180graus

Entenda o caso - 27/03/2013 às 00h38

Telefônica acaba com Vivo TV por antena para liberar frequência

Empresa afirmou que disponibilizará aos usuários um novo provedor de TV por assinatura

GUIA DOS PARLAMENTARES II
CND_VAGA
CASA DE PRAIA
Kangaco Show - Anilson Feitosa
Casa do Cartucho

A Telefônica Vivo anunciou nesta terça-feira (26) que vai acabar com o Vivo TV, serviço de TV por assinatura da operadora que funciona com antenas MMDS (uma das tecnologias utilizadas pela TVA para transmissão de sinal). A razão para o fim do serviço é que ele utiliza frequências importantes para a tecnologia móvel de quarta geração (4G), que está sendo implantada em várias cidades brasileiras. Os serviços de TV por assinatura da operadora por cabo, satélite e fibra óptica não serão afetados pela mudança.

Segundo a operadora, os clientes do serviço de São Paulo (SP), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) estão sendo notificados sobre a mudança e conseguirão utilizar o Vivo TV normalmente até 25 de abril. Ao todo, diz a Telefônica Vivo, serão afetadas 29 mil pessoas na cidade de São Paulo e 3.700 nas cidades de Curitiba e Porto Alegre somadas.

Após essa data, a empresa afirmou que disponibilizará aos usuários um novo provedor de TV por assinatura sem custos adicionais até 31 de maio de 2013. A operadora afirma que o pacote incluirá os canais abertos e os "obrigatórios já constantes da programação atualmente recebida pelo assinante".

"Os clientes residenciais que quiserem continuar com o Pacote Mínimo, com mensalidade de R$ 20,00, deverão entrar em contato com a Central de Relacionamento (106 66 ou, para portadores de necessidades especiais, 0800 771 2882)", diz o comunicado da Telefônica Vivo.

A partir de 1° de junho, os usuários que não quiserem o provedor de TV por assinatura proposto pela Telefônica Vivo terão o sinal desligado, sem nenhum ônus financeiro.

A operadora informa que os clientes podem ligar para a Central de Relacionamentos da empresa (no número: 106 66) para agendar a retirada dos equipamentos do Vivo TV ou aguardar até 1 de junho, quando a companhia começará a ligar para os usuários para agendar a retirada dos aparelhos.

Fonte: Com informações do Uol

Publicado Por: Francy Teixeira

Últimas Notícias
23h43 Renovação Carismática realiza 'Louvemos a Jesus que vem' e abre semana natalina 23h22 Realização do Natal Solidário anima crianças da zona rural de Teresina 23h07 Veja as atrações para virada de ano em Beneditinos 22h38 Dilma diz que manterá diretoria da Petrobras e cobra punição de corruptos 22h24 Veja os resultados dos jogos do final de semana pelo campeonato municipal 2014 22h17 Supremo volta a negar prisão em regime aberto a João Paulo Cunha 22h06 Após especulações, W. Dias anuncia nesta terça o secretariado do Governo 21h41 Reforma constitucional que criou CNJ completa 10 anos 21h12 Time do Palmeiras ultrapassa Corinthians em número de sócios 20h42 Empreiteiras da Lava Jato têm R$ 6,2 bilhões em contratos com elétricas 20h28 'Ela não fez nenhuma denúncia', diz Graça após entrevista da ex-gerente 20h11 Correios de Colônia do Gurgueia é arrombado por bandidos 20h08 Tribunal Regional Eleitoral do Piauí faz 1º natal solidário com muitos parceiros 19h39 Ícone inglês do rock Joe Cocker morre aos 70 anos, afirma BBC de Londres 19h15 ÔNIBUS DA empresa Princesa do Sul tomba no Norte do PI 19h02 Pagode do Bom no bar do Nalder 19h02 Pagode do Bom bar do Bebé 19h01 Homens invadem igreja e furtam batina e objetos de padre na cidade de Picos 18h43 Dom Barreto é a 6ª melhor escola do país no Enem; Lerote aparece na 17ª 18h31 Alepi aprova reajuste do MP e pensão para as vítimas da chacina da Meruoca 18h24 Ao contrário de Marden, Édson Melo diz que há parceria entre PSDB e PT 18h21 Shopping do Caminhoneiro: A maior estrutura do Centro Sul do estado 18h04 A Prefeitura de Oeiras realizou a entrega de uma casa para família que perdeu imóvel em incêndio 18h02 Mulher sofre grave acidente ao cair da moto; Motociclista não prestou socorro 18h01 Alepi derruba PEC que igualava salário dos auditores ao de desembargadores
GUIA DOS PARLAMENTARES II
CNH