Política

Turismo já entregou o cargo · 28/03/2016 - 22h43

Com rompimento do PMDB, Dilma já pediu de volta o Ministério da Saúde

Atualmente, o ministério é ocupado pelo deputado Marcelo Castro (PMDB-PI)


Compartilhar Tweet 1



Em razão do processo de afastamento do PMDB, que nesta terça-feira (29) deve aprovar por aclamação a saída do partido do governo, a presidente Dilma Rousseff decidiu pedir a devolução do Ministério da Saúde.

Atualmente, o ministério é ocupado pelo deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), contrário ao rompimento da sigla com o governo. Antes de Castro, o ministro da Saúde era o petista Arthur Chioro. Antes dele, no primeiro mandato de Dilma, o ministro era outro petista, Alexandre Padilha.

Nesta segunda-feira (28), Henrique Alves (Turismo) foi o primeiro dos sete ministros do PMDB a anunciar que deixou o governo. Ele estava no cargo desde 16 de abril do ano passado.

Na carta, Alves diz que pensou "muito" antes de pedir demissão mas que, "independentemente de nossas intenções o momento nacional coloca agora o PMDB, o meu partido há 46 anos, diante do desafio maior de escolher o seu caminho, sob a presidência do meu companheiro de tantas lutas, Michel Temer".

No texto, o peemedebista disse ainda que o diálogo no governo "se exauriu". O G1 procurou o Palácio do Planalto para saber o posicionamento da presidente Dilma Rousseff diante do pedido de demissão e aguardava retorno até a última atualização desta publicação.


Fonte: Com informações do G1/Cristiana Lobo