180graus

Audiências públicas - 24/01/2014 às 03h01

Semar realiza audiências para instalação do Complexo Eólico Chapada do Piauí

As audiências foram realizadas junto à população das cidades de Marcolândia, Simões e Padre Marcos

comserv
Negócios ou lazer em Parnaíba?





A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) está realizando, desde a última segunda-feira (20), audiências públicas para discutir junto à população das cidades de Marcolândia, Simões e Padre Marcos, o estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do Complexo Eólica Chapada do Piauí, a ser implantado na região dos três municípios, situados na Chapada do Araripe, na divisa dos estados do Piauí, Ceará e Pernambuco.

O superintendente do Meio Ambiente da Semar, Carlos Moura Fé, está representando o secretário Dalton Macambira nas audiências, esclarecendo todas as exigências legais para implantação do complexo. “Para um empreendimento desta natureza, as audiências são a oportunidade para que a população possa tirar suas dúvidas sobre a atividade que se pretende realizar nestas três cidades”, ressalta Moura Fé.

O processo de licenciamento ambiental passa por três etapas. A fase de licença prévia identifica se o local onde a empresa pretende se instalar é viável ou não do ponto de vista ambiental; a licença de instalação, que autoriza a empresa a iniciar a atividade que se propõe; e a licença de operação autoriza a empresa a iniciar o seu funcionamento. Os empreendedores do Complexo Eólico Chapada do Piauí são: Ventos de Santa Joana Energias Renováveis e Ventos de Santo Onofre Energias Renováveis, tendo como desenvolvedores Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf ), Contour Global e Casa dos Ventos.

O empreendimento será composto por 14 parques eólicos com potência total instalada de 415,10 MW (Megawatt). Em cada parque serão instalados entre 15 e 17 aerogeradores, que produzirão em média 30MW de energia em uma área de 4.997 hectares. Essa energia será escoada através de linhas e transmissão para o sistema Nacional de Energia que a distribuirá para os consumidores. O investimento é da ordem de R$ 1,5 bilhão e o prazo previsto para a implantação é de 18 meses, a contar da data de emissão da Licença de Instalação do empreendimento. Estima-se a geração de 680 empregos diretos.

De acordo com o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) apresentado pela empresa de consultoria Geoconsult, o Complexo Eólico apresenta-se bem concebido em termos técnicos, econômicos e ambientais, sendo viável sua implantação e operação. Foram feitas apenas algumas recomendações visando à integração do empreendimento com o meio ambiente para que sejam minimizados os impactos ambientais, além da adoção de programas de controle específicos em caráter permanente. Sugere-se, por exemplo, um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, Programa de Controle de Efluentes, Programa de Controle de Desmatamento, Programa de Educação Ambiental e um Programa de Recuperação das Áreas Degradas.

Atualmente a energia eólica representa 3% da matriz energética brasileira, estando na quinta colocação do ranking. Em primeiro lugar aparecem as hidrelétricas, que somam 68% do total. Na quarta posição, a energia produzida através dos derivados do petróleo (6%), seguido pelo gás natural (3%). E em segundo lugar aparece a biomassa, com 9% do total produzido.

Fonte: Com informações da CCOM

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


podium
Últimas Notícias
23h00 Voo rasante feito durante o Corso de THE é investigado pela Aeronáutica 22h32 A Secretária de Educação Estadual recebe em seu gabinete o Prefeito de Itaueira 22h00 Governo e prefeitura unem forças para realização de ações e obra em Teresina 18h55 Marcus Paixão lançará o livro 'Ensaios do Norte' com várias reflexões históricas 18h39 Professores do Maranhão receberão maior salário do país após reajuste 18h21 Hoje tem Prévia de Carnaval no Brizolas Bar 18h16 Bloco Kamaleãozinho 2017 18h11 Presidente anuncia composição das comissões técnicas da Alepi na quinta, 2 18h07 Reunião com Organizadores dos Blocos do Carnaval 2017 18h06 Assembleia homenageia os 50 anos de atividades do Rotary Club Teresina Sul 17h59 Projeto que trata da recuperação fiscal dos estados foi enviado ao Congresso 17h57 Loteamento Vale do Amanhecer 17h54 Iniciada a Primeira Jornada Pedagógica 2017 17h50 Programa Saúde na Escola é desenvolvido em Guadalupe 17h40 Los Angeles é a cidade 'mais congestionada do mundo', diz estudo 17h39 Prefeita de Guadalupe participa da abertura dos trabalhos legislativos 17h34 Receita alerta sobre mensagens por e-mail e os riscos de golpe pela web 17h34 Vereadores elegem membros das comissões permanentes 2017/12018 17h33 Justiça Federal condena ex-prefeitos de 3 municípios do PI 17h30 Câmara Municipal inicia ano Lgislativo 17h19 Brasil tem maior número de casos de depressão na América Latina 17h13 Foragido apresenta documentos falsos para sair do flagrante, mas PM o detém 17h07 Fábrica da Volkswagen produz 'Mini Gol' para casal de anões 17h03 Melhores alunos são mais propensos a beber e fumar maconha 17h01 Corpo de Bombeiros reforça efetivo para garantir segurança dos banhistas no Litoral

Hospede-se no Islamar
Terno & Cia

Mais Lidas


    Enquete

    Você concorda com a decisão da Prefeitura de Teresina em não bancar os desfiles das escolas de Samba?

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-01-09 14:36:00.0 a 2017-01-16

    Casa do cartucho
    comserv
    Negócios ou lazer em Parnaíba

    180graus no Instagramno Instagram

    Negócios ou lazer em Parnaíba