180graus

Seria um ladrão? - 03/02/2014 às 17h14

Adolescente é espancado e preso nu em poste. Polêmica no Facebook

Internautas afirmam que o adolescente praticaria roubos e furtos na região do Flamengo, no RJ

unimed fev





Um adolescente foi espancado e preso a um poste por uma trava de bicicleta, nu, na noite da última sexta-feira, na Av. Rui Barbosa, no Flamengo, Zona Sul do Rio. Ele teria sido atacado por um grupo de três homens, a quem chamou de “os justiceiros”, segundo a coordenadora do Projeto Uerê, Yvonne Bezerra de Melo, de 66 anos. A artista plástica foi chamada por vizinhos que flagraram a cena, registrou a situação e compartilhou em sua página no Facebook. Internautas afirmam que o adolescente praticaria roubos e furtos na região do Flamengo.

"Eu não quero saber se ele é bandidinho ou bandidão, você não pode amarrar uma pessoa no meio da rua. Aquela área do Flamengo teve um aumento muito grande de violência e roubos recentemente. Como as coisas não melhoram, um bando de garotões se juntam e começam a fazer justiça pelas próprias mãos. Sei que tem muita marginalidade e a polícia é ineficaz, mas você não pode juntar um grupo e começar a executar pessoas", explica Yvonne, que estima que o rapaz tenha entre 16 e 18 anos. — Eu perguntei a ele quem tinha feito aquilo e ele disse que eram os “justiceiros de moto”. Ele foi espancado, levou uma facada na orelha, arrancaram a roupa dele e prenderam pelo pescoço. E ninguém na rua faz nada para impedir.

AMEAÇAS
Bombeiros do Quartel do Catete atenderam a ocorrência de agressão e soltaram o rapaz. Ele foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar. Yvonne conta que os bombeiros precisaram usar um maçarico para abrir a trava de bicicleta.

A artista plástica já chegou a receber ameaças por ajudar e defender o rapaz:
— Eu recebo ameaças por defender, mas estamos falando de seres humanos. Recebi no Facebook a seguinte mensagem: “Pra mim essa raça tem que ser exterminada com requintes de crueldade”. De um rapaz jovem, que não deve ter nem 20 anos. Se o Estado não toma providências para resolver o problema da violência, os grupos nazistas, neonazistas se unem e essa mentalidade toma conta.

Fundadora do Projeto Uerê — ONG que oferece educação a crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem decorrentes de traumas —, Yvonne trabalha com projetos sociais no Brasil desde os anos 1980. Ela conta que, nesta época, esse tipo de ataque era comum.

— Nos anos 80 existiam, na Zona Sul, gangues de rapazes que saiam à noite para bater em mendigos e em meninos de rua. Depois, isso parou porque houve certa redução da criminalidade. Se ele rouba, que prendam, mas não pode torturar no meio da rua — conclui. — Esse tipo de crime tem muito racismo, muito preconceito. Se fosse o contrário, ia ser um Deus nos acuda. “O branquinho amarrado no poste, coitadinho!”. O que está acontecendo é que a violência está criando o ódio da população. Eu entendo, ninguém quer ser esfaqueado andando no Aterro (do Flamengo), mas você tem leis, tem uma polícia. Não pode fazer justiça com as próprias mãos.

Fonte: Com informações Globo.com

Publicado Por: Lídia Brito

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


10 melhores piores prefeitos
18 Piauienses + Influentes de 2015
unimed fev
Últimas Notícias
00h01 River vence apertado o Caiçara com gol de Fabinho 23h05 Vários reservatórios de água enchem com o bom volume de chuvas registrado em Paes Landim 22h22 Piada: APPM diz que prefeituras do Piauí avançaram em transparência 21h59 Corso de Coivaras em sua 4ª edição 20h31 Corso Maior se consagra como melhor do interior do Piauí. VEJA FOTOS! 20h26 Fabinho marca único gol da primeira vitória do River na temporada de 2016 20h23 Pré Bola e Leitão Folia resgatam carnaval do mela-mela em Campo Maior 20h17 Serviço de Inteligência prende acusado de participar de assalto a ótica 20h16 Jovem é morto a facadas em THE e PM prende 3 suspeitos 20h10 'Sanatório Geral' chega a 12ª edição com muita animação e alegria; fotos 20h10 Xé Pop e uma multidão abrem o Carnaval de Campo Maior. CONFIRA! 20h03 Transmissão de zika por beijo não está comprovada, diz infectologista 19h57 Jornalista é assediada ao vivo em transmissão de TV na Alemanha 19h52 Vereador reage ao ter residência invadida e dois suspeitos morrem 19h45 Organização do Carnaval culpa produção de Luiz Caldas por atraso em Salvador 19h39 Ivete Sangalo promove diversidade e beijo gay em seu bloco em Salvador 19h35 Capa da Sexy revela preferências na cama: 'Gosto mais de ser dominada' 17h55 Carnaval mela-mela é só alegria em Miguel Leão 17h30 Capote da Madrugada mistura ritmo do frevo com a folia do Piauí. Fotos 15h23 Gabriel Levi e Forró Pura Raiação agitam o sábado em Água Branca 15h20 Corso de Água Branca reúne milhares de foliões na abertura do Carnaval da Magia 15h18 Continuação: Corso 2016 15h14 Motorista morre afogado após salvar jovem no rio Canindé 14h52 Moto é roubada no centro de Beneditinos nesta manhã de Sábado 14h40 Sarah Menezes vence japonesa pela primeira vez e leva bronze em Paris

Mais Lidas


    Enquete

    Você prefere...

    Total de Votos: 196

    Válida de 01/02/2016 a 08/02/2016

    180graus no Instagramno Instagram