180graus

Postado no blog da deputada - 25/11/2010 às 17h09

Lilian Martins opina sobre adequação da máquina administrativa

Segundo ela, ajustes serão necessários sob pena dessa administração ficar a claudicar, sem evoluir

Vem pro Podium
Você no controle do Processo
Cadastre-se
Semana da Enfermagem
Vem pro Podium!
Vem pro Podium!
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados
Venha para o Hotel Delta em Parnaíba

A deputada estadual Lílian Martins (PSB), que é esposa do governador do Estado do Piauí, Wilson Martins (PSB), opinou sobre a reforma administrativa a ser realizada pelo chefe do executivo estadual em seu blog, na tarde desta quinta-feira (25). De acordo com a parlamentar socialista, os ajustes na máquina são necessários para promover uma melhor governabilidade, bem como ajustar as finanças do Estado.

Coincidentemente, Lílian escreveu sobre a questão horas depois da ex-secretária de Administração, Regina Sousa (PT), suplente do senador Wellington Dias (PT), criticar a extinção de coordenadorias comandadas pelo Partido dos Trabalhadores, que será feita na nova gestão de Wilsão.

A petista esteve na maioria dos canais de TV a tratar do assunto. Segundo Regina, antigos aliados estão com a intenção de minar o PT. “Algumas pessoas estão querendo fazer uma desconstrução do nosso governo”, dispara a suplente de senador, que não citou nomes, mas adiantou que eram aliados no governo de W.Dias.

CONFIRA O TEXTO ABAIXO

Como uma organização complexa a ser administrada, o Estado governado por Wilson Martins deve passar por uma reestruturação baseada numa visão geral da realidade de cada uma das áreas de atuação. Os ajustes serão necessários sob pena dessa administração ficar a claudicar sem alcançar seus objetivos.

Podemos encontrar muitas razões para o crescente interesse que esta decisão implica e isso me preocupa muito. A razão base está na percepção que ela não vai reduzir o Estado de forma significativa com consequente limitação de suas funções, nem tão pouco vai resolver definitivamente sua questão financeira. A proposta se propõe a promover uma maior GOVERNABILIDADE.

O Gov. Wilson deixa claro, que o único objetivo não é o de redução de gastos como muita gente quer fazer crer, o que aliás, por si só já se justificaria. O Governo sabe que tem pela frente uma tarefa saneadora ,mas ela não deverá ser o principal foco/expectativa de atenção da mídia e sociedade em geral, a reforma, representa principalmente e sobretudo uma contribuição importante de racionalização das atividades públicas, com otimização do planejamento e gestão visando enfrentar os problemas identificados. O Governador pretende fazer mais e melhor com menos, imprimindo um estilo que tem como “norte” e “obrigação” um salto dos indicadores da qualidade de vida da população.

O atual governo herdou um Estado bem avaliado em tese, e a iniciativa aqui comentada, representa a vontade de continuar um processo de organização já iniciado, avançando para o desenvolvimento integral e sustentável de forma a conseguir conciliar racionalidade fiscal e capacidade gerencial.

Alguns podem reagir dizendo que quanto maior a descentralização mais seguro é o controle social. Não se trata aqui de querer ter um estado pequeno e consequentemente não ter legitimidade social; a institucionalidade de espaços para seguimentos/ações vai continuar, só que sem o desperdício que estes possam provocar. Apostar na reestruturação revela que o possível encolhimento de alguns órgãos não representa prejuízo, mas redução de gastos e racionalidade de ações. Não se deve esperar choques, modificações profundas ou ousadas, o que se quer é perder o mínimo, ganhando o máximo. Por isso, não cabe o discurso reacionário de quem se entenda ameaçado, pois muitos opinam defendendo com os mais diversos argumentos, a extinção, fusão ou criação de Secretarias, Coordenadorias ou outro grande parte olhando somente para o viés que lhe convém.

A mudança em curso não pode ser postergada, apostamos nela para não se travar a eficiência da máquina. O que se precisa ainda é dividir desafios e responsabilidades com todos, principalmente com o Poder Legislativo a quem cabe aprovar a proposta ora em gestação.

UM PIAUÍ DESENVOLVIDO PARA TODOS, é talvez a melhor marca que une todas as dimensões pensadas para este governo, e, só um estado enxuto pode proporcionar um trabalho com metas pré-fixadas e resultados satisfatórios. A necessidade do equilíbrio dentro desta máquina estatal é fundamental.

Democracia é instrumento político que protege os direitos civis, assegura os direitos sociais e afirma os direitos públicos e disso o nosso comandante maior não abre mão. Estas conquistas só serão possíveis com o comprometimento de todos os envolvidos, e essa transformação da administração, deve dar uma contribuição contínua para a modernização do setor público. O foco é o futuro e este, nós estamos abraçando.

Fonte: Com Informações Do Blog Lílian Martins

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Vem pro Podium!
Teresina Participativa
Vem pro Podium
Vem pro Podium
Vem pro Podium!
PM BA - Vem pro Podium!
Cadastre-se
PM TO - Vem pro Podium!
Vem pro Podium
Últimas Notícias
23h43 Implacável: Altos vence de 4 x 0 o Cordino e mantém a liderança 18h48 Mulher tem a vida transformada em um inferno por denúncia anônima de tráfico de drogas 18h35 Continua as homenagens as Mães em toda a rede Municipal de Educação 18h21 A cada 45 minutos, uma pessoa se suicida no Brasil, dizem especialistas 18h17 Senado poderá votar na terça-feira PEC do foro privilegiado e seis MPs 18h07 Mais de 80 casais celebram união em casamento comunitário do Ação Global 18h04 Defesa diz que Aécio nunca usou bloqueador de celulares encontrado pela PF 17h58 Sessão de ‘Mulher-Maravilha’ só para mulheres causa controvérsia 17h50 Saída para a crise no país exige nome legitimado pelo povo, defende W.Dias 17h33 Espaço aéreo: conheça as regras para drones, aeromodelos e balões 17h29 Maçonaria brasileira se organiza em torno do progressismo e pede renuncia de Michel Temer 17h16 Prefeitura de Pio IX emite nota técnica sobre surto de meningite 17h05 Firmino Filho tranquiliza seguidores após ser internado: 'Enfim, em casa' 17h04 Empossados a nova diretoria do PT de Miguel Alves 17h03 Caçamba tomba após perder o freio e motorista morre no Norte do Piauí 17h02 20 concursos oferecem salários de até R$ 21,3 mil em várias regiões do Brasil 17h01 Homem morre ao ter cabeça esmagada por uma carreta na BR 230 em Floriano 16h43 Pai e filho caem de moto e morrem atropelados por ônibus 16h34 Semam distribui mudas no Parque da Cidadania durante o Ação Global 16h04 Anatel deverá bloquear os celulares que não tenham certificação;confira 15h19 Confira cinco boas razões para deixar o sexo fora de água 15h14 Descubra com que idade a mulher sente mais prazer no sexo 14h47 Novo poster da série Castlevania faz homenagem ao game 14h45 The Rock transformaria Game of Thrones em filme de comédia 14h39 O coordenador de Comunicação numa entrevista com Devan Eugênio no Eugênio Show

Vem pro Podium
Vem pro Podium
Vem pro Podium!
Vem pro Podium!
Teresina Participativa

Mais Lidas

    Podium - Professores Dir. Constitucional

    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 913

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Suas ideias podem melhorar Teresina
    Vem pro Podium!
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional