180graus

Último lugar no país - 28/06/2013 às 07h06

TJ julgou apenas 4,81% dos processos envolvendo casos de corrupção no PI

Ranking foi divulgado após Senado aprovar projeto que torna a prática de corrupção em crime hediondo

MEU BLOG
Alugue quitinete em Luis Correia
comserv
MEU BLOG
Negócios ou lazer em Parnaíba?
Podium - Professor Newton Neto





Mais uma vez, o TJ/PI-Tribunal de Justiça do Piauí aparece em último lugar no ranking do CNJ-Conselho Nacional de Justiça  no cumprimento da Meta 18, que prevê o julgamento de todos os casos de corrupção no estado. A notícia deixa em alerta o judiciário e a população piauiense já que a principal reivindicação das manifestações dos últimos dias é justamente o combate a corrupção.

Até o momento, apenas 4,81% dos processos que envolvem casos de corrupção no estado foram julgados. Essa semana, o Senado aprovou projeto de lei que torna a corrupção um crime hediondo, resultado da pressão sofrida com as manifestações nas ruas.

O Tribunal Regional Federal da primeira região, que inclui 14 unidades da Federação obteve o segundo pior ranking estabelecido pelo CNJ, com apenas 34,29% dos processos julgados. O presidente do STF-Supremo Tribunal de Justiça, ministro Joaquim Barbosa, irá encaminhar ofício aos presidentes dos tribunais sobre os resultados da Meta 18.

Caso seja constatada negligência por parte dos Tribunais, eles poderão responder a processo disciplinar junto á Corregedoria Nacional de Justiça. A informação é destaque na edição desta sexta-feira (28/06) do Jornal O DIA.

 

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


MEU BLOG
Terno e Cia
podium
podium
Marquinhos do Pará
Últimas Notícias
11h47 Contra fechamento, funcionários do BNB retardam atendimento em THE 11h43 Defensoria inaugura sala para atendimento na Central de Flagrantes 11h43 Evangelina Rosa promove atividades na campanha Janeiro Branco 11h33 Vocalista do Kaoma é encontrada morta em carro incendiado 11h18 Atual e ex-prefeito de Cristino Castro batem boca em frente a sede prefeitura 11h14 180 flagra bate-boca entre prefeito e o ex-prefeito de Cristino Castro; foto 11h07 Presos entram em confronto na Penitenciária Alcaçuz 11h07 Vice-prefeita participa de solenidade de formatura no IFPI 11h03 Polícia apreende menores com simulacro e recuperam moto roubada 10h59 Carro transitando a 199km/h é pego por radar da PRF em rodovia do PI 10h52 Trabalho doméstico não remunerado ainda é considerado como um 'problema de mulheres' 10h37 Tite convoca a Seleção Brasileira; Diego e Robinho constam na lista 10h37 Cristóvão lamenta a goleada, mas fala que o Vasco ainda está em preparação 10h35 Zé Filho pode está de saída do PPS 10h31 Mãe biológica da filha de Jolie faz apelo para falar com a garota 10h31 Homem mata própria filha enforcada e tenta matar a mulher em acidente de carro 10h27 'Seduc' encerra nesta sexta seletivo de cargo Administrativo/ Financeiro 10h26 Abono Salarial referente a 2015 começa a ser pago hoje 10h25 Vídeo: taxistas e motoristas do Uber entram em confronto na capital; veja 10h24 Se Sílvio Mendes sair do 'ninho', pode levar mais dois tucanos junto com ele 10h23 Bolsa Atleta irá contemplar 1.071 atletas de jogos não olímpicos 10h17 Brasil ocupando penúltimo lugar em competitividade em ranking da 'CNI' 10h15 Conselheiro de Turismo de Crivella faz piadas contra mulheres na rede 10h11 Dicas para que o parceiro não goze muito antes de você 10h08 Manchester United volta a ser o clube mais rico do mundo; veja o ranking

Terno e Cia
Hospede-se no Islamar
Podium - Professor Newton Neto
Laurice - Projetos
MEU BLOG

Mais Lidas

    Podium - Professor Newton Neto

    Enquete

    Você concorda com a decisão da Prefeitura de Teresina em não bancar os desfiles das escolas de Samba?

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-01-09 14:36:00.0 a 2017-01-16

    Casa do cartucho
    comserv
    Podium - Professor Newton Neto
    Negócios ou lazer em Parnaíba

    180graus no Instagramno Instagram

    Negócios ou lazer em Parnaíba
    Podium - Professor Newton Neto