180graus

Prioridades da comissão - 25/10/2016 às 18h22

Comissão da reforma política priorizará financiamento de campanha e sistema eleitoral

O financiamento de campanha e o sistema eleitoral (voto distrital, lista fechada, etc) serão as prioridades da comissão especial da reforma política, na opinião do presidente e do relator do colegiado, deputados Lucio Vieira Lima (PMDB-BA) e Vicente Candido (PT-SP), respectivamente.

A comissão foi instalada nesta terça-feira (25), com a eleição do presidente e vices, além da escolha do relator. Para a 1ª, 2ª e 3ª vice-presidências, respectivamente, os escolhidos foram os deputados Sandro Alex (PSD-PR), Marcus Pestana (PSDB-MG) e Lázaro Botelho (PP-TO).

“Vamos procurar sistematizar esses dois eixos de debate. Vai aparecer coligações, cláusula de barreira e outros. Mas, se não acertar o sistema de votação e o modelo de financiamento, vai ser muito difícil avançar nos demais”, afirmou Candido.

Segundo ele, a decisão do Supremo Tribunal Federal para proibir o financiamento empresarial, em setembro de 2015, junto com a eleição municipal de 2016 mostrou o limite do sistema atual. “Seria irresponsabilidade do Congresso deixar o sistema como está.”

A comissão foi instalada hoje e terá a próxima reunião em 8 de novembro para análise do roteiro de trabalho do relator. Na próxima semana, Lucio Vieira Lima disse que não haverá reunião por causa do feriado de Finados (2 de novembro).

Diálogo com o Senado
Tanto Lima quanto Candido afirmaram que haverá diálogo com o Senado para agilizar a tramitação das propostas de reforma. “A última experiência nossa foi muito ruim, teve uma dissintonia muito grande com o Senado”, disse Candido, em relação à última proposta de emenda constitucional analisada na Câmara e deixada de lado no Senado, que incluía itens como o fim da reeleição e o financiamento empresarial.
Lucio Bernardo Junior / Câmara dos Deputados
Reunião de instalação da comissão e eleição do Presidente e dos Vice-Presidente. Dep. Vicente Candido (PT-SP)
O relator, Vicente Cândido: se não acertar o sistema de votação e o modelo de financiamento, vai ser muito difícil avançar nos demais temas

Os senadores discutem atualmente um texto que estabelece uma cláusula de barreira para partidos políticos e o fim das coligações proporcionais. “Tenho o compromisso do presidente do Senado, Renan Calheiros, de fazer tudo muito junto até olhar o texto de lá antes de votar e a recíproca é verdadeira”, afirmou o relator. A articulação entre as Casas do Congresso deve fazer com que os temas sejam votados até o meio do ano que vem, acredita Candido.

Consenso
Ao contrário do relator, que espera votar a reforma política na comissão apenas em 2017, Lucio Vieira Lima quer aprovar temas de consenso já neste ano. “Até mesmo para tirar a impressão que não está sendo produtiva a comissão. Começar a mostrar resultado logo, em vez de ficar esperando o relatório final para ser votado no Plenário.”

O líder do DEM, deputado Pauderney Avelino (AM), também defendeu o diálogo para buscar consensos nas votações. “Peço que possamos iniciar os trabalhos sob o signo da harmonia e paz para discutir temas e teses”, disse.

Abstenções
Vários deputados da comissão citaram o número recorde de abstenções no primeiro turno das eleições municipais deste ano como sinal de alerta para o atual sistema político. “Após passarmos por uma eleição atípica como a de 2016, vimos que algumas questões precisam ser alteradas. O povo brasileiro deu uma resposta com a maior abstenção da história brasileira”, disse o deputado Wilson Filho (PTB-PB).

Para o deputado Efraim Filho (DEM-PB), há um consenso de que o atual modelo político se exauriu. “Não adianta fazer remendo em tecido velho. O que a rua pede é coerência e transparência”, afirmou.

Fonte: Com informações da Agência Câmara Notícias

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Vem pro Podium
Teresina Participativa
Vem pro Podium
Vem pro Podium!
PM BA - Vem pro Podium!
Vem pro Podium!
Vem pro Podium
PM TO - Vem pro Podium!
Cadastre-se
Últimas Notícias
18h48 Mulher tem a vida transformada em um inferno por denúncia anônima de tráfico de drogas 18h35 Continua as homenagens as Mães em toda a rede Municipal de Educação 18h21 A cada 45 minutos, uma pessoa se suicida no Brasil, dizem especialistas 18h17 Senado poderá votar na terça-feira PEC do foro privilegiado e seis MPs 18h07 Mais de 80 casais celebram união em casamento comunitário do Ação Global 18h04 Defesa diz que Aécio nunca usou bloqueador de celulares encontrado pela PF 17h58 Sessão de ‘Mulher-Maravilha’ só para mulheres causa controvérsia 17h50 Saída para a crise no país exige nome legitimado pelo povo, defende W.Dias 17h33 Espaço aéreo: conheça as regras para drones, aeromodelos e balões 17h29 Maçonaria brasileira se organiza em torno do progressismo e pede renuncia de Michel Temer 17h16 Prefeitura de Pio IX emite nota técnica sobre surto de meningite 17h05 Firmino Filho tranquiliza seguidores após ser internado: 'Enfim, em casa' 17h04 Empossados a nova diretoria do PT de Miguel Alves 17h03 Caçamba tomba após perder o freio e motorista morre no Norte do Piauí 17h02 20 concursos oferecem salários de até R$ 21,3 mil em várias regiões do Brasil 17h01 Homem morre ao ter cabeça esmagada por uma carreta na BR 230 em Floriano 16h43 Pai e filho caem de moto e morrem atropelados por ônibus 16h34 Semam distribui mudas no Parque da Cidadania durante o Ação Global 16h04 Anatel deverá bloquear os celulares que não tenham certificação;confira 15h19 Confira cinco boas razões para deixar o sexo fora de água 15h14 Descubra com que idade a mulher sente mais prazer no sexo 14h47 Novo poster da série Castlevania faz homenagem ao game 14h45 The Rock transformaria Game of Thrones em filme de comédia 14h39 O coordenador de Comunicação numa entrevista com Devan Eugênio no Eugênio Show 14h35 Famosos arrasam nos looks para a festa de 15 anos de ex-Chiquititas

Vem pro Podium!
Vem pro Podium
Teresina Participativa
Vem pro Podium
Vem pro Podium!

Mais Lidas

    Podium - Professores Dir. Constitucional

    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 913

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Vem pro Podium!
    Suas ideias podem melhorar Teresina
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional