180graus

Acreditava na recuperação - 15/07/2013 às 09h05

Antes de morrer, MC Daleste pediu para tirar foto para colocar na web

Polícia analisa fotos e vídeos feitos pelo público para tentar encontrar pistas do atirador

CEV
Outlet Chic
Anilson Feitosa Kangaço
Inscreva-se
Osório - Ed. Neuton Oliveira
INOCOOP





Ao ser baleado no palco durante um show em Campinas, no interior de São Paulo, no último dia 6, o funkeiro Daniel Pellegrine, o MC Daleste, não imaginava a gravidade do ferimento que carregava no corpo. Atingido no abdômen, ele foi levado consciente para o hospital e, durante o trajeto, tentava acalmar as pessoas que o socorriam. Já na porta da unidade de saúde, chegou a pedir que fosse tirada uma foto dele na maca. De acordo com Rodrigo Pellegrine, o irmão da vítima, Daniel queria que a imagem fosse postada em uma rede social.

— Quando a gente chegou na porta do hospital, que ele viu que chegou a salvação dele, que ele falou: "Pô..." Eu falei: "Mano, você já está no hospital, você está a salvo". Aí, ele falou assim: "Tira uma foto pra postar no Instagram, aí. Que isso aqui a gente vai dar risada quando eu me recuperar e ficar bem".

Só que Daleste não resistiu e morreu duas horas e quinze minutos depois de ser baleado. O artista foi ferido menos de dez minutos após o começo do show que fazia em uma quermesse dentro de um conjunto habitacional na periferia de Campinas. Antes do tiro fatal, Daleste chegou a ser baleado de raspão na axila direita. Ao reparar que algo havia o atingido no braço, o funkeiro reclamou com a plateia. Mas, na hora,não desconfiou que fosse um tiro.

Segundo o delegado de Homicídios de Campinas, Rui Pegolo, a primeira bala só deixou um arranhão. Por isso, o MC não entendeu o que estava acontecendo.

— Acreditamos que ele imaginou que fosse uma pedra, já que ele se reporta ao público reclamando daquilo, pois se imaginasse que fosse um tiro, acreditamos que teria parado o show naquele momento.

Depoimentos

Mais de uma semana após a morte de Daleste, o crime ainda é um mistério. Até agora, 15 pessoas foram ouvidas, entre elas, amigos e parentes da vítima. A polícia analisa fotos e vídeos feitos pelo público para tentar encontrar pistas do atirador. Por ora, a certeza é de que a morte do funkeiro foi premeditada e que a pessoa responsável entendia bem de disparo de arma de fogo.

Conforme peritos de Campinas, o criminoso estaria em um local elevado, à esquerda do palco, a uma distância entre 20 e 30 metros. Dificilmente seria alguém da plateia.

A polícia ainda não sabe qual arma foi usada. As cápsulas deflagradas não foram encontradas no local. A bala que atingiu o abdômen do funkeiro atravessou o corpo e saiu pelas costas. Somente um pequeno fragmento dela foi recuperado.

A hipótese mais recente trabalhada durante a investigação do caso é de que a arma usada no assassinato seja de “calibre mais avantajado”.

Linhas de investigação

A polícia trabalha com, pelo menos, três linhas de investigação para tentar chegar ao assassino. Uma delas seria a de crime passional.Testemunhas disseram aos investigadores que o funkeiro teria se envolvido em uma briga em Campinas, um mês antes, por causa de uma moça. A hipótese é negada pela família da vítima. Daleste vivia há quatro anos com Érica Teixeira e, segundo ela, eram felizes e não havia motivos para traição.

Outra hipótese investigada seria uma briga com os organizadores da quermesse em Campinas, o que também é negado pela família do MC.

A terceira dá conta de que o assassino seria um policial. A possibilidade surgiu a partir da acusação de um amigo do cantor. MC Daleste estaria sendo extorquido por policiais militares, mas os parentes do cantor também rebatem a afirmação.

Para Roland Pellegrine, pai do funkeiro, o filho foi executado por alguém que não suportava vê-lo vencer na vida. O jovem fazia uma média de 40 shows por mês e faturava cerca de R$ 200 mil.

Daleste é o sexto funkeiro morto no Estado de São Paulo nos últimos três anos. Até hoje, nenhum caso foi esclarecido.

Fonte: Com informações do R7

Publicado Por: Francy Teixeira

Curta a nossa fanpage
INOCOOP
VAL PRAEIRO HELICONIA
WX - Village Leste
Inscreva-se
VANGUARDA
VAL PRAEIRO HELICONIA
THREVO PIATZ
Duas cabeças pensam melhor do que uma
Últimas Notícias
04h52 Procurador Rodrigo Janot pede que o STF mantenha prisão de dono da UTC 04h34 Ministro diz que meta de superávit de 2015 é possível, mas difícil o alcance 04h14 Escola Em Sua Presenca com inscricoes abertas para 2015 04h12 No futebol inglês, Balotelli é maior alvo de ofensas discriminatórias nas redes sociais 03h50 Oposição também sobra que Antonio Palocci seja investigado em nova CPIs 03h29 Brasil fica em 84º lugar em lista dos países mais prontos para o futuro 03h12 Delator diz que seis empresas faziam parte de cartel para obras da Petrobras 02h56 Fundo Monetário Internacional alerta para crescimento moderado e desigual 02h33 Veterinária mata gato com arco e flecha, posta na web e acaba demitida 02h20 Ministério da Saúde está sem medicamentos para hemofílicos desde 2014 02h09 Silvio Santos e Patricia se recusam a protagonizar campanha publicitária 01h55 Musa fitness malha três horas por dia para competição: 'Sou uma guerreira' 01h32 Defesa do tesoureiro João Vaccari Neto entra com pedido de habeas corpus 01h15 Secretaria informa sobre a fase de verificação de perdas da produção 01h06 Igreja Bola de Neve em Teresina com reunioes nas quintas e domingos, participe! 01h04 Piauiense Semifinal: Alta tensão para Caiçara e Parnahyba em Campo Maior 00h57 Encontro da Rede de Mulheres Produtoras 00h57 Histórico da Rede de Mulheres Produtoras do Piauí 00h57 III Salão de Turismo 00h57 Semana do Empreendedor Individual em Parnaíba 00h32 Andressa Urach fica morena e tira lente de contato: 'Agora me aceito como sou' 00h08 Alterações climáticas são a maior ameaça ao planeta, diz Obama 23h49 Mundo corre risco de forte reversão permanece, diz regulador global 23h34 Jornal exibe peixes mortos no RJ e diz que poluição é ameaça para Olimpíada 23h05 KTM anuncia recall do modelo 990 Supermoto T no Brasil
MELHORES IMOVEIS
Inscreva-se
Curta a nossa fanpage
Outlet Chic
Duas cabeças pensam melhor do que uma
Inscreva-se

Mais Lidas

    VAL PRAEIRO HELICONIA

    Enquete

    A Secretaria de Segurança apresentou números que mostram que o índice geral de violência caiu até 37% no Piauí após a chegada da Força Nacional. Você concorda com estes números?

    Total de Votos: 108

    Válida de 17/04/2015 a 24/04/2015

    Dantas Imobiliaria
    Duas cabeças pensam melhor do que uma
    Curta a nossa fanpage
    THREVO POETIC
    VAL PRAEIRO

    180graus no Instagramno Instagram

    VAL PRAEIRO HELICONIA
    WX - Village Leste
    THREVO POETIC