Política

Rios estão agonizando · 06/04/2013 - 04h38

Poluição dos rios Poti e Parnaíba é tema de discussão na Câmara de THE

Teresina não possui um sistema de tratamento dos esgotos que são lançados no rio


Compartilhar Tweet 1



A Câmara Municipal de Teresina realizará, na próxima segunda-feira (8), a partir das 9 horas, audiência pública para tratar dos impactos causados ao meio ambiente, especialmente nos rios que banham a cidade, devido à falta de uma política efetiva de saneamento básico e de um sistema de esgotamento sanitário.

O vereador Gilberto Paixão (PT), autor da solicitação, afirmou que o objetivo da audiência é propiciar uma discussão com a sociedade, órgãos governamentais e não governamentais e instituições políticas envolvidas nas questões ambientais, no sentido de se buscar uma ação efetiva na preservação dos nossos rios e das vidas das pessoas.

De acordo com o vereador petista, Teresina padece pela falta de uma política de saneamento básico eficiente e de defesa do meio ambiente, além de uma cidade de profundas desigualdades sociais. “Ainda é precário o atendimento por serviços de saneamento básico, especialmente de esgotamento sanitário. Esta situação exige do poder público e da sociedade como um todo ações de promoção da saúde e da vida”, afirmou Paixão.

Ainda segundo o parlamentar, o grande volume de produtos líquidos e gasosos produzidos pelas indústrias ou resultantes de esgotos domésticos lançados nos rios e no meio ambiente, com elevada carga de poluição, sem o devido tratamento, a população fica sujeita a consumir água imprópria para o consumo, causando a proliferação de doenças nas pessoas, morte dos rios e danos ao meio ambiente.

A Câmara Municipal convidou os representantes da Agespisa, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, bancada dos partidos no Congresso Nacional, da Assembleia Legislativa do Estado, Governo do Estado, Ibama, Conselho Nacional do Meio Ambiente, Defesa Civil, Secretarias do meio Ambiente do Estado e do Município, Fundação Rio Parnaíba, Sindicato dos Pescadores de Teresina e da OAB-PI, para participar da audiência pública.