180graus

Preso em 19 de outubro - 12/11/2016 às 18h15

Cunha pediu a inclusão de duas testemunhas na ação penal da Lava Jato

Cunha está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba

Teresina Participativa
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados
Você no controle do Processo





Foto: Evaristo Sá/AFP

Foto: Evaristo Sá/AFP

A Justiça Federal do Paraná recebeu dos advogados do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pedido para mudar duas testemunhas de defesa na ação penal da Operação Lava Jato. A petição foi protocolada na noite dessa sexta-feira (11).

Os advogados solicitam a inclusão do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, que também foi presidente do Conselho de Administração da Petrobrás, e do prefeito do Rio de Janeiro Eduardo da Costa Paes. O motivo seria a dificuldade de localização das testemunhas inicialmente arroladas, o ex-gerente da Petrobrás, Pedro Augusto Cortes Xavier Bastos, e o ex-deputado e presidente da Câmara, João Paulo Cunha.

As primeiras audiências de testemunhas de defesa de Eduardo Cunha estão marcadas para ocorrer nos dias 23 e 24 de novembro, quando serão ouvidos, entre outras testemunhas, o pecuarista José Carlos da Costa Marques Bumlai, o ex-senador Delcídio do Amaral Gomez, o ex-diretor da Petrobrás Nestor Cunat Cerveró e o lobista Hamylton Padilha. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve prestar depoimento no próximo dia 30. As testemunhas de acusação indicadas pelo Ministério Público Federal são o ex-gerente da Petrobras Eduardo Musa e o auditor da estatal Rafael de Castro Silva.

Prisão
Cunha está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 19 de outubro. Segundo a força-tarefa do Ministério Público Federal, "há evidências" de que existem contas pertencentes a Cunha no exterior que ainda não foram identificadas, fato que, segundo os procuradores, coloca em risco as investigações. Além disso, os procuradores ressaltaram que Cunha tem dupla nacionalidade (brasileira e italiana) e poderia fugir do país.

A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria oriundo de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África.

O processo foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal, mas, após a cassação do mandato de Cunha, a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro porque o ex-parlamentar perdeu o foro privilegiado.

(Com informações da Agência Brasil)

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Terrazzo Poti
Teresina Participativa
Podium PMPI
Últimas Notícias
14h29 Abuso de autoridade: CCJ aprova texto após senador mudar redação 14h25 Prefeitura de Monsenhor Gil abre inscrições em programa habitacional 14h13 Serena Williams desabafa na internet após seu bebê sofrer racismo; confira 14h06 Dor nas costas é o problema que mais afasta trabalhadores no Brasil 13h56 Ex-Spice Girl,Mel C vem ao Brasil em junho lançar 'Versions of Me' 13h56 Prefeitura incentiva desenvolvimento do comércio de Cocal 13h55 Palmeiras encara Peñarol pela 10ª vez na Copa Libertadores com favoritismo 13h53 Semana da Saúde 13h52 Prefeitura de Cocal abre inscrições para voluntários do Programa Novo Mais Educação 13h45 Botafogo estreia pela Copa do Brasil contra o Sport nesta quarta-feira (26) 13h45 Beyoncé cria programa de bolsas de estudo só para mulheres 13h44 Bebê de 3 meses tem os dedos da mão arrancados pelo cachorro da família 13h38 Juros do rotativo do cartão de crédito sobem para 490,3% ao ano 13h35 Boxe brasileiro embarca para primeira competição internacional do ano; veja 13h34 Trabalhadores dos Correios entram em greve por tempo indeterminado 13h34 Em reunião, Semar-PI debate sobre exploração de petróleo e gás natural 13h20 Brasil vence torneio internacional de badminton no Peru 13h17 Contas do Idepi referentes ao exercício de 2014 são reprovadas pelo TCE-PI 13h08 Semjuv adere a campanha Baleia Rosa e chama atenção sobre jogo 13h06 Agnaldo Timóteo se apresenta em três cidades do Piauí em maio 13h05 Confiança do comércio volta a ficar positiva ao atingir 102,3 pontos 13h04 Mulher morre em colisão de motos na cidade de Luís Correia, litoral do Piauí 13h03 IBGE revela: 1,5 milhão de pessoas têm dívidas com empregadores 13h02 Carros encontram dificuldades em estrada que liga Joca Marques a Madeiro 13h01 Fla: Lancuna pede foco no Parnahyba e reforça a esperança em classificação

Teresina Participativa

Mais Lidas


    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 809

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Teresina Participativa
    Teresina Participativa

    180graus no Instagramno Instagram