180graus

Não peque nos excessos - 23/09/2014 às 09h30

Veja quais são os 5 exageros que cometemos na cama

Galaxy
TECNIQUIMICA

Você transou com uma garota e, alguns dias depois, ela quer repetir a dose? Isso significa que você está fazendo a coisa certa, obviamente. Mas muitas vezes somos dispensados sem ao menos saber o porquê.

A explicação para isso? Estávamos fazendo algo que a garota não gostava — e ela não teve coragem de dizer. Para tentar agradar, muitas vezes nós pecamos pelo exagero, transformando a transa num negócio interminável e tedioso.

Para te ajudar a escapar desta armadilha, conversamos com algumas mulheres para saber quais são os principais erros desta natureza que cometemos na cama. Basicamente são estes:

1# Insistir no sexo oral

Apesar de gostarem muito, as mulheres nem sempre estão na vibe do sexo oral. Elas são diferentes de nós, que aceitamos um em qualquer situação, onde quer que estejamos.

Os motivos? São muitos. Talvez por não estar com a depilação em dia; ou porque saiu de uma sessão de spining e não teve tempo de tomar uma ducha; ou simplesmente pois está com vontade de ir direto ao ponto. Isso sem contar, é claro, o período menstrual.
Se ela resistir ao oral, então, não insista — e nem queira saber o motivo. Apenas siga em frente.

2# Prolongar demais

Se elas gostam de sexo? Claro. Mas passados os 15 ou 20 minutos de penetração, ela já pode estar querendo ver os créditos passando, principalmente se teve um orgasmo. Portanto, prolongar demais pode fazê-la pensar que está fazendo algo errado ou deixá-la preocupada com o ardor do dia seguinte.

Se perceber que o sexo vai durar mais do que o esperado, então, deixe que ela saiba disso. E não seja cruel dizendo que está quase lá, sendo que você ainda não sentiu o menor indício do comichão. Vocês podem tentar formas alternativas para finalizar a brincadeira, também. Gozar com um oral ou uma masturbação feita por ela não é tão desastroso, assim.

Se preferir, dê uns cinco minutinhos a ela e recomece. Uma dica é ter um lubrificante sempre à mão. Isso pode ajuda-la a aguentar um pouco mais.

3# Elogiar muito

Mulher gosta de saber que está te satisfazendo — ou que pelo menos está no caminho certo. Mas nem pense em compará-la com outras transas que você já teve, dizendo que ela foi a melhor.

Coisas do tipo “nenhuma mulher jamais fez isso comigo antes” devem ser evitadas. Se ela perceber que está sendo comparada com as outras, as coisas podem não sair como planejado. Fique nos elogios mais comuns, do tipo “você é uma delícia”.
E certifique-se de que o elogio não a faça sentir-se uma atriz pornô.

4# Exagerar na fantasia

Se ela comentar de alguma fantasia que gostaria de experimentar (como ser amarrada na cama ou dar uma rapidinha no toalete de uma festa) significa que a ideia a deixa excitada ou que a desperta alguma curiosidade.

Você pode trabalhar isso, mas não significa que ela pretenda fazer na mesma hora, talvez quando tiver uma oportunidade. Numa situação dessas, vá com calma. Aparecer com uma sacola cheia de algemas, mordaças e outros apetrechos sem consultá-la previamente não é uma boa ideia.

Lembre-a do que ela te disse antes e, depois, pergunte se gostaria de fazer um tour num sex shop e ver se realmente quer levar a fantasia adiante.

5# Abusar da linguagem suja

No caso de algumas mulheres, usar o dirty talk pode funcionar bem. Mas se você exagerar na dose, talvez soe inapropriado ou ofensivo. A coisa flui quando você consegue manter um diálogo com ela. Se você perceber que é o único falando na cama, o melhor é dar uma pausa.

Fonte: com informações do ELH

Publicado Por: Juliana Araujo

Para levá-la ao clímax - 23/09/2014 às 09h20

Conheça os segredos do orgasmo múltiplos nas mulheres

Galaxy
TECNIQUIMICA

E então você conseguiu, hombre: levou-a ao orgasmo.
Parabéns. Mas o que fazer agora?

Para a mulher, gozar funciona diferente do que para o homem; para o homem, orgasmo e ejaculação são quase indissociáveis e, uma vez ocorridos, a liberação de hormônios faz com que o pênis desintumesça e demore um tempo variável para voltar a funcionar.

Neste período, o homem pode sentir um pouco de desconforto e até mesmo dor se a sua glande for manipulada.

E quanto à mulher, com aquela história de orgasmos múltiplos? Como funciona?
Bem, para a mulher, existem dois tipos de orgasmo: o de penetração e o clitoriano (tá, ok, orgasmo é uma coisa mental e pode ocorrer com a manipulação (ou não) de qualquer zona erógena, da mulher ou do homem, mas vamos ficar no que é mais comum para todos nós, seres mortais não tântricos).

As mulheres desfrutam de orgasmos múltiplos porque elas são capazes de ter mais de um durante uma relação sexual – podem ter um orgasmo de penetração seguido por um clitoriano, ou vice-versa, ou penetração-clitoriano-penetração, etc.

O orgasmo que mais pode se repetir é o de penetração, já que a vagina, com o famigerado “ponto G” (que nada mais é do que um tubérculo na parede superior da vagina a mais ou menos 5 centímetros da entrada), é de um tipo de tecido um pouco diferente do clitóris. Lá, ele não chega à exaustão.

Com o clitóris é diferente. Na mulher, ele é o equivalente à glande do homem, sendo a estrutura mais sensível do órgão genital. Após o clímax, ele fica intumescido e bastante sensível, justamente por ter muito sangue – com isso, a sua manipulação, para mulheres, pode ser dolorosa.

Daí o problema: ela chegou ao orgasmo – neste caso, o clitoriano – e o que fazer?
Bem, não são todas as mulheres que vão ter dor logo após este tipo de orgasmo, então é questão de os dois entrarem em acordo sobre prosseguir ou não com ele – e a melhor coisa é perguntar.

E, se realmente for muito incômodo, aproveite as outras formas de orgasmo – aí é só usar a sua imaginação.

Como tudo em uma relação a dois, para que o sexo seja desfrutado ao máximo, é extremamente importante que o casal converse a respeito e saiba o que o outro gosta ou não. É este o segredo – e nada mais mirabolante.

Fonte: com informações do ELH

Publicado Por: Juliana Araujo

Garanta o prazer dela - 18/09/2014 às 09h36

Como dar mais prazer a uma mulher em 5 passos

TECNIQUIMICA
Galaxy

Os homens estão cada vez mais preocupados em satisfazer suas parceiras durante as relações. É o que diz a pesquisa sobre a vida sexual dos brasileiros Durex Global Sex Survey, divulgada em janeiro de 2014 e conduzida no país pela psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Programa ProSex da Universidade de São Paulo. Segundo a pesquisadora, 7 em cada 10 entrevistados se sentem recompensados com o prazer delas e se empenham em levá-las ao orgasmo durante o sexo. Porém, muitos alegam não saber como agradá-las.

Os demais resultados demonstram que talvez eles estejam fazendo isso da forma errada. Afinal, apesar de os brasileiros fazerem sexo com frequência – em média três vezes por semana – quase metade dos entrevistados responderam que suas transas não se estendem além de 15 minutos. E as preliminares duram menos ainda. Ou seja, os números demonstram muita quantidade, mas pouca qualidade.

Não à toa, tanta gente se diz insatisfeita com sua vida sexual. E uma das principais razões é a dificuldade da mulher em atingir o orgasmo. 28% delas revelam que conseguem gozar muito mais facilmente quando estão sozinhas, ao se masturbarem. Somente 22% das mulheres alcançam o clímax em todas as relações.

Ao contrário do que muitos pensam, a maioria das moças não têm orgasmos vaginais. Por isso, as preliminares, que parecem estar sendo neglicenciadas, são tão importantes para elas. Além do mais, as garotas também têm ereção e o clitóris que nós vemos é apenas a pontinha do iceberg – o órgão responsável pelo prazer feminino é muito maior e chega a “abraçar” o canal vaginal. É preciso dez vezes mais sangue para irrigar os genitais delas do que os deles. O prazer das mulheres demanda mesmo muito mais tempo e dedicação.

Nada disso quer dizer que a culpa seja apenas dos homens. Pelo contrário, a mesma pesquisa diz que falar de sexo ainda é tabu entre os brasileiros. Ou seja, está havendo uma falha na comunicação, o que realmente dificulta o entendimento sobre o prazer feminino e todos os seus meandros. Boa parte delas se sente envergonhada de abordar o assunto. E muitas mulheres fingem orgasmo durante a penetração, quando estão cansadas de sentirem estocadas em seu útero. Essas sim são as principais culpadas por eles não saberem como levá-las ao clímax.

De fato, algumas mulheres não sabem direito como se dar prazer durante o sexo – até porque, na hora, estão mais empenhadas em satisfazer seus parceiros. O rapaz dedicado pode ajudá-la a chegar lá, se seguir as dicas abaixo:

1# Antes de tocá-la, lubrifique os dedos

Se seus dedos não estiverem bem lubrificados ao entrar em contato com a mucosa, pode até machucar. Inicialmente, molhe-os com saliva e depois use a lubrificação natural dela mesma para roçar suas digitais ali embaixo.

2# Capriche no sexo oral

Fazer um bom sexo oral exige tempo e sensibilidade para entender os sinais de prazer que ela emite com o corpo. Quando ela já estiver bem excitada, penetre-a com os dedos e faça sinal de “vem cá” lá dentro, para tocar seu Ponto G.

3# Estimule o clitóris durante a penetração

Apenas pouco mais de 30% das mulheres têm orgasmos vaginais. Por isso é sempre mais eficaz tocar o clitóris dela durante a penetração, seja com o dedo ou com um pequeno vibrador. Você pode incentivá-la a se tocar enquanto você a penetra.

4# Excite seus seios durante o sexo

Os seios femininos são altamente sensíveis e provocam sensações de prazer intensas. Por isso, não basta tocá-los durante as preliminares. Abocanhá-los enquanto ela cavalga sobre você ou ouriçar seus mamilos se ela estiver de costas ou de quatro pode fazê-la subire pelas paredes.

5# Evite cobrar orgasmo

Não fique pedindo para vê-la gozar. Ela pode se sentir pressionada com isso. Afinal, nem ela mesma pode saber com certeza se o clímax está próximo. Portanto, melhor apenas perguntar se ela está gostando e se você deve continuar.

Fonte: com informações do IG

Publicado Por: Juliana Araujo

Tópicos
Elas adoram surpresas - 18/09/2014 às 09h24

Veja quais são as quatro fantasias que as mulheres adoram

TECNIQUIMICA
Galaxy

Mulheres adoram quebrar a rotina e ficar louquinhas quando são surpreendidas. Neste caso, uma fantasia na relação sempre cai bem.

Não é de hoje que elas sonham com fantasias diferentes mas, ainda assim, comuns. Na hora H, não pense muito para inovar e aproveite as fantasias que são fáceis de conseguir para levar sua garota à loucura.

Policial

Que mulher não fica maluca com um homem de farda? Com um par de algemas e uma cara de mau, ela vai ficar caidinha por você.
Pode ser que você que você queira ser um policial dominador enquanto ela é uma assaltante perigosa, ou então a mocinha que está em apuros que você vai salvar enquanto ela está no auge da fragilidade.

Bombeiro

É sempre a número 1 na escolha das mulheres. Nós sonhamos com aqueles bombeiros musculosos como os dos filmes australianos. Mas você vai ter que ir com disposição, porque alguém tem que apagar o fogo dela, o que não vai ser fácil.

Salva-vidas

Que homem não gosta de ser o salvador da mocinha que precisa muito da sua ajuda? É uma fantasia tradicional e não precisa de muita coisa.

Mas é claro que o você tem que estar com o corpo mais sarado, pra dar veracidade à fantasia. Aí é só deixar a criatividade entre vocês dois.

Lembre-se de que você é salva-vidas, então não se esqueça de fazer muita respiração boca-a-boca. E afogar, aqui, será só no bom sentido.

Médico

As mulheres adoram se sentir cuidadas. E que garota não vai querer um médico que representa e fará de tudo para melhorar sua saúde e disposição?

A fantasia de médico também é uma ótima opção para pessoas que não querem ter muito trabalho. O que importa é que vocês dois já sabem o que faz bem pra saúde.

Fonte: com informações do IG

Publicado Por: Juliana Araujo

Confira as dicas - 15/09/2014 às 09h07

Estudo revela as 3 melhores maneiras de excitar uma mulher

TECNIQUIMICA
Galaxy

Pesquisadores do Canadá fizeram algumas descobertas que vão aprimorar as suas técnicas ainda mais.

Eles testaram quais partes do corpo feminino respondem melhor a três tipos de estímulo: toque, pressão e vibração.

O resultado?

-Toque: pescoço e região do ânus

-Pressão: clitóris e mamilo

-Vibração: clitóris e mamilo também

São informações bem intuitivas, sejamos honestos, mas é sempre bom ter um feedback da comunidade científica para confirmas as nossas suspeitas.

Para chegar a essa resposta, os estudiosos da Université du Québec à Montréal (UQAM) analisaram 30 mulheres saudáveis de idades entre 18 e 35 anos.

As partes do corpo testadas foram clitóris, lábia, vagina, região do ânus, área lateral dos seios, mamilo, aréola, pescoço e barriga.

As garotas ficaram vendadas, enquanto os pesquisadores (sortudos miseráveis) iam aplicando durante 1,5 segundo as diferentes formas de estímulo em várias partes de seus corpos.

Nos intervalos, elas diziam quanto tesão sentiram.
“Os resultados dão informações inéditas sobre a excitação feminina”, diz o estudo, que foi publicado no Journal of Sexual Medicine.

Outra informação relevante que eles descobriram? Fatores como tamanho dos seios, índice de massa corporal, contraceptivos, ciclo menstrual e orientação sexual não interferem no tesão sentido.

Note-se que eles não analisaram algumas partes do corpo que, em nossa humilde opinião, ajudam a deixar uma garota louca — como a orelha e os dedos do pé, entre outras.

Mas quem sabe eles não estão as guardando para uma pesquisa futura?

Obviamente cada mulher tem as suas preferências, então devemos levar isso em conta, também, quando estivermos com uma garota na cama.

E, acima de tudo, vale lembrar que o ideal é estimular o corpo inteiro dela, não apenas um lugar. Então este estudo vai te ajudar a saber como se comportam melhor em cada região.

Fonte: com informações do ELH

Publicado Por: Juliana Araujo

Carregando, por favor aguarde...
Últimas Notícias
11h14 Como desativar as sugestões de palavras do iOS 8? Aprenda aqui! 11h12 Beneditinenses Prestigiam Show de Padre Antonio Maria em Barras na noite desta 2ª Feira 22/09 11h02 Programação do festejo de São Francisco 2014 11h01 HGV receberá amanhã novos serviços de Hemodinâmica e Endoscopia 11h00 Justiça bloqueia bens de ex-prefeito de Água Doce do Maranhão 10h59 Motociclista bate em um animal no centro da cidade 10h57 Crianças de Teresina recebem vacinas contra hanseníase e verminose; saiba! 10h54 Tigre mata estudante que entrou em sua jaula em zoológico da Índia 10h51 Moto colide em bêbado e acidenta uma adolescente 10h43 AABB de Valença-PI trazendo muito lazer e comodidade aos sócios e dependentes 10h41 Governador Zé Filho fará carreata e comício nesta terça em Campo Maior 10h40 SILVERTUR leva você e sua família para o Réveillon 2015 em Salvador – BA 10h37 Mitsubishi veta uso da picape L200 pela Fiat do Brasil; entenda! 10h30 Piauí Fest Music divulga estrutura com mapa de palco e maquete eletrônica 10h29 Curso de pós-graduação é diferencial para mercado de trabalho 10h20 Dr. Pablo Santos apresenta propostas para populares de Picos 10h19 Escola Judiciária do TJ-PI vai abrir novos cursos no mês de outubro 10h19 Atleta na Escola: Convite 10h16 Dias 23 e 24 de Setembro acontecem Vacinação contra o HPV em Valença-PI 10h16 Policia Militar prende homem por tentativa de homicídio em Balsas 10h15 Dia da criança com corrida Skechers Kids Run 10h14 Site faz contagem regressiva para o dia em que fotos nuas de atriz serão divulgadas 10h07 Arari 100 % sem água 10h05 Shows Guns N Roses e One Direction no UCI Kinoplez Shopping da Ilha 10h04 Perigo nas Ruas de Bom Jesus