180graus

Ampliando os direitos - 06/06/2013 às 17h14

Comissão aprova a regulamentação da Lei das Domésticas

Texto ainda precisa ser analisado pelos plenários do Senado e da Câmara

GUIA DOS PARLAMENTARES II
CASA DE PRAIA
IBIZA DRINKS
Casa do Cartucho
COLEGIO CEV
CND_VAGA





A comissão especial do Congresso Nacional que discute a regulamentação da emenda constitucional que amplia os direitos de empregados domésticos aprovou nesta quinta-feira (6) o relatório que regulamenta os sete itens do texto que ficaram em aberto após a promulgação. Para virar lei, o projeto de regulamentação ainda precisa passar pelos plenários do Senado e da Câmara, antes da sanção da presidente Dilma Rousseff.

A aprovação ocorreu mais de dois meses após a promulgação pelo Congresso da emenda que ficou conhecida como PEC das Domésticas. Depois de mais de uma hora do início da sessão, a votação foi anunciada e realizada de forma simbólica (sem contagem dos votos) em menos de um minuto, depois de deputados e senadores apresentarem críticas ao texto do relator da proposta, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

O relatório estabelece que empregadores deverão pagar mensalmente contribuição com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de 11,2% do total do salário do empregado. Desse valor, 3,2% deverão ser depositados numa conta separada, de modo a garantir que, em caso de demissão sem justa causa, o trabalhador possa ser indenizado com o recebimento de 40% de seu saldo do FGTS.

Os 8% restantes equivalem ao mesmo que é pago pelos empregadores das demais categorias . Também ficou definido 0,8% de contribuição para o seguro por acidente de trabalho e outros 8% para INSS.

A regulamentação define como empregado doméstico aquele que presta serviços de forma contínua, por mais de dois dias na semana, no âmbito residencial e com finalidade não lucrativa. O trabalho fica restrito a maiores de 18 anos, e a carga horário fixada em no máximo 8 horas por dia ou 44 horas semanais.

Também fica estabelecida a possibilidade de regime de 12 horas de trabalho por 36 de descanso, desde que expressa em contrato. Os horários de entrada e saída devem ser, obrigatoriamente, registrados por meio manual ou eletrônico.

Hora-extra
Pelo texto apresentado, fica definido que a hora-extra deverá ser paga com valor no mínimo 50% maior que a hora normal. As horas-extras poderão ser compensadas com folgas ou descontos na jornada diária, mas, caso ao final do mês a empregada acumule mais de 40 horas sem compensação, elas obrigatoriamente deverão ser pagas.
O restante será somado num banco de horas válido por um ano. No projeto, o banco é chamado de "sistema de compensação de horas”.

Férias
A regulamentação também cria a possibilidade de divisão das férias de trabalhadores da categoria em apenas dois períodos. Inicialmente, o texto de Jucá previa que as férias dos domésticos fossem divididas em até três períodos.

A mudança foi solicitada pelos sindicatos e equipara as férias de domésticos ao das demais categorias de trabalhadores urbanos e rurais. Um dos períodos de férias deve ter no mínimo 14 dias. Atualmente, não há regra específica para a divisão das férias que, segundo o Ministério do Trabalho, é fixada a critério do empregador.

Fonte: Com informações do G1

Publicado Por: Fábio Carvalho

Últimas Notícias
12h40 Enquanto é procurado pela Justiça, Latino retira agenda de shows de seu site 12h40 Campanha Noite Feliz 2014 12h36 Show de Prémios do Deputado Neto Evangelista 12h33 Câmara Municipal de São João dos Patos Terá seu Prédio Próprio 12h32 Cidade de Cristino Castro ganha o primeiro Auto Center: Auto Center Lins 12h30 Sorteados no Minha Casa, Minha Vida podem fazer reagendamento até 30/12 12h26 Realizado 36ª Sessão de Vereadores 12h21 Novo presidente do TCE toma posse e autoridades prestigiam solenidade 12h20 Assembleia derruba veto e projeto de combate ao trabalho escravo vira lei 12h07 BOMBA! Dirigentes se mobilizam e Brasileirão 2015 poderá ter mata-mata 12h07 GTRANS e Polícia Militar realizam blitz em Campo Maior para coibir assaltos 12h03 Presidente Marden rebate e diz que o PSDB não está aliado ao PT no Piauí 12h02 Josino Ribeiro homenageia advogado Jorge Azar Chaib em seu escritório 11h57 IML recolhe material para exame de identificação de corpos em Brasilia 11h55 MEC suspendeu autonomia de 123 cursos superiores;Piauí está na lista 11h45 Prefeito Edilson (Capote) capta recursos no FNDE em Brasília 11h40 Torcedores do Vasco se reúnem em Teresina para ato de solidariedade 11h22 ANIVERSÁRIO DE AGRICOLÂNDIA E SEMANA CULTURAL GRANDES ATRAÇÕES 11h14 Central de Atendimento ao Cidadão do SAAE será inaugurado nessa sexta 11h14 Festa de Debutantes 2014 11h06 Abraços protegem contra estresse, depressão, infecções e gripes, diz estudo 11h05 Unidade Escolar Realiza Confraternização com Funcionários 10h59 Prefeito Gilberto inaugura poço na escola da comunidade Pilões na zona rural de Floriano 10h55 Culto é realizado em homenagem ao aniversário do município 10h53 Prefeito Walter Alencar antecipa pagamento aos servidores para 19 de Dezembro
GUIA DOS PARLAMENTARES II
CNH

Mais Lidas

    Enquete

    O piauiense Luis Henrique foi o terceiro colocado no 1º MasterChef Brasil. Você concorda com a vitória de Elisa?

    Total de Votos: 153

    Válida de 17/12/2014 a 24/12/2014

    180graus no Instagramno Instagram