Doação de 50 reais · 16/03/2015 - 11h59

Mulher salva cão atropelado com fratura exposta, e pede ajuda no tratamento

Mulher salva cão atropelado com fratura exposta, e pede ajuda no tratamento


Compartilhar Tweet 1



Um cachorro de rua foi atropelado e mesmo com dificuldade tentou se levantar, mas era quase impossível conseguir andar, pois estava com uma fratura exposta na pata e a qualquer momento poderia pegar uma infecção devido ao grande sangramento no local. O motorista deixou o local sem prestar socorro ao animal.

Uma moça chamada Danielly França viu o atropelamento do cão. Sentida, a moça foi avaliar as condições do animal. Percebendo que ele estava bastante machucado, Danielly junto com seu cunhado levaram o animal direto ao Hospital Veterinário da UFPI.

No hospital a veterinária de plantão disse que o animal tinha que operar a pata, mas alegou que a moça deveria procurar um hospital veterinário particular, pois o HVU não tinha vagas disponíveis para fazer uma cirurgia.

Danielly desesperada com a notícia insistiu mais um pouco, disse à veterinária que o cachorro não era dela e que ela não tinha condições de pagar um clínica veterinária particular. Pediu que a veterinária aplicasse alguma injeção para aliviar a dor, e supôs em último caso que o cachorro pudesse ser eutanasiado para diminuir seu sofrimento.

A veterinária sem tocar no animal disse que não havia anestesistas de plantão e que não podia fazer nada para salvar a vida do cachorro.

Danielly não teve outra opção se não ir à clínica particular Animal's. A consulta do cachorro custou 290 rais, e ainda tinha que deixar 200 reais de calção, mas ela só tinha 60 reais e teve que parcelar o restante no cartão.

Danielly pediu ajuda à Apipa e aos seus seguidores para que possam ajudar com a internação do animal. Ele pediu uma colaboração de 50 reais e em troca oferecerá uma manutenção no computador do doador.


Fonte: Com informações da Apipa