180graus

Caos no sistema penitenciário - 24/01/2017 às 18h44

Força-tarefa deve comerçar a atuar em presídio do Rio Grande do Norte

Casa do cartucho
ISLAMAR
UNIMED ORTOPEDIA
comserv

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse nesta terça-feira (24/01) que os primeiros homens da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária devem começar a chegar ao Rio Grande do Norte a partir da quarta-feira (25/01), quando a autorização dele para a liberação do grupo será publicada. A força-tarefa é o braço penitenciário da Força Nacional de Segurança e é composta por agentes penitenciários cedidos pelo governo federal e por governos estaduais para atuar em presídios onde ocorram rebeliões.

Antes da formação deste grupo, a Força Nacional não podia atuar em presídios, por ser composta basicamente por policiais militares. Os agentes penitenciários da força-tarefa são treinados e/ou têm experiência para atuarem nessas instituições e utilizarão equipamentos específicos. “Quem cuida de presos, quem sabe o protocolo em relação aos presos são os agentes penitenciários”, disse o ministro.

No total, a força-tarefa terá 100 agentes, dos quais uma parte irá imediatamente para o Rio Grande do Norte a pedido do governador Robson Faria. Eles vão ajudar a manter a ordem na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal enquanto ocorrem as obras de reconstrução do presídio, que foi depredado

Presídio do Amazonas - interna 2.jpg

Mais cedo, tropas especiais da Polícia Militar voltaram a entrar em Alcaçuz. Segundo a Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social, os policiais vão revistar as celas e dependências da unidade em busca de armas, aparelhos celulares e drogas, além de recontar os detentos e garantir a segurança das equipes que estão erguendo um muro de contêineres para separar os presos de facções criminosas rivais.

A Penitenciária de Alcaçuz vive uma guerra entre duas facções desde o dia 14 de janeiro, quando pelo menos 26 presos foram assassinados brutalmente e boa parte da unidade passou a ser controlada pelos detentos. Agora, o plano das autoridades de segurança pública é manter homens das três tropas especiais no interior do estabelecimento até a conclusão da instalação dos seis últimos contêineres, antes de iniciar a construção do muro definitivo, de concreto, que dividirá a área interna da penitenciária.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social, o muro definitivo deve ficar pronto em pouco mais de 15 dias. As placas pré-moldadas já foram encomendadas e, segundo o fabricante, devem ser entregues em cerca de dez dias.

Fonte: Com informações da Agência Brasil

Ônibus estava lotado - 24/01/2017 às 17h59

Grávida fica ferida em colisão de ônibus e van em Teresina

A colisão entre uma Van e um ônibus causou pânico no Centro de Teresina no fim da tarde desta terça-feira (24/01). Apesar de ninguém ter ficado ferido com gravidade, passageiros ficaram muito assustados, entre eles uma grávida de oito meses que ficou machucada com os estilhaços do vidro.

A colisão aconteceu no cruzamento da avenida Campos Sales com a rua Rui Barbosa, próximo ao Sebrae e o tráfego de veículos ficou comprometido. A perícia foi chamada ao local, mas testemunhas disseram que o motorista da van, que veio na rua Rui Barbosa, teria invadido a preferencial e o motorista do ônibus não teve tempo de parar.

WhatsApp Image 2017-01-24 at 17.49.17.jpeg

WhatsApp Image 2017-01-24 at 17.49.35.jpeg

WhatsApp Image 2017-01-24 at 17.50.00.jpeg

WhatsApp Image 2017-01-24 at 17.51.45.jpeg

WhatsApp Image 2017-01-24 at 17.48.31.jpeg

Dá detalhes em vídeo - 24/01/2017 às 16h19

'Ele reagiu ai, nós furamos ele', afirma adolescente suspeito de matar taxista

Um vídeo que circula pelas redes sociais, mostra um dos adolescentes suspeito de matar o Taxista Francisco Hélio da Costa, de 32 anos, contando os detalhes de como o crime aconteceu.

No vídeo, o adolescente dentro de um veículo com as mãos algemadas. Ele conta que o taxista teria reagido ao assalto e que por isso teria sido morto. “Nos fomos pegar só o dinheiro dele, ai ele resistiu e veio pra cima de ‘nois’, ai ‘nois furemo ele’”, diz o menor. Quando questionado se seria o autor das facas, o menor acena com a cabeça, informado que sim.

Questionado onde teriam sido dadas as facadas, ele conta que furou o taxista na região da barriga e na altura do peito.

Veja o vídeo

 

Veja também
Polícia apreende 2 menores suspeitos de matar taxista na zona Sul da capital
Taxista é assassinado a facadas em assalto no bairro Bela Vista, em THE
Apresentador Mariano Marques é esfaqueado em Teresina
Policial leva sete facadas durante tentativa de assalto

200 detentos fugiram - 24/01/2017 às 15h37

Polícia recaptura 90 detentos que fugiram de penitenciária em Bauru

UNIMED ORTOPEDIA
comserv
ISLAMAR
Casa do cartucho

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) de São Paulo informou que foram recapturados 90 detentos dos 152 que fugiram na manhã desta terça-feira (24/01) do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) III, popularmente conhecido como Instituto Penal Agrícola, no município de Bauru. Inicialmente, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) chegou a estimar que cerca de 200 detentos estariam foragidos.

Um tumulto aconteceu durante revista de rotina, por volta das 8h30. De acordo com nota divulgada pela SAP, o incidente começou após um agente de segurança penitenciária ter surpreendido um preso se comunicando por meio de celular. Colchões chegaram a ser queimados e o Corpo de Bombeiros enviou sete viaturas ao local.

A situação contou com a ação do Grupo de Intervenção Rápida, enquanto a Polícia Militar (PM) atua na recaptura dos fugitivos. Não houve reféns. Todos os presos envolvidos no episódio e os apreendidos regredirão ao regime fechado, disse a SAP.

Atividades suspensas
A prefeitura de Bauru chegou a suspender o atendimento à população hoje, entre 12h e 14h, por causa da rebelião no Instituto Penal Agrícola. Agências bancárias, o posto de atendimento do Poupa Tempo e algumas lojas da região central também fecharam as portas.

Rebelião em São Paulo - Interna.jpg

A penitenciária tem capacidade para 1.124 internos, mas estava com 1.427 presos. O CPP III funciona em regime semiaberto e está localizado na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, altura do quilômetro 349, na zona rural. O local é cercado por alambrados, mas não tem muralhas e segurança armada.

A secretaria argumenta que "as unidades de regime semiaberto, conforme determina a legislação brasileira, não dispõem de muralhas nem segurança armada, sendo cercada por alambrados. A permanência do preso nesse regime se dá mais pelo senso de autodisciplina do preso do que a mecanismos de contenção”.

O CPP III está localizado em uma área, do tipo fazenda, de 240 alqueires. Atualmente, 208 presos trabalham fora da unidade, exercendo atividades externas. Outros 65 trabalham em empresas dentro da unidade e 358 trabalham em atividades de manutenção do próprio presídio.

Fonte: Com informações da Agência Brasil

Para revistar celas - 24/01/2017 às 15h19

Policiais militares voltam a entrar na Penitenciária de Alcaçuz

comserv
Casa do cartucho
ISLAMAR
UNIMED ORTOPEDIA

Tropas especiais da Polícia Militar (PM) voltaram a entrar na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal (RN). Segundo a Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social, os policiais vão revistar as celas e dependências da unidade em busca de armas, aparelhos celulares e drogas, além de recontar os detentos e garantir a segurança das equipes que estão erguendo um muro de contêineres para separar os presos de facções criminosas rivais.

De acordo com a secretaria, os policiais militares entraram na unidade por volta das 10h, sem nenhuma resistência de presos – ainda que muitos detentos continuem espalhados pelo pátio da unidade. Homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e da Tropa de Choque da PM se dirigiram para os pavilhões 1, 2 e 3, enquanto o efetivo do Grupo de Operações Especiais (GOE) atua na contenção dos pavilhões 4 e 5.

A Penitenciária de Alcaçuz vive uma guerra entre duas facções desde o dia 14 de janeiro, quando pelo menos 26 presos foram assassinados brutalmente e boa parte da penitenciária passou a ser controlada pelos detentos. Agora, o plano das autoridades de segurança pública é manter homens das três tropas especiais no interior do estabelecimento até pelo menos a conclusão da instalação dos seis últimos contêineres, antes de iniciar a construção do muro definitivo, de concreto, que separará a área interna da penitenciária.

Presídio do Amazonas - interna.jpg

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social, o muro definitivo deverá ficar pronto em pouco mais de 15 dias. As placas pré-moldadas já foram encomendadas e, segundo o fabricante, devem ser entregues em cerca de dez dias. A instalação deve demorar mais dois ou três dias se não houver nenhum impedimento.

Ainda de acordo com assessores da secretaria, a revista que os policiais militares estão realizando nas celas e dependências da unidade não contam com o apoio das Forças Armadas, apesar de o Rio Grande do Norte ter sido um dos primeiros estados a pedir ao governo federal a presença das equipes de militares das Forças Armadas que o Ministério da Defesa criou especialmente para ajudar os estados que solicitarem a inspeção de estabelecimentos penais em busca de armas, drogas e celulares. As Forças Armadas, no entanto, estão no estado, atuando na segurança nas ruas da capital, Natal, onde, na semana passada, foi registrada uma série de ataques criminosos a ônibus, delegacias e outros prédios públicos.

O governo estadual também espera receber o reforço do grupo de agentes integrantes da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária, criada pelo Ministério da Justiça e Cidadania, a pedido e por sugestão de governadores. A formalização da constituição da força foi anunciada nesta terça-feira (24/01). Cedidos pelas unidades da Federação que aderirem aos acordos e convênios de cooperação e pelo próprio governo federal, a força-tarefa vão ajudar a controlar distúrbios, vigiar e custodiar presos, entre outras tarefas.

Fonte: Com informações da Agência Brasil

Carregando, por favor aguarde...
Gráfica 180 vende máquinas
Terno e Cia
podium
MRV está chegando à Teresina
Últimas Notícias
19h55 Intensidade de chuvas aumentam e riacho transborda em Canavieira 19h54 Secretário Municipal Coronel Araújo, participa de aniversário do Corpo de Bombeiros 19h41 Vereadores dão posse aos suplentes na Câmara de Vereadores em Campo Largo do Piauí 19h36 1º reunião para Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico do Município de Paes Landim 19h27 Assessor de Mariano diz que não irá mais divulgar os 'boletins médicos' 19h00 Cursos da Rede e-Tec Brasil podem chegar à Queimada Nova 18h55 Mariano: 'suspeito' foi preso, mas não pelo esfaqueamento, e sim por tráfico 18h44 Força-tarefa deve comerçar a atuar em presídio do Rio Grande do Norte 18h15 Vereadora é presa no sul do país suspeita de desviar papel higiênico 18h08 Em treino, Tite indica escalação titular para enfrentar a Colômbia no amistoso 18h01 Boletos bancários já vencidos poderão ser pagos em qualquer banco;detalhes 18h00 TRE desaprova as contas de diretório do PR-PI e suspende fundo partidário 17h59 Grávida fica ferida em colisão de ônibus e van em Teresina 17h36 Sílvio deixa vida de 'vovô' aposentado 17h32 Multa para quem provocar tumulto em estádio poderá ser de 1% da renda do jogo 17h30 Oscar 2017 tem recorde de negros indicados; veja aqui a lista completa 17h17 Ministério da Justiça faz alerta para recall aos veículos Mercedes-Benz e Toyota 17h15 Jornal Diário do Povo pode anunciar parceria com a equipe da Band Piauí 17h12 Ministério da Transparência convida Acauã para capacitação na APPM 17h10 Sono sem qualidade: Por que é tão difícil dormir em noites quentes? 17h10 ‘Hormônio do romance’ pode ajudar a tratar problemas sexuais, diz estudo 17h05 Por que a Operação Geleira assombra gestões no município de Oeiras 17h05 Casa de ex-candidato a prefeito pega fogo no interior do Piauí 17h03 Estudantes que não fizeram Enade têm uma semana para regularizar situação 17h00 Júlio César pretende disputar a 4ª secretaria da Mesa Diretora