180graus

20 Mil quilômetros quadrados - 02/04/2013 às 01h32

ANP leiloa área maior que Sergipe para exploração de gás no Piauí

ANP realizará em 14 e 15 de maio o leilão de 14 lotes piauienses na bacia do Parnaíba

Kangaço
NEWROADS
CASA DE PRAIA
ARTE CONSTRUÇÕES
Galaxy

A Agência Nacional de Petróleo realizará nos dias 14 e 15 de maio o leilão de 14 lotes piauienses na bacia do Parnaíba, totalizando uma área maior que Sergipe: mais de 20 mil quilômetros quadrados. Informações técnicas sobre o leilão foram repassadas nesta segunda-feira (1º) ao governador Wilson Martins pela diretora-geral da estatal, Magda Chambriard, durante reunião no Palácio de Karnak. A 11ª rodada de licitações da ANP inclui ainda seis lotes do lado maranhense da bacia do Parnaíba, além de outros 269 lotes no restante do país.

No Piauí, o leilão envolverá áreas de 34 municípios: Alvorada do Gurguéia, Amarante, Antonio Almeida, Arraial, Baixa Grande do Ribeiro, Bertolínia, Cajazeiras do Piauí, Canavieira, Canto do Buriti, Colônia do Gurguéia, Currais, Elizeu Martins, Flores do Piauí, Floriano, Francisco Ayres, Guadalupe, Itaueira, Jerumenha, Landri Sales, Manoel Emídio, Marcos Parente, Nazaré do Piauí, Oeiras, Pajeú do Piauí, Palmeira do Piauí, Pavussu, Porto Alegre do Piauí, Regeneração, Ribeiro Gonçalves, Rio Grande do Piauí, São Francisco do Piauí, São José do Peixe, Sebastião Leal e Uruçui.

“Todo esse processo é realizado com total transparência, inclusive com a realização de seminários técnicos apresentando a visão da ANP sobre essas áreas, que, por sinal, é muito positiva. Acreditamos que haverá disputa pelos lotes do Piauí em função do que ocorreu com o lado maranhense da bacia do Parnaíba”, disse Magda Chambriard. A expectativa positiva tem como base os bons resultados das áreas já exploradas no Maranhão. No campo Gavião Real, explorado desde janeiro pela OGX, do grupo EBX (do empresário Eike Batista), a produção atual é de 1,6 mil metros cúbicos por dia.

Estimativas iniciais apontam recursos in situ (volume de óleo ou gás de regiões cuja extração depende de fatores de recuperação e que, portanto, não pode ser considerado reserva) é de 20 trilhões de pés cúbicos (Tpc) para os 20 blocos da bacia do Parnaíba. De acordo com a ANP, o bônus de assinatura mínimo (valor a ser oferecido pelas empresas interessadas) varia de R$ 1 milhão a R$ 1,7 milhão.

Segundo a gestora, a bacia do Parnaíba e a bacia de Tutóia são as novas fronteiras de exploração de gás natural do Brasil. “O que a ANP está buscando é não apenas a exploração tradicional, com gasodutos, mas que os investidores possam explorar térmicas, por exemplo”, ressaltou a diretora-geral da ANP.

Para o governador Wilson Martins, a realização do leilão para a exploração de 14 lotes piauienses da bacia do rio Parnaíba representará momento determinante para um salto de desenvolvimento do Piauí. A expectativa do Governo do Estado é de que a exploração das áreas ofertadas no leilão tenha início ainda em agosto deste ano

“Os estudos aerogeofísicos e sísmicos mostram o grande potencial que temos ali, numa área maior que o estado de Sergipe. O investimento que será feito deverá impulsionar não só a economia, mas o desenvolvimento do estado como um todo. Com ele vem o gasoduto, vem a estrada de ferro”, enumerou Wilson Martins, ressaltando que cerca de cinco grandes empresas já demonstraram interesse em concorrer aos blocos piauienses.

De acordo com o governador, vencida toda a burocracia, a estimativa é de que as empresas vencedoras comecem a operar no Piauí já no mês de agosto – inicialmente na fase de desenvolvimento dos campos de extração.Na 11ª rodada de licitações da ANP estão incluídos ainda outros 268 blocos em 10 bacias sedimentares, seja em terra ou no mar. Ao todo, estão envolvidos 11 estados, sendo 10 do Norte e Nordeste.

Fonte: Com informações do Governo do Estado

Publicado Por: Neumara Silva

Últimas Notícias
13h01 OAB afirma que Judiciário do Piauí é o que menos recebe recursos no Brasil 13h00 R$ 15 mil da CBF pago aos presidentes é depositado na conta das Federações 12h55 Prefeito Walter e 1ªDama Kelly convida toda a população para confraternizar um belo café da manhã 12h52 Confirmada Festejos do bairro Baixa a grande atração BRASAS DO FORRÓ 12h52 Atenção: Procon indica as 449 lojas para você evitar na 'Black Friday' 12h40 Em dezembro, município de Nazária receberá de repasse do FPM R$ 248.272,04 12h38 Prefeita Gadocha participa do Diálogo Municipalista em Teresina 12h36 Bando explode a agência do Bradesco em Sigefredo Pacheco, Norte do Piauí 12h33 'Foi só um selinho. Não sinto atração por Veridiana', diz Mendigata 12h11 Concursos em tribunais, defensorias e MPs reúnem 1.150 vagas 12h00 Morro do Chapéu do Piauí receberá R$ 248.272,04 a mais de FPM no mês de dezembro 11h54 Ibra monta a sua 'seleção de todos os tempos', se chama de deus e exclui CR7 e R9 11h52 Projeto mapeia pontos de prostituição infantil nas rodovias de todo Brasil 11h52 Secretaria de Saúde irá realizar Mutirão de Consultas Urológicas 11h49 Homem é morto a pauladas na cabeça em zona rural de Corrente 11h32 Moedas comemorativas dos Jogos Rio 2016 serão lançadas nesta sexta 11h25 I Feira de Conhecimentos contando a história de Eliseu Martins 11h20 Pajeú do PI receberá R$ 248.272,04 de repasse do FPM 11h14 Prefeitura de Uruçuí anuncia atrações do Réveillon 2015 11h09 Prefeito de Marcolândia mandou confeccionar placas de sinalização 11h08 Barras: Secretaria de educação investe em trabalhos pedagógicos para alunos especiais 11h02 Prefeito Lukano Sá participa da terceira etapa de Diálogo Municipalista da APPM 11h00 Prefeito de marcolândia investe em placa de sinalização com o fim de proibir carretas pelo centro 10h57 Fla vive dilema financeiro entre investir em reforços de peso ou em desconhecidos 10h53 Oeiras: comunidade quilombola recebe atividades em alusão ao Dia da Consciência Negra
CNH

Mais Lidas

    Enquete

    Você confia nas promoções de Black Friday?

    Total de Votos: 11

    Válida de 26/11/2014 a 03/12/2014

    ARTE CONSTRUÇÕES
    SERCOMPREV

    180graus no Instagramno Instagram

    Galaxy
    MAFRENSE MÁQUINAS