180graus

Ampliando os direitos - 06/06/2013 às 17h14

Comissão aprova a regulamentação da Lei das Domésticas

Texto ainda precisa ser analisado pelos plenários do Senado e da Câmara

Kangaco
MANINHO ATACADISTA
CONSTRUIR
TELHAS MAFRENSE
CONSTRUTORA HIDROS
PIAUI FEST
VAGA VENDAS

A comissão especial do Congresso Nacional que discute a regulamentação da emenda constitucional que amplia os direitos de empregados domésticos aprovou nesta quinta-feira (6) o relatório que regulamenta os sete itens do texto que ficaram em aberto após a promulgação. Para virar lei, o projeto de regulamentação ainda precisa passar pelos plenários do Senado e da Câmara, antes da sanção da presidente Dilma Rousseff.

A aprovação ocorreu mais de dois meses após a promulgação pelo Congresso da emenda que ficou conhecida como PEC das Domésticas. Depois de mais de uma hora do início da sessão, a votação foi anunciada e realizada de forma simbólica (sem contagem dos votos) em menos de um minuto, depois de deputados e senadores apresentarem críticas ao texto do relator da proposta, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

O relatório estabelece que empregadores deverão pagar mensalmente contribuição com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de 11,2% do total do salário do empregado. Desse valor, 3,2% deverão ser depositados numa conta separada, de modo a garantir que, em caso de demissão sem justa causa, o trabalhador possa ser indenizado com o recebimento de 40% de seu saldo do FGTS.

Os 8% restantes equivalem ao mesmo que é pago pelos empregadores das demais categorias . Também ficou definido 0,8% de contribuição para o seguro por acidente de trabalho e outros 8% para INSS.

A regulamentação define como empregado doméstico aquele que presta serviços de forma contínua, por mais de dois dias na semana, no âmbito residencial e com finalidade não lucrativa. O trabalho fica restrito a maiores de 18 anos, e a carga horário fixada em no máximo 8 horas por dia ou 44 horas semanais.

Também fica estabelecida a possibilidade de regime de 12 horas de trabalho por 36 de descanso, desde que expressa em contrato. Os horários de entrada e saída devem ser, obrigatoriamente, registrados por meio manual ou eletrônico.

Hora-extra
Pelo texto apresentado, fica definido que a hora-extra deverá ser paga com valor no mínimo 50% maior que a hora normal. As horas-extras poderão ser compensadas com folgas ou descontos na jornada diária, mas, caso ao final do mês a empregada acumule mais de 40 horas sem compensação, elas obrigatoriamente deverão ser pagas.
O restante será somado num banco de horas válido por um ano. No projeto, o banco é chamado de "sistema de compensação de horas”.

Férias
A regulamentação também cria a possibilidade de divisão das férias de trabalhadores da categoria em apenas dois períodos. Inicialmente, o texto de Jucá previa que as férias dos domésticos fossem divididas em até três períodos.

A mudança foi solicitada pelos sindicatos e equipara as férias de domésticos ao das demais categorias de trabalhadores urbanos e rurais. Um dos períodos de férias deve ter no mínimo 14 dias. Atualmente, não há regra específica para a divisão das férias que, segundo o Ministério do Trabalho, é fixada a critério do empregador.

Fonte: Com informações do G1

Publicado Por: Fábio Carvalho

Últimas Notícias
19h06 Prefeitura cumpre mais de 80% da meta de imunização contra o HPV 19h00 'Quero estudar e trabalhar fora do Brasil por um tempo', diz Maisa Silva 19h00 Homem morre atropelado por trem da Vale em Porto Franco 18h58 Bazar da Ilha acontece neste final de semana 18h55 Policia Civil investiga assalto na Divinéia 18h46 Mulher de Giba diz que quase apanhou da ex dele: 'Fez barraco. Saí correndo' 18h45 Maranhão registrou saldo positivo de empregos em junho 18h32 Alunos de escolas estaduais participam da mostra Guarnicêzinho 18h28 Governo do Estado lança Operação Lei Seca com entrega de bafômetros à Polícia Militar 18h25 Gay em 'Império', Klebber Toledo não se preocupa em beijar José Mayer 18h06 Chocante: Pai não vê bebê embaixo do carro, dá ré e passa por cima; assista! 18h03 Sobe venda de livros, aumentou 10,4%, mas o mercado cresce pouco; veja números! 18h03 Morre o escritor e dramaturgo Ariano Suassuna; ele foi vítima de um AVC 18h03 Dono do Manchester diz a Van Gaal: 'pode gastar, contrate quem quiser' 18h02 Lana Del Rey revela que já dormiu com vários cantores; saiba quem! 18h01 Sebrae/PI abre inscrições para seletivo em diversas cidades do PI;inscreva-se 18h01 ESCÂNDALO envolve juiz do Piauí; desvio de mais de R$ 3 milhões 18h01 Virou rotina! Real Madrid contratou todos os craques das Copas desde 1998 17h58 Jovens são surpreendidos com armas e drogas dentro taxi em MG 17h55 Criador de 'Dilma Bolada' tira do ar perfil no Facebook 17h51 Secretaria de Educação promove encontro com professores da Zona Rural 17h49 Câmara de Vereadores de S.J de Ribamar entra em recesso 17h45 Com Taffarel e Mauro Silva, Dunga anuncia comissão técnica da Seleção 17h39 Em Lagoa Grande do Maranhão genro mata sogro com tiro de espingarda 17h37 Delegação de São João chega à Teresina para 13° edição dos Jogos Escolares
Curso in company
ControlX
ControlX

Enquete

Você acha que o Dunga vai fazer realmente um bom trabalho de volta ao cargo de técnico da Seleção Brasileira ou sai antes mesmo da Copa 2018?

Total de Votos: 175

Válida de 22/07/2014 a 29/07/2014

Mais lidas

    IRRITEC
    CONSTRUTORA HIDROS
    TELHAS MAFRENSE

    180graus no Instagramno Instagram