180graus

Seria um ladrão? - 03/02/2014 às 17h14

Adolescente é espancado e preso nu em poste. Polêmica no Facebook

Internautas afirmam que o adolescente praticaria roubos e furtos na região do Flamengo, no RJ

Laurice - Projetos
Shop Festa - Inauguração
COELHO FORTE E DOURADO
SAMBAIBA MODULADOS
Phocus Galerie
DR GERMANO





Um adolescente foi espancado e preso a um poste por uma trava de bicicleta, nu, na noite da última sexta-feira, na Av. Rui Barbosa, no Flamengo, Zona Sul do Rio. Ele teria sido atacado por um grupo de três homens, a quem chamou de “os justiceiros”, segundo a coordenadora do Projeto Uerê, Yvonne Bezerra de Melo, de 66 anos. A artista plástica foi chamada por vizinhos que flagraram a cena, registrou a situação e compartilhou em sua página no Facebook. Internautas afirmam que o adolescente praticaria roubos e furtos na região do Flamengo.

"Eu não quero saber se ele é bandidinho ou bandidão, você não pode amarrar uma pessoa no meio da rua. Aquela área do Flamengo teve um aumento muito grande de violência e roubos recentemente. Como as coisas não melhoram, um bando de garotões se juntam e começam a fazer justiça pelas próprias mãos. Sei que tem muita marginalidade e a polícia é ineficaz, mas você não pode juntar um grupo e começar a executar pessoas", explica Yvonne, que estima que o rapaz tenha entre 16 e 18 anos. — Eu perguntei a ele quem tinha feito aquilo e ele disse que eram os “justiceiros de moto”. Ele foi espancado, levou uma facada na orelha, arrancaram a roupa dele e prenderam pelo pescoço. E ninguém na rua faz nada para impedir.

AMEAÇAS
Bombeiros do Quartel do Catete atenderam a ocorrência de agressão e soltaram o rapaz. Ele foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar. Yvonne conta que os bombeiros precisaram usar um maçarico para abrir a trava de bicicleta.

A artista plástica já chegou a receber ameaças por ajudar e defender o rapaz:
— Eu recebo ameaças por defender, mas estamos falando de seres humanos. Recebi no Facebook a seguinte mensagem: “Pra mim essa raça tem que ser exterminada com requintes de crueldade”. De um rapaz jovem, que não deve ter nem 20 anos. Se o Estado não toma providências para resolver o problema da violência, os grupos nazistas, neonazistas se unem e essa mentalidade toma conta.

Fundadora do Projeto Uerê — ONG que oferece educação a crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem decorrentes de traumas —, Yvonne trabalha com projetos sociais no Brasil desde os anos 1980. Ela conta que, nesta época, esse tipo de ataque era comum.

— Nos anos 80 existiam, na Zona Sul, gangues de rapazes que saiam à noite para bater em mendigos e em meninos de rua. Depois, isso parou porque houve certa redução da criminalidade. Se ele rouba, que prendam, mas não pode torturar no meio da rua — conclui. — Esse tipo de crime tem muito racismo, muito preconceito. Se fosse o contrário, ia ser um Deus nos acuda. “O branquinho amarrado no poste, coitadinho!”. O que está acontecendo é que a violência está criando o ódio da população. Eu entendo, ninguém quer ser esfaqueado andando no Aterro (do Flamengo), mas você tem leis, tem uma polícia. Não pode fazer justiça com as próprias mãos.

Fonte: Com informações Globo.com

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


ISLAMAR
SAMBAIBA MODULADOS
Phocus Galerie
Terno e Cia
Marquinhos do Pará
SAMBAIBA MODULADOS
Últimas Notícias
16h42 Alunos da Escola Municipal de Campo Largo do Piaui participam de manhã de interatividade 16h21 Dia 31/08 encerra prazo para 617 trabalhadores de Picos sacarem PIS 15h53 Canto do Buriti: Deputado faz alerta para suplementação orçamentária 15h52 Polícia Federal e ANATEL fecham rádio clandestina da oposição em Barras 15h41 Dilma Rousseff não responde se o Supremo participa do 'golpe' 15h36 Trabalhadores de Parnaíba devem fazer consulta para receber abono salarial 15h31 Comissão especial discute limite de gastos para áreas da saúde e da educação 15h11 Hospital de pequeno porte de Redenção do Gurguéia é vistoriado pelo CRM-PI 14h54 Registros do Impeachment: ex-presidente Lula em momento de pausa 14h50 175 casos de 'Influenza A H1N1' são notificados no PI; 16 já confirmados 14h46 Aberta as inscrições para o I Encontro sobre Abordagem Clínica de Fibrose Cística em Teresina 14h43 W. Dias não compareceu ao Senado Federal para o impeachment de Dilma 14h40 Dr Ribamar Coelho declara valor milionário em campanha para prefeito de Campo Maior 14h39 Dr Helder reúne funcionários e pede voto para jornalista Oscar de Barros 14h39 'Garota Macrorregião 2016' será sediada em Alagoinha do Piauí 14h29 Secretaria de Saúde orienta sobre o acesso à consultas e exames especializados 14h29 Seis ações de impugnação são recebidas pela Justiça Eleitoral em Campo Grande do Piauí 14h26 Ação eleitoral pede reprovação do candidato Murilo (PP) em Corrente 14h14 PI: Vigilância SanitáriaI orienta para interdição imediata de achocolatado 14h09 Celebração Cultural em comemoração aos 33 anos da Secretaria de Justiça do Piauí 14h07 Parque Zoobotânico de Teresina recebe ponto de wi-fi gratuito 14h03 Nassau/Aliança participa da III Mostra das profissões no 'Universidade ao Alcance de Todos' 13h58 Ação eleitoral pede impugnação da candidatura de Murilo, em Corrente 13h57 Casal é morto a facadas durante festa no interior do PI; motivo seria ciúmes 13h44 CRM-PI faz 'indicativo de interdição' a hospital de Redenção do Gurgueia

ISLAMAR
Phocus Galerie
Laurice - Projetos
Terno e Cia
SAMBAIBA MODULADOS

Mais Lidas

    DR GERMANO ADV
    SUNSET

    Enquete

    O Senado Federal abriu consulta pública sobre projeto de lei que propõe diminuir o número de deputados e senadores. Você concorda com a proposta?

    Total de Votos: 261

    Válida de 23/08/2016 a 30/08/2016

    Silva, Guedes & Barroso
    Casa do cartucho
    SAMBAIBA MODULADOS
    Shop Festa - Inauguração
    Alves e Alves (Dr. Daniel)
    ISLAMAR
    Dr. Diogo Caldas(Escritório de advocacia)

    180graus no Instagramno Instagram

    Panificadora Canindé