Operação Saqueador · 30/06/2016 - 14h28

PF prende Carlinhos Cachoeira em operação contra lavagem de dinheiro

PF prende Carlinhos Cachoeira em operação contra lavagem de dinheiro


Compartilhar Tweet 1



O empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso nesta quinta em um condomínio de luxo em Goiânia (GO), na Operação Saqueador, deflagrada pelo Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal. Também são alvos de mandados de prisão o ex-presidente e o ex-diretor da construtora Delta, Fernando Cavendish (já considerado foragido), e Cláudio Abreu, respectivamente; e os empresários Adir Assad, que já foi condenado na Lava Jato, e Marcelo José Abudd.

Segundo as investigações, empresas fantasmas foram usadas para lavar cerca de 370 milhões de reais. Além dos cinco mandados de prisão, os agentes da PF cumprem 20 de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás.

Nesta quinta-feira, o Ministério Público Federal ofereceu denúncia contra Cachoeira, Cavendish, Adir Assad e outras vinte pessoas por envolvimento no esquema de lavagem de dinheiro público. Segundo a denúncia, entre 2007 e 2012, a Delta, que participou de diversas obras do PAC, teve mais de 96% de seu faturamento (cerca de 11 bilhões de reais) oriundo de verbas públicas. A procuradoria constatou que, desse montante, 370 milhões de reais foram "lavados" em repasses feitos a 18 empresas de fachada.

Cachoeira, Assad e Abbud são apontados como os responsáveis por criar essas empresas laranjas, que, por meio de contratos fictícios e serviços inexistentes, dificultavam o rastreamentos do dinheiro de origem duvidosa.


Fonte: Com informações da Veja