Rede de Controle · 19/05/2017 às 18h07 | Última atualização em 19/05/2017 às 18h19

PF apura repasses 'abusivos' de prefeituras a escritórios de advocacia

PF apura repasses 'abusivos' de prefeituras a escritórios de advocacia


Compartilhar Tweet 1



Órgãos como a Polícia Federal estão no encalço de indícios que levariam a supostos pagamentos de “valores abusivos” por parte de prefeituras a escritórios de advocacia contratados por inexigibilidade de processo licitatório visando ações de cobrança de precatórios do antigo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e do Ensino Fundamento (Fundef) a serem pagos pela União.

Há casos que chegariam a 20% do valor obtido na causa, de uma verba que em tese deveria ser direcionada exclusivamente para a Educação. Há poucos escritórios de advocacia especialistas nesses tipos de ações.

- Clique e leia matéria completa...

_Registro do Encontro na sede da Polícia Federal, com a presença do ministro do TCU, Benjamin Zimler