180graus

''Distritão” - 25/05/2015 às 20h50

Plenário da Câmara vai analisar reforma política a partir desta terça-feira

Caso o “distritão” consiga o apoio de 308 deputados, o Plenário passará para o próximo tema

Terrazzo Poti
comserv
Hotel Delta - Semana Santa
Tintas e Tonners compatíveis com várias marcas
Islamar-Semana Santa





O Plenário da Câmara dos Deputados dedicará todas as sessões deliberativas desta semana - de terça-feira (26/05) a quinta-feira (28/05) - para a discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras). Hoje uma reunião de líderes partidários, às 18 horas, no gabinete da Presidência, vai definir os procedimentos para a votação da matéria, que deverá ser analisada por partes.

Segundo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, os temas poderão seguir a seguinte ordem: sistema eleitoral; financiamento de campanhas; proibição ou não da reeleição; duração dos mandatos de cargos eletivos; coincidência de mandatos; cota de 30% para as mulheres; fim da coligação proporcional; e cláusula de barreira.

Se prevalecer essa ordem, o Plenário analisará primeiro o chamado “distritão”, modelo que acaba com o atual sistema proporcional para eleição de deputados e vereadores e determina a eleição dos mais votados pelo sistema majoritário.

Caso o “distritão” consiga o apoio de 308 deputados, o Plenário passará para o próximo tema, o financiamento. Do contrário, o Plenário discutirá uma outra opção de sistema, o distrital misto, em que parte das vagas será preenchida pelo sistema proporcional e o restante pelo sistema majoritário. Se esse tema perder, será analisado então o sistema de listas partidárias. E se os três modelos forem rejeitados, mantém-se o atual.

O texto dependerá de emendas aglutinativas que poderão ser apresentadas ao longo da votação. Essas emendas surgem do aproveitamento de emendas apresentadas ao texto original e parte ou não do texto, resultando em nova redação que contenha relação com as emendas usadas como suporte.

Votação na comissão
A votação da PEC 182/07 na comissão especial está marcada para segunda-feira, às 14 horas. Se a votação não ocorrer com celeridade, até a manhã de terça-feira, existe ainda a possibilidade de o presidente da Câmara avocar a matéria para votação diretamente no Plenário.

Mandatos
De acordo com o parecer do relator da reforma política, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), todos os mandatos terão a duração de cinco anos, contra os quatro atuais. Pela proposta, os cinco anos valeriam ainda para os senadores a partir de 2027. O aumento do mandato está vinculado à ideia do fim da reeleição, exceto para os mandatos dos Legislativos municipais, estaduais, distrital e federal.

Para a transição do tempo de mandato coincidir com as eleições gerais unificadas em um único ano, os senadores eleitos em 2018 terão mandatos de nove anos. Atualmente, eles têm mandatos de oito anos.

Conforme o substitutivo do relator, o presidente da República, os governadores e os deputados eleitos em 2018 terão mandatos de quatro anos. Já os prefeitos e vereadores eleitos em 2016 terão mandatos de seis anos. Assim, pela proposta, a partir de 2022, todos os mandatos passarão a ser de cinco anos, com exceção dos senadores, para os quais a regra valerá a partir da eleição seguinte.

Cláusula de desempenho
Quanto à cláusula de desempenho, o relator prevê uma transição nas duas próximas eleições – 2018 e 2022.

Pelo texto, somente a partir de 2027 valerá por inteiro a cláusula de desempenho partidário, pela qual só terão direito a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à televisão os partidos com representação no Congresso Nacional que obtiverem no mínimo 2% dos votos apurados, distribuídos em pelo menos 1/3 dos estados, com, no mínimo, 1% do total em cada um deles.

Em 2018, terão acesso a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à TV os partidos com representação no Congresso.

Em 2022, só terão direito a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à TV os partidos com representação no Congresso que obtiverem, no mínimo, 1% dos votos apurados.

Congresso
Para as 19 horas desta terça, está marcada sessão do Congresso Nacional para analisar cinco vetos presidenciais a projetos de lei. Entre os vetos que devem ser votados está o dispositivo relacionado à lei que restringe a fusão de partidos (13.107/15).

Congresso analisa vetos ao Orçamento, ao novo CPC e à fusão de partidos
O trecho vetado da lei concedia prazo de 30 dias para os parlamentares mudarem para um partido criado por meio de fusão, sem a punição de perda do mandato. A presidente Dilma Rousseff argumentou que o texto daria aos partidos resultantes de fusão o mesmo caráter de partidos novos.

Fonte: Com informações da Camara Federal

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Terrazzo Poti
Preratório PM-PI
Antônio das Neves - Peritos Associados
Últimas Notícias
15h54 Reunião debate a implantação do Autoatendimento da Receita Federal no Município de Corrente 15h50 CBF e Nike lançam o terceiro uniforme da Seleção em duas versões 15h49 Prefeitura não responde a pedido de informações dos gastos de Firmino 15h45 Artistas de rua de Teresina reclamam e pedem mais atenção das autoridades 15h32 Neymar foi titulado como novo capitão da Seleção contra o Paraguai: confira 15h04 Saúde incorpora medicinas tradicionais e complementares ao SUS 15h03 CCJ pode votar proposta que define crimes de abuso de autoridade 15h02 Inflação da construção civil cai, mas acumula 5,87% em 12 meses 15h01 OIT afirma que desemprego seguirá crescendo no mundo todo 14h59 Eriberto Leão anuncia que será papai novamente de um menino 14h54 Luana Piovani volta a rede Globo como a protagonista em 'O Sétimo Guardião' 14h45 PI-392 que chega a Transcerrado terá asfalto concluído até o fim de 2017 14h41 Apaixonada por Campo Maior, Secretária de Turismo é entrevistada no EugenioShow 14h29 O excesso de masturbação pode atrapalhar a relação sexual? 14h20 Comunidade católica divulga a programação da Semana Santa 14h09 Conheça 5 dicas para a relação sexual durar mais tempo 13h57 A Prefeitura Municipal de S. Mendes e Sec.de Assistência Social realizou uma ação Combate à Dengue 13h54 Ao vivo: Câmara faz sessão solene em homenagem à Batalha do Jenipapo 13h51 Prefeito Ribinha participa de sessão da 'Batalha do Jenipapo' na Câmara 13h28 Prefeitura Municipal de Miguel Alves, entrega cadeiras de rodas 13h23 Jovem morre afogado durante banho em riacho no Piauí; vítima pode ter consumido bebida alcoólica 13h12 Caminhão Digital leva capacitação para o interior do Piauí; veja 13h08 BrVox/Governador: W.Dias 49%, Firmino 9,3% e Wilsão 5% 12h59 Legislativo e Executivo Trabalhando pra Valer 12h58 Presidente da Câmara de Vereadores de Floriano se reúne com o prefeito Joel Rodrigues

Tintas e Tonners compatíveis com várias marcas
Antônio das Neves - Peritos Associados
Elegante é ter você em nossa companhia!

Mais Lidas


    Enquete

    Qual foi o melhor carnaval do Piauí em 2017?

    Total de Votos: 1244

    Válida de 2017-03-02 09:43:00.0 a 2017-03-23

    comserv

    180graus no Instagramno Instagram