Do zero aos 180 mil seguidores -

Rafael Fonteles atinge a marca de 180 mil seguidores no Instagram; veja as estratégias utilizadas

Em um cenário político cada vez mais digital, a presença ativa nas redes sociais tornou-se uma ferramenta crucial para a comunicação de líderes políticos. Um exemplo marcante dessa tendência é o governador do Piauí, Rafael Fonteles, que em pouco mais de dois anos desde a criação de sua conta durante a campanha eleitoral de 2022, conquistou uma notável marca de 180 mil seguidores no Instagram, tornando-se o político mais seguido na plataforma na região.

Foto: 180graus

A estratégia adotada por Fonteles vai além do simples aumento de seguidores; ela se traduz em uma abordagem inovadora para se conectar diretamente com a população piauiense. A utilização das redes sociais como um meio direto de comunicação permite ao governador divulgar suas ações, propostas e ideias de maneira instantânea, sem intermediários.

Esse engajamento mais íntimo e participativo vai além do marketing político tradicional. Ao oferecer um canal direto para monitorar as necessidades dos piauienses, Rafael Fonteles demonstra uma abertura inédita, estabelecendo um diálogo constante com a população. Essa proximidade tende a gerar um envolvimento mais profundo por parte do público, que se sente parte do processo político.

Durante suas incursões pelo estado, seja em visitas para entrega de benefícios e obras na capital ou no interior, ou durante reuniões com líderes locais, o governador compartilha momentos em tempo real, proporcionando uma visão transparente de sua gestão. Esse tipo de transparência fortalece a confiança dos cidadãos e oferece uma perspectiva autêntica da administração.

Foto: Reprodução

Além das ações locais, as redes sociais de Rafael Fonteles são utilizadas de maneira estratégica durante suas viagens internacionais em busca de recursos. A exposição de suas atividades no âmbito internacional não apenas informa, mas também destaca a atuação do Piauí no cenário global.

Ao adotar tais estratégias inovadoras de comunicação, Rafael Fonteles não apenas se destaca como o político mais seguido na região, mas também redefine a maneira como a política é comunicada e percebida. O impacto dessa abordagem nas redes sociais pode ser fundamental não apenas para a imagem do governador, mas também para o desenvolvimento e a eficácia de sua gestão no Piauí. O cenário político do estado agora é não apenas moldado nos corredores do poder, mas também nas interações digitais que conectam o governador a cada cidadão piauiense.

Em um movimento que vai muito além das tradicionais postagens nas redes sociais, o governador do Piauí, Rafael Fonteles, adota estratégias inovadoras para estreitar os laços com a população. Criando quadros interativos que proporcionam um olhar mais próximo e descontraído sobre sua gestão, Fonteles se destaca como um líder político que entende a importância da proximidade virtual.

Uma das iniciativas mais marcantes é a "Corridinha da PI Asfaltada". Nesse quadro, o governador compartilha sua jornada ao entregar obras de infraestrutura, como uma nova rodovia, de maneira dinâmica e participativa. A abordagem descontraída, muitas vezes acompanhada de um tom humorístico, transforma uma simples entrega em um momento de interação genuína com a comunidade.

Foto: Reprodução

Outro exemplo é a presença musical do governador em eventos oficiais. Durante solenidades que contam com bandas locais ao vivo, Rafael Fonteles não hesita em participar ativamente. Seja cantando, dançando ou simplesmente apreciando a música, ele se conecta de forma autêntica com a cultura local, evidenciando que a política também pode ser expressa através da arte e da música.

A inovação se estende até mesmo à esfera familiar, com o governador sendo entrevistado pelo próprio filho. Esses debates informais abordam questões relevantes para o estado do Piauí, proporcionando um diálogo direto e descomplicado sobre assuntos que impactam a vida dos cidadãos. Essa abordagem íntima e familiar reforça a imagem de um líder acessível, aberto ao diálogo e genuinamente interessado no bem-estar da população.

A rede social do governador do Piauí foi criada em fevereiro de 2022 e foi do zero aos 173 mil seguidores. O Portal 180graus conduziu uma entrevista com Paulo Solano, um dos diretores da ADV6, empresa encarregada de administrar as redes sociais do governador. Abaixo estão as perguntas e respostas reveladoras sobre a estratégia e eficácia dessa abordagem:

Como vocês avaliam o papel das redes sociais, especialmente o Instagram, na estratégia de comunicação do governador Rafael Fonteles?

As redes sociais são fundamentais para a comunicação de todo político, em especial a do Governador Rafael Fonteles. Desde o início, ainda durante a pré-campanha, ele valorizou e continua valorizando muito. Esse é o ponto principal: sua participação ativa e direta na equipe das redes sociais, e o Instagram é a principal plataforma de divulgação das suas ações por algumas razões. 1 - É a plataforma da META que concorre diretamente com o TikTok e, portanto, é a que entrega o conteúdo a mais pessoas, em especial os conteúdos em vídeo, os Reels com o ALGORITMO DE INTERRSSE  2 - É a rede social mais usada pelos brasileiros, com 113,5 milhões de usuários.

Foto: Reprodução

Quais estratégias específicas foram implementadas para aumentar o engajamento e a base de seguidores do governador nas redes sociais?

1 - Conexão: Criar conteúdos sem edição sofisticada, sempre humanizados, com o governador como protagonista, como se fosse um influencer, direto ao ponto. Isso gera conexão com os seguidores e atrai novos seguidores.

2 - Exclusividade: Você sempre verá o Governador anunciando obras e fatos importantes em suas redes sociais antes de qualquer outra mídia. Isso gera relevância e atrai novos seguidores.

3 - Agilidade: Ter uma equipe que acompanhe o ritmo do governador 24h e publique praticamente em tempo real toda sua agenda. O Governador Rafael Fonteles é o governador que mais gera conteúdo entre todos os governadores do país.

4 - Criatividade: Criar um estilo próprio de comunicação, com conteúdos leves e bem humorados, equilibrando-os com os conteúdos factuais.

5 - Interatividade: Responder e interagir com os seguidores, buscando atender o máximo possível.

Foto: Reprodução

Como vocês monitoram e respondem às interações dos seguidores? Existe um esforço para manter a comunicação bidirecional e envolver a população?

Temos uma equipe grande dedicada apenas a monitorar os questionamentos, críticas e interações.

Além do número de seguidores, quais são as métricas ou indicadores de desempenho mais importantes para avaliar o impacto das postagens do governador no Instagram?

Para nós, a principal métrica é o engajamento, que é a somatória de curtidas, comentários e compartilhamentos. O número de seguidores também é uma boa métrica, servindo como um parâmetro de popularidade.

De que maneira as redes sociais estão sendo utilizadas para divulgar as ações, propostas e ideias do governador Rafael Fonteles? Existem temas ou abordagens específicas que têm mostrado maior eficácia?

Todas as redes sociais são utilizadas para divulgar todas as ações do governo, sem exceções. Algumas temáticas atraem diferentes níveis de engajamento devido ao interesse variado dos públicos segmentados.

Foto: Reprodução

Como vocês enxergam o papel das redes sociais na promoção da transparência e na criação de uma ponte direta entre o governo e os cidadãos?

Através da criação de conteúdos que mostrem ações, bastidores, reuniões, etc., promovemos mais transparência nas ações do governo. Essa ponte direta com os cidadãos está se solidificando cada vez mais, graças à coerência da comunicação e às entregas realizadas pelo governo.

Considerando o contexto político atual, de que forma as redes sociais ajudaram o governador Rafael Fonteles a se conectar com diferentes grupos demográficos e a mobilizar a população em torno de suas iniciativas?

O Governador Rafael criou um sentimento de otimismo e aprovação muito grandes em seu governo. Ele implementou ações que atendem a todos os públicos, como crianças, mulheres, animais e idosos. As redes sociais são uma ferramenta que mostra tudo o que ele faz praticamente 24h por dia.

Existe alguma estratégia específica para manter o conteúdo relevante e envolvente para os seguidores? Como vocês decidem quais informações compartilhar e qual é o tom de comunicação adotado?

A principal estratégia para manter o conteúdo relevante é garantir que seja exclusivo e publicado rapidamente. Quem dita o ritmo das publicações é o Governador, e nós mantemos um alinhamento de comunicação excelente com ele, sugerindo também conteúdos que elevem a autoestima do piauiense e destacando conquistas e aspectos que humanizem o governador.

Como vocês lidam com feedbacks negativos ou críticas nas redes sociais? Existem medidas específicas para transformar essas situações em oportunidades de engajamento positivo?

Toda crítica construtiva é uma excelente oportunidade para o governador responder rapidamente e tomar as medidas necessárias. Todos os tipos de feedback são matéria-prima para a criatividade e podem gerar conteúdo positivo para as redes sociais.

Olhando para o futuro, quais são os planos para continuar expandindo a presença digital do governador Rafael Fonteles nas redes sociais e fortalecer ainda mais o vínculo com os eleitores?

Temos que estar sempre atentos às novas tendências e novas redes sociais para sempre estar presente e usando a linguagem adequada. O principal vínculo são as entregas realizadas pelo governo, e as redes sociais são ferramentas que potencializam essa comunicação com a população e os eleitores.

Foto: Reprodução

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco