180graus

'dados adulterados' - 11/01/2017 às 17h18

Ex-prefeito será investigado por passar trote em analista político

A Procuradoria-Geral de Justiça de São Paulo abriu investigação criminal contra o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) por suposta adulteração de sua própria agenda oficial com o fim de passar trote no historiador e comentarista da rádio Jovem Pan Marco Antonio Villa, crítico de sua gestão (2013/2016). Haddad teria incluído no documento “falsos compromissos” no dia 16 de maio de 2016 “de forma livre, deliberada e consciente”.

Por sua assessoria, Haddad informou que desconhece o procedimento da Procuradoria. A investigação de âmbito penal foi instaurada em dezembro, quando o petista ainda ocupava a cadeira de chefe do Executivo paulistano.

A portaria que rotula Haddad como “investigado” é subscrita pelo procurador Mário Antonio de Campos Tebet, coordenador da Subprocuradoria-Geral de Justiça Jurídica, e pela promotora Rita de Cássio Bergamo.

O ex-prefeito já é alvo de uma ação civil pública pelo mesmo motivo. A ação foi ajuizada pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e Social, braço do Ministério Público de São Paulo que investiga atos de improbidade administrativa. As sanções propostas nesse tipo de ação têm natureza civil, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos e pagamento de multa.

Foto: O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (Felipe Cotrim/VEJA.com)
politica-candidatos-prefeito-sinesp-haddad-20160825-048.jpg

A investigação aberta pela Procuradoria-Geral de Justiça tem caráter criminal. Neste caso, a conduta atribuída a Haddad poderá, em tese, ser enquadrada – e ele denunciado à Justiça – como “crime de prefeito”, previsto no Decreto Lei 201/67, e ainda por violação ao artigo 313-A do Código de Processo Penal – inserir ou facilitar a inserção de dados falsos, alterar ou excluir indevidamente dados corretos nos sistemas informatizados.

Críticas

A suposta adulteração da agenda de Haddad ocorreu em meio às pesadas críticas desferidas por Villa contra sua gestão e seu modo de administrar.

Segundo a Procuradoria, no mesmo dia em que o documento oficial recebeu dados falsos, em sua página no Facebook, o então prefeito publicou relato sob o título “Trote num pseudo intelectual”. “Alguns de vocês já devem ter ouvido falar de um tal de Marco Antonio Villa, da Jovem Pan. Ultimamente, ele tem comentado minha agenda pública com o conhecimento de quem nunca administrou um boteco. Acho graça. Mas, hoje, para que os ouvintes tenham uma pálida ideia deste embuste, resolvemos substituir, por algumas horas, a minha agenda pela de outro político, apenas para vê-lo comentar. uma vez na vida, o dia-a-dia de quem ele lambe as botas. Peço desculpas se ofendo alguém pelo procedimento, mas sendo caluniado todos os dias por esse projeto de intelectual, imagino que os cidadãos tenham o direito de saber quem desonra o jornalismo.”

“Depreende-se que o prefeito Fernando Haddad inseriu de maneira maliciosa e astuta, declaração não verdadeira em sua agenda oficial, publicada no portal da Prefeitura Municipal”, assinala a Procuradoria.

A Procuradoria mandou notificar Haddad e a ele deu prazo de 15 dias para “prestar informações que julgar cabíveis”. Também vai ser oficiado à Prefeitura “para que esclareça o procedimento adotado para inserção de dados no portal e identifique os responsáveis pela inserção das informações da agenda oficial do prefeito no portal da Prefeitura no dia 16 de maio de 2016”.

Segundo a assessoria da gestão Fernando Haddad, a Procuradoria está “equivocada porque não houve a divulgação de uma agenda falsa”. “Divulgou-se apenas uma agenda no padrão de políticos tradicionais, como o presidente da República ou o governador do Estado, que não detalham seus compromissos internos”. “Nisso que se resumiu a ação. Tão logo esclarecido, foi publicada a íntegra da agenda. O ex-prefeito Fernando Haddad desconhece qualquer procedimento ou inquérito do Ministério Público sobre este assunto.”

Fonte: Veja.abril

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


MRV está chegando à Teresina
Terno e Cia
podium
Gráfica 180 vende máquinas
Últimas Notícias
19h55 Intensidade de chuvas aumentam e riacho transborda em Canavieira 19h54 Secretário Municipal Coronel Araújo, participa de aniversário do Corpo de Bombeiros 19h41 Vereadores dão posse aos suplentes na Câmara de Vereadores em Campo Largo do Piauí 19h36 1º reunião para Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico do Município de Paes Landim 19h27 Assessor de Mariano diz que não irá mais divulgar os 'boletins médicos' 19h00 Cursos da Rede e-Tec Brasil podem chegar à Queimada Nova 18h55 Mariano: 'suspeito' foi preso, mas não pelo esfaqueamento, e sim por tráfico 18h44 Força-tarefa deve comerçar a atuar em presídio do Rio Grande do Norte 18h15 Vereadora é presa no sul do país suspeita de desviar papel higiênico 18h08 Em treino, Tite indica escalação titular para enfrentar a Colômbia no amistoso 18h01 Boletos bancários já vencidos poderão ser pagos em qualquer banco;detalhes 18h00 TRE desaprova as contas de diretório do PR-PI e suspende fundo partidário 17h59 Grávida fica ferida em colisão de ônibus e van em Teresina 17h36 Sílvio deixa vida de 'vovô' aposentado 17h32 Multa para quem provocar tumulto em estádio poderá ser de 1% da renda do jogo 17h30 Oscar 2017 tem recorde de negros indicados; veja aqui a lista completa 17h17 Ministério da Justiça faz alerta para recall aos veículos Mercedes-Benz e Toyota 17h15 Jornal Diário do Povo pode anunciar parceria com a equipe da Band Piauí 17h12 Ministério da Transparência convida Acauã para capacitação na APPM 17h10 Sono sem qualidade: Por que é tão difícil dormir em noites quentes? 17h10 ‘Hormônio do romance’ pode ajudar a tratar problemas sexuais, diz estudo 17h05 Por que a Operação Geleira assombra gestões no município de Oeiras 17h05 Casa de ex-candidato a prefeito pega fogo no interior do Piauí 17h03 Estudantes que não fizeram Enade têm uma semana para regularizar situação 17h00 Júlio César pretende disputar a 4ª secretaria da Mesa Diretora

Terno & Cia
Terno e Cia
Laurice - Projetos
Hospede-se no Islamar

Mais Lidas


    Enquete

    Você concorda com a decisão da Prefeitura de Teresina em não bancar os desfiles das escolas de Samba?

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-01-09 14:36:00.0 a 2017-01-16

    Casa do cartucho
    comserv
    Negócios ou lazer em Parnaíba

    180graus no Instagramno Instagram

    Negócios ou lazer em Parnaíba