180graus

Audiências públicas - 24/01/2014 às 03h01

Semar realiza audiências para instalação do Complexo Eólico Chapada do Piauí

As audiências foram realizadas junto à população das cidades de Marcolândia, Simões e Padre Marcos

unimed zika
dr Wilson
Galaxy - Curso de Oratória
cev maio
Gráfica180 - Venda Plotter
sebrae
Concurso de Picos





A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) está realizando, desde a última segunda-feira (20), audiências públicas para discutir junto à população das cidades de Marcolândia, Simões e Padre Marcos, o estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do Complexo Eólica Chapada do Piauí, a ser implantado na região dos três municípios, situados na Chapada do Araripe, na divisa dos estados do Piauí, Ceará e Pernambuco.

O superintendente do Meio Ambiente da Semar, Carlos Moura Fé, está representando o secretário Dalton Macambira nas audiências, esclarecendo todas as exigências legais para implantação do complexo. “Para um empreendimento desta natureza, as audiências são a oportunidade para que a população possa tirar suas dúvidas sobre a atividade que se pretende realizar nestas três cidades”, ressalta Moura Fé.

O processo de licenciamento ambiental passa por três etapas. A fase de licença prévia identifica se o local onde a empresa pretende se instalar é viável ou não do ponto de vista ambiental; a licença de instalação, que autoriza a empresa a iniciar a atividade que se propõe; e a licença de operação autoriza a empresa a iniciar o seu funcionamento. Os empreendedores do Complexo Eólico Chapada do Piauí são: Ventos de Santa Joana Energias Renováveis e Ventos de Santo Onofre Energias Renováveis, tendo como desenvolvedores Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf ), Contour Global e Casa dos Ventos.

O empreendimento será composto por 14 parques eólicos com potência total instalada de 415,10 MW (Megawatt). Em cada parque serão instalados entre 15 e 17 aerogeradores, que produzirão em média 30MW de energia em uma área de 4.997 hectares. Essa energia será escoada através de linhas e transmissão para o sistema Nacional de Energia que a distribuirá para os consumidores. O investimento é da ordem de R$ 1,5 bilhão e o prazo previsto para a implantação é de 18 meses, a contar da data de emissão da Licença de Instalação do empreendimento. Estima-se a geração de 680 empregos diretos.

De acordo com o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) apresentado pela empresa de consultoria Geoconsult, o Complexo Eólico apresenta-se bem concebido em termos técnicos, econômicos e ambientais, sendo viável sua implantação e operação. Foram feitas apenas algumas recomendações visando à integração do empreendimento com o meio ambiente para que sejam minimizados os impactos ambientais, além da adoção de programas de controle específicos em caráter permanente. Sugere-se, por exemplo, um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, Programa de Controle de Efluentes, Programa de Controle de Desmatamento, Programa de Educação Ambiental e um Programa de Recuperação das Áreas Degradas.

Atualmente a energia eólica representa 3% da matriz energética brasileira, estando na quinta colocação do ranking. Em primeiro lugar aparecem as hidrelétricas, que somam 68% do total. Na quarta posição, a energia produzida através dos derivados do petróleo (6%), seguido pelo gás natural (3%). E em segundo lugar aparece a biomassa, com 9% do total produzido.

Fonte: Com informações da CCOM

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


zika adv6
UNIMED DIA DAS MÃES
Galaxy - Curso de Oratória
Últimas Notícias
18h28 Em praça pública, prefeita da cidade de Coivaras faz corte de bolo 18h06 Mototaxista piauiense é morto com tiros de pistola em SP 18h05 Após reprovar filha de Cunha, funcionário do Detran foi punido, diz jornal 17h49 Ministro diz haver descrição de como Wilson Brandão teria praticado crime 17h46 SEMASC promove palestra de Prevenção ao Suicídio 17h43 Localidade Pedra Miúda recebe Unidade Móvel Odontológica 17h42 Fundação Municipal de Saúde anuncia Dia D para vacinação contra 'influenza' 17h30 Moro recebe ação penal contra marqueteiro de Lula e Dilma por esquema na Petrobras 17h27 STJ nega liminar para extinguir ação contra ex-secretário Wilson Brandão 17h18 Bandeira tarifária das contas de luz continua verde em maio 17h17 Secretaria municipal de saúde realiza entrega de filtros na localidade Malhada de Areia 17h14 Cartório Eleitoral de Campo Maior funciona neste sábado e domingo 17h12 Brasil e Peru assinam acordo de livre comércio de veículos 17h12 Acompanhamento das licitações gerou economia de até R$ 5 milhões ao Piauí 17h08 RC Teresina Piçarra recebe a palestra “O Poder da Decisão” 17h05 Bruna Marquezine implanta chip que combate TPM 16h58 Florianenses prestigiam Semana Cultural 16h54 Mãe joga fora sorvete dos filhos para ensiná-los a agradecer; você faria o mesmo? 16h50 Empresário do ramo de internet morre ao cair de torre na região de Acauã 16h45 Cientistas holandeses identificam 'segredo da juventude' em gene ruivo 16h38 Júlio deixará de presidir a Comissão de Desenvolvimento Econômico 16h33 Seduc tinha servidores em situação irregular há 10 anos, diz controlador 16h27 Instagram promete mudar o visual do aplicativo para preto-e-branco 16h26 Nasce em Teresina a filha do prefeito Joel de Lima 16h25 Agentes do sistema prisional de Parnaíba recambiaram presos para o presídio de de Esperantina
SUNSET
Construtora Vanguarda

Adv Rafael Dantas
Gráfica180 - Venda Plotter
Fabio Veloso
Galaxy - Curso de Oratória

Mais Lidas

    ZikaZero
    SUNSET

    Enquete

    O Coordenador de Comunicação do Governo do Estado, João Rodrigues, gasta mais com publicidade do que Fábio Abreu gasta com segurança pública. Como você avalia essa situação?

    Total de Votos: 79

    Válida de 27/04/2016 a 04/05/2016

    Galaxy - Curso de Oratória
    elite
    Gráfica180 - Venda Plotter
    alves e alves
    ZikaZero

    180graus no Instagramno Instagram

    sunset
    ZikaZero