180graus

Trabalhavam com os pais - 05/06/2011 às 12h07

Flagrado o trabalho infantil na zona rural de Parnaíba

De acordo com a Superintendência, no ano passado foram encontradas 159 crianças nessas condições

Venha para o Hotel Delta em Parnaíba
Vem pro Podium!
Vem pro Podium!
Você no controle do Processo
Vem pro Podium
Semana da Enfermagem
Cadastre-se
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados

A Superintendência Regional de Trabalho encontrou oito crianças em situação de trabalho infantil na zona rural de Parnaíba, no litoral do Estado. A vistoria foi realizada na última semana, depois de denúncias. As crianças trabalhavam junto com os pais numa plantação de acerola. O auditor fiscal do Núcleo de Apoio à Fiscalização do Trabalho Infantil da Superintendência, Rubervam Du Nascimento, afirmou que um relatório está sendo elaborado e será encaminhado ao Ministério Público e ao gestor do município para quem tomem as providências legais.

"As mães levam as crianças para a colheita, pois assim elas conseguem ganhar um pouco mais, já que pela lata de acerola elas recebem R$ 0,25", disse. As crianças encontradas têm entre 10 e 13 anos de idade e atuam na plantação do projeto Platôs de Parnaíba. Segundo o auditor, através do relatório é requerida a implantação do PETI (Programa de Erradi-cação do Trabalho Infantil) na região. "Apesar de algumas crianças estudarem, o rendimento escolar delas está abaixo do esperado", complementa.

De acordo com dados da Superintendência, só no ano passado foram encontradas 159 crianças e adolescentes em situação irregular no Piauí, caracterizando a prática de trabalho infantil. Rubervam explica que por aqui o trabalho infantil está presente principalmente na agricultura familiar. Mas, o trabalho infantil doméstico e a exploração sexual com fins lucrativos também ocupam lugar de destaque. "E essas são as formas mais difíceis de combater", destaca. Segundo ele, as fiscalizações têm revelado novos focos do trabalho escravo.

"Em Floriano, encontramos crianças trabalhando em pedreiras, na extração de pedras, que não era uma atividade muito comum", relata. Também nesse caso geralmente as crianças são levadas pelos pais, que nem se dão conta do mal que estão fazendo. "A própria sociedade é quem diz: é melhor trabalhar a estar na rua, usando drogas. Não é bem assim", completa. Essa mesma consciência tem também aqueles que empregam meninas como empregadas domésticas.

A situação é quase sempre a mesma: uma menina vem do interior do Estado para morar na casa de alguém e aqui ela estuda e trabalha como babá de outra criança. Isso sem falar daquelas que acabam fugindo desse mundo e migrando para a prostituição. "No ano passado realizamos uma ação nos shoppings de Teresina e vimos a cena se repetir. Uma criança, geralmente negra, empurrando um carrinho de bebê. A abordagem é muito complicada nesses casos", disse.


Fonte: Jornal Diário Do Povo

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Vem pro Podium
Vem pro Podium!
Teresina Participativa
Vem pro Podium
PM BA - Vem pro Podium!
PM TO - Vem pro Podium!
Cadastre-se
Vem pro Podium!
Vem pro Podium
Últimas Notícias
21h23 Abriu o jogo: Mino Carta escreve 'último' editorial na Carta Capital 21h15 Missa de sétimo dia em homenagem ao exprefeito josè Granja de Farias 20h58 Série D: River volta de São Luís com a 'mala cheia' de gols e a lanterna 20h20 Engipec está entre as melhores lojas de construção do Piauí 19h49 Final do Torneio de Sócios da Associação Atlética. do Banco do Brasil(AABB) de S. Mendes 18h59 Ordenaçao sacerdotal de Marcio Reis Batista de Figueredo 18h35 Simone, da dupla com Simaria, contrata life coach para emagrecer 18h21 Corpo em decomposição é encontrado por caçadores em Parnaíba 17h54 Justiça bloqueia as contas do prefeito de Marcos Parente 17h41 Membros do novo diretório do Partido dos Trabalhadores assumem em PHB 17h33 MEC: criação de polos de ensino a distância vai ser bem mais flexível 17h29 Educação superior a distância cresce em ritmo acelerado 17h17 Brasil reduz mortalidade materna, mas continua longe do ideal 17h14 Justiça bloqueia contas do prefeito de Marcos Parente e do seu filho 17h12 W. Dias inaugura 10 leitos de UTI neonatal na Evangelina Rosa 17h09 Com Caetano e Milton Nascimento, ato no Rio pede renúncia de Temer 17h07 Sérgio Cabral deixa Bangu 8 e vai para presídio recém-reformado 15h15 Temer troca comando do Ministério da Justiça; Torquato Jardim assume 15h14 Novo ministro da Justiça foi advogado de Hugo Napoleão 14h17 Estadão: quem defende eleições diretas é turvo ou oportunista 13h33 Terminal do Bradesco em Conceição do Canindé-PI é alvo de criminosos 11h18 Conheça 15 músicas que são ideais para ouvir durante o sexo 11h16 Sexo frequente é segredo para relação duradoura, diz estudo 11h11 Games para Nintendo Switch e 3ds serão distribuídos oficialmente no Brasil 11h09 Atlético Vermelhense vence por 11 x 7 Seleção de Matias Olímpios e se torna Campeão em NSR

Vem pro Podium
Vem pro Podium!
Teresina Participativa
Vem pro Podium!
Vem pro Podium

Mais Lidas

    Podium - Professores Dir. Constitucional

    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 913

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Vem pro Podium!
    Suas ideias podem melhorar Teresina
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional