180graus

Crise brasileira - 21/04/2017 às 14h17

É preciso mais que a greve de 28 de abril, que prejuízos daremos aos parlamentares usurpadores?

É preciso mais que a greve de 28 de abril.

O estágio em que se encontra o Brasil é extremamente preocupante e perigoso.

A democracia precisa ser reestabelecida e as instituições têm que voltar à normalidade.

O Congresso brasileiro quase todo teve sua eleição financiada por empreiteiras e outras grandes empresas.

O ex-presidente da Câmara Eduardo Campos foi um dos responsáveis por arrecadar recursos e destiná-los a diversos candidatos pelo Brasil, que após eleito, votaram conforme determinação do agora presidiário Cunha. Informações dão conta que aproximadamente 200 deputados deviam favores à Cunha.

Agora, Temer confessa o golpe dado em Dilma que contrariou Eduardo Cunha.

Mas a mídia brasileira (um clássico caso de concentração econômica) não dá ao escândalo confessado por Temer o destaque devido. Ao contrário, seu personagem preferido é Lula e o triplex e o sítio. Para esses batidos temas são intermináveis minutos de telejornal.

Enquanto um usurpador confessa um golpe de Estado, o Supremo Tribunal Federal decide sobre quem é o campeão brasileiro de 1987. É um escárnio.

A democracia no Brasil não será restaurada apenas pela via institucional. Aliás o cenário de 2018 é sombrio, talvez nem haja eleições.

O cenário de ruptura da democracia exige reações fora da institucionalidade. O economista Márcio Pochmann, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), pensa assim.

Para ele, "Não tem saída institucional e nem tradicional. Os que deram o golpe não entregarão pela via democrática. A democracia no Brasil é uma exceção, a regra é o autoritarismo. Em mais de 500 anos de história, temos 50 de democracia".

Sendo assim, então, o que fazer?

Pochmann aponta a necessidade de ir além de denunciar e reagir. "Se quisermos uma eleição democrática em 2018, precisamos radicalizar. O que nós vamos impor de prejuízo a eles? Se nós não impusermos prejuízo a eles, nós não avançamos. Não estou defendendo a ruptura democrática, porque ela já houve. [...] Quanto mais você se abaixa, menos você se levanta".

Somente de passeata em passeata são praticamente nulas as chances dos democratas e da esquerda virarem o jogo.

A greve geral marcada para o dia 28 deste mês é bem vinda. Mas ainda é pouco.

É preciso testar novas modalidades de enfrentamento.

É preciso tirar deputados e senadores do conforto em que se encontram.

Alvejados por toda sorte de acusações de desvio de dinheiro público, um sem número de parlamentares da base do governo insiste em votar sobre pau e pedra as reformas que liquidam direitos e conquistas sociais.

A questão é clara : esse Congresso não tem legitimidade para impor sacrifícios ao povo.

congresso tomado.jpg

Duvido que os deputados passariam o rolo compressor para acelerar a tunga de direitos se o Congresso fosse cercado permanentemente por uma multidão de insatisfeitos com o que se passa ali dentro e com dezenas de milhares de acampados a pressioná-los dia e noite.

Deputados, presidentes não são 'representantes' do povo. Por isso, uma verdadeira democracia deveria ter, ao lado dos Poderes Executivo e Legislativo, a figura da assembleia popular a ratificar leis e apor seu aceite ou sua recusa. O povo deve ter as estruturas institucionais que lhe permitam continuamente se defender de quem procura lhe roubar o poder.

 

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Teresina 165 anos
Matemática Básica
Quer mudar de vida?
Matemática e Raciocínio Lógico no Podium
Aux. Administrativo UFMA
Casa do Cartucho
Assist. Administrativo UFMA
Tire sua CNH com a Autoescola Gallantys
Últimas Notícias
16h22 'Não era o que nós queríamos': pais levam faixa 'sincera' na formatura da filha 16h15 Alepi aprova cargo de auditor fiscal ambiental; Semar anuncia concurso 15h51 Sefaz libera R$ 805 mil em créditos de ICMS; saiba como pedir resgate 15h32 Prefeitura Envia à Câmara Projeto de Lei (PL) que Institui 'Transporte Público Municipal' 15h24 Projetos de proteção do meio ambiente no Nordeste receberão R$ 813 mil 15h16 Piauiense é campeão no Mundial de Paracanoagem na República Tcheca 15h08 Projeto garante uso do nome social na administração pública municipal 15h07 Governo lança programa para agilizar crédito a micro e pequenas empresas 14h59 Estoque de vacinas contra HPV para 15 a 26 anos já se esgotou, diz FMS 14h53 Comissão aprova projeto de Elmano para beneficiar parques nacionais 14h52 Lei obriga restaurantes do Piauí a disporem informações nutricionais sobre alimentos 14h47 Justiça condena Felipe Santolia, ex-prefeito de Esperantina em ação penal 14h44 Primeira Turma de Pelotão Mirim de Colônia do Gurguéia-PI, construindo cidadania. 14h17 XLI Encontro Nacional de Folguedos começa nesta quinta-feira (24) 14h17 Novo Android vai mudar a sua forma de assistir a vídeos pelo celular 14h00 Hemopi realiza transfusão de sangue raro em criança de cinco anos 13h35 Governo do estado autoriza estudo para melhorias no Aeroporto de Corrente 12h55 Jornalista não usa direito de calar e depõe por mais de uma hora à Vilma 12h48 Candidatos ao Encceja podem pedir uso do nome social até sexta (25) 12h38 'Fiquei chateada, mas isso não me fere', afirma Monalysa no 'Encontro' 12h34 Governo estuda liberar saque do saldo do PIS e do Pasep para idosos; confira 12h20 Fundação de Saúde entrega cartão para beneficiários do Bolsa Família 12h20 Robert Rios é contra Lula, quer impedir vinda ao Piauí, e nada faz com a Caravana de João Henrique 12h07 Advogado Valdetário Monteiro vai substituir Norberto Campelo no CNJ 12h01 Comitê vai apurar denúncias de tortura a menores no CEM

Tire sua CNH com a Autoescola Gallantys
Matemática Básica
Aux. Administrativo UFMA
Assist Administrativo UFMA

Mais Lidas


    Enquete

    Você acredita que Michel Temer vai...

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-05-29 15:46:00.0 a 2017-06-05

    Ajude!
    Assist. Administrativo UFMA
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Aux. Administrativo UFMA