De olho na Copa do Nordeste · 28/10/2015 - 14h04

Empresas procuram o Flamengo-PI após anúncio do nome de Athirson

Empresas procuram o Flamengo-PI após anúncio do nome de Athirson


Compartilhar Tweet 1



O presidente do Esporte Clube Flamengo do Piauí, o vereador Tiago Vasconcelos, apresentou no início da tarde desta quarta-feira (28/10) o novo técnico do time. Athirson Mazoli, ex-lateral esquerdo do Flamengo-RJ desembarcou em Teresina mais cedo e concedeu entrevista aos jornalistas no restaurante Coco Bambu, zona Leste da capital.

Sua única experiência como treinador até agora foi vitoriosa. À frente do São Cristóvão-RJ, ele chegou ao clube em um momento de dificuldades para o time, mas conseguiu que a equipe fosse salva do rebaixamento.

“Tenho certeza que esse primeiro trabalho na região Nordeste vai ser bem sucedido, como ele já mostrou a capacidade dele lá no São Cristóvão. Pegou o time na zona de rebaixamento, evitou que o time caísse, que entendeu a forma de trabalhar dele, e acreditamos que isso também vai acontecer aqui no Flamengo do Piauí”, disse Tiago Vasconcelos.

O presidente do clube piauiense espera que os treinos comecem já no dia 30 de novembro. “Ainda teremos um mês pela frente para discutir, montar o plantel. Ele possivelmente vem em definitivo no meio do mês, até mesmo para avaliar os atletas locais, nossa base de time, analisar ainda os atletas que estão disputando a segunda divisão do campeonato piauiense, bem como analisando jogadores da região nordeste, gente na Série D, Série C, estamos assistindo tudo para ver se soma”, afirma.

Tiago reconhece ainda o poder midiático do novo técnico do time. “O Athirson traz mídia, é midiático, jogou na Seleção Brasileira, tem história no Flamengo do Rio, foram vários títulos com gols dele. A imprensa nacional já me procurou, depois que o nome dele apareceu empresas já ligaram interessadas em apoiar o projeto Flamengo, justamente por conta dele”.

O vereador ainda anunciou novidades tanto na reestruturação do Flamengo-PI e na montagem do plantel. Ao 180, Tiago Vasconcelos cogitou a possibilidade da vinda de dois nomes nacionais reconhecidos, além de melhorias de estrutura mínima para um bom trabalho. “A meta é o campeonato estadual e segunda fase da Copa do Nordeste, bem como a meta associativa ao campeonato, que é a série D do próximo ano”, completa Tiago.

Em conversa com os jornalistas, Athirson lembrou que o de mais importante do seu trabalho no São Cristóvão foi conseguir retomar o entusiasmo e a alegria dos atletas, justamente para fugir do rebaixamento. “Vir para o Flamengo é uma oportunidade, um começo, que eu tenho convicção do que penso e do que pretendo fazer, tentar também o presidente a estruturar o time, crescendo junto. Se conseguir fazer pelo menos essa interação do que aprendi, e faze o Flamengo crescer dentro e fora de campo, daqui a alguns anos vou saber que tive participação e será muito gratificante”.

O contrato de Athirson segue até o meio do ano que vem, mas ele admite que se as coisas melhorarem, a sua permanência à frente do time pode aumentar. “Penso no hoje para depois pensar no amanhã”.

Ao 180, Athirson confirmou que já fez indicações de atletas para o presidente do Clube. “São companheiros que já jogaram comigo, um no Flamengo (Rio) e outro no Cruzeiro. Pretendo realmente ajudar na formação deste elenco, tentar olhar o que hoje tem, para dali dar sequência na formação do time definitivo. Mas seria um prazer realmente contar com estes atletas que indiquei”, afirma.

Para compor sua equipe técnica, Athirson teve a liberdade de trazer um auxiliar técnico, preparador de goleiro e o preparador físico, mas espera contar com a equipe que já existe aqui. Ao avaliar o futebol do Piauí, o novo técnico do Flamengo reconhece que teve poucas chances de acompanhar o desempenho dos atletas do estado. Viu recentemente os jogos do River, lembra que já teve a oportunidade de jogar contra os piauienses e afirma: “Sempre foram jogos muito duros”.

Revelado nas divisões de base do Flamengo, Athirson começou a atuar, profissionalmente, no ano de 1996. Ele já atuou também pelas equipes do Santos, Cruzeiro, Portuguesa, Juventus, CSKA Moscou e Bayer Leverkusen.

REPÓRTERES: Apoliana Oliveira e Amanda Araújo