180graus

Curiosidade em destaque - 26/04/2013 às 23h33

Dupla brasileira oferece serviço de 'teste de fidelidade' pelo Facebook

Durante as duas primeiras semanas, o serviço, que custa R$ 29,90, foi contratado por 100 pessoas

Negócios ou lazer em Parnaíba?
comserv





Flavio Estevam, de 32 anos, e Luis Vinícius Barreto, de 28 anos, observam há algum tempo o comportamento das pessoas nas redes sociais. Havia um casal de amigos, por exemplo, cuja namorada tinha o login e a senha do Facebook do namorado. E, mesmo entrando no perfil do rapaz todos os dias, andava desconfiada de que ele pudesse estar trocando mensagens com outras garotas e apagando tudo depois. Da dúvida da amiga, surgiu a ideia para um negócio e, no início de abril, eles lançaram o Fidelidade Face.

O serviço funciona assim: o cliente que está desconfiado de que anda sendo traído pelo Facebook, passa a página do companheiro (a) na rede social para empresa. Em seguida, escolhe, entre vários atendentes que trabalham para o serviço, aquele que tem a aparência mais compatível com o gosto do companheiro. A partir daí, o funcionário começará a conversar com a pessoa que está sendo testada pelo próprio chat, agindo como se estivesse realmente interessado nela. O resultado das investidas é apresentado ao cliente. A atendente faz um Print Screen da tela e envia.

Durante as duas primeiras semanas do negócio, o serviço, que custa R$ 29,90, foi contratado por 100 pessoas. “Mas esse número deve ter crescido 1000% agora que o Fidelidade Face apareceu na mídia”, diz Estevam. Ele, inclusive, é o fundador de outro site inspirado no comportamento das pessoas nas redes sociais, o Namoro Fake, em que é possível contratar uma namorada ou namorado falso para exibir no Facebook. Existe também o Amigo Fake, uma versão do primeiro, só que com amigos, em vez de namorados.

Mas quem são esses falsos namorados, amigos e pretendentes? Segundo Estevam, todos os perfis usados nos três sites são verdadeiros. São recrutados apenas atendentes com páginas reais no Facebook para fazer o trabalho. Hoje, são em torno de 60 pessoas, que ficam com metade do valor recebido em cada contratação. “Dá para tirar um bom dinheiro fazendo isso, principalmente porque é possível atender mais de uma pessoa ao mesmo tempo”, diz. Quando o trabalho termina, a recomendação é que o acesso dos clientes aos perfis dos ‘funcionários’ seja bloqueado.

Estevam conta que nunca recebeu reclamações pelo serviço, nem mesmo de ex-namorados de coração partido. “O modelo de negócios gira em torno do cliente. A pessoa testada não sabe de nada, só se o cliente contar”, diz. No entanto, há algum tempo, o Namoro Fake levantou polêmica na internet por usar perfis falsos no Facebook, algo que o empreendedor diz que não existe mais. “Fazemos uma seleção difícil entre as candidatas. E elas precisam ter um perfil verdadeiro no Facebook”.

O Namoro Fake foi o primeiro empreendimento do tipo lançado por Estevam, três meses atrás. Até agora, o serviço foi contratado por 10 mil pessoas e já atua em outros países, como Estados Unidos e China. Os planos são parecidos para o recém-criado Fidelidade Face, que deve começar a funcionar também nos EUA. “Eu sei que podemos gerar separações entre casais, mas isso não é necessariamente ruim. É algo que as pessoas querem saber, é um serviço que vai ajudar muita gente”.

Fonte: Com informações da Época

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


podium
Últimas Notícias
23h45 Piauiense prossegue com Piauí x Flamengo no Lindolfo Monteiro 22h48 Chateado com W.Dias, Ciro se reúne com líderes da oposição ao governo 20h03 #Corso: Confira os cliques postados pela turma do Instagram e Facebook 19h26 SEMED: Semana Pedagógica em Campo Maior deixa professores motivados 19h20 Firmino libera paredão e afirma que a proibição 'não foi ideia muito feliz' 18h39 Paroquia de São José em Campo Largo rá realizar Festival do Senhor nos dias 26 e 27 de Fevereiro 18h09 Pep Guardiola afirma que não voltará a ser treinador do Barcelona 18h01 Caminhoneiro é rendido no Piauí e tem R$ 5 mil roubados 17h58 Hoje tem Cine Gospel 17h52 Previdência respondeu por 97% do déficit nas contas públicas em 2016 17h52 Corso: Fantasias do Muro de Trump e Transformers são sensação; fotos 17h35 Hoje tem Carnamix 17h27 Loteamento Vale do Amanhecer 17h11 Eugênio Show descobre paradeiro de Leny Chaplin e o bota frente a frente a ex-misses 17h08 Noite das Rainhas Lerietes no Las Vegas 16h56 Prévia do Bloco Cajá Folia 2017 16h47 Construsonhos Imobiliária 16h40 Realizado Reunião com os Colaboradores do Carnaval 2017 16h20 Prefeitura faz campanha para o folião não contrair DST/AIDS no carnaval 15h43 Vigilância encontra batata estragada e gelo em sacos de ração no 'Corso' 15h31 Polícia apreende oito quilos de crack e prende dois suspeitos de tráfico no PI 15h21 STF dá dez dias para que Temer e deputados expliquem reforma da previdência 15h16 Dilma diz que pode disputar eleição para senadora ou deputada; confira 15h12 MP realiza campanha sobre a violência contra as mulheres durante o Carnaval 15h06 Vinícola do filho de Trump busca estrangeiros para postos de trabalho

Hospede-se no Islamar
Terno & Cia

Mais Lidas


    Enquete

    Você concorda com a decisão da Prefeitura de Teresina em não bancar os desfiles das escolas de Samba?

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-01-09 14:36:00.0 a 2017-01-16

    comserv
    Casa do cartucho
    Negócios ou lazer em Parnaíba

    180graus no Instagramno Instagram

    Negócios ou lazer em Parnaíba