180graus

Dados divulgados pelo CNJ - 15/01/2014 às 09h29

CNJ mostra que número de presos no Brasil aumentou para 584 mil em 2013

Aumento foi 6,56% desde dezembro de 2012, quando o número de presos era de 548 mil

DREAM PARK ABC
Tire sua habilitação na Servemplac
Mirante da Mota Machado
WS Construtora - Recanto das Palmeiras
SA CAVALCANTE RIO POTY
THREVO - RESERVA DOS PINHEIROS
Inocoop - Recanto das Palmeiras
PIAZZA - CONTE ENGENHARIA
Anilson Feitosa Kangaco
RESERVA HELICONIA





No ano passado, 36 mil homens e mulheres engrossaram a população carcerária brasileira, que atingiu, em dezembro de 2013, o total de 584 mil detentos, segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça. O aumento foi 6,56% desde dezembro de 2012, quando o número de presos era de 548 mil.

Já em relação aos últimos cinco anos, o aumento foi de 29,42% a partir de 2008, quando o Brasil tinha 451.219 presos. Desde então, 132.781 pessoas ingressaram no sistema carcerário nacional.

O novo contingente de presos no país foi divulgado no último dia 10, em matéria publicada no site do Ministério da Justiça sobre os diferentes tipos de unidades prisionais. O texto, porém, não traz a atualização do número de vagas nas unidades prisionais. Na página do ministério na internet, o último dado disponível é de dezembro de 2012, quando havia apenas 310.687 vagas para um total de 548 mil presos. Ou seja, um déficit de 237.313 vagas.

Ainda segundo os dados de 2012, quase metade da população carcerária (48,9%) era de condenados e acusados por crimes contra o patrimônio, como furto, roubo, extorsão, receptação e estelionato. Outros 25,21% estavam presos por tráfico de drogas.

Por outro lado, apenas 11,81% se encontravam presos, em 2012, pelos chamados crimes contra a pessoa, como homicídio, sequestro e cárcere privado. Isso em um país onde a taxa de homicídios é de 29 por 100 mil habitantes, muito superior à média mundial, de 8,8 por 100 mil, segundo a Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), executada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e o Ministério da Justiça.

ONU- Relatório do Grupo de Trabalho sobre Detenção Arbitrária (GTDA) da Organização das Nações Unidas (ONU), que visitou o Brasil em março de 2013, atesta que o uso excessivo da prisão é uma das principais causas da superpopulação carcerária do país. Segundo o documento, isso ocorre em função da baixa aplicação, pelo Poder Judiciário, de medidas cautelares substitutivas à prisão, previstas na Lei 12.403, em vigor desde julho de 2011.

“Apesar de a emenda ao Código de Processo Penal em 2011 permitir a aplicação de medidas alternativas à detenção, o Grupo de Trabalho observou que não houve redução substancial no uso da detenção desde a introdução da emenda”, diz o relatório do GTDA.

“Nos casos em que medidas como fianças são aplicáveis, detentos não têm condições de arcar com a quantia necessária. O Grupo de Trabalho tomou conhecimento de que a privação de liberdade era imposta mesmo em situações em que o delito era considerado de menor gravidade, como furtos não violentos ou o não pagamento de pensão alimentícia, o que desperta sérias preocupações quanto à aplicação do princípio de proporcionalidade”, critica o documento.

O GTDA também apontou como causa da superpopulação carcerária a lentidão na tramitação dos processos, o que leva muitas pessoas a ficarem presas por tempo superior ao necessário. “O Grupo de Trabalho foi recorrentemente informado que o acúmulo de casos nos tribunais causa atrasos substanciais e sérios para os julgamentos. Apelos a tribunais superiores também demoram um longo período para serem apreciados”, avaliou o GTDA.

O relatório também enumerou iniciativas consideradas importantes para a prevenção e o combate às prisões ilegais. O Mutirão Carcerário do CNJ, por exemplo, é citado no seguinte trecho: "O Grupo de Trabalho observou ainda a existência de boas práticas que possuem o potencial de ser reforçadas, com vistas à maior proteção do direito de não ser privado de liberdade arbitrariamente. Incluem-se aí instituições já existentes, como o Mutirão do Conselho Nacional de Justiça, que visita prisões e auxiliou, em anos anteriores, na libertação de vários detentos que estavam ilegalmente presos. Mutirões independentes similares poderão ser úteis na proteção contra detenção arbitrária se forem estabelecidos em nível estadual".

Fonte: Com informações da Assessoria

Publicado Por: Daniel Silva

WX - Village Leste
WS Construtora - Alto das Palmeiras
VAL PRAEIRO HELICONIA
VANITY SANDRA SILVA
VANITY SANDRA SILVA
Mirante da Mota Machado
THREVO PIATZ
DREAM PARK ABC
Inocoop Recanto das Palmeiras
Últimas Notícias
09h31 Tombini admite que políticas de Dilma comprometeram a economia do Brasil 09h13 Após cancelar comissão, Cunha pede desculpas a deputado Marcelo Castro 08h56 Cantora Anitta e André Marques estão namorando, aponta colunista 08h32 Weidman subiu para luta contra Belfort com vontade de fazer 'número 2' 08h13 O Boticário lança campanha voltava para os gays no Dia dos Namorados 07h54 Briga aberta no Fluminense devido a chegada de Enderson Moreira no time 07h37 Weidman embolsa R$ 1,5 milhão pela vitória contra o Belfort pelo UFC 187 07h11 Com presença de ídolos, Botafogo lança filme sobre seu título de 1995 07h04 Ex-boxeador Touro Moreno foi preso após atear fogo em sua própria casa 06h50 Quer ter mais 'likes' no Instagram? A ciência pode ajudar 06h32 Oposição pede à PGR que denuncie Dilma ao Supremo por crime comum 06h11 MP que restringe acesso ao seguro-desemprego é aprovada no Senado 05h53 Assis e Marcelo votam contra financiamento por empresas privadas 05h45 Anitta e André Marques estão namorando há três meses, diz colunista 05h29 Jennifer Lopez mostra novo corte de cabelo e ganha 'chuva' de fãs 05h03 'Cala a boca, Magda', diz comentarista da TV Cultura contra Dilma Rousseff 04h50 CDH encampa projeto para tentar coibir o desaparecimento de crianças 04h28 Protestes diz que bancos sobem juros da casa própria; Caixa teve aumento 04h04 FMS promove uma ação educativa para combater a dengue na Vikstar 03h53 Paes Landim assume a presidência do PTB do PI após saída de João Vicente 03h46 Distritão é rejeitado durante votação na Câmara; veja como o Piauí votou 03h30 Congresso ocupa vácuo deixado por Dilma e assume agenda 03h11 Promotor Elói Jr. destaca carências do MP e apresenta suas propostas 03h05 82,2% dos consumidores disem que acham difícil encontrar emprego 02h56 CVM multa governo em R$ 500 mil em caso da Eletrobras
MELHORES IMOVEIS
SA CAVALCANTE RIO POTY
SEU IMOVEL NA DANTAS
HR like
BRISA SUL - BOA VISTA
Mirante da Mota Machado
SA CAVALCANTE RIO POTY
Tire sua habilitação na Servemplac

Mais Lidas

    CONTE - ENCONTRO DOS RIOS
    VANITY SANDRA SILVA
    AGUAS DE TIMON
    Imobiliaria
    VAL PRAEIRO HELICONIA
    BRISA SUL PISCINA

    Enquete

    A Câmara de Vereadores de Teresina aprovou Lei que isenta a cobrança de estacionamento em shoppings para quem consumir pelo menos 10 vezes o valor do taxa. Você concorda com esta lei?

    Total de Votos: 273

    Válida de 22/05/2015 a 29/05/2015

    SA CAVALCANTE RIO POTY
    Mirante da Mota Machado
    Inocoop - Recanto das Palmeiras
    SEU IMOVEL NA DANTAS
    WS Construtora Recanto das Palmeiras
    VAL PRAEIRO
    AGUAS DE TIMON
    CONTE ENGENHARIA - ENCONTRO DOS RIOS

    180graus no Instagramno Instagram

    AGUAS DE TIMON
    Tire sua habilitação na Servemplac
    Inocoop Recanto das Palmeiras
    Mirante da Mota Machado
    WX - Village Leste