Política

Redução de 25% para 8,5% · 27/11/2013 - 14h20

Wilsão chega a acordo sobre o ICMS e Azul fará voos regulares para PHB

Empresa irá operar, inicialmente, com 3 voos semanais interligando Parnaíba a Teresina e Fortaleza


Compartilhar Tweet 1



O aeroporto de Parnaíba receberá voos comerciais regulares a partir de dezembro. O acordo foi fechado nesta quarta-feira (27), entre o governador Wilson Martins e executivos da Azul Linhas Aéreas, na sede da empresa em São Paulo (SP). Para a realização do acordo, o Governo do Estado concederá redução da alíquota do Imposto sobre Comercialização de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre o combustível QAV (querosene para aviação) de 25% para 8,5%.

A empresa irá operar, inicialmente, com três voos semanais interligando Parnaíba a Teresina e Fortaleza (CE). De acordo com os executivos da Azul, é possível, até o próximo mês, transferir uma das aeronaves que pernoitam na capital cearense para Parnaíba. A empresa atuará com aeronaves adequadas para a modalidade de aviação regional: aviões turbo-hélices com capacidade para transportar até 70 passageiros.

A isenção oferecida pelo Governo do Estado viabiliza a aviação regional no Piauí, pois os gastos com QAV representam 40% dos custos das empresas do setor. "Essa é uma excelente notícia, porque há uma enorme demanda por voos para o nosso litoral. Os voos comerciais regulares irão fortalecer o nosso turismo, gerar emprego e renda. Além disso, essa redução também permite a expansão dos voos regionais para outros municípios, como São Raimundo Nonato", ressaltou Wilson Martins.

O governador determinou a confecção de decreto que estabelece os seguintes parâmetros de redução do ICMS, sobre QAV para aeronaves com capacidade de transportar até 120 passageiros: alíquota equivalente a um terço do percentual atual para empresas com atuação em dois municípios piauienses; um quarto para empresas que operem em três cidades do Piauí; um quinto para as que atuem em quatro municípios do estado.

Renan Chieppe, integrante do Conselho Deliberativo da Azul, destacou o grande interesse da empresa em operar voos para municípios do interior. "Dentre os nossos diferenciais estão a grande capilaridade e a conectividade dos voos", explicou. Atualmente, a Azul opera em 104 cidades, o maior número do país.

Após a reunião, o governador Wilson Martins visitou, acompanhado do secretário estadual do Turismo, José Lavor Nery, o Nerinho, as instalações da empresa e se disse impressionado com seu modelo operacional.