180graus

Seria um ladrão? - 03/02/2014 às 17h14

Adolescente é espancado e preso nu em poste. Polêmica no Facebook

Internautas afirmam que o adolescente praticaria roubos e furtos na região do Flamengo, no RJ

Dr. Raimundo Junior
Alves e Alves- (Dr. Daniel)
Coren Enfermagem
Cofen- Enfermagem
Phocus Galerie
180 & Gracom - Maratona
Coren- Enfermagem





Um adolescente foi espancado e preso a um poste por uma trava de bicicleta, nu, na noite da última sexta-feira, na Av. Rui Barbosa, no Flamengo, Zona Sul do Rio. Ele teria sido atacado por um grupo de três homens, a quem chamou de “os justiceiros”, segundo a coordenadora do Projeto Uerê, Yvonne Bezerra de Melo, de 66 anos. A artista plástica foi chamada por vizinhos que flagraram a cena, registrou a situação e compartilhou em sua página no Facebook. Internautas afirmam que o adolescente praticaria roubos e furtos na região do Flamengo.

"Eu não quero saber se ele é bandidinho ou bandidão, você não pode amarrar uma pessoa no meio da rua. Aquela área do Flamengo teve um aumento muito grande de violência e roubos recentemente. Como as coisas não melhoram, um bando de garotões se juntam e começam a fazer justiça pelas próprias mãos. Sei que tem muita marginalidade e a polícia é ineficaz, mas você não pode juntar um grupo e começar a executar pessoas", explica Yvonne, que estima que o rapaz tenha entre 16 e 18 anos. — Eu perguntei a ele quem tinha feito aquilo e ele disse que eram os “justiceiros de moto”. Ele foi espancado, levou uma facada na orelha, arrancaram a roupa dele e prenderam pelo pescoço. E ninguém na rua faz nada para impedir.

AMEAÇAS
Bombeiros do Quartel do Catete atenderam a ocorrência de agressão e soltaram o rapaz. Ele foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar. Yvonne conta que os bombeiros precisaram usar um maçarico para abrir a trava de bicicleta.

A artista plástica já chegou a receber ameaças por ajudar e defender o rapaz:
— Eu recebo ameaças por defender, mas estamos falando de seres humanos. Recebi no Facebook a seguinte mensagem: “Pra mim essa raça tem que ser exterminada com requintes de crueldade”. De um rapaz jovem, que não deve ter nem 20 anos. Se o Estado não toma providências para resolver o problema da violência, os grupos nazistas, neonazistas se unem e essa mentalidade toma conta.

Fundadora do Projeto Uerê — ONG que oferece educação a crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem decorrentes de traumas —, Yvonne trabalha com projetos sociais no Brasil desde os anos 1980. Ela conta que, nesta época, esse tipo de ataque era comum.

— Nos anos 80 existiam, na Zona Sul, gangues de rapazes que saiam à noite para bater em mendigos e em meninos de rua. Depois, isso parou porque houve certa redução da criminalidade. Se ele rouba, que prendam, mas não pode torturar no meio da rua — conclui. — Esse tipo de crime tem muito racismo, muito preconceito. Se fosse o contrário, ia ser um Deus nos acuda. “O branquinho amarrado no poste, coitadinho!”. O que está acontecendo é que a violência está criando o ódio da população. Eu entendo, ninguém quer ser esfaqueado andando no Aterro (do Flamengo), mas você tem leis, tem uma polícia. Não pode fazer justiça com as próprias mãos.

Fonte: Com informações Globo.com

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


180 & Gracom - Maratona
Alves e Alves (Dr. Daniel)
UNIMED DIA DAS MÃES
Terno e Cia
Phocus Galerie
Carvalho e Oliveira (Wildson de Almeida)
Panificadora Canindé
Marquinhos do Pará
Casa do Cartucho
vaga pesquisadores
Últimas Notícias
01h16 Máquina de Raio X e outros equipamentos parados na UPA de SRN 00h30 Policiais estavam atrás de informações sobre supostas terras da Galvani no PI 00h05 Sucesso era a responsável pela construção de estrada para Guaribas 22h42 Em Paris, Eliza fica com Jonatas no último capítulo de Totalmente Demais 22h42 Em Paris, Eliza fica com Jonatas no último capítulo de Totalmente Demais 22h35 Ministro da Transparência pede demissão do cargo após divulgação de áudios 22h03 Série C: ASA-AL bate o Remo e entra no G-4 do Grupo A 18h45 Governador Wellington Dias e secretário de Saúde visitam obras em Colônia do Piauí 18h38 Informação da 6º Companhia Independente 18h35 Abertura do Campeonato aguabranquese de futebol amador 18h31 Informativo da 6º Companhia Independente 18h30 Confira os temas e palestrantes de junho no Centro Espírita Paulo de Tarso 18h19 Informação da 6º Companhia Independente 18h18 Neymar destruiria a sua imagem se fosse para o Corinthians, diz pai do atacante 18h17 Capa da Sexy, Mulher Melão diz que quando gosta é insaciável na cama 18h13 Curiosidade: Bolsa mais cara do mundo é vendida por R$ 1 milhão 18h04 Evento Teste - Futsal 18h02 Propaganda eleitoral iniciará no dia do aniversário de THE; veja demais datas 18h01 Mortes são registradas no rio Longá em cidades diferentes 18h01 Luciano Huck é flagrado fumando em festa de casamento e disfarça 17h53 Deputado Fábio Xavier participou da entrega e inauguração da ponte sobre o rio Arraial 17h51 IPhone SE é o smartphone de 4 polegadas mais potente do mundo 17h42 Ultima Noite da 17ª Exposertão 17h38 Frota de veículos licenciados no Piauí já é de 1.024.415, segundo relatório 17h33 Pais abandonam filho na floresta para castigá-lo e criança desaparece

Terno e Cia
Dr. Raimundo Junior
Alves e Alves (Dr. Daniel)
Phocus Galerie
Conplan
Dr. Wildson de Almeida

Mais Lidas


    Enquete

    Cai o primeiro ministro do novo governo em apenas 12 dias. Na sua opinião, Michel Temer consegue terminar seu mandato?

    Total de Votos: 312

    Válida de 24/05/2016 a 31/05/2016

    180 & Gracom - Maratona
    Phocus Galerie - Eventos
    Casa do cartucho
    vaga pesquisadores
    Profº Márcio Lima - Dia da Mudança
    Terno e Cia
    Dr. Diogo Caldas(Escritório de advocacia)
    Dr. Raimundo Junior
    ZikaZero
    Alves e Alves (Dr. Daniel)

    180graus no Instagramno Instagram

    Panificadora Canindé
    sunset