180graus

E a polêmica continua - 17/02/2017 às 12h51

Psol recorre de decisão do STF que manteve nomeação de Moreira Franco

Para o Psol, o objetivo real da nomeação seria livrar Moreira Franco de eventuais investigações

Maria Brasileira - Limpeza e cuidados
Venha para o Hotel Delta em Parnaíba
Você no controle do Processo





O Psol entrou nesta sexta-feira (17) com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do ministro Celso de Mello em que ele manteve Moreira Franco no cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Na última terça-feira (14), Mello negou um pedido de liminar feito pelo partido de oposição ao governo para que o STF barrasse a nomeação. Um dia depois, o ministro afirmou que, se houvesse recurso, deveria levar o caso ao plenário da Corte. Não há prazo para que isso seja feito.

Para o Psol, o objetivo real da nomeação seria livrar Moreira Franco de eventuais investigações da Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal em Curitiba, após ter sido citado na delação premiada de um ex-executivo da Odebrecht. Isso porque ministros só podem ser indiciados e investigados pelo STF.

Ao negar a liminar, Mello entendeu que a mera nomeação de alguém para o cargo de ministro de Estado não pode ser encarada como um fato de obstrução da Justiça e destacou que a prerrogativa de foro privilegiado é uma consequência da nomeação.

Agravo
No recurso apresentado nesta sexta-feira (17), um agravo regimental, o Psol argumenta que Celso de Mello analisou o desvio de finalidade da nomeação, mas não considerou o que teria sido um desvio de moralidade na Administração Pública ligado à posse de Moreira Franco.

A Advocacia-Geral da União (AGU) defende a nomeação de Moreira Franco e afirma que o envolvimento dele com a Lava Jato são “ilações”, uma vez que a delação premiada em que Moreira Franco teria sido citado encontra-se em segredo de Justiça e não pesa contra ele nenhuma investigação no âmbito da operação.

O Psol cita também o posicionamento do ministro do Supremo Luiz Roberto Barroso que ontem (17) encaminhou ao plenário do STF uma proposta de redução do foro por prerrogativa de função através de uma reinterpretação da Constituição.

Em um despacho enviado aos colegas de Corte, Barroso argumentou que o foro privilegiado, conforme descrito na Constituição, diria respeito somente a atos cometidos enquanto no exercício do cargo. “O foro por prerrogativa é causa frequente de impunidade”, afirmou o ministro.

(Com informações da Agência Brasil)

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


CFO - MA - Vem pro Podium!
Revisão Atualidades
Mestrado em Políticas Públicas | Vem pro Podium
PM-MA - Vem pro Podium!
Últimas Notícias
07h13 'Procurador da Lava Jato' é investigado junto ao MPF em Brasília 06h51 OAB-PI apoia caminhada contra o feminicídio em Teresina 06h00 Pedagogia de Jesus é tema do Programa Entre dois Mundos 01h50 Gustavo Neiva marca presença em jantar em Sebastião Leal com surpresa de aniversário 01h43 Prefeito faz jantar em comemoração a festejos e surpresa para deputado 00h32 Rodada final da primeira fase com três clubes piauienses na parada do mata-mata 23h33 Caminhada marca encerramento da ‘1ª Semana do Meio Ambiente’ em Landri Sales 21h49 Prefeito do município de Santa Cruz do Piauí participa de missa em Teresina 21h14 Adolescente suspeito de realizar roubo é morto na BR-316 20h16 Discutindo ideias para a XV Semana Cultural de Colônia do Gurguéia 2017 19h08 Dr. Pessoa vai a cidade de Batalha visitar obras pelo município 18h55 Vendedor ambulante é morto a tiros no Centro de Teresina; polícia apura 18h26 Polícia tenta identificar casal que roubou farmácia várias vezes 18h06 Deputado Francisco Limma vai a cidade de Batalha visitar obras pelo município 17h45 Aeroporto de Jericoacoara-CE será inaugurado neste sábado (24) 17h32 Jovem de 23 anos morre ao 'errar a curva' com motocicleta na BR-343 17h23 Deficiente visual, filha de Roger 'toca' gol do pai que ela não viu 17h23 Deputado Antônio Félix vai a cidade de Batalha visitar obras pelo município 17h21 Brasil emitiu quase 8 mil carteiras de trabalho para estrangeiros neste ano 17h20 Mistura Gostosa Cocatelhense participa nesta Sexta do Arraiá dos Municípios 17h16 Prefeito Mirim compareceu a sessão no plenário do TCE na capital 17h13 Igreja Mundial do Poder de Deus será inaugurada na cidade de Curimatá 17h12 Juiz Eliomar Rios fala na Assembleia sobre combate da grilagem no Piauí 17h10 Na capital, prefeito Dr. Carlos reuniu-se em sessão no plenário do TCE 17h05 AABB Teresina sediará o Campeonato Teresinense de Natação

Mestrado em Políticas Públicas | Vem pro Podium
Escola de Sargentos - Vem pro Podium!

Mais Lidas


    Enquete

    Você acredita que Michel Temer vai...

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-05-29 15:46:00.0 a 2017-06-05

    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional