180graus

Dados de questionário - 20/03/2017 às 08h10

Prova Brasil: mais de 22 mil professores ameaçados por estudantes

As respostas aos questionários mostram que há um cenário de violência nas escolas

Semana da Enfermagem
Venha para o Hotel Delta em Parnaíba
Cadastre-se
Participe!
Você no controle do Processo
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados





Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Mais de 22,6 mil professores foram ameaçados por estudantes e mais de 4,7 mil sofreram atentados à vida nas escolas em que lecionam. Os dados são do questionário da Prova Brasil 2015, aplicado a diretores, alunos e professores 5º e do 9º ano do ensino fundamental de todo o país. As informações foram organizadas e divulgados hoje (20) na plataforma QEdu www.qedu.org.br

As respostas aos questionários mostram que há um cenário de violência nas escolas. As agressões não ocorrem apenas com professores e funcionários, mas também entre estudantes. A maioria dos professores (71%), o que equivale a 183,9 mil, disse ter ocorrido agressão física ou verbal de alunos a outros estudantes da escola.

Mais de 2,3 mil professores afirmaram que estudantes frequentaram as aulas com armas de fogo e mais de 12 mil disseram que havia alunos com armas brancas, como facas e canivetes. Muitas vezes, havia nas aulas estudantes que tinham bebido, segundo 13 mil professores, ou usado drogas, de acordo com 29,7 mil.

Segundo o pesquisador da Fundação Lemann, Ernesto Faria, muitos desses conflitos vêm de fora da escola. "O desafio não é tão simples porque a violência, muitas vezes, não está ligada à escola, mas a problemas locais na região. É importante não pensar a escola como uma caixinha sozinha. A escola vai ter que envolver a comunidade e pensar que tipo de parceria deve haver", diz.

Ao todo, 262,4 mil professores responderam aos questionários. Embora, percentualmente, os índices de violência não sejam tão altos, quando olhados em números, segundo o pesquisador, são preocupantes. "Temos que olhar o quanto o ambiente escolar é agradável, a relação de professores e alunos. Temos que pensar em gestão em sala de aula, disciplina, o trabalho com habilidades socioemocionais", diz.

Organização deu certo
A Escola Municipal Armando Ziller fica na periferia de Belo Horizonte, numa região com alto índice de violência. O estabelecimento, no entanto, é conhecido na vizinhança por exigir o rígido cumprimento de horários e por não liberar os alunos por falta de professores. Foi uma das escolas destacadas pela pesquisa Excelência com Equidade, que identificou escolas públicas que atendem a alunos de baixa renda familiar e que conseguem alcançar bons índices educacionais.

Excelência com equidade
"A escola é muito tranquila, considerando a localização, a situação local é de conflitos no entorno entre gangues rivais. A comunidade tem essa escola como referência. Por maiores que sejam os problemas, aqui dentro parece outra realidade", diz o diretor Hamilton Gomes Pereira. Segundo ele, quando é identificada uma situação de violência, os responsáveis pelos estudantes são imediatamente convocados.

Eles não são chamados apenas em situações críticas. A escola busca envolvê-los, ainda que com dificuldade, no aprendizado dos estudantes. Logo no início do ano, os professores se apresentam e mostram o planejamento de cada uma das disciplinas.

Ao longo do ano letivo, os estudantes avaliam a escola e o ensino e fazem uma autoavaliação. Isso é apresentado aos responsáveis, que também podem contribuir. Os professores também anotam o que ocorre em sala de aula e repassam as informações. Eles também são informados se alunos faltam às aulas.

Outra estratégia adotada envolve a organização e a limpeza do espaço. "O aspecto físico da escola conta muito. Uma escola suja, pichada, contribui para a indisciplina. Os estudantes sabem que, quando eles sentam em uma carteira, ela é de responsabilidade deles. Se há alguma pichação ou algo anormal, o estudante específico é procurado. Quando não conseguimos identificar a autoria, tiramos foto, mas rapidamente fazemos a limpeza". Os alunos também não ficam sem aula. Caso haja faltas, rapidamente há uma substituição, algumas vezes até mesmo pela direção.

(Com informações da Agência Brasil)

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Teresina Participativa
PM MA - Vem pro Podium!
Vem pro Podium!
Vem pro Podium
PRF - Vem pro Podium
PM BA - Vem pro Podium!
PM TO - Vem pro Podium!
Cadastre-se
Últimas Notícias
23h00 Dr Delano alerta que prazo de envio do IEGM vai até 31 de maio 22h28 Em entrevista ao 180 Dr. Delano fala sobre bloqueio de contas de prefeituras 22h00 Prazo do IEGM vai até 31 de maio, alerta Dr Delano do TCE 21h51 Morrro Cabeça no Tempo-Pi é benefciado com uma ambulância 21h50 Prefeitura de Cocal e SEBRAE realizam 1º Workshop sobre compras públicas 21h28 Dr.Delano, alerta gestores para o bloqueio de contas no TCE 21h00 Conselheiro do TCE, Dr Delano alerta os municípios sobre prazo do IEGM 20h46 Em nota, PR Nacional 'isenta' Fábio Xavier e Silas sobre lista a JBS 20h40 Dr.Delano alerta municípios sobre prazo do IEGM até 31 de maio para ser enviado 20h34 Guedes repercute nota do PT: 'Tentativa de criminalizar doações legais' 20h08 Em 'último post', Reinaldo Azevedo afirma que pediu demissão da Veja 20h00 Municípios são alertados pelo TCE sobre bloqueio de contas 19h36 Dr.Delano diretor do TCE alerta prefeituras sobra prazo do IEGM até 31 de maio 19h06 Dudu diz que doação da JBS veio pelo PT para pagar programa de rádio e TV 19h00 Em entrevista, Dr Delano fala sobre bloqueio de contas pelo IEGM 18h41 Estado - um ambiente sequestrado pelo CAPITAL, precisa ser resgatado pelo povo 18h36 Em entrevista ao 180 Dr. Delano fala sobre bloqueio de contas de prefeituras 18h19 Deputado Themístocles Filho visita a cachoeira do Urubu e cobra estrutura 18h00 Conselheiro do TCE alerta municípios ao prazo do IEGM até 31 de maio 17h56 Servidores da PRF- PI pedem apoio de Iracema Portella 17h52 'Não tive contato com qualquer pessoa da JBS', diz secretário Merlong Solano 17h50 Dr.Delano alerta municípios sobre prazo do IEGM até 31 de maio para ser enviado 17h47 Pastoral da Criança convoca voluntários para trabalho de acompanhamento a familias 17h45 Mãe faz campanha e pede ajuda para filho tetraplégico no interior do Piauí 17h41 Incêndio sem causa identificada destrói casa no bairro Santinho

Teresina Participativa

Mais Lidas

    Podium - Professores Dir. Constitucional

    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 913

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Suas ideias podem melhorar Teresina
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional