180graus

Trabalhavam com os pais - 05/06/2011 às 12h07

Flagrado o trabalho infantil na zona rural de Parnaíba

De acordo com a Superintendência, no ano passado foram encontradas 159 crianças nessas condições

MEU BLOG
Alugue quitinete em Luis Correia
comserv
MEU BLOG
Negócios ou lazer em Parnaíba?

A Superintendência Regional de Trabalho encontrou oito crianças em situação de trabalho infantil na zona rural de Parnaíba, no litoral do Estado. A vistoria foi realizada na última semana, depois de denúncias. As crianças trabalhavam junto com os pais numa plantação de acerola. O auditor fiscal do Núcleo de Apoio à Fiscalização do Trabalho Infantil da Superintendência, Rubervam Du Nascimento, afirmou que um relatório está sendo elaborado e será encaminhado ao Ministério Público e ao gestor do município para quem tomem as providências legais.

"As mães levam as crianças para a colheita, pois assim elas conseguem ganhar um pouco mais, já que pela lata de acerola elas recebem R$ 0,25", disse. As crianças encontradas têm entre 10 e 13 anos de idade e atuam na plantação do projeto Platôs de Parnaíba. Segundo o auditor, através do relatório é requerida a implantação do PETI (Programa de Erradi-cação do Trabalho Infantil) na região. "Apesar de algumas crianças estudarem, o rendimento escolar delas está abaixo do esperado", complementa.

De acordo com dados da Superintendência, só no ano passado foram encontradas 159 crianças e adolescentes em situação irregular no Piauí, caracterizando a prática de trabalho infantil. Rubervam explica que por aqui o trabalho infantil está presente principalmente na agricultura familiar. Mas, o trabalho infantil doméstico e a exploração sexual com fins lucrativos também ocupam lugar de destaque. "E essas são as formas mais difíceis de combater", destaca. Segundo ele, as fiscalizações têm revelado novos focos do trabalho escravo.

"Em Floriano, encontramos crianças trabalhando em pedreiras, na extração de pedras, que não era uma atividade muito comum", relata. Também nesse caso geralmente as crianças são levadas pelos pais, que nem se dão conta do mal que estão fazendo. "A própria sociedade é quem diz: é melhor trabalhar a estar na rua, usando drogas. Não é bem assim", completa. Essa mesma consciência tem também aqueles que empregam meninas como empregadas domésticas.

A situação é quase sempre a mesma: uma menina vem do interior do Estado para morar na casa de alguém e aqui ela estuda e trabalha como babá de outra criança. Isso sem falar daquelas que acabam fugindo desse mundo e migrando para a prostituição. "No ano passado realizamos uma ação nos shoppings de Teresina e vimos a cena se repetir. Uma criança, geralmente negra, empurrando um carrinho de bebê. A abordagem é muito complicada nesses casos", disse.


Fonte: Jornal Diário Do Povo

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Terno e Cia
MEU BLOG
podium
Marquinhos do Pará
podium
Últimas Notícias
07h17 Gene Cernan, último homem a andar na Lua, morre aos 82 anos 07h11 Repórter da Globo News é atacada ao vivo na frente de presídio 06h00 Curso de Dialogadores no Centro Espírita Semente Cristã 21h20 Jovem é preso suspeito de realizar assaltos a motos no município de Oeiras 20h38 Morte de jovem gay eleva mistério após novos depoimentos 20h03 Bandidos roubam malote de dinheiro de funcionários da empresa Babylândia 19h46 Neste Domingo tem mais uma Festa no Bar da Lagoa 19h43 Bloco Uh Papai Chegou 2017 19h41 Residencial e Loteamento Vale do Amanhecer 19h28 Bye Bye Férias 19h24 Estado faz 'ouvido de mercador' sobre caos nos presídios 18h35 Prefeitura de Água Branca forma comissão para acompanhar atividades de alunos aprovados no IFPI 18h17 Apontado como chefe de grupo que fraudou concurso se entrega à Civil 18h08 Fazer exercício apenas no fim de semana? Veja os benefícios 18h00 Moradores reclamam de lixo e risco de proliferação do mosquito da dengue 17h51 Promotor irá denunciar oito pessoas de participação na morte de policial 17h51 Prática de aluguel de carros se populariza entre turistas no Brasil 17h50 Grupo de Intervenção Prisional e Tropa de Choque montam base nos presídios de Teresina 17h42 Na Venezuela, iPhone custa quase US$ 100 mil; veja ranking 17h36 Destinado a empreendedores, Movera está funcionando no Espaço da Cidadania 17h23 Seleção de União segue em busca de classificação na Copa Norte de Futsal 17h19 Como será o prédio de 5 km de altura que combate a poluição 17h13 Inep decide antecipar divulgação do resultado do Enem para quarta (18) 17h04 13 áreas: Pós-graduação à distância da 'Uespi' obteve mais de 9,5 mil inscritos 17h01 Na Funasa, Dr. Heli assina termo para levar emenda parlamentar para cidade

Hospede-se no Islamar
MEU BLOG
Terno e Cia
Laurice - Projetos

Mais Lidas


    Enquete

    Você concorda com a decisão da Prefeitura de Teresina em não bancar os desfiles das escolas de Samba?

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-01-09 14:36:00.0 a 2017-01-16

    Casa do cartucho
    comserv
    Negócios ou lazer em Parnaíba

    180graus no Instagramno Instagram

    Negócios ou lazer em Parnaíba