180graus

Novas regras - 14/03/2017 às 15h42

Anac recorre de decisão que proíbe cobrança pelo despacho de bagagens

O recurso foi encaminhado pela Advocacia-Geral da União (AGU) ao Tribunal Regional Federal

comserv
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados
Você no controle do Processo





Foto: Site Viajando Direito

Foto: Site Viajando Direito

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou hoje (14) que já recorreu da decisão liminar da Justiça Federal em São Paulo que proibiu as companhias aéreas de começarem a cobrar pelo despacho de bagagens. “A Anac informa que respeita as instituições e está adotando as providências necessárias para garantir os benefícios que a Agência acredita que as novas regras oferecem a toda a sociedade brasileira”, diz em nota.

O recurso foi encaminhado pela Advocacia-Geral da União (AGU) ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3). Ontem, a 22ª Vara Cível da Justiça Federal, em São Paulo, atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF) e concedeu uma decisão suspendendo os efeitos da norma, que foi autorizada pela Resolução 400, de 13 de dezembro de 2016.

No recurso, a AGU argumenta que a liminar é uma intromissão do Judiciário em uma área que cabe à Anac regular, tendo como consequência a insegurança jurídica e a grave lesão à ordem pública. Em nota divulgada nesta terça-feira, o órgão defende que a medida “tem como objetivo incentivar a liberdade de escolha do consumidor e, consequentemente, a concorrência entre as companhias aéreas”.

O MPF, por outro lado, argumenta que “a cobrança fere os direitos do consumidor e levará à piora dos serviços mais baratos prestados pelas empresas”.

Novas regras
Apesar da decisão judicial sobre a cobrança de bagagem, as demais regras aprovadas pela Anac para o transporte aéreo estão valendo a partir de hoje. No momento, estão mantidas as franquias de bagagens despachada, de 23 quilos para voos domésticos e para a América Latina e de duas peças de 32kg para os demais voos internacionais. Também permanece o limite de 5 quilos para a bagagem de mão.

Na avaliação da Anac, as novas normas buscam aproximar o Brasil das melhores práticas internacionais, “trazendo novos estímulos para a competição entre as empresas aéreas, com mais opções de preços aos passageiros e seus diferentes perfis”.

A agência também informou que no dia 10 de março a Justiça Federal do Ceará julgou improcedente um pedido de suspensão da norma por entender que a resolução beneficia os consumidores, não fere o Código Civil, o Código de Defesa do Consumidor nem a Constituição Federal.

Empresas
A Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear) disse que lamenta a decisão da Justiça. “Esta medida, anacrônica, cria insegurança jurídica para o setor aéreo e vai na contramão das práticas adotadas no mundo inteiro, onde a livre concorrência permitiu uma aviação de maior qualidade e menor preço”, informou a entidade.

Segundo a Abear, as novas regras aprovadas pela Anac iriam complementar o cenário de mudanças na aviação civil brasileira, que começou em 2002, com a liberação dos preços dos bilhetes, e proporcionou uma queda de mais de 50% nos valores das passagens. A associação diz que acredita que a decisão será revertida.

(Com informações da Agência Brasil)

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Matemática e Raciocínio Lógico no Podium
Quer mudar de vida?
Agente PRF
Matemática Básica
Informática p/ concursos
Agente PF
Aulão beneficente para carreira administrativa
Informática Cespe/UNB
Casa do Cartucho
Últimas Notícias
09h00 Curso de Capacitação para Evangelizadores 03h27 Monalysa traz coroa de Miss Brasil pela 1ª vez para o Piauí 02h43 Rejane Dias visita obras e faz doações para APAE de São João do Piauí 02h15 Copa Piauí: River e Piauí empatam em 2 x 2 no Lindolfo Monteiro 01h35 Monalysa Alcântara chega ao Top 5 do concurso Miss Brasil 2017; siga! 23h33 Prefeitura de Cocal promove curso “Como Conduzir Negociações Eficazes” 21h28 Assistência Social de Água Branca reinicia atividades do Projeto Nascer Saudável 21h03 "Firmino Filho coloca a Câmara de joelhos, se Doria receber o título será uma imposição do prefeito" 20h48 Estado Islâmico assume autoria de ataque que deixou feridos na Rússia 20h19 'Radar' diz que Dilma foi convidada para concorrer ao Senado pelo Piauí 20h14 Caçadores suspeitos de matar vigia de parque são detidos 20h02 Orquestra Sinfônica fará apresentação no 'Parque da Cidadania' domingo, 20 20h01 Guarda Municipal de Teresina encontra menor de idade desaparecida; detalhes 19h39 Serra da Capivara: Ministro divulga nota de pesar por morte de vigilante 19h31 Incêndio atinge residência e destrói carro que estava na garagem; fotos 19h31 TJ-PI deve realizar cerca de 500 audiências durante esforço concentrado 19h18 Simone Castro participa do Criança Esperança direto do Rio de Janeiro 19h05 Prefeitura de Pedro Laurentino divulga as atrações do festejo do Bom Jesus 18h54 Gilmar Mendes derruba decisão de juiz e manda soltar Jacob Barata 18h13 Ex-prefeito no PI é condenado e fica sem direitos políticos por cinco anos 18h09 Lei no Piauí proíbe corte de água e energia antes de feriado e final de semana 18h00 Começou ontem o Sétimo festival da Melancia em Alto Longá. 17h58 MP alerta para porte indiscriminado de armas brancas na cidade de Parnaíba 17h26 Advogadas lançam livro no TJ-PI sobre inquietações do universo feminino 17h05 Monalysa disputa hoje o Miss Brasil 2017 e pode fazer história pelo Piauí

Matemática Básica
Carreira administrativa
Informática p/ concursos

Mais Lidas


    Enquete

    Você acredita que Michel Temer vai...

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-05-29 15:46:00.0 a 2017-06-05

    Raciocício Lógico
    Cespe/UNB
    Podium - Professor Atualidades
    Vem pro Podium!
    Cespe/UNB

    180graus no Instagramno Instagram