180graus

Curiosidade em destaque - 26/04/2013 às 23h33

Dupla brasileira oferece serviço de 'teste de fidelidade' pelo Facebook

Durante as duas primeiras semanas, o serviço, que custa R$ 29,90, foi contratado por 100 pessoas

Negócios ou lazer em Parnaíba?
Alugue quitinete em Luis Correia
comserv





Flavio Estevam, de 32 anos, e Luis Vinícius Barreto, de 28 anos, observam há algum tempo o comportamento das pessoas nas redes sociais. Havia um casal de amigos, por exemplo, cuja namorada tinha o login e a senha do Facebook do namorado. E, mesmo entrando no perfil do rapaz todos os dias, andava desconfiada de que ele pudesse estar trocando mensagens com outras garotas e apagando tudo depois. Da dúvida da amiga, surgiu a ideia para um negócio e, no início de abril, eles lançaram o Fidelidade Face.

O serviço funciona assim: o cliente que está desconfiado de que anda sendo traído pelo Facebook, passa a página do companheiro (a) na rede social para empresa. Em seguida, escolhe, entre vários atendentes que trabalham para o serviço, aquele que tem a aparência mais compatível com o gosto do companheiro. A partir daí, o funcionário começará a conversar com a pessoa que está sendo testada pelo próprio chat, agindo como se estivesse realmente interessado nela. O resultado das investidas é apresentado ao cliente. A atendente faz um Print Screen da tela e envia.

Durante as duas primeiras semanas do negócio, o serviço, que custa R$ 29,90, foi contratado por 100 pessoas. “Mas esse número deve ter crescido 1000% agora que o Fidelidade Face apareceu na mídia”, diz Estevam. Ele, inclusive, é o fundador de outro site inspirado no comportamento das pessoas nas redes sociais, o Namoro Fake, em que é possível contratar uma namorada ou namorado falso para exibir no Facebook. Existe também o Amigo Fake, uma versão do primeiro, só que com amigos, em vez de namorados.

Mas quem são esses falsos namorados, amigos e pretendentes? Segundo Estevam, todos os perfis usados nos três sites são verdadeiros. São recrutados apenas atendentes com páginas reais no Facebook para fazer o trabalho. Hoje, são em torno de 60 pessoas, que ficam com metade do valor recebido em cada contratação. “Dá para tirar um bom dinheiro fazendo isso, principalmente porque é possível atender mais de uma pessoa ao mesmo tempo”, diz. Quando o trabalho termina, a recomendação é que o acesso dos clientes aos perfis dos ‘funcionários’ seja bloqueado.

Estevam conta que nunca recebeu reclamações pelo serviço, nem mesmo de ex-namorados de coração partido. “O modelo de negócios gira em torno do cliente. A pessoa testada não sabe de nada, só se o cliente contar”, diz. No entanto, há algum tempo, o Namoro Fake levantou polêmica na internet por usar perfis falsos no Facebook, algo que o empreendedor diz que não existe mais. “Fazemos uma seleção difícil entre as candidatas. E elas precisam ter um perfil verdadeiro no Facebook”.

O Namoro Fake foi o primeiro empreendimento do tipo lançado por Estevam, três meses atrás. Até agora, o serviço foi contratado por 10 mil pessoas e já atua em outros países, como Estados Unidos e China. Os planos são parecidos para o recém-criado Fidelidade Face, que deve começar a funcionar também nos EUA. “Eu sei que podemos gerar separações entre casais, mas isso não é necessariamente ruim. É algo que as pessoas querem saber, é um serviço que vai ajudar muita gente”.

Fonte: Com informações da Época

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Terno e Cia
podium
Últimas Notícias
00h42 Copa do Nordeste: credenciamento 100% online 23h20 Prefeita de Valença apresenta suas metas de gestão para vereadores e população 20h37 65% é contra indicação de Sérgio Moro ao STF 18h19 CRAS realiza palestra sobre "Janeiro Branco" em Campo Largo do Piaui 17h59 20% da população carcerária do Piauí está inserida em programas educacionais nos presídios 17h52 THE: Sem água na torneira, dona de casa se amarra a poço 17h51 Abertas inscrições para o Concurso Rainha Gay do Carnaval de THE 17h28 Filha de Obama esteve na América do Sul por 83 dias, anonimamente 17h27 Temer deve aguardar decisão do STF sobre Lava Jato para indicar novo ministro 17h11 Integração na zona Sudeste: prefeitura esclarece dúvidas de moradores; veja! 17h08 Copa do Nordeste: River colocará 5 mil ingressos à venda;veja locais e preços 16h40 Permanecer muito tempo sentado envelhece 8 anos, afirma estudo 16h39 População terá dificuldade para acesso à aposentadoria após reforma presidenciária, diz Dieese 16h38 Boa ação: menino doa cabelo para crianças com câncer 16h34 Veja o que você precisa saber sobre as 'estações de passageiros' de THE 16h26 Candidatura de Rodrigo Maia é barrada por juiz do TRF 16h25 Teori Zavascki deixa acervo de 7,5 mil processos no Supremo 16h24 Seis jogos sexuais quentíssimos para apimentar sua relação 16h19 Água Branca está adimplente no CAUC e pode receber verbas federais 2º Parte 16h15 Água Branca está adimplente no CAUC e pode receber verbas federais 16h05 TCU fará auditoria para avaliar real situação da Previdência 16h04 Estamos fazendo cada vez menos sexo: de quem é a culpa? 16h04 Promotoria recomenda prova escrita em seletivo para a 'Evangelina Rosa' 15h52 Inclusão da pessoa com deficiência no Piauí é modelo para o país 15h43 Jonas Moura destaca avanços de Água Branca em abertura do Ano Legislativo 3º Parte

Hospede-se no Islamar
Terno e Cia
Laurice - Projetos

Mais Lidas


    Enquete

    Você concorda com a decisão da Prefeitura de Teresina em não bancar os desfiles das escolas de Samba?

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-01-09 14:36:00.0 a 2017-01-16

    Casa do cartucho
    comserv
    Negócios ou lazer em Parnaíba

    180graus no Instagramno Instagram

    Negócios ou lazer em Parnaíba