180graus

Homofóbico igualzinho ao pai - 30/06/2011 às 01h10

Filho de Bolsonaro fala no Twitter: 'Chupa viadada'; entenda a briga

'Viva a Liberdade de Expressão. Parabéns Brasil', escreveu, comemorando salvação do pai

COELHO FORTE E DOURADO
SAMBAIBA MODULADOS
DR GERMANO
Phocus Galerie
Shop Festa - Inauguração
Laurice - Projetos

"CHuUuuupa Viadada" (sic). Assim o vereador do Rio Carlos Bolsonaro (PP) comemorou nesta quarta-feira, pelo microblog Twitter, o arquivamento da representação contra seu pai, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), no Conselho de Ética da Câmara.

A representação contra Bolsonaro, de autoria do PSOL, dizia que ele foi racista ao responder uma pergunta feita pela cantora Preta Gil, durante o programa "CQC", da TV Band, em março.

Ao ser questionado qual seria a reação dele se seu filho se apaixonasse por uma negra, o parlamentar respondeu: "Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco e meus filhos foram muito bem educados. E não viveram em ambiente como lamentavelmente é o teu".

"CHuUuuupa Viadada. Bolsonaro absolvido!!!! Viva a Liberdade d Expressão. Parabéns Brasil! [sic]", afirmou Carlos Bolsonaro em seu perfil no Twitter.

O parlamentar postou diversos outros comentários, rebatendo as críticas que recebeu dos internautas: "Desejar minha morte é o menor dos elogios q tenho lido no twitter. Rs! Pregam a Liberdade d Expressão, só a deles, a minha ñ. Ditadura Gay!"; "Atenção Boiolas, p/ infelicidade d vcs, eu sou hétero!".

REJEITADO
Por 10 votos a 7, o Conselho de Ética da Câmara rejeitou hoje a representação contra Jair Bolsonaro. A maioria dos integrantes do colegiado entendeu que o deputado tem o direito de expressar a sua opinião e portanto votou contra o relatório de Sérgio Brito (PSC-BA), que pedia a abertura do processo. Durante a sessão, Bolsonaro trocou acusações com Jean Wyllys (PSOL-RJ) e Chico Alencar (PSOL-RJ).

Wyllys disse que Bolsonaro tinha que limpar sua boca para lhe dirigir a palavra. "Tenho orgulho de ser chamado de veado por outro veado. E o sr. tem que lavar a boca, pois sou homossexual com "h" maiúsculo, de homem, coisa que o sr. não é", afirmou. Os gays chegaram a dizer: "Filho de homofóbico, homofóbico é".

Wyllys disse que Bolsonaro usou da homofobia, que não é crime, para justificar o crime de racismo.

Além da fala no "CQC", outro fato citado na representação foi a briga entre Bolsonaro e a senadora Marinor Brito (PSOL-PA), na Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Após a retirada do projeto que criminaliza a homofobia da pauta de votação, enquanto a relatora da proposta, Marta Suplicy (PT-SP), concedia entrevista à imprensa, Bolsonaro exibiu um panfleto contra a ampliação dos direitos dos homossexuais, o que irritou Marinor, que chegou a bater na mão do deputado.

Marinor tentou impedir que Bolsonaro exibisse o panfleto e o chamou de homofóbico, o que acabou resultando em discussão.

Jean Wyllys deixou o Conselho logo após a polêmica, mas Chico e Bolsonaro chegaram a trocar ofensas. O representado chamou o colega do PSOL de "mentiroso, imoral". "Vou tirar você [Chico] do armário", disse Bolsonaro.

"Tá nervoso é? Isso é diversionismo", respondeu Chico Alencar.

Sérgio Brito, relator do caso, se disse surpreso e lamentou o fato de a atitude de Bolsonaro poder continuar a mesma, sem nenhum tipo de punição.

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


ISLAMAR
Terno e Cia
Phocus Galerie
SAMBAIBA MODULADOS
Marquinhos do Pará
SAMBAIBA MODULADOS
Últimas Notícias
08h40 Regina Sousa volta a insinuar que o mandato de Dilma Rousseff acabou 01h23 Federação de Futebol abre hoje(27) a Segunda Divisão Piauiense com dois jogos 00h34 Para contabilizar custos com Lula a OAS abriu o centro 'zeca pagodinho' 00h08 Brasil gastou uma fortuna para conquistar duas medalhas a mais em relação a Olimpíada de Londres 00h01 Jales / Campo Maior: Ribinha tem 37,14% e Joãozinho 34,64% 00h01 Piauí é o estado que mais contratou planos de saúde 00h01 Jales/Campo Maior: Silvia do Caú é a mais citada para vaga na câmara 23h34 FEPI realiza a primeira reunião da Regional “Planície Litorânea” 22h01 Na Avenida Maranhão, 'Civic' colide em poste e uma pessoa morre; fotos 19h50 Um dos candidatos de Picos é condenado na Justiça por improbidade 19h33 Indiciamento do ex-presidente Lula vai ser remetido ao juiz Sérgio Moro 19h25 Juíza nega registro a candidatos do PCO em THE; decisão pune Lourdes 19h08 Informante da defesa não responde a questionamento de Regina Sousa 18h53 Traje de Batman com 23 dispositivos entra para o Guinness 18h34 Já teve um déjà vu? Cientistas descobriram a causa da sensação 18h19 Assalto na zona Sul de Teresina acaba com homem a tiros; suspeitos fugiram 18h18 MP-PI denuncia Lysia Bucar pelo desvio de R$ 27 milhões 18h16 Ator Steve Rogers não irá mais representar Capitão América, diz diretor 18h04 Bandeira tarifária continua verde, sem cobrança extra na conta de luz 17h51 Adnet só empata com ‘A Praça É Nossa’ na estreia de ‘Adnight’ 17h51 'Pro Evolution Soccer 2017' terá o Campeonato Brasileiro 17h49 'Faria tudo de novo', diz Assis após ter sido condenado por improbidade 17h46 Grande festa marca comemoração dos 60 anos da Dona Delice em Curimatá 17h32 Quanto tempo você demora para pegar no celular quando está sozinho? 17h14 Ministro Barroso elogia a Operação Lava Jato e critica ataques ao Ministério Público

Laurice - Projetos
Phocus Galerie
SAMBAIBA MODULADOS
Terno e Cia
ISLAMAR

Mais Lidas

    SUNSET
    DR GERMANO ADV

    Enquete

    O Senado Federal abriu consulta pública sobre projeto de lei que propõe diminuir o número de deputados e senadores. Você concorda com a proposta?

    Total de Votos: 175

    Válida de 23/08/2016 a 30/08/2016

    Casa do cartucho
    Shop Festa - Inauguração
    Silva, Guedes & Barroso
    SAMBAIBA MODULADOS
    ISLAMAR
    Dr. Diogo Caldas(Escritório de advocacia)
    Alves e Alves (Dr. Daniel)

    180graus no Instagramno Instagram

    Panificadora Canindé