180graus

Causou bastante polêmica - 31/10/2012 às 23h17

Primeira mulher de José Dirceu diz que ele e Genuíno estão pagando por Lula

Clara e Dirceu foram casados por quatro anos na época da ditadura militar

Dr. Igor Martins

Em reportagem publicada nesta quarta-feira (31/10) pela Agência Estado, assinada pela jornalista Débora Bergamasco, Clara Becker, amiga e primeira mulher do ex-ministro José Dirceu (Casa Civil), mãe de seu filho mais velho, Zeca Dirceu (PT-PR), afirma que tanto o ex-ministro quanto José Genoíno (ex-presidente do PT) estão pagando por Lula.

"Se ele fez algum pecado, foi pagar para vagabundo que não aceita mudar o País sem ganhar um dinheiro (...) Se ele pagou, foi pelos projetos do Lula, que mudou o Brasil em 12 anos", afirma, referindo-se ao pagamento a parlamentares da base aliada que receberam dinheiro para votar a favor de propostas do governo do ex-presidente Lula, segundo a denúncia do Ministério Público.

Clara e Dirceu foram casados por quatro anos na época da ditadura militar. Amiga próxima do ex-marido há mais de três décadas, ela tem certeza de que "Dirceu não é ladrão". Para Clara, militantes do PT como Dirceu e José Genoino estão sendo sacrificados. "Eles estão pagando pelo Lula. Ou você acha que o Lula não sabia das coisas, se é que houve alguma coisa errada? Eles assumiram os compromissos e estão se sacrificando", indigna-se. "Sabe, é muito sofrimento. Uma vez peguei meu filho chorando de preocupação com o pai. E minha neta, Camila, também sente muito."

Ainda segundo a reportagem, a família de Dirceu já se prepara para o pior: sua condenação em regime fechado por envolvimento com o mensalão. Enquanto o Supremo Tribunal Federal não decide a pena, parentes já planejam como serão as visitas na cadeia. A refeição da penitenciária é uma das preocupações, pois o ex-ministro é reconhecido como um sujeito bom de garfo. "Meu medo é que ele se mate na prisão", chora Clara Becker, 71 anos.

Clara, com quem Dirceu se casou sem dizer quem era ou mencionar suas atividades políticas (ele foi preso pela ditadura e trocado pelo embaixador americano, Charles Elbrick, junto com outros presos políticos, viveu no exílio e voltou ao Brasil com nome falso e rosto modificado por uma cirurgia plástica), sabia que o marido guardava um segredo. Imaginou que ele tivesse uma família em outra cidade, mas que teria fugido "da bruxa da mulher dele e se ele quer ficar comigo e não com ela, deixe ele aqui, né?", lembra.

Só quando a anistia política foi decretada, em 1979, foi que José Dirceu contou à mulher quem realmente era, apontando uma foto dele e de outros exilados em recorte de jornal. "Pensei assim: 'Ai, era isso? Grande coisa', porque nem estava por dentro do que aquilo significava."

Sua preocupação foi ter registrado o filho com o nome de um pai fantasma. Mas compreendeu a importância da mentira. Também diz não ter-se magoado quando, assim que voltou a ser Dirceu, mudou-se para São Palo. "Ele até quis que eu fosse junto, mas não dava, eu estava com filho pequeno, ajudava minha família e ele nem salário tinha, só queria saber de fundar essa miséria desse PT", conta ela, que é petista roxa, com direito a uma piscina nos fundos de casa decorada com a estrela e a legenda do partido em minipastilhas.

Arrependida. Para ela, o único golpe foi ir a São Paulo e encontrar cabelos pretos de mulher no banheiro. Descobriu que era traída. "O Dirceu me disse: 'Se eu tenho outra é um problema, agora se a gente vai se separar é outra questão'. E eu: 'Não, senhor, acabou aqui, cara'. Peguei minhas coisas, o moleque pela mão e fui embora. Hoje, me arrependo, se eu não tivesse deixado o campo limpo, estaria com ele...", idealiza.

Fonte: Com Informações Do Jornal Do Brasil

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Dr. Igor Martins
UNIMED - DIGA 33
Últimas Notícias
20h36 Igreja Assembleia de Deus Missão promoveu um culto sobre as drogas 20h26 Combate às drogas através de palestras de conscientização na Escola Idália de Brito 20h17 Missa do sétimo dia do Sr. Crispim é marcada por muita emoção 19h01 Escolas de Educação Infantil realizam festa junina 18h57 Treinador do River estuda alterações para enfrentar o Confiança no Albertão 18h50 Colisão entre caminhão tanque e motocicleta deixa mulher ferida na PI-113 18h42 Elmano faz 'elogios' à senadora Gleisi após o marido dela ser preso pela PF 18h35 Repasse da União para a Eletrobras PI pode até ser pago pelos consumidores 18h05 Lysia Bucar terá que pagar custas judicias referentes a R$ 23 millhões 17h15 Novos emojis do seu celular tem 'cara de mentiroso', 'tirando selfie' e bacon 17h01 Cervejada da Urufolia foi paga com dinheiro da Educação 16h42 Caçador morre após tiro acidental no interior do Piauí 16h38 Carga de cerveja avaliada em R$ 192 mil é apreendida sem 'notas fiscais' 16h36 Mulher é baleada dentro de casa, seu marido é o principal suspeito 16h28 7º Congresso Internacional de Odontologia é lançado em Teresina 16h27 Pacientes do CAPS de Batalha participaram de festa junina 16h24 Festival Junino de Altos terá shows de Avine Vinny, Waldonys e Amauri Jucá 16h18 Arraiá de S.M do Tapuio recebe grupos juninos de cidades do Piauí e Ceará 16h17 Secretaria Municipal de Saúde realiza arraial para pacientes do CAPS AD III 16h07 Folha de Dirceu Arcoverde consome mais de R$ 4 milhões ao ano. Veja lista 16h04 Confira os 8 erros que estragam o sexo imediatamente 16h01 4 truques para tornar o sexo com camisinha muito mais prazeroso 15h49 Entrevista: Tini Stoessel fala sobre amadurecimento e filme “Tini – depois de Violetta” 15h44 Tudo o que você precisa saber sobre a sétima temporada de “Pretty Little Liars” 15h41 OMG! Harry Styles assina contrato com gravadora para carreira solo

Contratamos designer gráfico

Mais Lidas


    Enquete

    Escândalos de corrupção têm sido cada vez mais frequentes no noticiário. Pagamentos de propina à nível nacional envolvem até políticos do Piauí. Você acha que ainda tem jeito pro Brasil?

    Total de Votos: 241

    Válida de 16/06/2016 a 23/06/2016

    180graus no Instagramno Instagram

    sunset