180graus

Maria da Penha - 31/03/2009 às 09h34

Mªda Penha rende mais de 150 mil processos 2% terminam em prisão

Lei Maria da Penha rende mais de 150 mil processos no último semestre de 2008

Cadastre-se
Participe!
Semana da Enfermagem
Você no controle do Processo
Venha para o Hotel Delta em Parnaíba
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados

Um balanço apresentado nesta segunda-feira (30), em Brasília, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a aplicação da Lei Maria da Penha (lei 11.340) mostra que o número de processos em tramitação por violência doméstica contra mulheres chegou a 150.532 entre julho e novembro de 2008. Dos processos abertos, 75.829 já foram sentenciados. Porém, apenas cerca de 2% deles resultaram em condenação de prisão (1.808 prisões).

\"Fica parecendo, quando você divulga o número seco, que a lei não está funcionando porque tem pouca punição e não é esse o resultado, a lei está funcionando porque o acesso está garantido e o Judiciário tem atuado na solução dos conflitos\", explicou a conselheira Andrea Pachá, presidente da Comissão de Acesso à Justiça e Juizados Especiais do CNJ. Pachá afirma que é normal se pensar em prisão quando se fala em punição, mas nem sempre ela é a medida mais efetiva. \"Temos vários crimes que não são punidos com prisão; o que não era mais possível, e isso nós repelimos, foi um dos fatos que levou à promulgação da Lei Maria da Penha, é que o juiz aplicasse a punição com o pagamento de uma cesta básica\", afirmou.

Ao todo foram abertas 41.957 ações penais e 19.803 ações cíveis, além de declaradas 19.400 medidas protetivas - aquelas concedidas para proteger vítimas de agressão - e 11.175 agressores presos em flagrante. Não é possível afirmar a evolução dos números ao longo dos anos, já que é a primeira vez que o CNJ analisa separadamente estes dados.

A chamada 3ª Jornada de Trabalho sobre a Lei Maria da Penha avaliou a situação das Varas de Violência Doméstica e Familiar nos Estados. Em relação à última jornada, realizada no ano passado, o número de Estados que agora apresentam varas ou juizados especiais para combater a agressão doméstica à mulher subiu de 17 para 22, mais o Distrito Federal. Segundo o CNJ, os Estados que ainda não têm o serviço são Roraima, Amapá, Tocantins e Paraíba.

O secretário de Reforma do Judiciário, Rogério Favreto, afirmou que, no ano passado, o Ministério da Justiça chegou a investir R$ 16,8 milhões na implantação de sete varas especializadas e que os órgãos são \"estratégicos\" para o enfrentamento do tema.

\"O juizado é um órgão agregador e referencial no sentido de responder e enfrentar a criminalidade, com estrutura multidisciplinar e interligação com os serviços públicos que recebem as medidas protetivas determinadas pelos juízes\", disse Favreto.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que esteve no evento que divulgou os números, admitiu que há dificuldades em realizar \"transformações culturais\" a partir de iniciativas jurídicas. \"A Lei Maria da Penha tem essa pretensão\", disse, ao destacar que as pessoas têm dificuldade de denunciar e de obter algum tipo de proteção em uma relação \"extremamente complexa\".

A conselheira Andrea Pachá reforçou que os dados apresentados ainda não estão consolidados. A expectativa do CNJ, segundo ela, é que, com a criação de um fórum permanente para debater o assunto, números que indiquem a quantidade e o tipo de condenações, além do perfil do agressor, sejam divulgados. \"São só indicativos. Nossa prioridade em 2008 foi a instalação das varas e a formação dos profissionais\", afirmou.

Fonte: Uol

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Teresina Participativa
Vem pro Podium
PM BA - Vem pro Podium!
Cadastre-se
PM TO - Vem pro Podium!
Últimas Notícias
06h46 Em entrevista ao 180 Dr. Delano fala sobre bloqueio de contas de prefeituras 06h15 Gestores devem ficar atentos ao prazo de envio do IEGM, alerta TCE 06h14 Dr.Delano, alerta gestores para o bloqueio de contas no TCE 06h00 Seminário sobre Evangelização e Inclusão Social na FEMAR 05h57 Em entrevista ao 180Graus, Dr Delano alerta municípios sobre bloqueio de contas 05h15 Município que não enviar IEGM terá contas bloqueadas pelo TCE 04h00 Conselheiro Delano avisa sobre bloqueio de contas dos municípios 03h53 Dr.Delano alerta gestores para o bloqueio de contas no TCE 03h02 Em entrevista ao 180 Dr. Delano fala sobre bloqueio de contas de prefeituras 03h00 TCE diz que IEGM causa bloqueio de contas nos municípios 03h00 Prefeituras são alertadas pelo TCE sobre envio do IEGM 02h47 Conselheiro do TCE alerta municípios ao prazo do IEGM até 31 de maio 02h01 Dr.Delano diretor do TCE alerta prefeituras sobre prazo do IEGM até 31 de maio 02h00 Prefeituras devem enviar IEGM até 31 de maio, alerta TCE 01h46 Dr.Delano alerta municípios sobre prazo do IEGM até 31 de maio para ser enviado 01h14 Dr.Delano, alerta gestores para o bloqueio de contas no TCE 01h00 Dr Delano alerta prefeituras sobre bloqueio de contas pelo IEGM 00h46 Em entrevista ao 180 Dr. Delano fala sobre bloqueio de contas de prefeituras 23h59 Aécio deixou a presidência do PSDB, Ciro se mantém na do PP 23h52 Já preso, advogado de acusado de matar se irrita em entrevista; OUÇA 23h50 Prefeituras devem evitar bloqueio de contas pelo IEGM, alerta TCE 23h38 Lista entregue pela JBS tem nome de 20 políticos do Piauí 23h21 Série D:Três partidas têm liberação para receber público 23h00 Dr Delano alerta que prazo de envio do IEGM vai até 31 de maio 22h28 Em entrevista ao 180 Dr. Delano fala sobre bloqueio de contas de prefeituras

Teresina Participativa

Mais Lidas

    Podium - Professores Dir. Constitucional

    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 913

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Suas ideias podem melhorar Teresina
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional