180graus

Propina de 800mil Euros - 14/10/2013 às 11h10

Suíça pega propina de 800 mil Euros no caso Alston

Recursos foram depositados na conta de um ex-diretor da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

Inocoop - Recanto das Palmeiras
VANGUARDA BARCELONA
MEDFACID CEV
Helder Eugênio Advogados Associados
DREAM PARK ABC
PIAZZA - CONTE ENGENHARIA
TRAGA SEU IMOVEL PARA DANTAS
SA CAVALCANTE RIO POTY





Autoridades da Suíça comprovaram por documentos ao Ministério Público que um ex-diretor da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) recebeu 800 mil euros como propina da Alstom em conta.

Segundo furo de reportagem do jornalista Fausto Macedo, do Estadão (leia aqui), o dinheiro foi depositado entre 1997 e 1998 - durante o primeiro mandato de Mário Covas.

Os investigadores suíços se dizem convencidos de que trata-se de verba do esquema de corrupção montado pela multinacional francesa para favorecer cartel em um contrato de reforma de trens da companhia.

O caso do propinoduto teria sido mantido nas gestões tucanas de José Serra e Geraldo Alckmin, de acordo com denúncia da Siemens, multinacional alemã, que fechou acordo de leniência com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Acordo Milionário

Na Suíça, a Alstom pagou à Justiça US$ 43,5 milhões para suspender o processo no qual era acusada de corrupção e lavagem de dinheiro no Brasil. No decorrer do processo, executivos confessaram ter distribuído propinas de US$ 6,5 milhões a gente da administração estadual de São Paulo, em troca de um contrato de US$ 45 milhões para a expansão do metro, entre 1998 e 2001.

Nos Estados Unidos, em abril deste ano, um executivo da Alstom foi condenado à prisão por corromper funcionários públicos. Na Zâmbia, a multi teve de devolver US$ 9,5 milhões e ser punida com três anos de exclusão de licitações do Banco Mundial.

No Brasil? Nenhuma punição até agora. Na ocasião do fato narrado, o ex-primeiro-genro David Zilberstjan, darling no governo Fernando Henrique, foi secretário de Energia entre 1995 e 1998, no governo Mario Covas. Sucedeu-o, ainda em 1998, o atual vereador Andrea Matarazzo, braço direito do ex-governador José Serra. O secretário de Transportes era Mauro Arce, homem de confiança dos tucanos, que permaneceu no cargo por três governos seguidos.

Uma intermediação teria sido feita, segundo acusações formais da Alstom na Suíça, pelo sociólogo e empresário Claudio Luiz Petrechen Mendes, ex-secretario-adjunto de Robson Marinho, por sua vez ex-presidente da Assembleia, ex-conselheiro do TCU e atual deputado federal. Fundador do PSDB e covista de carteirinha. O governo da Suíça declarou que Marinho guardara US$ 3 milhões em seus bancos, sob suspeita de ter praticado lavagem de dinheiro.

Quebra de sigilo dos réus

A justiça de SP eterminou a quebra do sigilo bancário e fiscal de 11 pessoas, incluindo do vereador Andrea Matarazzo, que participou da arrecadação do caixa dois da campanha à reeleição do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em 1998, e ajudou a levantar cerca de US$ 20 milhões junto à Alstom.

A quebra do sigilo autorizada pela Justiça abrange o período entre 1997 a 2000. O furo de reportagem é do jornalista Fausto Macedo, do Estado de S. Paulo. As pessoas atingidas pela decisão judicial são: Andrea Matarazzo (atual vereador do PSDB e ex-secretário de energia), Eduardo José Bernini, Henrique Fingerman, Jean Marie Marcel Jackie Lannelongue, Jean Pierre Charles Antoine Coulardon, Jonio Kahan Foigel, José Geraldo Villas Boas, Romeu Pinto Júnior, Sabino Indelicato, Thierry Charles Lopez de Arias e Jorge Fagali Neto, (ex-presidente do Metrô).

Em 6 de agosto deste ano, o 247 publicou a informação de que Matarazzo já havia sido indiciado pela Polícia Federal (leia aqui). No dia 13 de agosto, outra reportagem apontou que R$ 3 milhões levantados junto à Alstom foram direcionados para o caixa dois da campanha à reeleição do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso – o que, à época, chegou até a ser denunciado por Folha e Veja (leia aqui).

No entanto, apesar de todos os indícios, Matarazzo e o comando do PSDB em São Paulo vinham sendo poupados. Com a determinação de quebra do sigilo bancário e fiscal dos envolvidos, rompe-se o cerco, muito embora ainda exista certa cautela. O G1, por exemplo, noticia a quebra do sigilo de 11 pessoas. O que importa, no entanto, é a presença de Andrea Matarazzo no time. Lá, ele não é apenas um entre onze.

Fonte: Com informações de brasil247

Publicado Por: André Almeida

Curta a nossa página e receba as principais noticias em seu facebook!


NEURACI ROCHA - PALAZZO MONTICELLO
LIKE HR
VANITY SANDRA SILVA
WX - Village Leste
VANITY SANDRA SILVA
Inocoop Recanto das Palmeiras
VAL PRAEIRO HELICONIA
Mirante da Mota Machado
Últimas Notícias
13h32 Dicionário Michaelis muda verbete de casamento após pressão online 13h30 Cidade de Floriano completa 118 anos; confira a programação 13h23 POLÍCIA prende acusado de matar taxista com 17 facadas 13h13 Décimo suplente na Alepi, Zé Hamilton toma posse após saída de Fábio Novo 13h06 Estudantes criam sistema para agilizar a doação de órgãos; veja 13h03 Hospital universitário do PI vai receber mais de R$ 960 mil numa única parcela 12h53 Cidade de Campo Maior poderá ser escolhida para ter desfile da Tocha Olímpica 12h36 Julio Iglesias passa por cirurgia nas costas, diz agência 12h33 Secretário de Saúde propõe combate aos partos cesarianos que só visam o lucro 12h33 Prefeitura comemora aniversário de 61 anos de Água Branca entregando obras 12h31 HUT atendeu vítimas de 12.500 acidentes com motos no ano de 2014 12h21 Continuação-61 anos 12h19 Seduc realiza segunda revisão para o ENEM na primeira quinzena de julho 12h19 Truques que deixam seu iPhone 'voando' e com muito mais espaço interno 12h15 Operação apreende drogas, armas e dinheiro; seis pessoas foram presas 12h14 Continuação-61 anos 12h13 Policiais disfarçados de clientes prendem foragido há 14 anos 12h12 Monte Alegre do Piauí 60 anos de histórias e grandes conquistas 12h11 Casal flagra cobra enorme devorando raposa-voadora na Austrália 12h08 Deputado e prefeito fazem inauguração de assentamento em Campo Maior 12h04 Corrupção na Petrobras levou mais de R$ 6 bi, diz procurador 11h59 Representantes de Vila Nova participam de capacitação do Unicef sobre Plataforma Virtual em THE 11h56 Município de Pavussu é convidado a participar de Plenária do PPA em Floriano 11h52 Presidente da Petrobras não descarta aumento da gasolina ainda em 2015 11h49 Hidelbrando Pascoal vem ao PI para júri popular;vai responder por morte
SA CAVALCANTE RIO POTY
BRISA SUL
VANGUARDA BARCELONA
SA CAVALCANTE RIO POTY
HR like
SEU IMOVEL NA DANTAS

Mais Lidas

    VAL PRAEIRO HELICONIA
    CONTE - ENCONTRO DOS RIOS
    VANITY SANDRA SILVA
    Imobiliaria

    Enquete

    Para o Enem, você...

    Total de Votos: 150

    Válida de 23/06/2015 a 30/06/2015

    Inocoop - Recanto das Palmeiras
    SA CAVALCANTE RIO POTY
    Mirante da Mota Machado
    SEU IMOVEL NA DANTAS

    180graus no Instagramno Instagram

    Inocoop Recanto das Palmeiras
    SEU IMOVEL NA DANTAS
    THREVO POETIC