180graus

Droga no Piauí - 07/05/2013 às 06h54

THE: TRAFICANTES abusam de crianças em troca de droga

ABSURDO! OFERECEM CRACK ÀS MÃES para conseguir abusar sexualmente das filhas

Kangaco
MUNICIPIO CONTABILIDADE
Vestibular
Kangaço

Às vésperas do Dia das mães, uma notícia que choca e mostra como e estrutura familiar está desmoronada por conta da droga que invadiu o seio familiar. Traficantes estão fornecendo drogas para mães dependentes químicas para ter acesso e abusarem sexualmente de suas filhas.

De acordo com reportagem do jornal Meio Norte, na edição desta terça-feira (07/05), denúncias estão sendo feito com frequência na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, nas Varas de Infância e da Juventude e na Defensoria Pública. Um desses casos foi documentado no conjunto habitacional Portal da Esperança, no bairro Nova Theresina, na zona Leste de Teresina.

A juíza da 1ª Vara da Infância e da Juventude de Teresina, Maria Luiza de Moura Mello de Freitas, intimou a dona de casa Deusimeire Alves da Silva, de 31 anos, a comparecer na Justiça porque seu marido, Francisco Rodrigues da Silva solicitou intervenção na situação de sua família uma vez que sua companheira permanece em extrema dependência de álcool, fumo e há suspeita de uso de entorpecentes.

Francisco Rodrigues da Silva informou que as filhas e o enteado S.A., de 16 anos, sofriam violência física da ,mãe e a menina M.C., de oito anos de idade, estava sendo vítima de abuso sexual.

Na queixa apresentada na Defensoria Pública, segundo relatório da defensora pública Daniela Neves Bona, Francisco Rodrigues, que é um vendedor de algodão doce, denunciou a negligência da mulher em relação às cinco crianças que moram em sua casa no Portal da Esperança.

A 1ª Vara da Infância e da Juventude de Teresina analisa a denúncia, porque conforme declaração do pai, Francisco Rodrigues, a menina M.C. estava sendo vítima de abuso sexual.

Na manhã desta segunda-feira (07/05), Deusemeire Alves da Silva disse que foi com o marido, Francisco Rodrigues, denunciar na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e do Adolescente que a filha M.C., de oito anos, contou que foi abusada sexualmente por um idoso aposentado e seu genro, que moram no conjunto Portal da Esperança.

Os vizinhos dizem que o genro é um traficante e usuários de drogas, principalmente crack. “Minha filha disse que o idoso e seu genro pegam em suas partes íntimas, ficam usando os dedos nela. Nós fomos denunciar. Eu acredito nela, apesar de ser danada”, afirmou Deusemeire Alves da Silva afirmando que o genro usa pedras de crack e fornece, de graça, bebidas alcoólicas.

A mulher ainda revela. “Eu sou alcoólatra e uso muito fumo Saci, mas eu não uso drogas. Realmente minha filha só vive na casa do idoso e de seu genro, que é casado. Mesmo depois que denunciamos o abuso sexual, ela não sai da casa deles”, afirmou Deusemeire Alves. “Eu vejo o genro pegando uma pedras, eu sei que ele usa, mas não que trafica”, afirmou Deusemeire Alves.

De acordo com o relato do jornal, vizinhos ainda afirmam que por falta de polícia e de instituições de proteção no Portal de Esperança, o tráfico de drogas é praticado em muitas casas. “Drogas, pedofilia e abusos sexuais aqui são comuns, além dos muitos assaltos”, declarou a dona de casa Falopu a dona de casa Maria Rosa.

O matagal invadiu o Portal da Esperança. Na mata, os traficantes e usuários usam crack e depois saem para assaltar as casas que ficam vazias durante o dia porque os donos saem para trabalhar. “Aqui roubam todas as casas. Os assaltantes jogam pedras nas janelas e nos telhados das casas e se ninguém responde ou reclama, eles invadem e roubam o que encontram nas residências. Roubam até geladeiras”, afirmou o eletricista Manuel do Nascimento, que mora no conjunto vizinho, o Nova Theresina.

Ele mostra que os assaltos são muitos e nem o templo da Igreja Pentecostal Deus é Amor resistiu. Funcionou entre os conjuntos Portal da Esperança e Portal da Alegria, mas tete que fechar. A casa foi colocada para à venda.

CRIANÇAS CONTINUAM ABANDONADA
Apesar da denúncia de que foi vítima de abuso sexual por um traficante de drogas, a M.C., de oito anos, vai todos os dias para a casa dele.

Na manhã de segunda-feira, às 12h30, M.C., suas irmãs I.R., de cinco anos, H.C., de dois anos, e S.A.S., de 16 anos, estavam com fome e sem nada o que comer, juntos com a mãe, Deusimeire Alves da Silva, de 31 anos.

Deusimeire Alves da Silva disse que o marido Francisco Rodrigues da Silva tinha ido comprar embalagens para o algodão doce e ido trabalhar na casa de um de seus patrões, tinha deixado arroz e feijão, mas não carvão para que os alimentos fossem cozinhados. “Nós ficamos assim sem comer por falta de comida. M.C. se alimentou na escola, para onde vai voltar durante a tarde, I.R. está sem comer, mas ela come na casa da vizinha, e H.C., porque ainda é pequena, toma mamadeira. Eu e S.A.S., vamos ficar sem comer”, afirmou Deusimeire Alves da Silva.

Uma das crianças menores, S.A.S., disse que na casa onde I.R. se alimenta mora um rapaz de 21 anos que manteve relações sexuais com sua irmã de oito anos. “Eu não c... ela. Já explicaram que eu tomo remédios controlados”, afirmou M.R., de 21 anos, que diz ter transtornos mentais e é medicado com remédios de uso controlado.

Dentro da casa da família de Deusimeire Alves da Silva e de Francisco Rodrigues da Silva não tem móveis, além de algumas cadeiras, a TV sempre fica ligada. As bonecas de plásticos estão sem roupas e são riscadas, um pequeno coelho recheado de isopor está praticamente escondido entre as pernas de uma cadeira.

Deusimeire Alves da Silva disse que continua consumindo muitas bebidas alcoólicas e fumo, Segundo ela, a Defensoria Pública tinha prometido interná-la para tratamento contra alcoolismo, mas isso nunca aconteceu. “Prometeram, mas nunca me internaram. Continuo bebendo muito”, afirmou Deusimeire Alves.

Publicado Por: Alex Gomes

Últimas Notícias
15h30 Sejap abre inscrição para cursos da Escola de Governo 15h20 Prorrogadas inscrições para a II Corrida Defensoria para Todos 15h17 Irmão de vítima da chacina em São Miguel do Tapuio divulga carta e pede justiça 15h14 Para voltar à Globo, Bianca Rinaldi recusa convites de SBT e Record 15h06 I Feira de Venda e Exposição da Agricultura Familiar 14h51 Smartphones Lumia 730 e 530 ganham versão em laranja no Brasil 14h30 'Museu Egípcio' traz múmias e jóias na ampliação do Teresina Shopping 14h25 Filha agride e tenta matar a própria mãe em JF 14h24 Direito e Tecnologia em debate na X Jornada Jurídica da UNDB 14h22 Semana da Agricultura discute ações para melhorar vida de agricultores e pescadores 14h19 Divulgados selecionados para a exposição fotográfica do Fórum de São Luís 14h17 Ney Latorraca para peça e idosa é retirada de teatro por xingamentos: 'Não mereço' 14h12 Quadrilha 'Asa Branca Do Agreste' faz lançamento do calendário 2015 13h50 Audi TT 2015 é a mais nova e tecnológica versão do esportivo 13h50 Pato ainda não tem data para voltar ao São Paulo e Kaká vira dúvida 13h50 Com prefeitura fechada há 16 dias, Jaicós vive uma das maiores crises de sua história 13h42 Jaicós: A cidade está em crise e a prefeitura está fechada há 16 dias 13h35 Filho de Jô Soares morre aos 50 anos no RJ após luta contra câncer 13h32 Fotos:Atirador deixa rastro de medo e sofrimento em famílias inocentes 13h27 Cuidado com as unhas! Elas podem revelar uma dezena de doenças 13h16 Serviço Social realiza atividades lúdicas com alunos da APAE 13h14 Cilada? Presa na mansão dos Medeiros, Du recebe proposta estranha de Marta 13h12 Possível affair de Neymar é ex-Big Brother e curte muito se exibir 13h10 Cearenses são acusados de instalar 'chupa cabras' nos terminais do BB 13h07 CHACINA: Quatro vítimas serão veladas no PI e uma no CE

Mais lidas

    Enquete

    Qual o maior desafio que a presidente Dilma Rousseff terá em seu novo mandato?

    Total de Votos: 937

    Válida de 27/10/2014 a 03/11/2014

    DR ANTONIO CARLOS

    180graus no Instagramno Instagram

    MUNICIPIO CONTABILIDADE