discussão sobre a ausência de parlamentares nas sessões da Câmara de Teresina, o vereador Dr. Lázaro levantou a possibilidade de mudança no horário de expediente na Casa.

“Considero que nosso horário dificulta parte da atuação, do trabalho do vereador. Confesso que também tenho uma dificuldade tremenda de marcar audiências, demandas no Ministério Público, nas SDUs e secretarias. Meu desejo é de estar presente, mas eventualmente, por essa questão de choque de horário em ações importantes, a gente acaba tendo que se ausentar”, justifica. 

Na Câmara de Teresina, as sessões acontecem regimentalmente às terças, quartas e quintas-feiras, a partir das 8h. Até fevereiro de 2013, as sessões iniciavam às 11h, seguindo até 13h. Na época, o então presidente Rodrigo Martins argumentou que iniciando os trabalhos mais cedos, haveria garantia da presença de servidores na Casa, além de otimizar o tempo das sessões, que passaram a ocorrer em apenas um turno.

 

Comentar
Vereadora cobrou colegas · 17/10/2019 - 16h02 | Última atualização em 17/10/2019 - 17h54

Polêmica dos faltosos: Joaquim do Arroz culpa falta de articulação do Executivo


Compartilhar Tweet 1



O vereador Joaquim do Arroz também reagiu às declarações da líder do prefeito Firmino Filho na Câmara, a vereadora Graça Amorim, que reclamou dos faltosos e cobrou desconto no salário daqueles que não justificam ausência nas sessões. 

O parlamentar foi um dos que faltou nesta semana. Segundo ele, na terça (15), por conta de uma audiência com Paulo Lopes, da SDU Sul, e na quarta (16), devido agenda com o Carlos Daniel, da SDU Norte. 

E culpou a falta de sintonia do Executivo com o Legislativo, pelas recorrentes ausências em Plenário.

“Talvez essa falta  de comunicação, de sintonia, do Executivo com essa Casa, possa gerar esse tipo de situação (...) Falta de articulação não é motivo para levar essa Casa à chacota dentro da imprensa”, argumentou.

Respondendo diretamente à Graça Amorim, que disse não ser babá de vereador para dar conta da presença de cada um para análise de projetos de interesse do município, Joaquim do Arroz diz que houve desrespeito por parte da colega.

“Vereador aqui não é para ser bebê de ninguém, para ter babá cuidando. Vereador tem que fazer é trabalhar, como eu trabalho, de domingo a domingo. É uma falta de respeito com essa Casa, com os vereadores e com meu presidente [Jeová Alencar], que não é nenhum relapso, nem de estar passando a mão na cabeça de ninguém”, disparou.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Mesmo irritando muitos vereadores, o fato é que as reclamações de Graça Amorim (PMB) sobre o esvaziamento das sessões na Câmara de Teresina tiveram resultado. Nesta quinta-feira (17) o Plenário estava lotado. Ontem, a vereadora cobrou o cumprimento do previsto no regimento da Casa, para que seja feito corte no salário dos parlamentares que faltarem e não apresentarem justificativa.

 

Comentar
Câmara de Teresina · 17/10/2019 - 11h24 | Última atualização em 17/10/2019 - 17h56

Ítalo Barros reage após vereadora pedir corte de salário de faltosos: "Sensacionalismo"


Compartilhar Tweet 1



Na Câmara de Teresina, muitos vereadores reagiram, nesta quinta-feira (17/10), à fala de Graça Amorim (PMB), que ontem cobrou corte no salário dos parlamentares que faltarem às sessões sem apresentação de justificativa.

Enquete

Você concorda com o corte de salário de vereadores faltosos?
Carregando...

Ela alegou dificuldade de conseguir quórum qualificado para votações de interesse do município, com a ausência em Plenário de vereadores que, às vezes, estão na Casa, mas não comparecem às sessões.

Hoje, na tribuna, Ítalo Barros (PTC) apontou sensacionalismo na fala da colega. “O eleitor é muito inteligente ao ponto de saber o que um vereador é capaz de fazer para se amostrar. Eu não dependo de nenhum tipo de Poder, para sofrer algum tipo de constrangimento público, principalmente de quem não controla as próprias presenças em relação à família”, disse. 

Requerimento contra irmã de vereadora

Visivelmente indignado, o vereador ainda apresentou requerimento cobrando a frequência de Maria Vilani da Silva, da Superintendente de Desenvolvimento Rural do município, que é irmã de Graça. Ítalo alega que ao procurar a gestora para resolução de demandas tem suas audiências remarcadas, geralmente em dia e horário de sessão. 

“Precisamos ter pesos e medidas. Já tive oportunidade de ir na secretaria e não ser atendido, e de ter audiência marcada em dia de sessão, de forma que estou sendo prejudicado, tendo de faltar à sessão, ir lá e não ser atendido. Tenho esse direito”, sustentou.

O requerimento foi aprovado.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O deputado federal Flávio Nogueira (PDT), relator do processo que pede a cassação do deputado Glauber Braga (PSOL), propôs o arquivamento da demanda movida pelo PSL, por quebra de decoro parlamentar.

Aberto em setembro, o processo questiona declaração de Glauber contra o ministro da Justiça, Sérgio Moro, chamado de "ladrão".

Para Flávio Nogueira, o PSL estaria visando apenas "causar prejuízo" ao deputado do PSOL, argumentando que as declarações não configuram falta de decoro.

O parecer deve ser votado na próxima semana, já que a sessão no Conselho de Ética foi encerrado logo ao início das votações no Plenário.

Glauber negou pedido de desculpas a Moro, ao dizer que "quem fala a verdade não merece castigo".

 

Comentar
Pré-candidatura em Teresina · 16/10/2019 - 16h34 | Última atualização em 16/10/2019 - 16h59

Para Júnior do MP3, postura do diretório municipal denota interesse pessoal


Compartilhar Tweet 1



A executiva do Partido dos Trabalhadores se reuniu nesta terça-feira (15) para tratar sobre a pré-candidatura da sigla, em Teresina, e voltou a sinalizar apoio ao nome do deputado estadual Fábio Novo.

Mas a escolha de Gilberto Paixão, atual presidente do PT na capital, e Cícero Magalhães, que assume o diretório em 2020, não foram tem sido suficiente para o recuo dos outros dois pré-candidatos colocados na disputa, o deputado estadual Franzé Silva e o ativista Júnior do MP3.

Júnior do MP3 e Franzé Silva mantém pré-candidatura, apesar da sinalização do diretório municipal
Júnior do MP3 e Franzé Silva mantém pré-candidatura, apesar da sinalização do diretório municipal 

Interesse pessoal

"O Paixão é pré-candidato, o Dudu é pré-candidato e o Magalhães tem um filho que é pré-candidato. Estamos vendo que há interesse pessoal", diz Júnior ao questionar a escolha do diretório. 

Um cenário que, para ele, causará divisão interna no partido, levando à realização de prévias. "Vamos para as prévias. Ontem ainda argumentaram que para ter prévias o pré-candidato tem que ter 10% das assinaturas dos votantes no último PED [Processo de Eleições Diretas] do PT, e nós vamos atrás", completa.

Júnior volta a falar ainda que a escolha pelo nome de Novo seria apenas uma artimanha para, mais na frente, o PT recuar e apoiar outro pré-candidato. 

"Estão cometendo um erro gravíssimo. Acho que tem alguém com interesse de tumultuar essa relação e, em um futuro próximo, vão dizer que a [pré]candidatura é fraca e vão atrás de aliança", justifica.

Comentar
Vereador quer convocar empresa · 16/10/2019 - 11h26 | Última atualização em 16/10/2019 - 16h59

Um chuvisco deixa a cidade sem energia, reclama Deolindo sobre a Cepisa


Compartilhar Tweet 1



O vereador Deolindo Moura (PT) fez críticas à Cepisa e questionou a qualidade dos serviços prestados pela Equatorial Energia, em especial, na capital, onde as quedas de energia têm sido frequentes.

Apesar das chuvas, recorrentes e intensas neste "b-r-o-bró", o vereador reclama da demora no restabelecimento dos serviços.

    Foto: Divulgação/AsCom

"A população não aguenta mais tanta falta de energia. Se um chuvisco, como aconteceu nesse final de semana, deixa toda a cidade sem energia, com alguns bairros passando até 48 horas sem o serviço, já dá para imaginar como será quando começar o período realmente chuvoso", disse durante a sessão desta terça-feira (15).

Diante da situação de "verdadeiro caos", Deolindo diz que vai tomar providências, a começar por uma convocação dos dirigentes da Cepisa para reunião na Câmara.

"Não podemos deixar as coisas continuarem assim. Provavelmente, será necessário acionarmos a Justiça", ameaça o parlamentar.

Comentar
Plenário Ullysses Guimarães · 16/10/2019 - 09h24

Câmara dos Deputados fará sessão solene em homenagem ao Dia do Piauí


Compartilhar Tweet 1



A Câmara dos Deputados realiza nesta quarta-feira (16/10), no Plenário Ullysses Guimarães, sessão solene em homenagem ao Dia do Piauí.

A data, que é comemorada em 19 de outubro, marca o 197º aniversário de adesão do Piauí à independência do Brasil.

Requerida pelo deputado federal Assis Carvalho, a sessão solene está marcada para 11h, e terá participação do grupo Melhor de Três, formado pelos músicos João Cláudio Moreno, Soraia Castelo Branco e Flávio Moura.

 

Comentar
Mais um na conta de Ciro · 16/10/2019 - 09h08 | Última atualização em 16/10/2019 - 17h03

Com empurrãozinho de Átila, Kim do Caranguejo troca o PSB pelo PP


Compartilhar Tweet 1



Átila Lira chegou há pouco no Progressistas e já tem ajudado o senador Ciro Nogueira na captação de novos prefeitos para o partido.

Nesta terça-feira (15/10), quem confirmou filiação foi o prefeito de Luís Correia, Kim do Caranguejo, que está hoje no PSB, partido do qual o deputado Átila foi expulso.

A festa da filiação está marcada para o dia 3 de novembro.

O anúncio foi feito pelo senador Ciro Nogueira, em vídeo postado no Instagram.

 

Comentar
Pode comandar diretório no PI · 16/10/2019 - 08h51

Fora do PDT, Flávio Nogueira teria espaço garantido no Progressistas


Compartilhar Tweet 1



O deputado federal Flávio Nogueira já tem rumo certo após sua saída do PDT. Será o Progressistas, do senador Ciro Nogueira.

No Piauí, o partido já ofereceu até mesmo o comando do diretório estadual.

O parlamentar precisa agora esperar o processo no Tribunal Superior Eleitoral, que decidirá se Flávio pode deixar a legenda, sem prejuízo do mandato.

    Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

 

Comentar
Fora do comando do diretório · 15/10/2019 - 17h31 | Última atualização em 15/10/2019 - 17h53

Deputado Flávio Nogueira vai ao TSE para deixar o PDT sem perder o mandato


Compartilhar Tweet 1



O deputado federal Flávio Nogueira confirmou que irá ingressar com ação junto ao Tribunal Superior Eleitoral, para que possa deixar o PDT, sem perder o mandato. O parlamentar questiona o afastamento das atividades partidárias no Congresso, e da presidência do diretório no Piauí, imposto pela executiva nacional após voto a favor da Reforma da Previdência.

    Foto: Divulgação

“Nós apresentamos emendas à reforma da Previdência, então se nossas emendas foram feitas, acolhidas, como é que ali não tem o traço do partido, a presença do PDT. Essa reforma não é do governo, é uma reforma iniciada aqui pelos deputados, nós fizemos a reforma”, sustenta Flávio Nogueira.

O deputado piauiense lamenta ainda ter sido "cassado" da presidência estadual do partido.

Pela regra, os parlamentares precisam esperar pela janela para realizar a troca de partido, sem que percam seus mandatos. Porém há exceções, quando há comprovação de que o parlamentar não tem condições de continuar exercendo seu mandato na legenda. 

Além de Nogueira, vão ao TSE os deputados Marlon Santos (RS), Gil Cutrin (MA) e Tabata Amaral (SP). Hoje, o grupo concedeu entrevista coletiva no Salão Verde da Câmara, confirmando a decisão de ir à Justiça.

“O que a gente queria era o fechamento desta questão, para que a gente pudesse voltar a trabalhar. Tivemos aqui exemplos de pessoas que saíram de comissões, que eram presidentes estaduais, e é claro que a gente não deixou de trabalhar. Mas não é correto, um processo que não houve fechamento de questão sobre um texto votado, que pune antes de ouvir os deputados”, diz Tabata.

Comentar
Líder da juventude do MDB · 14/10/2019 - 15h43

Marcelo Castro confirma pré-candidatura de Ivon Lendl em Água Branca


Compartilhar Tweet 1



O vereador Ivon Lendl teve sua pré-candidatura a prefeito de Água Branca (PI) confirmada pelo diretório estadual do MDB.

Em vídeo, publicado nas redes sociais, o presidente estadual do partido, senador Marcelo Castro, confirmou apoio à empreitada do vereador, que está em seu segundo mandato e já foi presidente da Câmara Municipal.

"É o líder da juventude emedebista e grande destaque na política do Piauí", diz Marcelo.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Teresina, marcada para o dia 23 de outubro, vai debater o Novo Plano de Ordenamento Territorial da capital.

A minuta da lei proposta pela prefeitura já foi disponibilizada online pela Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação.

Nesta terça-feira (15), o prefeito Firmino Filho fará uma reunião com a imprensa para detalhar sobre a proposta, que irá orientar a expansão, organização e ocupação do território de Teresina.

A expectativa da prefeitura é que o texto seja levado ao Plenário ainda em 2019.

Comentar
Para deliberação da Alepi · 14/10/2019 - 10h27 | Última atualização em 14/10/2019 - 11h15

Henrique Pires propõe título de cidadania piauiense ao ministro Osmar Terra


Compartilhar Tweet 1



O deputado estadual Henrique Pires (MDB) apresentou à Assembleia Legislativa, Projeto de Decreto Legislativo para concessão de título de cidadania piauiense ao ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Médico formado pela Universidade Federal do Rio, Osmar é natural de Porto Alegre (RS). Foi eleito deputado federal em 2018, e logo em janeiro de 2019 foi convocado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a pasta que hoje cuida dos esportes, desenvolvimento social e cultura.

Na Casa, a proposta será primeiro analisada nas comissões técnicas e, se aprovada, vai para deliberação do Plenário.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A deputada estadual Teresa Britto (PV) apresentou Projeto de Lei à Assembleia Legislativa do Piauí, para que seja determinada a afixação de cartazes em consultórios, clínicas, hospitais veterinários e petshops no estado, informando da proibição da prática de caudectomia.

    André Santos

O procedimento, que consiste na remoção da cauda de animais, é proibida por força de resolução do Conselho Federal de Medicina. "Em alguns casos, existem relatos que o procedimento é realizado sem anestesia adequada, causando dor intensa, independente da idade do animal, o que fatalmente acarretará dor crônica devido à inflamação e infecção da área", diz Teresa na justificativa da proposta.

No PL, a deputada propõe multa e advertência aos estabelecimentos que não informarem da proibição, podendo levar à responsabilização administrativa.

Comentar
(In)definição do PT na capital · 11/10/2019 - 15h48 | Última atualização em 11/10/2019 - 16h03

Júnior do MP3 recua sobre pesquisas e diz que manterá pré-candidatura "até o fim"


Compartilhar Tweet 1



Pré-candidato a prefeito em Teresina, pelo PT, Júnior do MP3 condenou a postura de líderes do seu partido na capital, que se manifestaram contra a realização de pesquisa para a escolha do nome que será levado para as urnas em 2020. Como resposta, ele garantiu que vai exigir a realização de prévias e, se for o caso, levará seu nome para convenção.

    Foto: Reprodução WhatsApp/Júnior do MP3

Ao blog, Júnior fez referência a declarações de Edilberto Borges, o Dudu, e de Cícero Magalhães. Ele acusa os dois de terem rompido com “o acordo de cavalheiros” firmado na última reunião da legenda, ao apontarem que pesquisa de opinião não é instrumento ideal para tomada de decisão pelo PT.

“Eu havia concordado [com as pesquisas], até para não ser uma pessoa inflexível, intolerante, e não causar problema para o partido. Entrei no consenso, juntamente com Fábio Novo e o Franzé, mas vi que o Dudu e o Magalhães foram intransigente, e a intransigência deles não parece que é para harmonizar o partido”, diz.

Garantiu que não vai colocar seu nome “em pesquisa nenhuma” e que levará sua pré-candidatura “até o fim”. E rejeita a possibilidade de deixar a palavra final com o diretório. “Não vou concordar que deem um golpe, querendo levar para o diretório, onde eles têm maioria e resolver do jeito deles. Não vamos participar de maneira alguma [das pesquisas], já que eles romperam com o acordo de cavalheiros”, acrescenta. 

Cobrou também que o diretório afirme, publicamente, que o PT terá candidatura própria em Teresina, mesmo que não se tenha definido o pré-candidato. “É necessário que o PT diga publicamente que vamos ter candidatura própria, que a direção assumisse publicamente. E que qualquer aliança só acontecerá no segundo turno”, conclui.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Os senadores Ciro Nogueira (Progressistas) e Elmano Férrer (Podemos), além do deputado federal Flávio Nogueira (PDT), embarcam nesta sexta-feira (11/10) para Roma, onde irão participar da cerimônia da canonização de Irmã Dulce, que teve dois milagres reconhecidos pela Igreja Católica, e se tornará a primeira santa brasileira.

A cerimônia será conduzida pelo Papa Francisco.

A viagem ocorre em missão oficial, ou seja, com as despesas custeadas pelas Casa Legislativas, Senado e Câmara Federal.

Segundo a Folha de São Paulo, ao menos 22 parlamentares brasileiros participarão da cerimônia no Vaticano.

Pelo governo, a comitiva será chefiada pelo vice-presidente Hamilton Mourão. Viajam ainda os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM) e Davi Alcolumbre, respectivamente, e o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O prefeito Firmino Filho (PSDB) disse que o presidente da Câmara de Vereadores, Jeová Alencar (PSDB) está “atrasado” em sua investida de acionar a Justiça, para a liberação de emendas impositivas.

A oposição se queixa que somente os valores destinados à base do prefeito têm sido liberados pelo município. 

    Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

“Ele está atrasado. Já houve uma provocação do Tribunal de Contas do Estado, que já estudou toda essa questão e teve conclusões importantes. Recomendou, e já estamos trabalhando isso, para que exista uma regulamentação para essas emendas parlamentares”, disse o prefeito.

Para o TCE, explica Firmino, a falta de regulamentação torna difícil saber em que pé está cada uma das emendas.

“Estamos elaborando a minuta de um decreto para regulamentar essas emendas. O presidente [da Câmara] está mais uma vez mostrando desconhecimento do que está acontecendo na administração e do que o próprio TCE já recomendou, para que o município pudesse proceder na regulamentação das emendas”, rebateu.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Colaborou: Camila Carvalho - Direto de Piripiri

O Progressistas filiou nesta quinta-feira (10/10) o seu 84º prefeito. O recém chegado é o prefeito Luiz Menezes, de Piripiri. Para sua filiação, o partido realizou uma grande festa na Câmara de Vereadores, com a presença do senador Ciro Nogueira, presidente nacional da legenda, do presidente regional, deputado Júlio Arcoverde, e até do prefeito de Teresina, Firmino Filho.

"Ter o Luiz no partido é a realização de um sonho. Ele já foi membro do Progressistas e ninguém se perde no caminho de casa", comenta Ciro.

O senador diz ainda que Luiz se torna agora o maior prefeito progressista do estado, considerando que, depois da capital Teresina, Piripiri é a terceira maior cidade piauiense.

"Reforça nosso compromisso com o prefeito. A gente já vinha ajudando na sua gestão, e aumenta a responsabilidade do Progressistas para que a escolha do Luiz esteja correta", completa o senador.

Ciro destaca ainda que o crescimento do partido "com qualidade" é importante para garantir musculatura para "chegar em 2020 forte e, mais ainda, em 2022".

O ato político foi prestigiado ainda pelo presidente do PSDB no Piauí, o ex-deputado Luciano Nunes, e pelo deputado estadual Marden Menezes, filho do prefeito de Piripiri. Presentes ainda prefeitos da região, dos municípios de Caraúbas, Cajueiro da Praia, Batalha, São José do Divino, Altos, Buriti dos Lopes, Lagoa de São Francisco e Jatobá do Piauí.

Açude Caldeirão

Antes da solenidade, Ciro fez uma visita ao Açude Caldeirão e anunciou para o próximo dia 28, a realização do processo licitatório de contratação da empresa que será responsável pelas obras de recuperação do reservatório. 

Será investidos R$ 1,3 milhão, por meio do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), para garantir maior segurança da parede do açude, automação das comportas, além de outros serviços.

 

Comentar
Evento em Piripiri · 10/10/2019 - 19h46 | Última atualização em 10/10/2019 - 20h40

Ciro aponta para Firmino: "Vou entrar no Karnak ao lado desse moço"


Compartilhar Tweet 1



Logo após receber o resultado de sua reeleição, em 2018, Ciro Nogueira já confessava aos amigos mais próximos seu desejo de disputar o governo do Piauí em 2022. Mas nos últimos meses as afirmativas deixaram de ser reservadas e o senador, presidente nacional do Progressistas, tem evidenciado cada vez mais sua estratégia.

Nesta quinta-feira (10), Ciro está em Piripiri, onde abonou a filiação do prefeito Luiz Menezes ao Progressistas. E na empolgação, agora com 84 prefeitos nos quadros do partido, o senador colocou as cartas na mesa.

"Eu tenho o sonho de governar o meu estado, não posso negar a vocês. Eu tenho um sonho. Mas eu tenho algumas certeza já para as próximas eleições. A primeira certeza é que eu vou entrar no Karnak ao lado desse moço aqui", disse apontando para Firmino Filho, que viajou a Piripiri para a solenidade.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Política 180graus (@politica180) em

O nome do prefeito de Teresina é também cotado como pré-candidato. E suas idas recorrentes ao interior, acompanhado do senador Ciro, mostram a disposição em entrar no jogo. Na estratégia, um casamento quase que perfeito, com a força tucana na capital e a pulverização progressista no interior do Piauí.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Fábio Abreu confirmou que o PL deverá seguir orientação do diretório nacional da legenda e lançar, em 2020, candidatura própria nas principais cidades piauienses, inclusive na capital.

"Há orientação nacional para que tenhamos um candidato que possa concorrer à prefeitura nas grandes cidades e nas capitais. Tenho certeza que o nosso partido estará cumprindo com essa orientação. Nos teremos sim uma candidatura do PL à prefeitura de Teresina", disse em entrevista à TV Cidade Verde.

Sobre sua pré-candidatura, o secretário de Segurança Pública do Piauí evita definições. 

"Tenho afirmado que somente no próximo ano estarei comentando ou afirmando alguma coisa", repetiu. 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O prefeito Firmino Filho (PSDB) rebateu a tentativa de setores da oposição em Teresina, que têm colocado sob suspeita o processo licitatório da administração municipal para contratação de empresa de transporte escolar. Para o gestor, querer associar o processo da PMT às investigações a contratos firmados no âmbito estadual é prova do "despreparo" da oposição.

"É interessante a oposição, ela não tem uma agenda para trabalhar na cidade. Não tem ideias, propostas. Não entende a realidade da nossa cidade, e é exatamente por isso que fica se perdendo em acusações vazias, discursos vazios. Mostrando não apenas o despreparo dos que fazem a oposição, mas mostrando, principalmente, o desconhecimento da nossa realidade", disse em entrevista ao 180, após solenidade nesta quinta-feira (10/10) na zona Norte de Teresina.

Prefeito participou de evento pelo Dia das Crianças na zona Norte de Teresina
Prefeito participou de evento pelo Dia das Crianças na zona Norte de Teresina    Foto: Rômulo Piauilino/PMT

Firmino ressaltou ainda que a educação municipal tem uma gestão "séria e correta" e que "dá resultado".

Ontem, o secretário de Educação, Kleber Montezuma, esteve na Câmara de Vereadores para tirar dúvidas de parlamentares sobre o Pregão Eletrônico. Na oportunidade, defendeu a lisura do processo realizado pela PMT.  "Mostramos que o que nós fazemos, fazemos com transparência, com lisura, de forma aberta. Os nossos processos são todos registrados no Tribunal de Contas do Estado, são publicados no Diário Oficial da Prefeitura, Diário Oficial da União, e também são acompanhados pelos vereadores, sindicatos e pela própria imprensa", enfatizou.

À imprensa, ele também rebateu as tentativa de suspeição do processo e, ao alfinetar parlamentares petistas, disse ainda que a PF nunca esteve na Semec, em referência às recentes operações policiais que tiveram como alvo servidores da secretaria de Educação do estado.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, destacou, no Twitter, o andamento das obras de construção da Ponte Santa Filomena, na BR-235.

A ponte liga os estados do Piauí e Maranhão e será importante para o escoamento da produção agropecuária na região.

A obra vem sendo tocada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com recursos do governo federal. 

"Anunciamos que o governo @JairBolsonaro iria fazer essa obra quando fomos a Teresina em junho. Nova ponte sobre o Parnaíba liga as regiões sul de Piauí e Maranhão. Queremos prover a infraestrutura necessária para escoar a crescente produção do agronegócio na região do Matopiba", comemorou o ministro.

 

Comentar
Com ministra Rosa Weber · 10/10/2019 - 07h05 | Última atualização em 10/10/2019 - 07h07

W.Dias trata no Supremo sobre ação que cobra valores pela venda da Cepisa


Compartilhar Tweet 1



O governador Wellington Dias (PT) teve agenda nesta quarta-feira (09/10) com a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, para tratar do andamento da ação do estado que cobra valores devidos pela venda da Cepisa. 

No processo, o estado já apresentou suas considerações finais. Ele está agora pronto para decisão da ministra.

A empresa, hoje comandada pela Equatorial Energia, pertencia ao estado do Piauí e foi federalizada na década de 1990. 

"A Eletrobras e a União venderam e não pagaram o estado do Piauí. O que estamos pedindo é o valor da época, descontando a antecipação, corrigido. O valor desta correção", diz Wellington. O montante devido é estimado em quase R$ 900 milhões.

Após a reunião, o governador diz estar confiante de que o estado terá suas garantias respeitadas por força de decisão do STF.

"Estamos confiantes de que o Supremo não vai deixar a União, que é forte, na luta de Davi contra Golias, esmagar o estado do Piauí. Que se faça justiça garantindo o pagamento devido", defende.

Comentar
Oposição se queixa da PMT · 10/10/2019 - 06h23

Mesa da Câmara vai acionar a Justiça para liberação de emendas


Compartilhar Tweet 1



O vereador Jeová Alencar (PSDB) afirmou que a Mesa Diretora da Câmara de Teresina vai acionar a prefeitura na Justiça para garantir a liberação de emendas impositivas dos parlamentares.

Ele relata dificuldades enfrentadas pelos vereadores de oposição e alega que, em alguns casos, os vereadores acabam "desmoralizados" nos bairros pela não execução de seus projetos. 

    Foto: Apoliana Oliveira/180graus

"Temos esse direito, é impositivo. As vezes a gente coloca a emenda para determinado bairro e a prefeitura, por birra, coloca como orçamento próprio e desmoraliza o vereador", diz Jeová. 

Em entrevista, chegou a mencionar emenda para uma comunidade na Zona Rural que já teria sido indicada por três anos consecutivos, porém nunca foi executada.

"Agora vamos tratar no âmbito do judiciário", enfatiza.

Comentar