180graus

Iara Vaz fala sobre sexo - 17/08/2012 às 18h45

'Madrugada Harém' da Rede Meio Norte traz vídeos e dicas quentes

Programa responde as dúvidas do telespectador sobre sexo e ainda conta com vídeos eróticos

Dr. Igor Martins

Produzido por Marcos Monturil e Bob Júnior e apresentado por Iara Vaz, o programa ‘Madrugada Harém’ estreou no último sábado (11/08), às 0h30, na Rede Meio Norte, e terá reprise toda sexta no mesmo horário.

Recomendado para maiores de 18 anos, o programa tem conteúdo diversificado, com vídeos sensuais, como strip-tease, fetiches com as mais diversas fantasias sexuais.

O ‘Madrugada Harém’ é pioneiro no gênero na televisão piauiense e promete ter muita repercussão. Segundo o produtor Marcos Monturil, o objetivo é oferecer dicas de sexo e tirar dúvidas; ele também afirma categoricamente “Trata-se de um programa que promete pegar fogo”.

Estreante na apresentação, Iara Vaz concedeu entrevista ao 180graus, onde revelou tudo sobre a atração e descreveu a sua felicidade em ter sido convidada para participar do projeto. Confira:


Iara Vaz é a apresentadora do 'Madrugada Harém'

180GRAUS- Como foi que a produção do programa chegou até seu nome?

IARA VAZ- “A ideia do programa, surgiu da direção e convidaram o Guiga Ferreira para ser produtor e aí ele pesquisou na internet quem poderia ficar à frente do programa, pelo fato de eu já trabalhar com assunto, voltado para o sexo, para os relacionamentos das mulheres, ter o estudo da sexologia ele achou interessante”.

180GRAUS- Essa é a primeira vez que um canal aberto produz um programa erótico, o que acha da iniciativa?

IARA VAZ- “A Meio Norte mais uma vez na frente e quebrando paradigmas, eu achei uma idéia muito boa, interessante, por isso que eu entrei no projeto com eles, porque é uma forma de estarmos mostrando para as pessoas, principalmente em Teresina que a gente tá trabalhando com sexo, que é um assunto delicado, tem que ter toda a cautela, é uma forma de mostrar que é natural, que faz parte da natureza do ser humano. Nós estamos trabalhando com assuntos instrutivos para as mulheres e homens para dentro do relacionamento o que pode ser feito, na hora da conquista, na hora do relacionamento, então aplausos para a Meio Norte pela iniciativa e espero que com o programa, eu possa estar ajudando nos relacionamentos, ajudando as mulheres e os homens a incrementarem suas vidas”.

180GRAUS- O que o programa traz de novidade? O que o público adulto pode esperar?

IARA VAZ- “O programa ele é bem diversificado, é uma hora de programa, tem as entrevistas e dentro da entrevista já dá para você aprender muita coisa, os vídeos (os homens adoram os vídeos), mas assim, fora os vídeos, que é a parte sensual do programa, tem a parte instrutiva, de falar sobre os assuntos, temáticas voltadas pro sexo, a gente fala sobre fetiche, sobre fantasias, sobre coisas que concernem ao ser humano dentro do relacionamento, e são dicas que aquelas mulheres podem estar utilizando para apimentar suas vidas e os homens na hora da conquista. Então, eu acredito que possa melhorar a vida dos casais e dos homens solteiros em relação aos vídeos, incrementando sua noite”.

180GRAUS- Como são escolhidas as pautas e quais os materiais que entram na programação?

IARA VAZ- “Não vai ter nada explícito, tanto que estamos tomando todo o cuidado do mundo, colocando a tarjazinha para não ficar exposto. O Marcos Monturil está tendo todo o cuidado para buscar assuntos interessantes e que chamam a atenção, justamente pensando no que as pessoas precisam no seu dia-dia dentro do relacionamento, então estamos buscando nesse sentido”.

180GRAUS- Você é praticante e professora de Pole Dance, essa arte está presente também no programa?

IARA VAZ- “O Pole eu venho trabalhando sempre mostrando o lado esportivo, a gente sabe que tem a dança e o esporte, lá a gente trabalha com várias modelos, elas dançam e tudo, mas não quero focar muito no Pole Dance, pois eu trabalho com o esporte e quem quiser trabalhar com a arte e for lá mostrar sua arte será muito bem-vinda, até porque os homens gostam e admiram e tem o lado sensual também da coisa. É interessante, pois tem mulher que procura o lado sensual, mas eu prefiro focar os outros assuntos”.


Iara Vaz em entrevista ao 180graus

180GRAUS- Por que você quer desvincular o Pole Dance da sua carreira de apresentadora?

IARA VAZ- “Justamente porque, o Pole Dance na realidade nasceu no circo foi para as boates e agora a gente tá levando para as academias, então a imagem que ficou do Pole e que fica até hoje no imaginário, principalmente masculino, é justamente essa, que o Pole é sensual e esse lado sensual está voltado à imagem das meninas que trabalham em boates, então eu quero diferenciar o esporte, que sou eu que faço e levo para qualquer mulher, uma dona de casa, uma criança, um homem (que faz também), da imagem da mulher que é da boate, não que eu queira desvincular, só quero mostrar a diferença de um para o outro. Então, eu quero poder evitar falar do Pole Dance no papel de professora e instrutora, pois eu acredito no esporte, mas não nego o Pole sensual e as meninas que trabalham com o Pole Dance podem ir lá mostrar seu trabalho”.

180GRAUS- Esse é o seu primeiro trabalho como apresentadora, você não se sente um pouco insegura?

IARA VAZ- “Não seria insegurança, mas estou buscando ferramentas para poder fazer um trabalho bem feito, quero agir de alguma forma na vida das pessoas. Teatro eu já havia feito, o fato das apresentações eu sou muito tímida, tímida ao extremo e o fato de ter conhecido o Pole Dance foi uma forma de perder a timidez. Estar trabalhando com palestras, tem ajudado bastante e agora essa experiência que está sendo ímpar na minha vida e está ajudando bastante a me desenvolver em todas as áreas atuando profissionalmente”.

180GRAUS- A sociedade piauiense ainda é um pouco fechada em relação ao sexo, então, o tema acaba gerando polêmica, você aceitou o convite logo ou ficou receosa?

IARA VAZ- “Como eu achei a proposta muito interessante e gosto de desafios eu aceitei logo, até porque com minha experiência no Pole Dance, eu sabia que iria ser um desafio, que as pessoas iriam confundir que iam negar e ia ter toda a problemática. Mas eu segui um perfil que até hoje fez com que eu fosse aceita e respeitada dentro da sociedade, então eu sigo uma linha de raciocínio e de trabalho, que isso ajuda e contribui bastante, acho que tudo depende de sua postura, então desde o início, vai fazer cinco anos que trabalho dessa forma e eu acredito que o fato de estar à frente do programa continuando com a minha postura profissional, eu vou continuar sendo respeitada e espero que as pessoas gostem do programa e assistam. Aceitei o desafio de continuar quebrando o tabu da sociedade, pois estamos no século 21, as pessoas precisam sair pra felicidade, porque sexo é felicidade, as pessoas tem que aprender a se divertir mais”.

180GRAUS- O projeto do programa tem quanto tempo?

IARA VAZ- “Estamos gravando há dois meses, mas o projeto é bem anterior, deve ter uns seis meses de elaboração. Têm uns três programas gravados”.

180GRAUS- Você dá palpites nas pautas?

IARA VAZ- “A gente é uma equipe; o Marcos vem pra mim, eu dou minha opinião, só entra no programa quando passa por mim, salvo os vídeos, que é escolha deles”.

180GRAUS- Como você irá interagir com os telespectadores?

IARA VAZ- “A gente tem o ‘Madrugada Harém’ que é uma forma de estar interagindo com as pessoas e estar tirando as dúvidas, geralmente as mulheres têm uma amiga, mas não se abre completamente, mulher tem muita dúvida; principalmente os homens, que tem a questão do preconceito e aquela coisa toda, ás vezes o homem tem muitas dúvidas em relação ao sexo e não tem para quem chegar e conversar e expor, então é uma forma até anonimamente. É só mandar um e-mail que a gente responde a dúvida no programa, é uma forma de estarmos interagindo através de dúvidas, sugestões, críticas, nós estamos abertos a isso e até pautas, quem tiver pode mandar”.


Ela espera a interação do público no programa

180GRAUS- O que espera do programa e da recepção do público?

IARA VAZ- “Olha, eu fiquei um pouco receosa em relação à resposta do público e tenho me surpreendido bastante, a repercussão foi muito grande, eu nunca fiz um trabalho que a repercussão fosse tão grande e de imediato, de sábado pra cá muitas pessoas tem me ligado de várias cidades, e-mails, Facebook, as pessoas estão comentando positivamente, então fiquei muito feliz e isso já é consequência do trabalho que tem sido feito e que é sério e eu espero sinceramente que as pessoas possam se abrir. Um sexólogo que a gente entrevistou e que achei muito importante o que ele falou é que você tem que agir de acordo com aquilo que você acredita, independente de estar certo ou não, se você acredita que aquilo vai lhe trazer felicidade você vai lá e busca a felicidade e o sexo não é uma coisa suja, feia como era visto antigamente, isso é coisa da Idade Média, então não é que você tenha que sair com vários parceiros, fazer coisas proibidas, mas que as pessoas deveriam se abrir mais, viver mais e as pessoas deveriam procurar sua felicidade, da forma que elas acreditam que seja felicidade e o programa acho que vai dar uma abertura à isso e vai quebrar paradigmas”.

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Dr. Igor Martins
UNIMED - DIGA 33
Últimas Notícias
00h35 Primeiro colocado da Anvisa largou emprego para se dedicar aos estudos 23h38 Multidão e emoção marcam o grande encontro do PSD de Barras 22h22 River 1 x 2 Confiança: Galo perde e assume a lanterna do Grupo A 21h35 Fantástico repercute caso de garoto que ficou com 'estaca' no peito; veja 21h30 Federação Espírita Piauiense divulga programação de palestras de julho. Confira 20h44 Capim do açude de Campo Maior vira fonte de renda a artesãos 20h10 Cunha e Cláudia Cruz são vistos jantando sem serem hostilizados 19h22 Servidor pago pela Prefeitura de Uruçuí tira onda com leitores do 180 18h46 Sérgio Moro é ovacionado antes de ‘Que País é Esse?’. Veja a íntegra... 17h31 'Domingo Show' mostra história de garimpeiro do PI e o 'golpe da opala' 17h25 Veja fotos do aniversario do príncipe Arthur do Ó 17h16 Estácio de Sá contrata o banco BTG Pactual para avaliar duas propostas 16h43 IML realiza mutirão para liberação de corpos que estão aguardando perícia 16h37 PT aprendeu com o PMDB a 'nefasta' prática de se fazer política, diz Robert 16h17 Definido os semifinalistas do Copão Rural 2016 em Campo Largo do Piaui 15h58 Carrasco do Brasil em 98 era viciado em sexo e revela festas com drogas 15h56 Homens vão mais vezes ao shopping, mas mulheres passam mais tempo lá 15h55 Banda Fulô de Mandacaru vence a terceira temporada do 'SuperStar' 15h53 Médica é baleada e morre na Linha Vermelha, zona norte do Rio 15h49 Moro é ovacionado durante show em Curitiba; assista o vídeo 15h45 Segurança do prefeito do Rio de Janeiro é morto ao reagir a assalto 15h38 Secretário diz ter mandado homens da segurança pública do Piauí ao RJ 15h28 Detento morre em rebelião e outros 10 fogem da 'Custódia' 15h14 Petrolão: jornalista Leonardo Attuch é apontado como a voz da quadrilha 15h12 Veículo de vereador é queimado no Sul do Piauí e polícia investiga caso

Contratamos designer gráfico

Mais Lidas


    Enquete

    Escândalos de corrupção têm sido cada vez mais frequentes no noticiário. Pagamentos de propina à nível nacional envolvem até políticos do Piauí. Você acha que ainda tem jeito pro Brasil?

    Total de Votos: 241

    Válida de 16/06/2016 a 23/06/2016

    180graus no Instagramno Instagram

    sunset