180graus

Postado no blog da deputada - 25/11/2010 às 17h09

Lilian Martins opina sobre adequação da máquina administrativa

Segundo ela, ajustes serão necessários sob pena dessa administração ficar a claudicar, sem evoluir

TECNIQUIMICA
LB Fitness
CELTA CONSTRUTORA
Kangaço

A deputada estadual Lílian Martins (PSB), que é esposa do governador do Estado do Piauí, Wilson Martins (PSB), opinou sobre a reforma administrativa a ser realizada pelo chefe do executivo estadual em seu blog, na tarde desta quinta-feira (25). De acordo com a parlamentar socialista, os ajustes na máquina são necessários para promover uma melhor governabilidade, bem como ajustar as finanças do Estado.

Coincidentemente, Lílian escreveu sobre a questão horas depois da ex-secretária de Administração, Regina Sousa (PT), suplente do senador Wellington Dias (PT), criticar a extinção de coordenadorias comandadas pelo Partido dos Trabalhadores, que será feita na nova gestão de Wilsão.

A petista esteve na maioria dos canais de TV a tratar do assunto. Segundo Regina, antigos aliados estão com a intenção de minar o PT. “Algumas pessoas estão querendo fazer uma desconstrução do nosso governo”, dispara a suplente de senador, que não citou nomes, mas adiantou que eram aliados no governo de W.Dias.

CONFIRA O TEXTO ABAIXO

Como uma organização complexa a ser administrada, o Estado governado por Wilson Martins deve passar por uma reestruturação baseada numa visão geral da realidade de cada uma das áreas de atuação. Os ajustes serão necessários sob pena dessa administração ficar a claudicar sem alcançar seus objetivos.

Podemos encontrar muitas razões para o crescente interesse que esta decisão implica e isso me preocupa muito. A razão base está na percepção que ela não vai reduzir o Estado de forma significativa com consequente limitação de suas funções, nem tão pouco vai resolver definitivamente sua questão financeira. A proposta se propõe a promover uma maior GOVERNABILIDADE.

O Gov. Wilson deixa claro, que o único objetivo não é o de redução de gastos como muita gente quer fazer crer, o que aliás, por si só já se justificaria. O Governo sabe que tem pela frente uma tarefa saneadora ,mas ela não deverá ser o principal foco/expectativa de atenção da mídia e sociedade em geral, a reforma, representa principalmente e sobretudo uma contribuição importante de racionalização das atividades públicas, com otimização do planejamento e gestão visando enfrentar os problemas identificados. O Governador pretende fazer mais e melhor com menos, imprimindo um estilo que tem como “norte” e “obrigação” um salto dos indicadores da qualidade de vida da população.

O atual governo herdou um Estado bem avaliado em tese, e a iniciativa aqui comentada, representa a vontade de continuar um processo de organização já iniciado, avançando para o desenvolvimento integral e sustentável de forma a conseguir conciliar racionalidade fiscal e capacidade gerencial.

Alguns podem reagir dizendo que quanto maior a descentralização mais seguro é o controle social. Não se trata aqui de querer ter um estado pequeno e consequentemente não ter legitimidade social; a institucionalidade de espaços para seguimentos/ações vai continuar, só que sem o desperdício que estes possam provocar. Apostar na reestruturação revela que o possível encolhimento de alguns órgãos não representa prejuízo, mas redução de gastos e racionalidade de ações. Não se deve esperar choques, modificações profundas ou ousadas, o que se quer é perder o mínimo, ganhando o máximo. Por isso, não cabe o discurso reacionário de quem se entenda ameaçado, pois muitos opinam defendendo com os mais diversos argumentos, a extinção, fusão ou criação de Secretarias, Coordenadorias ou outro grande parte olhando somente para o viés que lhe convém.

A mudança em curso não pode ser postergada, apostamos nela para não se travar a eficiência da máquina. O que se precisa ainda é dividir desafios e responsabilidades com todos, principalmente com o Poder Legislativo a quem cabe aprovar a proposta ora em gestação.

UM PIAUÍ DESENVOLVIDO PARA TODOS, é talvez a melhor marca que une todas as dimensões pensadas para este governo, e, só um estado enxuto pode proporcionar um trabalho com metas pré-fixadas e resultados satisfatórios. A necessidade do equilíbrio dentro desta máquina estatal é fundamental.

Democracia é instrumento político que protege os direitos civis, assegura os direitos sociais e afirma os direitos públicos e disso o nosso comandante maior não abre mão. Estas conquistas só serão possíveis com o comprometimento de todos os envolvidos, e essa transformação da administração, deve dar uma contribuição contínua para a modernização do setor público. O foco é o futuro e este, nós estamos abraçando.

Fonte: Com Informações Do Blog Lílian Martins

Publicado Por: Thiago Bastos

Últimas Notícias
17h49 Ministro Felix Fisher deixa presidência do Superior Tribunal de Justiça 17h31 Debate com presidenciáveis no SBT é 1º após empate de Marina e Dilma 17h29 Deborah Secco, 14kg mais magra, fala da vida de solteira 17h27 'Ela não se lembra de nada', diz irmão de mulher agredida por cotovelada 17h27 Após arma de fogo falhar três vezes, homem escapa de ser baleado 17h22 Denúncias recebidas pela OAB do PI durante as eleições já passam de 30 17h13 Após ajudar retirar veículo 'atolado', homem é atingido por disparo no abdômen 17h03 Namoro de Monique Evans chega ao fim: 'Estou muito triste' 17h03 Escolas se preparam para desfile de 7 de setembro em São Francisco do Piauí 17h01 Polícia desbarata quadrilha de THE que atuava no interior com roubo de motos 17h01 Gareca é demitido do Verdão e leva quase R$ 800 mil; Dorival é cotado 16h53 Vinte promotores tomam posse na entrância intermediária 16h53 Nakamura e Sidney Sampaio romperam noivado, confirma assessor 16h41 Advogados comemoram aniversário da OAB-PI com grande festa em Teresina 16h37 Em Picos, Sebrae realiza oficina de capacitação. Saiba detalhes! 16h35 Palestra Que vender mais? Conheça seu Cliente! 16h35 Sede da Prefeitura passa por reforma e atendimento está sendo no prédio do Setor de Identificação 16h29 Sebrae realiza capacitações em Picos 16h17 Programe-se e veja o calendário de pagamento do programa BOLSA FAMÍLIA 2014 16h15 Em Uruçuí, Ceir Móvel entrega 500 equipamentos. Saiba detalhes! 16h10 Ceir Móvel entrega 500 equipamentos em Uruçuí nesta terça (2) 16h05 'Robertão exige mais do meu lado ator do que do meu físico', afirma Rômulo Neto 16h03 Fabio Lago é eliminado do 'Super Chef'; André Marques conquista vaga na final 15h46 Em Francisco Ayres ruas e avenidas passam por manutenção 15h44 Tribunal Regional Eleitoral vai sofrer paralisação nesta terça-feira (02/09)
Mesário Voluntário

Enquete

Com o início de setembro, começa também o período mais quente para os piauienses: o chamado B-R-O-Bró. Com temperaturas castigantes, o que há de pior pra você neste período do ano?

Total de Votos: 35

Válida de 01/09/2014 a 08/09/2014

Mais lidas

    180graus no Instagramno Instagram