180graus

Novas regras - 03/03/2017 às 17h11

Anac poderá intervir se empresas não reduzirem preço de passagens

A fiscalização da agência será intensificada para que todas as regras sejam efetivamente cumpridas

Maria Brasileira - Limpeza e cuidados
comserv
Você no controle do Processo





Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que poderá intervir caso as empresas aéreas não ofereçam boas condições aos consumidores, depois que as novas regras para o transporte aéreo de passageiros entrarem em vigor.

“A fiscalização da agência será intensificada para que todas as regras sejam efetivamente cumpridas. Estamos engajados para que realmente essas medidas funcionem também no Brasil, como já funcionam no restante do mundo”, informou a Anac, em nota.

No dia 13 de dezembro do ano passado, a Anac aprovou um conjunto de regras válidas para passagens compradas a partir de 14 de março deste ano. Entre as mudanças, ficou determinado que as companhias aéreas não terão mais que oferecer obrigatoriamente uma franquia de bagagens aos passageiros e que poderão cobrar cobrar pelo transporte.

A expectativa da Anac é de que as companhias aéreas reduzam os preços das passagens aéreas e criem perfis tarifários diferenciados, conforme o volume da bagagem a ser despachada. A medida deve permitir que o passageiro possa escolher o perfil adequado à sua viagem, pagando somente pela quantidade de quilos de bagagem que irá despachar, sem onerar o valor do bilhete.

Atualmente, os passageiros de voos domésticos podem levar bagagem de até 23 quilos (kg) para despachar; já os passageiros de voos internacionais podem levar até dois volumes de 32 quilos cada.

Bagagem de mão
Outra mudança estabelecida pela agência é o aumento do volume da bagagem de mão de 5kg para 10kg. Para a Anac, a possibilidade de cobrança à parte pelo transporte da bagagem pode ainda estimular o passageiro a alterar seu comportamento, “evitando o despacho de bagagem possivelmente desnecessária que hoje é incentivado a transportar em função da franquia já estar incluída no valor da tarifa”.

A agência alerta, entretanto, que os passageiros devem se informar antes de efetuar a compra da passagem, já que cada operador aéreo vai definir que tipo de estratégia de mercado irá adotar.

As empresas aéreas seguem o regime de liberdade tarifária no setor, regulamentado em 2005, o que, segundo a Anac, contribuiu para queda de 60% no valor médio das passagens na última década.

“Os valores cobrados por uma passagem aérea variam conforme as condições de mercado, a estratégia comercial de cada empresa aérea, as diferentes condições de prestação do serviço, o canal de comercialização, entre outros fatores. Além disso, os novos direitos e deveres dos passageiros trazem várias regras novas para que a concorrência entre as empresas seja cada vez maior. E concorrência gera preços mais atrativos para o passageiro”, informou.

Empresas
Para a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), as novas regras da Anac permitirão uma aviação mais competitiva e a criação de novas classes tarifárias. “A Abear apoia qualquer medida que aproxime a aviação comercial brasileira do mercado internacional, bem como garanta mais liberdade de escolha ao passageiro”, informou.

A GOL já anunciou que terá uma classe tarifária mais barata para aqueles clientes que não forem despachar bagagens, mas manterá a opção de envio de volumes ao adquirir o bilhete, mediante cobrança de tarifas do passageiro. Os valores dos volumes despachados ainda serão definidos.

A Latam informou que está se preparando para implementar todas as medidas que compõem as novas regras de transporte aéreo, com previsão de adaptações técnicas necessárias e treinamento das equipes envolvidas. A companhia não disse se vai criar novas tarifas para quem não despachar bagagem, mas esclareceu que vai manter os passageiros sempre informados, com antecedência, sobre alterações que sejam feitas em seus procedimentos.

A Azul ainda não definiu se fará alguma mudança em relação à franquia de bagagem despachada.

A Avianca Brasil informou que implementará as novas regras das Condições Gerais de Transporte Aéreo aprovadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no prazo determinado. Por meio de nota, a companhia afirmou que compromete-se a informar os clientes sobre as mudanças em tempo hábil e de forma ampla e transparente.

"A Avianca Brasil entende que as medidas estipuladas pelo órgão regulador aproximam as práticas do setor aos padrões internacionais e estimularão o acesso de cada vez mais pessoas ao transporte aéreo”, acrescentou a nota.

Impasse no Congresso
No dia seguinte da aprovação das novas regras, o Senado aprovou um projeto de decreto legislativo que revoga a resolução da Anac, apenas no que diz respeito à cobrança de bagagens. A proposta, apresentado pelo senador Humberto Costa (PT-PE), foi aprovada em votação simbólica no plenário da Casa. Agora a matéria precisa ser aprovada também pela Câmara dos Deputados, onde o projeto já recebeu requerimento de urgência.

No início do mês, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu que a Casa aguarde os efeitos da resolução da Anac para se posicionar sobre a questão. Para ele, o melhor caminho pode ser deixar a resolução entrar em vigor para verificar se as novas regras vão beneficiar o consumidor.

Para o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), não há garantia de redução do preço das passagens com o fim da franquia de bagagem e o desmembramento da cobrança por esses serviços visa a dar mais lucro às empresas e não dar transparência.

(Com informações da Agência Brasil)

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Matemática e Raciocínio Lógico no Podium
Teresina 165 anos
Quer mudar de vida?
Matemática Básica
Aux. Administrativo UFMA
Tire sua CNH com a Autoescola Gallantys
Assist. Administrativo UFMA
Casa do Cartucho
Últimas Notícias
16h15 Alepi aprova cargo de auditor fiscal ambiental; Semar anuncia concurso 15h51 Sefaz libera R$ 805 mil em créditos de ICMS; saiba como pedir resgate 15h32 Prefeitura Envia à Câmara Projeto de Lei (PL) que Institui 'Transporte Público Municipal' 15h24 Projetos de proteção do meio ambiente no Nordeste receberão R$ 813 mil 15h16 Piauiense é campeão no Mundial de Paracanoagem na República Tcheca 15h08 Projeto garante uso do nome social na administração pública municipal 15h07 Governo lança programa para agilizar crédito a micro e pequenas empresas 14h59 Estoque de vacinas contra HPV para 15 a 26 anos já se esgotou, diz FMS 14h53 Comissão aprova projeto de Elmano para beneficiar parques nacionais 14h52 Lei obriga restaurantes do Piauí a disporem informações nutricionais sobre alimentos 14h47 Justiça condena Felipe Santolia, ex-prefeito de Esperantina em ação penal 14h44 Primeira Turma de Pelotão Mirim de Colônia do Gurguéia-PI, construindo cidadania. 14h17 XLI Encontro Nacional de Folguedos começa nesta quinta-feira (24) 14h17 Novo Android vai mudar a sua forma de assistir a vídeos pelo celular 14h00 Hemopi realiza transfusão de sangue raro em criança de cinco anos 13h35 Governo do estado autoriza estudo para melhorias no Aeroporto de Corrente 12h55 Jornalista não usa direito de calar e depõe por mais de uma hora à Vilma 12h48 Candidatos ao Encceja podem pedir uso do nome social até sexta (25) 12h38 'Fiquei chateada, mas isso não me fere', afirma Monalysa no 'Encontro' 12h34 Governo estuda liberar saque do saldo do PIS e do Pasep para idosos; confira 12h20 Fundação de Saúde entrega cartão para beneficiários do Bolsa Família 12h20 Robert Rios é contra Lula, quer impedir vinda ao Piauí, e nada faz com a Caravana de João Henrique 12h07 Advogado Valdetário Monteiro vai substituir Norberto Campelo no CNJ 12h01 Comitê vai apurar denúncias de tortura a menores no CEM 11h39 Instituições apuram casos de tortura no 'Centro Educacional Masculino'

Aux. Administrativo UFMA
Assist Administrativo UFMA
Matemática Básica
Tire sua CNH com a Autoescola Gallantys

Mais Lidas


    Enquete

    Você acredita que Michel Temer vai...

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-05-29 15:46:00.0 a 2017-06-05

    Ajude!
    Assist. Administrativo UFMA
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Aux. Administrativo UFMA