180graus

Queixas sobre material coletiv - 13/01/2014 às 07h33

Pais reclamam da lista de materiais das escolas particulares; abusos e altos valores

Em uma lista, pedia-se uma cola de 1 litro, na outra, a mãe deveria comprar duas colas brancas.

SA CAVALCANTE RIO POTY
Inocoop - Recanto das Palmeiras
WS Construtora - Recanto das Palmeiras
DREAM PARK ABC
Mirante da Mota Machado
Anilson Feitosa Kangaco
RESERVA HELICONIA
Tire sua habilitação na Servemplac
PIAZZA - CONTE ENGENHARIA
Alguel, Venda e Adminsitração





A bacharel em direito Raíres Cunha trocou os filhos de escola este ano. No momento da matrícula, pagou uma taxa estipulada pela escola para a aquisição de materiais, como caixa de giz, pincel e cola. Quando veio a lista de material individual, uma surpresa: lá estavam elencados materiais bem parecidos. Em uma lista, pedia-se uma cola de 1 litro, na outra, a mãe deveria comprar duas colas brancas.

No Distrito Federal, mais de 200 pais procuraram a Associação de Pais de Alunos das Instituições de Ensino (Aspa-DF) para reclamar de possíveis abusos e tirar dúvidas sobre listas de materiais escolares. As queixas são principalmente sobre a exigência de material coletivo, o que é proibido por lei, e a não especificação do uso dos produtos solicitados. A entidade recebeu reclamações também de pais de outros estados.

“Acho um absurdo. Se eles pedem um valor para comprar material de uso coletivo das crianças, por que a gente tem que comprar mais material ainda?”, reclama Raíres. “Aqui [aponta a lista coletiva] diz que a gente paga um pincel. Na outra [individual], pedem outro pincel”.

Tudo isso pesa no bolso. O presidente da Aspa-DF, Luis Claudio Megiorin, calcula que todo o material solicitado no início do ano letivo e durante o ano, como os extras, representam um acréscimo de 15% a 20% no gasto anual das famílias com a mensalidade escolar.

Sancionada no ano passado, a Lei 12.886/13 prevê o direito de comprar apenas o que o próprio filho vai consumir, individualmente ou coletivamente. O texto diz: “Será nula cláusula contratual que obrigue o contratante ao pagamento adicional ou ao fornecimento de qualquer material escolar de uso coletivo dos estudantes ou da instituição”.

A presidenta da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), Amábiles Pacios, informa que o material coletivo a que se refere a lei é o de uso de expediente, como material de limpeza, papel higiênico e sabonete. Itens como cartolinas, giz de cera e pincéis podem ser pedidos pela escola, para uso do aluno em sala de aula. Mas, para esses materiais, o centro de ensino deve especificar a finalidade de cada um.

“Os pais devem comprar aquilo que for usado pedagogicamente em uma construção coletiva. Esse material volta para o pai em forma de trabalho das crianças”, diz Amábile, acrescentando que os pais com dúvida devem procurar as instituições, que estão à disposição para explicar sobre o uso dos materiais. Ela esclarece que não existe uma única regra e “as escolas têm autonomia para desenvolver propostas pedagógicas e solicitar o material para que ela seja desenvolvida”.

Na semana passada, o Procon-DF constatou que o plano de execução não está sendo apresentado aos pais por algumas instituições. A Operação Passa Régua fiscalizou 13 escolas, sendo que nove foram autuadas por apresentar irregularidades como a falta desse plano.

O Procon-DF recomenda que os pais exijam o plano de execução das escolas e fiquem atentos quanto às exigências da lista. Qualquer dúvida, devem procurar a instituição e registrar a queixa. A Aspa-DF orienta os pais a etiquetar todo o material comprado e deixado na escola. Ao final do ano, eles devem solicitar às escolas a devolução de pincéis, lápis de cor e do que não for completamente consumido ao longo do ano. “Isso pode ser guardado e usado no ano seguinte”, ressalta Megiorin.

Fonte: Agência Brasil

Publicado Por: Apoliana Oliveira

VAL PRAEIRO HELICONIA
VANITY SANDRA SILVA
WS Construtora - Alto das Palmeiras
WX - Village Leste
Mirante da Mota Machado
THREVO PIATZ
DREAM PARK ABC
Inocoop Recanto das Palmeiras
VANITY SANDRA SILVA
Últimas Notícias
07h04 Governo da Venezuela transfere ex-prefeito preso e oposição protesta 06h53 'Fim do financiamento privado é carta de alforria ao PT', afirma Rodrigo Maia 06h32 Balsa da Petrobras parada há seis meses preocupa ambientalistas 06h13 Bloco do Mercosul fracassou, afirma ex-ministro de Economia do Uruguai 06h03 Instituto Lula chegou a dizer que Época não é ‘fonte digna de crédito’ 05h57 Senado rejeita lei que acabaria com coleta de dados telefônicos nos EUA 05h32 Com 18 anos, João Paulo estreia no São Paulo, e Milton o compara a Lucas 05h02 Morre o escritor, historiador e político colombiano Otto Morales Benítez 04h56 Milton Cruz valoriza evolução do São Paulo, próximo a despedida do time 04h35 Weidman derrota Belfort ainda no 1º round e aumenta a fila de brasileiros 04h33 Mega-Sena acumula; confira as dezenas sorteadas neste sábado 04h02 C. Ronaldo torce para a permanência do treinador Ancelotti no Real Madrid 03h58 Sapo sofre mas consegue vencer Uriah Hall e abre UFC 187 bem para o Brasil 03h24 Milton Cruz explica Pato no banco e indica que tem proposta para deixar SP 03h05 Servidor da SESAPI usava Ticket Car, mas dava placa de carro quebrado 03h04 Novo empate, nova lamentação: ''Não estamos satisfeitos'', resume Doriva 02h49 Mulher de 65 anos dá à luz quadrigêmeos na Alemanha, diz TV 02h35 René não gostou nada da atuação do Botafogo na Série B: 'Não existiu' 02h33 Regina e Elmano parecem patinarem em seus mandatos no Senado Federal 02h16 Alanzinho marca o gol da classificação do Caiçara 02h14 Arábia Saudita confirma que suicida que matou 21 em mesquita era ligado ao EI 01h47 'Mercosul fracassou', diz ex-ministro de Economia do Uruguai 01h27 Di Grassi é desclassificado após vitória em Berlim, e Nelsinho assume a ponta 01h24 Secretaria municipal de assistência social comemora o dias das mães com grupo da 3ª idade 01h17 Milhares de pessoas vão às ruas pedir legalização da maconha no Brasil
MELHORES IMOVEIS
SA CAVALCANTE RIO POTY
HR like
Tire sua habilitação na Servemplac
SEU IMOVEL NA DANTAS
Mirante da Mota Machado
SA CAVALCANTE RIO POTY

Mais Lidas

    Imobiliaria
    AGUAS DE TIMON
    VAL PRAEIRO HELICONIA
    CONTE - ENCONTRO DOS RIOS
    BRISA SUL PISCINA
    VANITY SANDRA SILVA

    Enquete

    A Câmara de Vereadores de Teresina aprovou Lei que isenta a cobrança de estacionamento em shoppings para quem consumir pelo menos 10 vezes o valor do taxa. Você concorda com esta lei?

    Total de Votos: 109

    Válida de 22/05/2015 a 29/05/2015

    SA CAVALCANTE RIO POTY
    SEU IMOVEL NA DANTAS
    Mirante da Mota Machado
    Inocoop - Recanto das Palmeiras
    VAL PRAEIRO
    AGUAS DE TIMON
    WS Construtora Recanto das Palmeiras
    CONTE ENGENHARIA - ENCONTRO DOS RIOS

    180graus no Instagramno Instagram

    Tire sua habilitação na Servemplac
    AGUAS DE TIMON
    Inocoop Recanto das Palmeiras
    Mirante da Mota Machado
    WX - Village Leste