180graus

Acreditava na recuperação - 15/07/2013 às 09h05

Antes de morrer, MC Daleste pediu para tirar foto para colocar na web

Polícia analisa fotos e vídeos feitos pelo público para tentar encontrar pistas do atirador

180 NOVALOGO
Kangaco
LB Fitness
Casa do Cartucho

Ao ser baleado no palco durante um show em Campinas, no interior de São Paulo, no último dia 6, o funkeiro Daniel Pellegrine, o MC Daleste, não imaginava a gravidade do ferimento que carregava no corpo. Atingido no abdômen, ele foi levado consciente para o hospital e, durante o trajeto, tentava acalmar as pessoas que o socorriam. Já na porta da unidade de saúde, chegou a pedir que fosse tirada uma foto dele na maca. De acordo com Rodrigo Pellegrine, o irmão da vítima, Daniel queria que a imagem fosse postada em uma rede social.

— Quando a gente chegou na porta do hospital, que ele viu que chegou a salvação dele, que ele falou: "Pô..." Eu falei: "Mano, você já está no hospital, você está a salvo". Aí, ele falou assim: "Tira uma foto pra postar no Instagram, aí. Que isso aqui a gente vai dar risada quando eu me recuperar e ficar bem".

Só que Daleste não resistiu e morreu duas horas e quinze minutos depois de ser baleado. O artista foi ferido menos de dez minutos após o começo do show que fazia em uma quermesse dentro de um conjunto habitacional na periferia de Campinas. Antes do tiro fatal, Daleste chegou a ser baleado de raspão na axila direita. Ao reparar que algo havia o atingido no braço, o funkeiro reclamou com a plateia. Mas, na hora,não desconfiou que fosse um tiro.

Segundo o delegado de Homicídios de Campinas, Rui Pegolo, a primeira bala só deixou um arranhão. Por isso, o MC não entendeu o que estava acontecendo.

— Acreditamos que ele imaginou que fosse uma pedra, já que ele se reporta ao público reclamando daquilo, pois se imaginasse que fosse um tiro, acreditamos que teria parado o show naquele momento.

Depoimentos

Mais de uma semana após a morte de Daleste, o crime ainda é um mistério. Até agora, 15 pessoas foram ouvidas, entre elas, amigos e parentes da vítima. A polícia analisa fotos e vídeos feitos pelo público para tentar encontrar pistas do atirador. Por ora, a certeza é de que a morte do funkeiro foi premeditada e que a pessoa responsável entendia bem de disparo de arma de fogo.

Conforme peritos de Campinas, o criminoso estaria em um local elevado, à esquerda do palco, a uma distância entre 20 e 30 metros. Dificilmente seria alguém da plateia.

A polícia ainda não sabe qual arma foi usada. As cápsulas deflagradas não foram encontradas no local. A bala que atingiu o abdômen do funkeiro atravessou o corpo e saiu pelas costas. Somente um pequeno fragmento dela foi recuperado.

A hipótese mais recente trabalhada durante a investigação do caso é de que a arma usada no assassinato seja de “calibre mais avantajado”.

Linhas de investigação

A polícia trabalha com, pelo menos, três linhas de investigação para tentar chegar ao assassino. Uma delas seria a de crime passional.Testemunhas disseram aos investigadores que o funkeiro teria se envolvido em uma briga em Campinas, um mês antes, por causa de uma moça. A hipótese é negada pela família da vítima. Daleste vivia há quatro anos com Érica Teixeira e, segundo ela, eram felizes e não havia motivos para traição.

Outra hipótese investigada seria uma briga com os organizadores da quermesse em Campinas, o que também é negado pela família do MC.

A terceira dá conta de que o assassino seria um policial. A possibilidade surgiu a partir da acusação de um amigo do cantor. MC Daleste estaria sendo extorquido por policiais militares, mas os parentes do cantor também rebatem a afirmação.

Para Roland Pellegrine, pai do funkeiro, o filho foi executado por alguém que não suportava vê-lo vencer na vida. O jovem fazia uma média de 40 shows por mês e faturava cerca de R$ 200 mil.

Daleste é o sexto funkeiro morto no Estado de São Paulo nos últimos três anos. Até hoje, nenhum caso foi esclarecido.

Fonte: Com informações do R7

Publicado Por: Francy Teixeira

Últimas Notícias
16h30 Sedel realizará reunião com pais de atletas convocados para Jogos Escolares da Juventude 16h15 Junta de Serviço Militar entrega Certificado de Dispensa de Incorporação 16h08 A Palavra de Deus em Mateus 24,36 a 44 16h04 Eleições no Piauí contará com quase 10 mil urnas eletrônicas 16h03 Junta de Serviço Militar de Picos entrega Certificado de Dispensa de Incorporação 16h01 Elenco de 'Zorra Total' pode ser renovado; redatores são dispensados 16h01 Agora todos os dias você poderá ler a Palavra de Deus no 180 gospel 15h56 Aulas Dinamizadas sobre os conhecimentos 15h49 Helicóptero da PM-PI vai custar R$ 7.334 por cada hora que estiver voando 15h44 Lourdes Melo: 'Fechou 200 escolas no PI e desviou Fundeb para seus amigos' 15h42 Estrada danificada há quatro meses em Betânia ainda nao foi recuperada 15h42 Sistema de abastecimento d’água no bairro Carrasco é ampliado pela prefeitura de Altos 15h41 Anvisa suspende lote de cateter nasal 15h38 Prefeitura de Altos amplia sistema de abastecimento d’água no bairro Carrasco 15h38 Capacitação do Livro Didático do Ensino Infantil 15h37 Dia de beleza 15h33 MPE-PI homenageia Defensora Pública por atuação em defesa da mulher 15h27 Escola do povoado Várzea Grande recebe materiais didáticos e um notebook 15h27 Marcha internacional reúne movimentos na luta contra genocídio de negros 15h22 Goleiro Mão é apresentado oficialmente no Sampaio Corrêa 15h19 Daniel Solon desiste de desafio e Zé Filho vai ao HUT com Lourdes Melo 15h17 Capacitação do Acompanhamento Pedagógico do Programa Mais Educação 15h11 Inscrições para Promoção de Defensores de Categoria Especial são prorrogadas 15h04 Prefeito Chico Pitu investe em perfuração de poços em Marcolândia 15h02 Bolsa Atleta contempla mais 36 esportistas brasileiros
ControlX

Enquete

Um dos problemas que mais assombra a população de Teresina é a insegurança. Se hoje, você pudesse se mudar para uma zona 'mais segura' da cidade, onde iria morar?

Total de Votos: 124

Válida de 22/08/2014 a 29/08/2014

Mais lidas

    180 NOVALOGO
    TELHAS MAFRENSE

    180graus no Instagramno Instagram