180graus

China cobrou explicações - 20/03/2017 às 13h58

Carne fraca: Países barram temporariamente carne brasileira

A China cobrou explicações ao governo brasileiro sobre a carne vendida ao país

Você no controle do Processo
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados
Teresina Participativa





Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

O mercado internacional começa a reagir à Operação Carne Fraca, deflagrada na sexta-feira pela Polícia Federal contra um esquema de corrupção envolvendo fiscais agropecuários e frigoríficos. China, Coreia do Sul e Chile anunciaram restrições temporárias à entrada da carne brasileira em seus países.

O Ministério da Agricultura confirma que apenas a China pediu informações ao governo brasileiro sobre a carne exportada. Enquanto o Brasil não der essas informações, a carne brasileira que chegar à China fica parada no porto. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, tem uma videoconferência com autoridades chinesas às 21h (horário de Brasília).

O governo informa não ter sido comunicado sobre o banimento da carne em outros países. Mas o Ministério da Agricultura do Chile informou no Twitter a suspensão temporária da compra de carne brasileira.

A União Europeia informou que está monitorando as importações de carne brasileira e de todas as empresas envolvidas na Operação Carne. “A Comissão garantirá que as empresas envolvidas na fraude tenham suas exportações para a UE suspensas”, disse à imprensa britânica um porta-voz da entidade.

Segundo agências internacionais, a Coreia do Sul vai intensificar a fiscalização da carne de frango importada do Brasil e banir temporariamente a entrada de produtos da BRF, uma das empresas citadas na Operação Carne Fraca.

Em nota, a BRF informa “que não recebeu nenhuma notificação oficial das autoridades brasileiras ou estrangeiras a respeito da suspensão de suas fábricas por países com os quais mantém relações comerciais, incluindo Coreia do Sul e União Europeia”.

(Com informações da VEJA.com)

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Teresina Participativa
Podium PMPI
Terrazzo Poti
Últimas Notícias
00h40 Definição dos semifinalistas do returno do Piauiense depende da Justiça Desportiva 00h10 Texto base da reforma trabalhista é aprovado pelo plenário da Câmara 00h05 Rodovia de acesso à Colônia do Gurguéia foi pauta de audiência 22h58 Firmino diz que gestão precisa estar antenada com necessidade do povo 20h42 Município de Paes Landim manda representantes ao Fórum Regional de Politicas Pública 19h49 Seriedade e Compromisso por parte do Poder Publico 19h46 Secretário de Saúde de Paes Landim Roberto Lucas firma parceria com o CAPS de São João - PI 19h30 Deputados federais do Piauí são PROCURADOS através de cartazes ao estilo velho oeste americano 19h13 Audiência |Pública trata da segurança em Alto Longá. 18h56 Mais Famílias são beneficiadas em Paes Landim pelo o PAA 18h51 Sexta-Feira Vai está a Venda Pulseiras para o Evento Blitz Sua Parada Obrigatória Segunda Temporada 18h38 Neste Sábado tem Voz e Violão no Brizolas Bar 18h29 Realizado Reunião em Pastos Bons 18h21 Loteamento Vale do Amanhecer 18h15 Joice Hasselmann receberá de Mão Santa uma 'medalha do mérito'; veja 18h12 6ª Companhia PM Independente Contempla Mais Uma Cidade do Médio Sertão Com O PROERD 17h56 TCE autoriza os novos prefeitos a parcelarem débitos previdênciários 17h54 Restaurante e Lanchonete Bom Gosto 17h52 Brasil ocupa posição 103 no ranking de liberdade de imprensa 17h49 Construsonhos Imobiliária 17h47 PI: ex-funcionários de banco são investigados por fraudes 17h40 Realizado Reunião sobre Poluição Sonora 17h27 Loteamento Vale do Amanhecer 17h25 Dupla assalta moto fan à mão armada em Barras 17h23 Paratleta Luis Alves conquista o segundo lugar em competição

Teresina Participativa

Mais Lidas


    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 817

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Teresina Participativa
    Teresina Participativa

    180graus no Instagramno Instagram