180graus

Na Região Tocantina - 21/03/2014 às 08h01

Roseana e Dilma prestigiam inauguração da fábrica da Suzano em Imperatriz

A governadora Roseana Sarney destacou a importância da instalação do empreendimento para a economia

COLEGIO CEV
Conserv
BRVOX VAGA
ROSMANNY
Casa na praia
GUIA DOS PARLAMENTARES II





A governadora Roseana Sarney; a presidenta da República, Dilma Rousseff; o presidente do Conselho de Administração da Suzano, Davi Feffer; e o presidente da Suzano Papel e Celulose, Walter Schalka, inauguraram a fábrica Suzano Papel e Celulose, em Imperatriz, em solenidade ocorrida na tarde desta quinta-feira (20), na sede da empresa. O empreendimento de R$ 6 bilhões é um dos maiores e mais modernos do mundo.

A governadora Roseana Sarney destacou a importância da instalação do empreendimento para a economia do Maranhão, sobretudo, da Região Tocantina. “Hoje é um dia muito importante para nosso estado. Estamos inaugurando este empreendimento que significa a transformação econômica de toda uma região, a concretização de um antigo sonho desta população. Mais empregos foram gerados e novas oportunidades de negócios estão sendo criadas. Isto é resultado da política de atração de investimentos que estamos desenvolvendo desde que assumimos o governo, em 2009. É uma nova realidade que está mudando a economia de todo o Maranhão”, afirmou a governadora.

Na ocasião, governadora, presidente e comitivas conheceram as modernas instalações da unidade fabril, com capacidade para produzir 1,5 milhão de toneladas/ano. Toda sua produção é voltada para atender os mercados europeu e norte-americano, utilizando a logística de ferrovia (Norte Sul e Carajás) e Porto do Itaqui.

O presidente do Conselho de Administração da Suzano, Davi Feffer, agradeceu o incentivo do Estado e da União na implantação da empresa. “Agradeço o relevante apoio que os governos têm nos prestado e, com essa parceria, estamos ajudando a construir um tempo melhor para todos”, afirmou.

Roseana Sarney ressaltou que o Governo do Estado empreendeu todos os esforços para a implantação dessa empresa em Imperatriz, com destaque para o Programa de Incentivo às Atividades Industriais e Tecnológicas no Estado do Maranhão (ProMaranhão), que viabilizou a implantação da Suzano com a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). “Apresentamos um conjunto de viabilidades para a instalação da Suzano na região de Imperatriz. Hoje, com a inauguração da fábrica, a conclusão desse processo, significa o sucesso desse trabalho”, declarou.

A governadora citou outros empreendimentos, como a duplicação da refinaria do Consórcio Alumar, a inauguração da Hidrelétrica de Estreito, o funcionamento das termelétricas do Grupo Eneva, em Capinzal do Norte e Santo Antônio dos Lopes; o Píer IV da Vale, a duplicação da fábrica de bebidas da AmBev, a mineração de ouro do Grupo Aurizonia, a indústria de fios e cabos de alumínios da Brascopper, as novas linhas de transmissão da Cemar e a Aciaria do Grupo Ferroeste, em Açailândia.

Ela também destacou a arrojada decisão do Grupo Suzano, que neste ano completa 90 anos de fundação, em investir no Maranhão, gerando empregos e firmando parcerias com o Governo do Estado para qualificação de mão de obra. “Quero parabenizar a todos os executivos, dirigentes, acionistas, colaboradores pelo destacado trabalho deste grupo, hoje, um dos líderes do mercado”. Roseana Sarney agradeceu a presidenta Dilma pelas parcerias firmadas entres os governos do Estado e Federal para realização de diversas ações que estão beneficiando milhares de maranhenses.

Também presentes os ministros de Minas e Energia, Edison Lobão; de Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto; de Comunicação Social, Thomas Traumann; de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Mauro Borges; de Transportes, César Borges; o senador José Sarney; o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, e o Gerente Executivo da Suzano em Imperatriz, Adriano Canela, um dos responsáveis pela construção do empreendimento, além de secretários de Estado, lideranças políticas e funcionários da empresa.

Otimismo

Ao lado da governadora Roseana Sarney, a presidenta Dilma Rousseff disse aos lideres empresariais, políticos e convidados, que o Brasil vive uma nova realidade econômica. Segundo ela, a inauguração da fábrica da Suzano, em Imperatriz, é o resultado de um conjunto de esforços das iniciativas privada e pública.

Dilma Rousseff também parabenizou o Grupo Suzano pelo investimento feito no Maranhão e lembrou a abertura de postos de trabalho e a geração de renda de toda uma cadeia produtiva. A presidenta enalteceu o trabalho do Governo do Estado e elogiou a política implementada pela governadora Roseana para a atração de empreendimentos de grande porte ao estado.

“Esta é uma realização com esforço dos empresários, do governo e dos maranhenses. É um empreendimento com investimento volumoso de recursos para sua criação e manutenção, e ao mesmo tempo é intensivo, porque abriu frentes de trabalho e empregou milhares de pessoas. Significa um enorme benefício para a economia do Maranhão e do Brasil. Parabenizo a todos por esta iniciativa”, disse.

Entre os secretários de Estado presentes, estavam Luís Fernando Silva (Infraestrutura), Maurício Macêdo (Desenvolvimento, Indústria e Comércio), Clodomir Paz (Projetos Especiais), José Antonio Helluy (Trabalho), Hildo Rocha (Cidades e Urbanismo) e Carla Georgina (Comunicação Social). Também presentes os senadores João Alberto e Lobão Filho; os deputados estaduais Léo Cunha, Antonio Pereira e Antonio de Pádua; os deputados federais Gastão Vieira, Francisco Escórcio e Alberto Filho.

CORRELATA

Fábrica recebeu incentivo do Governo do Maranhão

A Suzano Papel e Celulose é um dos 55 grandes empreendimentos que entraram em operação no Maranhão desde o ano de 2009 e que, juntos, totalizam R$ 59,3 bilhões em investimentos privados. Mais de 100 mil empregos diretos foram gerados nas fases de implantação e de operação desses projetos.

O Maranhão reúne um portfólio de investimentos superior a R$ 130 bilhões, para os próximos cinco anos, que estão se instalando em diversas regiões do estado, levando desenvolvimento para os municípios e oportunidades de emprego e renda para a população. São projetos nas áreas de petróleo e gás, celulose, siderurgia, mineração, produção de cimento, agronegócio, beneficiamento de soja, energia, entre outras.

Os investimentos em andamento estão sendo atraídos pelas condições naturais do estado, que se destaca entre as demais unidades da Federação por sua localização estratégica, próximo dos grandes mercados internacionais, e por dispor de uma grande infraestrutura de portos, ferrovias, rodovias, energia, água e comunicação.

Esses projetos encontraram nos Programas ProMaranhão e Maranhão Profissional, o alicerce para solidez dos empreendimentos, em termos de incentivo para sua instalação e formação de mão de obra qualificada.

O ProMaranhão visa a implantação, ampliação, relocalização e reativação de indústrias e agroindústrias no território maranhense, além de fomentar o desenvolvimento de empresas de pequeno porte que atuam nestes setores. Desde o seu lançamento, em 2010, foram beneficiadas 32 empresas, com estimativa de geração de empregos de mais de 70 mil, entre diretos e indiretos.

Essa carteira de investimentos está gerando 250 mil novos empregos. Para assegurar que esses postos de trabalho sejam ocupados prioritariamente por maranhenses, o governo está desenvolvendo desde 2011 o Maranhão Profissional, programa que prevê a qualificação de 400 mil pessoas para atender a demanda das empresas. Essa meta está próxima de ser alcançada, pois já foram capacitadas 350 mil pessoas. “Estamos preparando mão de obra local para ocupar as vagas de trabalho que estão sendo geradas por esses empreendimentos”, ressaltou o secretário de Estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo.

QUADROS

SAIBA MAIS

Fábrica da Suzano

- Investimento total é de R$ 6 bilhões

- Capacidade de produção é de 1,5 milhão de toneladas/ano

- Produção é voltada para os mercados europeu e norte-americano

- No escoamento, utiliza logística de ferrovia (Norte Sul e Carajás) e Porto do Itaqui

- Na implantação, gerou 11 mil empregos

- Nesta fase de operação, são 3.500 empregos diretos e mais 15 mil indiretos

Incentivo do governo

- Mais de R$ 130 bilhões estão sendo investidos no Maranhão com a implantação de grandes empreendimentos, como a Suzano

- O ProMaranhão viabilizou a implantação da fábrica da Suzano, com a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)

- Sedinc e a Emap desenvolveram trabalho em conjunto para garantir o escoamento da produção para o mercado internacional

- Governo assegurou também condições para a instalação de empresas fornecedoras da Suzano, a exemplo da Air Liquide e Eka Chemical, que também receberam incentivos do ProMaranhão.

- O governo também promoveu dois encontros de negócios entre a Suzano e as empresas maranhenses, por meio do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), em 2010 e 2011

- Governo assinou convênio com a empresa e outras instituições para o Programa Capacitar. O Maranhão Profissional fez parte do convênio, que resultou na qualificação de sete mil pessoas.

Publicado Por: Igor Leonardo

Últimas Notícias
13h04 Transexual que fala cinco línguas diz ter sido rejeitada em mais de 60 empregos 13h03 Matizes se reúne com delegado de Direitos Humanos nesta sexta (30) 13h01 Bordeis da Rua Paissandu ajudaram a criar o Corso de THE há 80 anos 12h55 Lucas Silva treina com revelação de 16 anos e pode estrear no sábado 12h53 A Prefeitura de Ribamar divulgou o calendário 2015 de pagamento 12h32 TCE expedirá cautelar para impedir que a Fundac gaste com o Carnaval 12h20 Por desvio de verbas públicas, prefeito corre risco de pegar 64 anos de prisão 12h18 JUSTIÇA eleitoral cassa 21 prefeitos eleitos em 2012 no PI 12h17 Prédio dos Correios de Miguel Leão foi arrombado na madrugada desta quinta (29) 12h13 HGV abre inscrições para Residência Médica no estado do PI 12h09 Vigilante do 'Comercial Carvalho' tem a arma e colete levados por dois homens 12h02 Conheça a enfermeira gata que cuidou de Andressa Urach na UTI 12h00 Apresentador Yudi quer alugar horário na Televisão para seu próprio programa 12h00 Por falta de projetos, Teresina pode perder R$ 100 mi para rede de esgoto 11h55 Kombi da 'Piauí Eletro' pega fogo no município de Água Branca 11h50 Secretário de Meio Ambiente reúne-se com moradores do Sossêgo para discutir PMSB 11h46 Oportunidade de emprego com os cursos de máquina patrol e retroescavadeira em Valença do Piauí 11h40 Após diversas acusações atriz, Flávia Alessandra prefere não rebater críticas 11h36 Bloco 'Sou Top' de Campo Maior confirma parceria com a Cerveja Skol 11h31 Amapi e Santo Agostinho firmam convênio para especialização em Ciências Penais 11h24 Marido de Paolla comenta cenas quentes: 'Fazem um Carnaval' 11h24 Unidades Básicas de Saúde orientam sobre a hanseníase 11h20 Ocupação #5 da Praça-ação será na 'Praça das Violetas'; venha conferir! 11h17 Festival do Senhor em Bom Jesus está criando grande Expectativa!! 11h14 Hospital Getúlio Vargas abre inscrições para Residência Médica
CURSO DE INGLES
CNH

Mais Lidas

    Enquete

    Qual você considera ser a principal causa da violência no Piauí?

    Total de Votos: 263

    Válida de 28/01/2015 a 04/02/2015

    180graus no Instagramno Instagram