Partidos de esquerda juntos · 13/09/2017 às 19h18 | Última atualização em 13/09/2017 às 21h29

O fato mais importante do dia: esquerda lança manifesto e afirma "O Brasil não está à venda!",


Compartilhar Tweet 1



Hoje, foi um dia daqueles, na vida brasileira e do Piauí.

Aqui pelas paragens locais, as ações desencadeadas na região que se convencionou chamar de MATOPIBA, são questionadas por entidades populares. Uma caravana internacional tem percorrido a área piauiense do MATOPIBA  e denunciado internacionalmente Fundos de Pensão e o Estado Brasileiro por violações de direitos humanos na região. Veja mais detalhes nesta matéria do pensarpiaui.com.

Outro destaque do dia diz respeito ao serviço de maternidade em Teresina. A prefeitura esta com a proposta de reorganização dos serviços na capital. De acordo com o plano, as maternidades municipais serão retaguardas da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), que será a responsável por toda a alta complexidade materno-infantil em Teresina. O 180graus abordou o tema aqui e aqui.

Uma decisão da Procuradoria Geral da República, hoje, disse respeito direto ao Piauí. Rodrigo Janot, procurador-geral, reafirmou a competência do Tribunal de Contas do Estado do Piauí, para dar seguimento ao processo que apura denuncia de irregularidades na licitação para subconcessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento em Teresina. A famosa subconcessão da Agespisa. Os detalhes, novamente no 180graus, aqui.

No Brasil, dois julgamentos ganharam a atenção da mídia. Em Brasília, por unanimidade, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votaram para rejeitar a arguição de suspeição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, feita pela defesa do presidente Michel Temer. O detalhes, em matéria do Brasil 247.

E em Curitiba, o ex-presidente Lula prestou, mais um depoimento ao juiz Sérgio Moro. Desta vez, a oitiva foi sobre o processo em que o petista é acusado de receber vantagens indevidas da Odebrecht. Lula, novamente, não se  intimidou e foi para cima de Moro questionando a “imparcialidade” do juiz. Veja o trabalho do PortalFórum.

Mas arrisco a dizer que a ação política mais importante deste 13 de setembro ocorreu a partir dos partidos de esquerda do Brasil. PT, PSol, PCdoB, PDT e Rede lançaram manifesto contra a venda das riquezas nacionais. O manifesto diz que o Brasil enfrenta um dos maiores desafios de sua história: impedir a venda a preços irrisórios de suas empresas públicas e riquezas nacionais.

É muito bom quando se vê toda a esquerda refletindo com unidade. Veja o manifesto:

 

Comentários