180graus

PÕE EM RISCO - 03/09/2012 às 05h42

TSE abre brecha para 'Ficha Suja' ser candidato este ano

Na quinta-feira (30), os ministros do TSE, por unanimidade, aceitaram um recurso

CONSTRUIR
CONSTRUTORA HIDROS
Kangaco
VAGA VENDAS
PIAUI FEST
MANINHO ATACADISTA
TELHAS MAFRENSE

Uma recente decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) põe em risco a aplicação da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10) para casos de reprovação de contas de políticos e gestores públicos. Na avaliação do coordenador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), o juiz eleitoral Márlon Reis, esse é o dispositivo de maior eficácia das novas regras de inelegibilidade previstas na Lei da Ficha Limpa. E a decisão do TSE o coloca seriamente em risco.

Na quinta-feira (30), os ministros do TSE, por unanimidade, aceitaram recurso do candidato a vereador em Foz do Iguaçu (PR) Valdir de Souza (PMDB). Ele foi inicialmente barrado pela Justiça Eleitoral, já que teve suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) quando presidiu o Conselho Municipal de Esportes e Recreação da cidade.

Na visão dos ministros, ele não poderia ter sido barrado, pois o acórdão do TCE-PR não determinou devolução de recursos ao erário nem multa como punição. Também não fez menção a prejuízos à Administração Pública em decorrência dos empenhos sem dotação orçamentária. A candidatura do peemedebista foi contestada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Com base na alínea G da Lei da Ficha Limpa, o registro dele foi impugnado e, depois, rejeitado. O trecho da norma diz que ficam inelegíveis por oito anos aqueles que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configurem ato doloso de improbidade administrativa. Para o TSE, o caso de Valdir de Souza não se encaixava no disposto na lei, pelo fato de o TCE não ter lhe imposto punição. Para os ministros do TSE, isso demonstraria não ter havido uma intenção dolosa, de realmente prejudicar o erário.

Erro gravíssimo

Para o coordenador do MCCE, Márlon Reis, o TSE cometeu um “erro gravíssimo”. Na visão dele, que é juiz eleitoral no Maranhão, a corte superior está fazendo uma leitura equivocada do que é dolo em matéria eleitoral, confundindo com matéria penal. “Quando o administrador deixa de praticar uma licitação, ele não é negligente, ele pratica uma omissão dolosa. São lições absolutamente primárias de direito eleitoral que o TSE está ignorando”, analisou.

Para Márlon, a prevalecer a decisão do TSE, boa parte das candidaturas que seriam impugnadas sobreviverão, diminuindo enormemente a eficácia da lei. Por causa disso, o MCCE marcou uma reunião emergencial em Brasília para discutir o assunto para a próxima quarta-feira (5). O coletivo de entidades espera que a posição seja revertida por atitude do próprio TSE após “diálogo com a sociedade”. “O TSE teve muitas vezes que amadurecer esse entendimento, o que é normal nos tribunais. Nós esperamos que, a partir de um diálogo com a sociedade, que o próprio TSE reveja esse entendimento”, disse Reis.

No entanto, caso a corte não reveja o entendimento – o que neste momento parece improvável por ter sido uma decisão unânime – é preciso provocar os ministros judicialmente. Ou seja, o Ministério Público Eleitoral precisa apresentar um recurso contra a postura de quinta-feira. Para Márlon, existe a possibilidade de o caso até parar no Supremo Tribunal Federal (STF).

Publicado Por: Allisson Paixão

Últimas Notícias
08h42 D.Dilina completou 82 anos entre amigos e parentes,nesta 3ª feira 22/07,veja 08h37 Assaltantes invadem agência bancária em Itinga e levam cofre 08h33 Registros de candidaturas e prestações de contas serão julgados monocraticamente pelo TRE 08h31 Tchau Neymar! Seleção agora é com Lorran, Boschilia... Veja os nomes! 08h29 Themístocles escapa de condenação no TCE e tem a candidatura deferida 08h24 Teresina é a primeira capital do norte e nordeste, em geração de emprego 08h22 Brenno Andrade participa dos festejos do município de Milton Brandão 08h16 Viviane Araújo malha de barriga de fora e deseja um 'bom dia' aos fãs 08h15 Sabrina Sato tentou vender tríplex por R$ 5 milhões, mas já desistiu; fotos 08h15 Parfor/Uespi realizará oficina sobre violência na sala de aula, em agosto 08h15 CBF alterar horário de jogo do Sampaio na Série B do Brasileiro 08h11 Malévola ultrapassa marca de US$ 700 milhões no mundo 08h08 Antônio Félix confirma dobradinha com Heráclito Fortes nestas eleições 08h07 Sesapi celebra nova contratualização de Unidades Hospitalares do SUS 08h06 Laboratório de Performance Artística da UFPI realiza 'Brunch Musica' em THE 08h05 Sampaio Corrêa anuncia Lisca, ex-técnico do Náutico 08h04 Eleições: mais de 250 candidatos no país, não tem o ensino fundamental 08h03 SEMIC visita comunidade em Oeiras para orientar criadores sobre comercialização 08h02 Jovem usuário de drogas, destrói tudo em casa e tenta agredir a mãe 07h55 Maranhão derrota Bahia e garante classificação no Brasileiro de Voleibol 07h45 Ladrão ataca e leva a motocicleta de gerente de posto de combustível no PI 07h45 Prefeitura contabiliza mais de 1.400 vagas em cursos para docentes 07h45 Massagista, ex-Comercial do PI está desempregado e procurando clube 07h43 Gata de Cristiano Ronaldo exibe corpão posando de biquíni na praia 07h40 'Piauí não vive uma crise financeira e adota medidas para cumprir a LRF'
Curso in company
ControlX
ControlX

Enquete

Você acha que o Dunga vai fazer realmente um bom trabalho de volta ao cargo de técnico da Seleção Brasileira ou sai antes mesmo da Copa 2018?

Total de Votos: 44

Válida de 22/07/2014 a 29/07/2014

Mais lidas

    TELHAS MAFRENSE
    CONSTRUTORA HIDROS
    IRRITEC

    180graus no Instagramno Instagram