180graus

Ampliação no atendimento - 11/07/2017 às 16h40

Número de cirurgias a crianças com cardiopatia congênita deve aumentar 30%






comserv
Antonio das Neves - Peritos Associados

O Ministério da Saúde editou nesta terça-feira (11/07) portaria para ampliar o atendimento de crianças com cardiopatia congênita no Sistema Único de Saúde (SUS). O Plano Nacional de Assistência à Criança com Cardiopatia Congênita integra ações para o acesso ao diagnóstico, ao tratamento e à reabilitação de crianças com a doença.

A meta inicial é ampliar em 30% o número de cirurgias feitas na rede pública de saúde com investimento de R$ 91,5 milhões já neste ano, o que representa aumento de 75,2% do orçamento anual destinado às cirurgias cardíacas pediátricas, cujo custo estava em torno de R$ 52,2 milhões.

Com isso, serão possíveis mais 49 procedimentos da tabela SUS relacionados a esse tipo de tratamento. Segundo o Ministério, a meta é realizar 3.400 procedimentos hospitalares a mais por ano, passando de 9,2 mil para 12,6 mil neste ano. Com o aumento de 30% do atendimento, o SUS terá capacidade de tratar todas as crianças com cardiopatia congênita que precisam de intervenção no primeiro ano de vida.

A cardiopatia congênita é a terceira maior causa de morte de bebês antes de completar 30 dias, correspondendo a cerca de 10% das causas dos óbitos infantis e a 20% a 40% das mortes decorrentes de malformações. Estima-se que nasçam cerca de 30 mil crianças cardiopatas todos os anos no Brasil. A doença pode ser diagnosticada durante o pré-natal ou no período neonatal.

“Este é um pleito de muitos anos e é uma absoluta necessidade que nós só podemos atender porque fizemos uma gestão austera, economizamos R$ 3,5 bilhões nesse período de gestão. Com isso, estamos podendo atender a várias demandas, porque toda essa economia é para ampliar o acesso e o financiamento do SUS”, disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros, após a cerimônia no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Incor). O Incor é um dos parceiros na elaboração do projeto, junto com o Instituto Nacional de Cardiologia (INC) e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV).

De acordo com Barros, a forma de financiamento será alterada. Atualmente o repasse é feito por meio do Teto da Média e Alta Complexidade. A partir de agora, o Fundo de Ações Estratégicas e Compensação será responsável pelo custeio, o que garantirá o pagamento pós-produção de todos os procedimentos realizados. Com isso, os 69 hospitais atualmente habilitados no SUS para esse tipo de atendimento ficarão sob o monitoramento da sua produção em cirurgia cardiovascular.

Além disso, o desempenho de tais hospitais será conjuntamente avaliado pelo Ministério da Saúde, pelo Instituto do Coração de São Paulo (Incor) e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Os resultados da avaliação orientarão as medidas a serem tomadas quanto à manutenção, suspensão ou ampliação das habilitações.

“A diferença é que um plano que paga por procedimento, exige contrapartida do serviço, que tem que produzir para receber e que está sendo monitorado. Quem não cumprir a meta não receberá mais os recursos e poderemos, a partir daí, ter certeza da produção dos serviços. Hoje temos metade dos serviços credenciados para as cirurgias pediátricas que não produzem o que está cadastrado, mas recebem o recurso. Então, mudamos o modelo e isso vai ser um avanço importante”, ressaltou Barros.

Fonte: Agência Brasil

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Mestrado | Vem pro Podium
Informática p/ Concurso
Informática para concursos
Matemática Básica
Vem pro Podium
Matemática e Raciocínio Lógico
Últimas Notícias
04h45 Confira as principais informações esportivas veiculadas na TV Assembleia 00h22 Missa é realizada em ação de graças aos 63 anos de Angical 00h10 Jovem de apenas 15 anos morre em acidente na zona rural de Francinópolis 23h35 Município de Altos será beneficiada com 4.000 m de pavimentação asfaltica 23h20 Parceria entre prefeitura e SEBRAE incentiva microempreendedores em União 21h55 Linhas Guanabara 21h04 Colônia do Gurguéia: Abertura oficial da XV Semana Cultural 21h02 FMS: Inscrições para o teste seletivo seguem até essa sexta; acesse edital 21h00 Fundação Lupagus seleciona enfermeiros com experiência em sala de aula 20h52 Definidos os grupos do II Copão AMPAR 20h46 Prefeito de Avelino Lopes se reúne com Movimento Camponês 20h34 Prefeitura fecha parceria com o SEBRAE e vai ofertar serviços durante festejos 20h26 Modernização da gestão foi tema na reunião entre Osvaldo e o secretário 20h22 Prefeito de Nazária se reúniu com secretário Franzé e discutiram modernização da gestão 20h15 TCE-PI notifica prefeitos sobre publicação de atos oficiais 20h14 Francisco Macedo recebe caminhão com equipamento para associação 20h12 Alunos do Bolshoi retornam ao Piauí para período de férias 20h09 Vocalista da banda Linkin Park é encontrado morto 20h04 Classificados da Guarda Municipal vão ser convocados em seis meses 20h02 Campanha Nacional convoca população para fazer exames anti-hepatite C e diabetes 20h01 Nova norma permite a inclusão do nome social no CPF 19h52 Expocorrente está sendo realizada no município de Corrente-Piauí 19h45 Ex-assessor dos ex-presidentes Lula e Dilma morre aos 76 anos 19h41 Feira de Adoção de Animais acontece neste domingo (23) na Potycabana 19h30 Novo sistema disponibiliza chamadas públicas para agricultura familiar

Matemática Básica
Podium
Informática para concurso
Mestrado | Vem pro Podium!

Mais Lidas


    Enquete

    Você acredita que Michel Temer vai...

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-05-29 15:46:00.0 a 2017-06-05

    Polícia Civil
    Raciocínio Lógico
    Podium
    Polícia Civil
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional