180graus

Acreditava na recuperação - 15/07/2013 às 09h05

Antes de morrer, MC Daleste pediu para tirar foto para colocar na web

Polícia analisa fotos e vídeos feitos pelo público para tentar encontrar pistas do atirador

Coren- Enfermagem
Cev- Maio
IEMP - Prof. Ana Cristina
180 - Vende-se Hilux
Alves e Alves- (Dr. Daniel)
Dr. Raimundo Junior
Coren Enfermagem
Phocus Galerie
Cofen- Enfermagem
180 & Gracom - Maratona





Ao ser baleado no palco durante um show em Campinas, no interior de São Paulo, no último dia 6, o funkeiro Daniel Pellegrine, o MC Daleste, não imaginava a gravidade do ferimento que carregava no corpo. Atingido no abdômen, ele foi levado consciente para o hospital e, durante o trajeto, tentava acalmar as pessoas que o socorriam. Já na porta da unidade de saúde, chegou a pedir que fosse tirada uma foto dele na maca. De acordo com Rodrigo Pellegrine, o irmão da vítima, Daniel queria que a imagem fosse postada em uma rede social.

— Quando a gente chegou na porta do hospital, que ele viu que chegou a salvação dele, que ele falou: "Pô..." Eu falei: "Mano, você já está no hospital, você está a salvo". Aí, ele falou assim: "Tira uma foto pra postar no Instagram, aí. Que isso aqui a gente vai dar risada quando eu me recuperar e ficar bem".

Só que Daleste não resistiu e morreu duas horas e quinze minutos depois de ser baleado. O artista foi ferido menos de dez minutos após o começo do show que fazia em uma quermesse dentro de um conjunto habitacional na periferia de Campinas. Antes do tiro fatal, Daleste chegou a ser baleado de raspão na axila direita. Ao reparar que algo havia o atingido no braço, o funkeiro reclamou com a plateia. Mas, na hora,não desconfiou que fosse um tiro.

Segundo o delegado de Homicídios de Campinas, Rui Pegolo, a primeira bala só deixou um arranhão. Por isso, o MC não entendeu o que estava acontecendo.

— Acreditamos que ele imaginou que fosse uma pedra, já que ele se reporta ao público reclamando daquilo, pois se imaginasse que fosse um tiro, acreditamos que teria parado o show naquele momento.

Depoimentos

Mais de uma semana após a morte de Daleste, o crime ainda é um mistério. Até agora, 15 pessoas foram ouvidas, entre elas, amigos e parentes da vítima. A polícia analisa fotos e vídeos feitos pelo público para tentar encontrar pistas do atirador. Por ora, a certeza é de que a morte do funkeiro foi premeditada e que a pessoa responsável entendia bem de disparo de arma de fogo.

Conforme peritos de Campinas, o criminoso estaria em um local elevado, à esquerda do palco, a uma distância entre 20 e 30 metros. Dificilmente seria alguém da plateia.

A polícia ainda não sabe qual arma foi usada. As cápsulas deflagradas não foram encontradas no local. A bala que atingiu o abdômen do funkeiro atravessou o corpo e saiu pelas costas. Somente um pequeno fragmento dela foi recuperado.

A hipótese mais recente trabalhada durante a investigação do caso é de que a arma usada no assassinato seja de “calibre mais avantajado”.

Linhas de investigação

A polícia trabalha com, pelo menos, três linhas de investigação para tentar chegar ao assassino. Uma delas seria a de crime passional.Testemunhas disseram aos investigadores que o funkeiro teria se envolvido em uma briga em Campinas, um mês antes, por causa de uma moça. A hipótese é negada pela família da vítima. Daleste vivia há quatro anos com Érica Teixeira e, segundo ela, eram felizes e não havia motivos para traição.

Outra hipótese investigada seria uma briga com os organizadores da quermesse em Campinas, o que também é negado pela família do MC.

A terceira dá conta de que o assassino seria um policial. A possibilidade surgiu a partir da acusação de um amigo do cantor. MC Daleste estaria sendo extorquido por policiais militares, mas os parentes do cantor também rebatem a afirmação.

Para Roland Pellegrine, pai do funkeiro, o filho foi executado por alguém que não suportava vê-lo vencer na vida. O jovem fazia uma média de 40 shows por mês e faturava cerca de R$ 200 mil.

Daleste é o sexto funkeiro morto no Estado de São Paulo nos últimos três anos. Até hoje, nenhum caso foi esclarecido.

Fonte: Com informações do R7

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


180 & Gracom - Maratona
Terno e Cia
Carvalho e Oliveira (Wildson de Almeida)
Alves e Alves (Dr. Daniel)
Phocus Galerie
UNIMED DIA DAS MÃES
vaga pesquisadores
Marquinhos do Pará
Panificadora Canindé
Casa do Cartucho
Últimas Notícias
23h06 Garantido espaço para crianças no Festival de Inverno 22h44 Atletismo o esporte natural, conheça um pouco dessa modalidade olímpica 22h30 Os usuários do CAPS I de Simplício Mendes tiveram uma tarde de lazer em sítio na Zona Rural 22h16 Secretaria Municipal de Saúde de Simplício Mendes contrata mais médicos para nossa população 20h42 Membros do Cras e Conselho tutelar orientam alunos sobre o abuso sexual de crianças e adolescentes. 19h18 Modelo Tara Linaker mostra as suas curvas naturais em ensaio no Brasil 18h52 Secretária de Educação se reúne com Gestores da Educação 18h27 Prefeita Gadocha participa de novenário ao sagrado Coração no interior de Canavieira 18h16 Desembargador voltou atrás em decisão que mandou pagar a CAXÉ 18h04 Vídeo registra momento em que Brad Pitt salva garotinha de multidão de fãs 17h59 Comissão convoca ministro da Justiça para audiência após pedido de Regina 17h56 Atriz pornô é presa nos EUA e sua foto da habilitação é surpreendente 17h53 Em busca de novos usuários, Twitter altera contagem de 140 caracteres 17h53 Gilmar Mendes defende Jucá e diz que não viu tentativa de barrar a Lava Lato 17h50 UESPI: governo gasta mais com terceirizados 17h46 Saiba por que você não deve fazer sexo na frente da sua Smat TV 17h46 'Assassinado com crueldade e frieza', diz irmã de fã de Ana Hickmann 17h43 Concurso da Prefeitura de Picos é adiado e provas acontecerão em agosto 17h35 Clínicas de Teresina criam dificuldades para os pacientes com plano de saúde 17h32 Morsa afoga homem que invadiu jaula em zoológico para fazer selfie 17h31 Setre e Sine participam pela 1ª vez da Cidade Junina no Rio Poty Shopping 17h24 Palestras e ações culturais marcaram últimos três dias da semana do bebê em Vila Nova 17h17 Gualberto de Sousa ensina a criar layouts sem ilustração ou fotografias 17h12 Projetos prestes a serem aprovados no Congresso podem prejudicar a LOTEPI 17h11 Pesquisa mostra que 42% dos brasileiros leram a Bíblia no último ano

Alves e Alves (Dr. Daniel)
Terno e Cia
Conplan
Phocus Galerie
Dr. Wildson de Almeida
Dr. Raimundo Junior

Mais Lidas


    Enquete

    Cai o primeiro ministro do novo governo em apenas 12 dias. Na sua opinião, Michel Temer consegue terminar seu mandato?

    Total de Votos: 21

    Válida de 24/05/2016 a 31/05/2016

    vaga pesquisadores
    180 & Gracom - Maratona
    Phocus Galerie - Eventos
    Casa do cartucho
    ZikaZero
    Alves e Alves (Dr. Daniel)
    Profº Márcio Lima - Dia da Mudança
    Terno e Cia
    Dr. Raimundo Junior
    Dr. Diogo Caldas(Escritório de advocacia)

    180graus no Instagramno Instagram

    sunset
    Panificadora Canindé