180graus

Dados divulgados pelo CNJ - 15/01/2014 às 09h29

CNJ mostra que número de presos no Brasil aumentou para 584 mil em 2013

Aumento foi 6,56% desde dezembro de 2012, quando o número de presos era de 548 mil

ISLAMAR
INOCOOP
VANGUARDA
MELHORES IMOVEIS





No ano passado, 36 mil homens e mulheres engrossaram a população carcerária brasileira, que atingiu, em dezembro de 2013, o total de 584 mil detentos, segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça. O aumento foi 6,56% desde dezembro de 2012, quando o número de presos era de 548 mil.

Já em relação aos últimos cinco anos, o aumento foi de 29,42% a partir de 2008, quando o Brasil tinha 451.219 presos. Desde então, 132.781 pessoas ingressaram no sistema carcerário nacional.

O novo contingente de presos no país foi divulgado no último dia 10, em matéria publicada no site do Ministério da Justiça sobre os diferentes tipos de unidades prisionais. O texto, porém, não traz a atualização do número de vagas nas unidades prisionais. Na página do ministério na internet, o último dado disponível é de dezembro de 2012, quando havia apenas 310.687 vagas para um total de 548 mil presos. Ou seja, um déficit de 237.313 vagas.

Ainda segundo os dados de 2012, quase metade da população carcerária (48,9%) era de condenados e acusados por crimes contra o patrimônio, como furto, roubo, extorsão, receptação e estelionato. Outros 25,21% estavam presos por tráfico de drogas.

Por outro lado, apenas 11,81% se encontravam presos, em 2012, pelos chamados crimes contra a pessoa, como homicídio, sequestro e cárcere privado. Isso em um país onde a taxa de homicídios é de 29 por 100 mil habitantes, muito superior à média mundial, de 8,8 por 100 mil, segundo a Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), executada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e o Ministério da Justiça.

ONU- Relatório do Grupo de Trabalho sobre Detenção Arbitrária (GTDA) da Organização das Nações Unidas (ONU), que visitou o Brasil em março de 2013, atesta que o uso excessivo da prisão é uma das principais causas da superpopulação carcerária do país. Segundo o documento, isso ocorre em função da baixa aplicação, pelo Poder Judiciário, de medidas cautelares substitutivas à prisão, previstas na Lei 12.403, em vigor desde julho de 2011.

“Apesar de a emenda ao Código de Processo Penal em 2011 permitir a aplicação de medidas alternativas à detenção, o Grupo de Trabalho observou que não houve redução substancial no uso da detenção desde a introdução da emenda”, diz o relatório do GTDA.

“Nos casos em que medidas como fianças são aplicáveis, detentos não têm condições de arcar com a quantia necessária. O Grupo de Trabalho tomou conhecimento de que a privação de liberdade era imposta mesmo em situações em que o delito era considerado de menor gravidade, como furtos não violentos ou o não pagamento de pensão alimentícia, o que desperta sérias preocupações quanto à aplicação do princípio de proporcionalidade”, critica o documento.

O GTDA também apontou como causa da superpopulação carcerária a lentidão na tramitação dos processos, o que leva muitas pessoas a ficarem presas por tempo superior ao necessário. “O Grupo de Trabalho foi recorrentemente informado que o acúmulo de casos nos tribunais causa atrasos substanciais e sérios para os julgamentos. Apelos a tribunais superiores também demoram um longo período para serem apreciados”, avaliou o GTDA.

O relatório também enumerou iniciativas consideradas importantes para a prevenção e o combate às prisões ilegais. O Mutirão Carcerário do CNJ, por exemplo, é citado no seguinte trecho: "O Grupo de Trabalho observou ainda a existência de boas práticas que possuem o potencial de ser reforçadas, com vistas à maior proteção do direito de não ser privado de liberdade arbitrariamente. Incluem-se aí instituições já existentes, como o Mutirão do Conselho Nacional de Justiça, que visita prisões e auxiliou, em anos anteriores, na libertação de vários detentos que estavam ilegalmente presos. Mutirões independentes similares poderão ser úteis na proteção contra detenção arbitrária se forem estabelecidos em nível estadual".

Fonte: Com informações da Assessoria

Publicado Por: Daniel Silva

INOCOOP
VANGUARDA
GUIA DE FESTAS
Últimas Notícias
20h02 Papa Francisco pede que Venezuela 'retome caminho do bem' 19h31 Namorada de Zezé não acompanha cantor em festa por causa de Camilla Camargo, diz colunista 19h24 Monte Alegre do Piauí participou de capacitação na área de infância e juventude em Corrente 19h24 Filme estrelado por Rodrigo Santoro e Will Smith lidera bilheterias nos EUA 19h21 Obra do Ginásio Poliesportivo Encontra se Paralisada 19h21 Obra Paralisada II 19h21 Giro pela cidade 19h20 CQC marcará encontros sexuais entre famosos e anônimos 19h15 Fundação Wall Ferraz seleciona currículos para o cargo de supervisor 19h02 Que loucura! Lady Gaga mergulha com o noivo em lago gelado nos EUA 18h58 E ela não se cansa! Paparazzo libera novas fotos da ex-BBB Ana Carolina 18h54 Eliana e Patrícia Abravanel brincam de jogar água e internautas criticam desperdício 18h54 Piauiense Jonas disputa 1º clássico no Flamengo e perde para Botafogo 18h52 Monique Evans beija a namorada: 'Nunca mais me senti sozinha' 18h44 Concursos em 10 órgãos abrem 2,8 mil vagas na segunda-feira;é a sua chance 18h43 Glória Maria dança funk no 'Esquenta!' e vira piada na internet 18h42 Barreiras do Piauí foi uma das beneficiadas com evento do Ministério Público 18h40 W.Dias joga ao lado de Fábio Abreu pelo 'KLB' em partida comemorativa 18h36 TERESINENSE MORRE em confronto com a polícia no MA 18h30 Giro pela cidade 18h15 Giro pela cidade 18h15 Curso de Manuntenção Básica de Microcomputadores 18h01 Homem é baleado por desafeto e levado a hospital em motocicleta 17h57 ONU faz pedido por um mundo sem estigma e discriminações 17h33 Governo anuncia que pretende ampliar forças policiais para liberar rodovias
Vanguarda
VANGUARDA
ISLAMAR
ABC

Mais Lidas

    Imobiliaria

    Enquete

    De manhã, qual noticiário você prefere assistir?

    Total de Votos: 132

    Válida de 28/02/2015 a 07/03/2015

    GUIA DE FESTAS
    Dantas Imobiliaria

    180graus no Instagramno Instagram

    INOCOOP