180graus

Ampliando os direitos - 06/06/2013 às 17h14

Comissão aprova a regulamentação da Lei das Domésticas

Texto ainda precisa ser analisado pelos plenários do Senado e da Câmara

Galaxy
ARTE CONSTRUÇÕES
Kangaço

A comissão especial do Congresso Nacional que discute a regulamentação da emenda constitucional que amplia os direitos de empregados domésticos aprovou nesta quinta-feira (6) o relatório que regulamenta os sete itens do texto que ficaram em aberto após a promulgação. Para virar lei, o projeto de regulamentação ainda precisa passar pelos plenários do Senado e da Câmara, antes da sanção da presidente Dilma Rousseff.

A aprovação ocorreu mais de dois meses após a promulgação pelo Congresso da emenda que ficou conhecida como PEC das Domésticas. Depois de mais de uma hora do início da sessão, a votação foi anunciada e realizada de forma simbólica (sem contagem dos votos) em menos de um minuto, depois de deputados e senadores apresentarem críticas ao texto do relator da proposta, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

O relatório estabelece que empregadores deverão pagar mensalmente contribuição com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de 11,2% do total do salário do empregado. Desse valor, 3,2% deverão ser depositados numa conta separada, de modo a garantir que, em caso de demissão sem justa causa, o trabalhador possa ser indenizado com o recebimento de 40% de seu saldo do FGTS.

Os 8% restantes equivalem ao mesmo que é pago pelos empregadores das demais categorias . Também ficou definido 0,8% de contribuição para o seguro por acidente de trabalho e outros 8% para INSS.

A regulamentação define como empregado doméstico aquele que presta serviços de forma contínua, por mais de dois dias na semana, no âmbito residencial e com finalidade não lucrativa. O trabalho fica restrito a maiores de 18 anos, e a carga horário fixada em no máximo 8 horas por dia ou 44 horas semanais.

Também fica estabelecida a possibilidade de regime de 12 horas de trabalho por 36 de descanso, desde que expressa em contrato. Os horários de entrada e saída devem ser, obrigatoriamente, registrados por meio manual ou eletrônico.

Hora-extra
Pelo texto apresentado, fica definido que a hora-extra deverá ser paga com valor no mínimo 50% maior que a hora normal. As horas-extras poderão ser compensadas com folgas ou descontos na jornada diária, mas, caso ao final do mês a empregada acumule mais de 40 horas sem compensação, elas obrigatoriamente deverão ser pagas.
O restante será somado num banco de horas válido por um ano. No projeto, o banco é chamado de "sistema de compensação de horas”.

Férias
A regulamentação também cria a possibilidade de divisão das férias de trabalhadores da categoria em apenas dois períodos. Inicialmente, o texto de Jucá previa que as férias dos domésticos fossem divididas em até três períodos.

A mudança foi solicitada pelos sindicatos e equipara as férias de domésticos ao das demais categorias de trabalhadores urbanos e rurais. Um dos períodos de férias deve ter no mínimo 14 dias. Atualmente, não há regra específica para a divisão das férias que, segundo o Ministério do Trabalho, é fixada a critério do empregador.

Fonte: Com informações do G1

Publicado Por: Fábio Carvalho

Últimas Notícias
05h52 Na Medicina da USP, relatório aponta casos de abusos sexuais 05h31 Cantora chama atenção com look transparente no AMAs 2014 05h14 Marina Ruy Barbosa posta foto ganhando beijo do namorado 04h55 IOS: otimize as fotos armazenadas no iPhone para poupar espaço 04h33 90% das pessoas que bebem demais não são alcoólatras 04h18 Recuperação total de Schumacher não tem data, diz porta-voz 03h45 Sem projeto de programa na Globo, Márcio Garcia se dedica ao cinema 03h19 Investigação pode afetar arrecadação bilionária do petróleo, diz jornal 03h05 PT ainda resiste à indicação de Levy para o Ministério da Fazenda 02h42 'Grávido' de 9 meses, brasileiro vence na base dos chutes para virar top 10 02h30 Facebook: como sobreviver a um término de namoro sem excluir sua conta 02h26 Maria Ribeiro, participante do Saia Justa, confessa: 'sou uma consumista psicopata!' 01h56 Maior cerimônia coletiva de casamento civil homoafetivo do mundo foi realizada no Rio 01h35 Mesmo com chuva reservatórios registram queda em São Paulo 01h19 Escolas de todo o país passam por avaliação de alfabetização até 28/11 00h39 Recuperação total de Schumacher não tem data, diz porta-voz 00h19 Claudia Raia planeja apresentar programa ao vivo: 'Algo no estilo Hebe Camargo' 00h03 Depois de 'chega mais' nos EUA, fotógrafo nega romance com Anitta 23h50 Frustrado após prova desastrosa, Nico admite: 'Hamilton mereceu o título' 23h47 Irmãs Minerato se tietam e dão selinho durante gravação de vinheta 23h14 Adriana Birolli, de 'Império', posa de lingerie e exibe boa forma em ensaio 22h51 Saiba como negociar e conseguir aumento de salário no final do ano 22h23 Sigefredo Pacheco: Vereador Vicente Pacheco entra com pedido de licença e Neto Soares volta a camara 22h13 Para o atacante Tuta o pior time que passou na carreira foi o Flamengo do Piauí 22h03 Dia D da campanha Novembro Azul em Cristino Castro
CNH