Ações executadas na Fundespi · 06/04/2017 às 19h33 | Última atualização em 07/04/2017 às 16h15

Gestão notável de Vicente Sobrinho impulsiona novos projetos para o PI


Compartilhar Tweet 1



A Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi) desde 2013, quando foi criada, tem uma importante função no estado para execução de políticas públicas esportivas para garantir, promover, estimular e orientar manifestações esportivas e de lazer. E foi com essa missão que Vicente Sobrinho assumiu a função, proporcionando condições para a realização de diversas atividades esportivas voltadas para o esporte educacional, para a performance esportiva e para as atividades de lazer de característica esportiva. Ele deixou a presidência recentemente e falou ao 180 da evolução do órgão na administração pública e da sensação de dever cumprido ao entregar a para o novo presidente, Paulo Martins.

“Muita coisa precisa ser feita, mas eu tenho a consciência tranquila de que dei aquilo que eu podia ter dado para poder atingir os nossos objetivos e trazer benefícios para essas pessoas. Eu acho que avançamos bastante nessa área de infraestrutura, mas precisa avançar muito ainda. Avançamos bastante com essas parcerias com as federações. Fizemos parcerias importantíssimas necessárias para que essas federações pudessem estar dando o mínimo de condições para essa garotada”, afirma.

Vicente Sobrinho comenta que celebrou inúmeros convênios com instituições públicas e do terceiro setor ligadas ao esporte, além de planejar o aumento do acesso ao esporte em todo o estado, sem distinções de qualquer natureza, promovendo a prática da igualdade, ampliando e modernizando estruturas esportivas, mediante capacidade financeira do estado e articulando-se com os mais diversos setores para a promoção do esporte e disseminação da cultura esportiva nos seus mais diversos níveis.

Sobre a mudança na presidência da Fundespi, ele afirma que foi algo necessário. “Eu concordo com a mudança porque não tem nenhuma retaliação a isso, pelo contrário. Aliás recebi muito bem lá o Paulo Martins, a transição super tranquila. Torço por ele, continuo minha admiração pelo governador. O fato de eu ter saído de lá não significa dizer que eu tenho me afastado do esporte, pelo contrário, tenho muitos planos, dentro da área, dentro do setor, é o que eu gosto de fazer, vou continuar trilhando aqui nessa área de esporte, até porque as pessoas me conhecem muito e tenho essa identidade”, completa.

A HISTÓRIA PELO ESPORTE
Vicente Sobrinho nasceu no dia 8 de maio de 1960 e é natural do município de Paes Landim, onde mantém sua ligação muito forte com suas raízes. De origem humilde, filho do seu Antônio Padeiro e dona Irene Dias, que ainda hoje vivem na Zona Rural e são muito queridos pela população da cidade. É casado com Graziela Paulo e pai do Rogério, da Flávia e da Carol.

É uma vida toda dedicada ao esporte, como ele mesmo explica. “É algo que eu gosto. Se eu não fosse do interior, eu tinha uma certeza de que buscaria uma coisa nesse ramo, profissional mesmo, eu acho que não seria um jogador grande muito bom, porém seria um jogador mediano, depois que cheguei a Teresina me aproximei muito do ciclo, e esse ciclo de amizade é muito grande com o pessoal do profissionalismo, mas eu sempre gostei da área e tive uma finidade muito forte”, diz.

- Vicente Sobrinho em destaque com colegas de futebol do BB

Vicente veio ainda jovem para Teresina, onde concluiu sua formação, mas logo ingressou no Banco do Brasil através de concurso, onde fez carreira. Formado em Administração, falou da importância dos conhecimentos para exercer suas funções na Fundespi. “A minha formação acadêmica é de Administração de Empresa. Tem diversas correntes, têm umas que são mais centralistas e eu gosto dessa parte mais descentralizada, e eu tenho buscado em função daquilo que aprendi no banco, na escola, de forma descentralizada, deixar um legado nessa área, meu foco tem sido esse desde o início, deixar algo que independente de governo possa trazer benefícios para as pessoas”, afirma.

- Vicente Sobrinho também participou da gestão da AABB

Ele também é primo legítimo do governador Wellington Dias, dois anos mais velho, e tiveram uma convivência muito próxima desde a infância, passado pela adolescência, ingresso no Partido dos Trabalhadores, ambos são bancários de carreira, até a paixão pelo esporte.

- Vicente Sobrinho e o governador Wellington Dias

CONFIRA A ENTREVISTA DO 180 COM VICENTE SOBRINHO
180: O senhor assumiu novamente a presidência da Fundespi, no novo mandato do governador Wellington Dias, quais eram o seus principais objetivos, conseguiu cumpri-los?
Vicente Sobrinho: “Não mudou, é um projeto bem amplo, porque inclui benefícios importantes para as pessoas, todos baseados em leis importantes, como por exemplo, agora mesmo a gente conseguiu, depois de um longo período de batalha, implementar uma lei de incentivo no estado, que não tinha e é primeira vez que ocorre agora, eu acho que você criar programas como Bolsa Atleta, por exemplo, a gente conseguiu implementar, são programas que independentemente quem esteja lá ou não, vai dar sequência, porque é um programa, ele ajuda, eu não vejo nenhum outro com tanta força no campo do rendimento, melhorar o pacto esportivo do estado, dar condição desses atletas a descobertas de valores, dar condições dessa garotada sair das drogas ou pelo menos não deixar entrar, dar condição de melhoria de vida, nós precisamos sobretudo enxergar o esporte como uma área prioritária. A gente precisa melhorar em todos os aspectos, deixar um legado forte, nós não temos desde a República, nenhum representante na Assembleia na área esportiva, tem até alguns deputados que defendem, e a gente até agradece isso, mas ele não é da área ou do setor.

Com sua saída da presidência da Fundespi, qual o próximo passo?
A gente precisa trabalhar para melhorar cada vez mais, e não é o fato de ter saído do Governo, que agora eu tenha desmotivado, muito pelo contrário, eu acho que a gente tem que continuar, até porque eu vejo e muita gente confia nisso, eu tenho muita vontade, gosto do que faço me identifico com a área, tenho muitas boas amizades no setor e quero dar sequência a esse trabalho independentemente de estar no governo ou não.

Após sair da pasta, qual que o senhor considera o maior legado que foi deixado a população no esporte?
A questão organizacional. Eu acho que seja o ponto principal, precisa melhorar muito, mas nós temos convicção de que conseguimos dar uma melhorada, em questão dessas leis e alguns programas importantes, eu não consegui finalizar uma coisa que eu estou chamando de ‘rede’, que é exatamente um sistema único dentro do esporte independente do setor esportivo, que você esteja seja no atletismo, federação, secretaria ou no departamento, você poderá acessar o sistema e ter todas as informações. Esse sistema está bem avançado, em parceria com algumas entidades importantes, das universidades, está em um processo de licitação, porque precisa de profissionais do setor de informática para poder implementar esses programas, eu acho que daria uma contribuição muito forte. Mas fizemos coisas importantes, quando você fala organização, não é só no sistema, tem todo um processo seja de incentivo, de qualificação eu acho que a gente fez muitos cursos importantes, nos processos de melhoria, nos espaços esportivos, criação de programas importantes, programas federais, escolinhas, tudo isso faz parte do processo e fazer com que cada setor, cada área, cada federação, compreenda esse processo, eu acho que esse é o passo.

Como os governos podem contribuir com esse processo?
O Governo Federal também tem sua participação e sua parcela de responsabilidade. Precisa se fortalecer mais ainda, eu tenho trabalhado muito nesse aspecto de que todos os governos, desde o municipal, até o federal, possa entender que é possível através dos seus orçamentos, implementar ainda que seja o mínimo possível de forma obrigatória, parte desse orçamento para o esporte, eu gosto de trabalhar com o número de 1%, a gente não tem nem meio do 1% assegurado, cada governador, cada prefeito, cada presidente que entra e que tem interesse e que de alguma forma gosta da área, vai lá e trabalha seu modo, mas não existe uma lei assim como existe na educação, como existe na segurança e na saúde, não existe para o esporte um percentual defendido nos orçamentos, eu acho que esse seja o ponto pra agente ter alguma coisa assegurado.

Como está a infraestrutura para prática de esportes no Piauí?
A gente avançou bastante, muitos estádios, muitos ginásios poliesportivos, quadras, eu acho que a gente avançou legal, aliás, tem uma meta do governo atual que é chegar até o final de seu mandato, com pelo menos um estádio de futebol em cada um dos 224 municípios, então essa meta não e fácil, mas está sendo perseguida pelo governo.

Os equipamentos esportivos são essenciais para o desenvolvimento do esporte no estado, não é?
Sem o equipamento adequado é muito mais complicado você buscar valores, você dar oportunidade de treinamento através do esporte, é extremamente importante a infraestrutura. Nesse último mandato nós fizemos e construímos muitos estádios, mas não tinha um modelo, nesse último mandato agora do Wellington nós criamos um projeto padrão para os estádios de futebol e é o que está sendo feito, porque entendemos que tem que ser padronizado, a ideia que podemos chegar nos municípios e ter o estádio padrão com mesma dimensão, com uma grama boa, com uma iluminação boa.

Que intervenções foram feitas nos estádios do Piauí na sua gestão?
Foram 129 intervenções em estádios que a gente fez, mais algumas quadras no primeiro mandato, às vezes construindo, outras reformando, o governador acha que esse número é maior, mas foi minha conta, foi eu que fiz esse levantamento.

O que o Senhor tem a dizer para o povo piauiense como presidente da Fundespi?
Eu tenho a consciência tranquila de que dei aquilo que eu podia ter dado para poder atingir os nossos objetivos e trazer benefícios para essas pessoas. Eu acho que a gente avançou bastante nessa área de infraestrutura, eu já disse aqui que já avançou, mas precisa avançar muito ainda.

CONFIRA O VÍDEO DA SUA ENTREVISTA:

PROJETOS IMPORTANTES PARA O ESTADO
ESPORTE EDUCACIONAL
Competições como a Copa Estudantil Piauiense de Futebol Sub 20, os Jogos Escolares Piauienses (JEP´s), o projeto Vôlei Piauí e a organização da delegação para os Jogos Escolares da Juventude compõem as ações mais relevantes no âmbito educacional.

A Copa Estudantil Piauiense de Futebol Sub 20 é um evento de grande sucesso desde a sua primeira edição, realizada no ano de 2005. Em 2006 foi incluída no RankBrasil como o maior campeonato de futebol amador entre municípios do Brasil, quando contou com 153 seleções. Em 2016, 86 seleções municipais participaram do campeonato, com 2.580 atletas inscritos, sagrando-se campeã a seleção de Luzilândia. A realização deste grande evento tornou possível a percepção de que esporte e lazer são bases do equilíbrio social e da cidadania. Esta foi uma iniciativa esportivo-social que pôde oferecer oportunidades e experiências positivas e saudáveis aos desportistas piauienses. A cultura esportiva nacional e piauiense, também, tem o futebol de campo como elemento integrador social por excelência, amenizador de conflitos sociais, aquecedor da economia local e fator de identidade nacional inter-relacionando cada vez mais com seus praticantes.

- Seleções de São Francisco do Piauí e Simplício Mendes (Agosto de 2016)

Os Jogos Escolares Piauienses (JEP´s) de 2016 conseguiram superar as expectativas da organização e também de alunos, professores e familiares dos participantes. Essa iniciativa da Fundespi sintetiza o ponto de encontro entre o complemento curricular da Educação Física Escolar e o processo desportivo que deve ser desenvolvido no contexto da comunidade educativa através de uma metodologia de caráter abrangente, integradora e multidisciplinar. É um evento esportivo desenvolvido em duas etapas: a primeira com estudantes de 12 a 14 anos e a segunda com estudantes de 15 a 17 anos. Em 2016, participaram dos JEP´s 1.500 estudantes das redes pública federal, estadual, municipal e da rede privada de ensino. Foram realizados 181 jogos e 10 torneiros de um total de 14 modalidades esportivas e uma cerimônia de abertura impactante, análoga a eventos de nível nacional que aconteceu nas dependências do Teresina Hall. A realização desses jogos mostrou que as experiências com projetos esportivos educacionais ligados ao esporte mostram que a atividade física é um fator motivador extremamente positivo, integralizador, unificador e de alto poder de inclusão social. Extrapola a esfera da competição esportiva, pois seus resultados são percebidos no dia-a-dia, com maior concentração nas aulas, disciplina nas atividades educacionais evolução cognitiva e psicossocial dos participantes.

Os JEP´s foram realizados para selecionar equipes e atletas para o maior evento esportivo educacional do país – os Jogos Escolares da Juventude. Em 2016, esses jogos aconteceram em João Pessoa, na Paraíba em suas duas categorias (12 a 14 anos e 15 a 17 anos) e o Piauí participou em 11 modalidades. A Fundespi levou 14 dirigentes, 33 técnicos e 273 atletas de 75 escolas piauienses, conquistando 16 medalhas: 6 ouros, 4 pratas e 6 bronzes. O badminton, o judô e atletismo feminino, o voleibol e handebol masculino foram os destaques piauienses desta competição nacional.

- Premiação da equipe de Judô nos Jogos Escolares da Juventude (Setembro de 2016)

O Projeto Vôlei Piauí foi uma iniciativa da Fundespi com a Federação de Esportes Estudantis do Piauí – FEEPI que teve como objetivo integrar o voleibol como atividade esportiva complementar em escolas da rede pública estadual em Teresina, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos alunos através do esporte e incentivando a prática de uma modalidade olímpica que vem crescendo cada vez mais no Brasil.

Com a realização das Olimpíadas de 2016, o Brasil foi a casa de todos os esportes e muitas oportunidades surgiram durante e após esse megaevento. O Vôlei Piauí acredita na formação de alunos/atletas de base como caminho para o sucesso pessoal, educacional e profissional desses alunos e do esporte piauiense. Essa ação foi desenvolvida em 04 núcleos de esporte incubados em escolas públicas estaduais e atendeu a 200 estudantes de 12 a 14 anos. Os princípios dessa iniciativa foram a oferta de iniciação esportiva de qualidade, orientada pelo respeito, amizade, colaboração e integração social saudável, incentivo à pratica do voleibol para novas gerações e a propagação do esporte educacional como agente transformador em comunhão com a vida escolar.

- Atividades do Projeto Vôlei Piauí (Junho de 2016)

ESPORTE PARTICIPAÇÃO
A Fundespi planejou e desenvolveu ações estratégicas, com destaque para o Verão Esportivo no Litoral e as obras de infraestrutura de construção, manutenção e reformas de quadras, estádios e ginásios poliesportivos. O Verão Esportivo no Litoral foi uma iniciativa da gestão de Vicente Sobrinho que objetivou oferecer atividades esportivas e de lazer no litoral piauiense no mês de julho, período de veraneio. Foram organizadas atividades esportivas de futebol de areia, vôlei de areia, atletismo e basquete para cadeirantes.

Quanto às ações de infraestrutura, a Fundespi deu continuidade a vários projetos como a reforma do estádio de futebol Deusdeth Melo. Realizou contratações para reformas dos estádios de futebol do município de São João do Piauí, Monte Alegre do Piauí, Cabeceiras, Campo Largo do Piauí e Campo Maior. Mantém em desenvolvimento a reforma de ginásios e complexos poliesportivos como os de Campo Maior, José de Freitas, Picos e São João do Piauí, a construção da Praça da Juventude em Teresina, das quadras poliesportivas de Monsenhor Gil (Canafístula e Vila Maria) e São João do Piauí. Contratou a construção de estádios de futebol de Buriti dos Montes, Esperantina, Simplício Mendes e Pedro II. A modernização do estádio Joaquim de Felix, no município de Paes Landim está em desenvolvimento, assim como a adequação da acessibilidade do estádio Albertão e a revitalização e reforma do ginásio Verdão, que neste ano de 2017 será entregue à população piauiense.

A construção da primeira etapa da Vila Olímpica de Parnaíba foi concluída e a construção das quadras poliesportivas esteve em desenvolvimento neste ano. Por fim, a sede da Fundespi foi reformada totalmente, oferecendo melhores condições de trabalho aos seus servidores e uma acolhida mais prazerosa, com serviços mais eficazes aos cidadãos e desportistas piauienses.

- Atividades do Verão Esportivo no Litoral, em Luís Correia (Julho/2016)

ESPORTE RENDIMENTO
Foi a manifestação esportiva que importou maior demanda de investimentos financeiros para o seu desenvolvimento no estado. A Volta da Cajuína foi o evento mais importante desenvolvido pela fundação. Dela participaram 400 atletas e foram investidos mais de cem mil reais para sua execução, que envolveu ainda o patrocínio dos vencedores para a Corrida de São Silvestre. Todavia, diversas outras atividades foram desenvolvidas como as seletivas regionais para a Corrida de São Silvestre, cursos de capacitação de arbitragem de futebol, a I Oficina de Esportes do Município de Esperantina-PI.

A aquisição de materiais esportivos diversos para a comunidade piauiense foi outra ação importante desta fundação, com destaque para aquisição de cadeiras adaptadas para basquetebol de cadeirantes. Passagens terrestres e áreas foram as solicitações mais frequentes realizadas pelas instituições esportivas. O investimento em transporte com finalidade de participação de atletas piauienses em competições nacionais e internacionais foi substancial e o apoio a algumas entidades é destaque, como passagens terrestres.

A Fundespi apoiou os atletas José Carlos Gomes Moreira (Codó) e Rodrigo Pereira do Nascimento, que conseguiram índice nos 100 metros rasos para participar das Olimpíadas do Rio 2016, representando o Piauí. Apoiou atletas para participar de competições nacionais e internacionais, a exemplo dos karatecas Francisco Vitor Marcos Delano Soares e João Soares, a equipe feminina Delta Rugby para participar do Super Sevens do Campeonato Brasileiro de 2016, e de 54 capoeiristas piauienses (de Teresina, Picos, José de Freitas, Esperantina, Porto, Matias Olímpio, Luzilândia, São Raimundo Nonato e Oeiras) para participar do VIII Encontro Internacional de Capoeira Raízes do Brasil.

Apoiou inúmeros eventos esportivos, com destaque para a Copa Norte de Futsal, o Troféu Teresina de Basquete em Cadeira de Rodas (Piauí, Maranhão e Ceará), a Copa Cajuína Capoeira (com participantes de 13 estados brasileiros), o Torneio Intermunicipal de Futsal Estudantil Masculino Amador Sub-17 (que contou com 48 seleções), o Campeonato Society Master ‘Vale do Fidalgo’ (com 12 equipes da região), o Projeto Educando com o Berimbau e o VII Encontro Cultural de Capoeira de 2016 (com participação de capoeiristas de cinco estados da federação), a Copa Fundespi Estudantil de Handebol, o VII Circuito de Corridas Farmácia Pague Menos – Etapa Teresina (participaram 1.500 corredores de rua), os Jogos do Interior Estudantil 2016 (handebol) e a Copa Hélio Queiroz de Tênis (equivalente à 4ª etapa do Campeonato Piauiense de Tênis de Mesa).

- Maquete eletrônica do padrão de estádio de futebol tipo II da Fundespi

O apoio às diversas federações esportivas foi significativo e o firmamento de inúmeros convênios proporcionou o incentivo a centenas de atletas a participar das mais diversas competições, locais, regionais, nacionais e internacionais.

A gestão de Vicente Sobrinho também se destacou por inúmeros convênios para a realização de eventos esportivos firmados com as prefeituras de Paes Landim, Campinas do Piauí, Cabeceiras do Piauí, São João do Piauí e Monte Alegre. Também, firmou convênios com associações e federações esportivas para o mesmo fim. Parcerias foram realizadas com a Federação de Jiu-Jitsu, Instituto de Futebol do Piauí, Federação de Handebol do Piauí, Federação de Esportes Estudantis do Piauí, Sindicato dos Árbitros de Futebol do Piauí, Federação Piauiense de Futebol de Salão,
Associação de Atletismo do Piauí, Associação de Pescadores do Coqueiro, Associação de Judô Expedito Falcão, Federação Piauiense de Esportes para Pessoas com Deficiência, Ordem dos Advogados do Brasil, e Federação Piauiense de Boxe Amador.

AÇÕES IMPORTANTES E INOVADORAS
Vicente Sobrinho planejou e deixou em desenvolvimento a constituição da Rede Estadual do Esporte Piauiense que foi pensada para tornar o Piauí um estado de educação, inclusão e potência esportiva, assegurando a democratização do acesso ao esporte para toda a população, independente de classe social, cor, gênero, territorialidade e condição individual, ao longo da vida e, ao mesmo tempo, demonstrar a potencialidade dos atletas, da base à alta performance. Ela visa estabelecer políticas, diretrizes, programas, metas e estratégias, por meio de princípios de fomento e objetivos que assegurem o processo de gestão contínua, democrática e participativa. É resultado da convergência de marcos legais federais e estaduais, considerando como base os debates feitos nas três conferências estaduais e nacionais do esporte, em 2004, 2006 e 2010. Sua concepção foi discutida, elaborada e sua implementação será iniciada ainda em 2017.

Da mesma forma, o Bolsa Atleta é ação prioritária para os dias que se seguem. A criação de um marco legal para a consolidação do programa em 2017 faz parte das expectativas da Fundespi e assim espera fomentar com auxílio financeiro cerca de 70 atletas. O investimento anual será de 630.000,00 para este fim. Também, Vicente Sobrinho projetou o esporte na escola. Em parceria com a SEDUC, objetiva democratizar o acesso à prática e à cultura do esporte de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida de estudantes de escolas públicas estaduais do Piauí. É fundamentado no desenvolvimento de núcleos de esporte educacional no contra turno escolar.

Outra perspectiva planejada por Vicente Sobrinho para 2017 é o desenvolvimento do projeto Capacita. Este planejamento objetiva realizar oficinas de desporto escolar, nas suas diversas manifestações, em municípios do interior do estado e na capital. Foi concebido visando capacitar profissionais da área de esporte educacional para o exercício de suas atividades de forma mais segura, pedagógica, eficiente e educativa. Nele é proposto o desenvolvimento de cursos e palestras para alunos e profissionais de educação física, treinadores e pessoas ligadas ao esporte e ao desporto escolar. Esta iniciativa prevê a distribuição de materiais esportivos, desenvolvimento de torneios e oficinas de desporto nas mais variadas modalidades esportivas com profissionais gabaritados no esporte escolar e de rendimento. O projeto surge pela percepção da significativa carência de acesso a conhecimentos específicos de esporte escolar, que a maioria dos profissionais que lidam com estas atividades têm. Esses profissionais, professores ou técnicos precisam de incentivos, materiais didáticos e de informações para praticar o que temos de mais lúdico e funcional que é o esporte, no desenvolvimento infantil, na adolescência, juventude, vida adulta e senilidade.

Em 2017, a Copa Piauiense de Futebol Sub 20 foi pensada para ter a participação das equipes femininas e o número de inscrições será expandido. Planejamos o incremento de vagas e investimento para participação de estudantes do interior do estado nos JEP´s e todos os eventos do calendário anual da Fundespi serão realizados.

Como algo essencialmente importante para o Estado do Piauí, Vicente Sobrinho entende que para transformar o esporte efetivamente em política de Estado, é necessário o aprofundamento nos vínculos institucionais de forma a estabelecer uma rede de intervenção. Assim, precisamos assimilar a ideia de desenvolvimento de ações de colaboração e cooperação entre o Governo do Estado do Piauí e suas secretarias, fundações e autarquias, demais entidades governamentais e não-governamentais e a iniciativa privada.

Neste contexto, Vicente Sobrinho planejou aumentar o acesso ao esporte em todo o estado, sem distinções de qualquer natureza, promovendo a prática da igualdade, ampliando e modernizando estruturas esportivas, mediante capacidade financeira do estado e articulando-se com os mais diversos setores para a promoção do esporte e disseminação da cultura esportiva nos seus mais diversos níveis.

Seleção de Luzilândia-Campeã da Copa Piauiense Estudantil Sub 20 (Julho de 2016)

FUNDESPI FOI DESTAQUE NA GESTÃO DE VICENTE SOBRINHO:

Referência em concursos no PI · 02/12/2016 às 10h28 | Última atualização em 02/12/2016 às 11h51

Podium é destaque em preparação e aprovação para 'Polícia Militar'; veja


Compartilhar Tweet 1



O Podium Concursos é uma referência em preparação e aprovação em concursos públicos, em especial da Polícia Militar. Só para ter uma ideia, no último concurso da Polícia Militar do Piauí mais de 250 aprovados, das 500 vagas, se prepararam no Podium. Além disso, houve várias aprovações, como o 1º lugar no concurso do INSS, 1º lugar na Polícia Civil.

A história do Podium começou quando os professores Cleiton Coutinho e Ronald Moura, ambos com vários anos de experiência, resolveram se juntar para criar o seu próprio preparatório e construir uma marca reconhecida por focar no resultado de seus alunos.

"O Podium Concursos está hoje com uma equipe de professores mais qualificada e mais competente de toda região do estado do Piauí, Ceará e Maranhão”, afirma o professor Cleiton Coutinho que é professor e diretor da empresa.

ASSISTA AO VÍDEO DO PROFESSOR CLEITON COUTINHO

ALTA CARGA HORÁRIA E PROFESSORES QUALIFICADOS
A carga horária ofertada no Podium Concursos é alta, procurando cobrir todas as disciplinas exigidas no concurso focado. Segundo os proprietários, o preparatório oferta um professor para cada disciplina cobrada, dando ao aluno a oportunidade de se preparar bem e resolver suas dúvidas com cada um deles. O rigor na seleção destes professores é grande, tendo em vista que os próprios donos são professores com fama de excelência.

 

REVISÕES ESSENCIAIS
Mesmo com as aulas e a rotina extensa de estudos noite adentro, é comum persistirem dúvidas na cabeça do concurseiro, principalmente naquele assunto que teima em parecer difícil. O remédio, para essas ocasiões, quase sempre são os famosos bizús. O Podium Concursos costuma fazer revisões extras nos sábados, mas são as grandes “revisões de véspera”, recheadas de bizús, que fazem sucesso.

CONCURSOS EM DESTAQUE
Atualmente o Podium prepara turmas para o concurso da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Piauí, Tocantins, além de 'basicão' para concursos, entre outros, além de específicos.

COMO ENTRAR EM CONTATO COM O PODIUM
O Podium fica localizada na Rua Coelho Rodrigues, 1999, Edifício Di Cavalcante, sala 10, Teresina (PI). O telefone para contato são 3304-5631 e 3304-5633, além do WhatsApp (86) 98885-9669.

A página do Facebook do Podium também está cheio de novidades, clique aqui e fique por dentro de tudo.

CONFIRA OS DESTAQUES DO PODIUM

Ambiente mais moderno · 16/05/2015 às 15h53 | Última atualização em 16/05/2015 às 16h04

Sell Clínica inaugura novo espaço na Avenida Campo Sales. Fotos


Compartilhar Tweet 1



A Sell Clinica inaugurou nesta sexta-feira (15/05) seu mais novo espaço de saúde e beleza. Com fácil localização, ambiente aconchegante e perfeito para seus momentos de cuidados, a nova Sell Clínica está ainda mais moderna, oferecendo o melhor atendimento da cidade com profissionais capacitados e treinados para lhe atender bem.

A inauguração contou com a presença de amigos e clientes. Antes de iniciar o coquetel, todos participaram de um momento de oração, reflexão e agradecimentos.

Para a empresária Patrícia Nunes, a inauguração do espaço era considerada sua principal meta para 2015. A Sell Clinica nasceu há quatro anos. Tudo começou por causa do esposo de Patrícia, Cavalcante Júnior, que era representante de uma marca de cosméticos e precisava de um espaço para divulgar seu trabalho

“Começamos com uma distribuidora de cosméticos, meu marido trabalhava com isso e vi a necessidade de ter um local para mostra esses produtos. Começamos com treinamentos e abrimos nosso primeiro espaço no Parque Piauí em 2010. Nosso segundo espaço foi no Cristo Rei e agora estamos com essa empresa maravilhosa e qualificada para tratar os nossos clientes”, conta a empresária sobre a sua trajetória profissional.

E Patrícia lembra-se, acima de tudo, em ser grata aos seus parceiros e principalmente, a sua clientela. “Quero agradecer muito aos meus clientes, que são mais que isso. Eles são amigos e parceiros que sempre apostaram na Sell. A festa está acontecendo por causa de todos eles, quero agradecer muito mesmo cada um”, declarou.

O time da Sell tem à frente do Salão, Grécia Mendez. Já Laura Soares é a fisioterapeuta responsável pela estética (dermatofuncional). A equipe conta ainda com Dalylla Soares que é psicóloga, a nutricionista Estefane de Souza, além dos fisioterapeutas Rodrigo Gois, Paula Castro e Breno Dias.

PSICOLOGIA
-Psicoterapia
-Psicopedagogia
-Aconselhamento Psicológico
-Orientação profissional

NUTRIÇÃO
-Avaliação e atendimento nutricional
-Reeducação alimentar
-Redução ou ganho de peso
-Tratamento nutricional: obesidade, diabetes, hipertensão, anemia, intolerância alimentar e problemas gastrointestinais
-Dietas personalizadas

SALÃO
-Dia de noiva/ formatura
-Penteados e Make
-Químicas
-Tratamento Capilar
-Depilação
-Banho de lua
-Unhas
-Alongamento de unhas
-Alongamento de cilios
-Design de sobrancelhas
-Micropigmentação: sobrancelhas, olhos e boca

ESTÉTICA
Facial:
-Limpeza de pele
-Peelings
-Clareamento de Acne
- Rejuvenescimento facial

CORPORAL
-Redução de medidas:
-Drenagem Linfática
-Tratamento de celulite
-Lipocavitação

Localizada na Avenida Campos Sales Nº 1859, centro/Norte, a Sell Clinica está no mercado de beleza, oferecendo a você, segurança e a inovação de tratamentos de qualidade.

REPÓRTER: Maycon Carlos

Sobre a Bíblia de Vendas · 15/07/2013 às 08h24 | Última atualização em 15/07/2013 às 12h12

Referência em vendas no PI, Marcelo Barradas faz treinamento no Galaxy


Compartilhar Tweet 1



O maior negociador dos municípios do Piauí, Marcelo Barradas, apresentou o treinamento 'Desafio Vendedor Campeão', baseado no livro 'A Bíblia de Vendas', do autor americano Jeffrey Gitomer.

O treinamento aconteceu no Instituto Galaxy Consultoria e Treinamento no sábado (13/07) e reuniu profissionais do 180graus e Galaxy, que usaram a capacitação para melhorar suas habilidades profissionais. Os treinamentos são um dos pilares para o sucesso no 180graus.

Com o conteúdo dos quatro primeiros capítulos, muita participação e depoimentos, o treinamento foi um sucesso e agregou mais valor aos colaboradores do Grupo Eugênio.

Além de uma prova, o treinamento, que foi aberto pelo diretor geral do 180graus Helder Eugênio, teve dinâmica e troca de informações, fundamentais no processo de aprendizagem.

Para o vendedor Marcelo Barradas, campeão em vendas no 180graus e referência em todo o estado, vender não tem relação com talento ou predestinação, mas sim com a vontade de querer.


'Me sinto honrado em poder compartilhar o que tenho aprendido em vendas'

"Evidentemente que as técnicas são importantes, a teoria ajuda. Ter conhecimentos sobre vendas, estudar os grandes vendedores é fundamental, mas se o vendedor não for apaixonado pelo que faz, vi ficar difícil. E aqui nós somos assim, dedicados e sempre estamos no capacitando para sermos os melhores. Somos apaixonados por vendas, todos, e treinamos muito para chegarmos o topo e sermos campeões. Temos um líder maior, um grande vendedor, Dr. Helder Eugênio, e nos inspiramos nele e seguimos suas orientações. Todos aqui estão prontos para vender, afinal, a gente negocia todo momento em nossas vidas. Estar aqui contanto um pouco mais de minha experiência é muito valoroso, pois sou um exemplo de sucesso como vendedor", comentou Marcelo Barradas, gerente de vendas do 180graus na região Norte do Piauí.

Isabel Ribeiro, coordenadora de Municípios, Lídia Brito, repórter e Élida Machado, gerente de vendas da região Sul, comentaram sobre o grande treinamento ministrado por Marcelo Barradas. Para as três, foi unânime a enorme quantidade de benefícios e aprendizados adquiridos com a capacitação.

"O treinamento sobre A Bíblia de Vendas foi excelente! Foi uma oportunidade para lembrarmos coisas que já sabíamos e conhecermos um novo olhar sobre a melhor forma para atender bem", disse Isabel Ribeiro.


Isabel Ribeiro ficou em 1º lugar no treinamento sobre vendas

"Vender é uma atividade diária em qualquer profissão que você atue. A todo momento você se ver obrigado a negociar e a dialogar com as pessoas. Por isso, a Bíblia de Vendas é uma ferramenta importante para que qualquer profissional, mesmo que não seja da área de vendas, possa desenvolver essa habilidade tão importante para o sucesso, que é a negociação", comentou a jornalista Lìdia Brito.


Lídia Brito, repórter de Política, compõe o time da Redação há 5 meses

"Eu estou assumindo agora um novo desafio no 180graus que é ser a gerente de vendas da região Sul do Piauí. Assim, o treinamento do Marcelo Barradas foi muito proveitoso para que eu possa me desenvolver mais, aprender novas técnicas. Nós todos estamos de parabéns por termos um profissional tão capacitado para nos orientar", destacou Élida Machado.


Élida, que é jornalista, é um exemplo da importância dos treinamentos em vendas

As vendedoras Thalita Madeira e Paula Farias receberam das mãos do diretor Helder Eugênio prêmios em dinheiro pelas metas batida ao longo da semana.


Vendedoras de sucesso bate metas e ganha prêmios

 

Durante o treinamento Equipe Vitória ,5 foi vencedora do desafio de vendas e ganhou 05, pontos para a disputa do iPhone, que será sorteado entre os seis melhores colocados na pontuação final do treinamento, que ser´composto de três etapas.


Kerollayne Oliveira, Daniel Silva, Paula Farias, Amanda Lima, Paula Santos e Lídia Brito

A gerente Financeiro Camila Carvalho e Rhayara Pontes, assistente na Gráfica180, simularam uma situação de compra e venda e se saíram muito bem. Camila interpretou uma vendedora e Rhayara uma empresária.

Sucesso total! · 12/06/2013 às 12h35 | Última atualização em 12/06/2013 às 14h22

I Congresso de Negociação é realizado pelo Instituto Galaxy


Compartilhar Tweet 1



No último sábado, (08/06), aconteceu num dos auditórios do Atlantic City, em Teresina, o I Congresso de Negociação, que reuniu um público de cerca de 600 pessoas. O evento foi foi uma realização do Instituto Galaxy e trouxe palestrantes renomados, conhecidos nacional e internacionalmente, como Márcio Miranda, Edilson Lopes, Paulo Angelim e Carlos Hilsdorf.

CONFIRA A COBERTURA COMPLETA DO CONGRESSO

O congresso foi voltado para advogados, arquitetos, decoradores, compradores, vendedores, médicos, juízes, jornalistas, corretores de imóveis, gerentes, empresários... Afinal de contas, todo mundo negocia tudo hoje em dia!

Auditório do Congresso de negociação lotado

A gerente executiva do Instituto Galaxy, Jéssyca Lages, abriu oficialmente o evento. Em seu discurso, ela destacou a dedicação do instituto na realização do congresso. "Estamos aqui para tornar cada um dos senhores faixa-preta em negociação e para isso trouxemos os melhores treinadores do país", disse ela.

Gerente Executiva do Instituto Galaxy, Jéssyca Lages

 

Com o apoio de mídia do 180graus e TV Antena 10, e patrocinado pela Caixa Econômica Federal, Governo Federal, Jotal, Guia de Imóveis e Sebrae, o Congresso encantou a todos que estavam presentes.

A Gerente Executiva do Guia de Imóveis, Lorenna Ribeiro, patrocinadora do evento, destacou a importância do dia para o mercado de vendas do estado do Piauí. "O dia 08 de junho foi um marco na historia da negociação do Piauí, para mim e para toda a equipe do Guia de Imóveis, é uma honra ter patrocinando este grande evento", evidenciou a gerente.


Gerente Executiva do Guia de Imóveis, Lorenna Ribeiro

marcio-1-600x80w.jpg

Márcio Miranda proferiu palestra com o título 'Negociando para ganhar'. Empresário de sucesso, reconhecido no meio empresarial, é um verdadeiro homem de negócios, expert em negociação e administração gerencial.

Márcio Miranda

Segundo ele, todas as pessoas negociam o tempo todo e, para isso, cada profissional ou mesmo cidadão comum precisa se preparar para este momento. "O que você negocia? no casamento? O que é valor para você? Para o grande negociador, todos estes conceitos devem ser bem claros para que os resultados possam ser obtidos", comenta o palestrante.

edilsonlopes-600x80w.jpg

Edilson destacou que dentro de cada um existe um diamante. "Vocês são os responsáveis por fazer acontecer, vocês podem fazer diferente a partir de hoje em casa venda, em cada negociação", disse o palestrante.

ary-1-600x361w.jpgEdilson Lopes

Edilson destacou que dentro de cada um existe um diamante. "Vocês são os responsáveis por fazer acontecer, vocês podem fazer diferente a partir de hoje em casa venda, em cada negociação", disse o palestrante.

paulo-7-600x80w.jpg

Paulo Angelim debateu sobre 'Negociação de imóveis'. Arquiteto, tratou sobre crescimento pessoal (motivação) associando ao mercado imobiliário.

ggg-3-600x450w.jpgPaulo Angelim

Paulo falou sobre como negociar para imóveis. Durante duas horas o palestrante mostrou características inerentes aos negociadores de sucesso. Ele finalizou mostrando que cada vendedor deve sempre se motivar para alcançar o topo, alcançar o sim.

 

“É no topo que cada um merece estar, e você, como vendedor de sucesso, deve sempre permanecer onde estão os grandes vendedores. Faça a diferença, seja o seu milagre”, pontuou Paulo Angelim.

carlos-6-600x80w.jpg

E para fechar em grande estilo o I Congresso de Negociação, Carlos Hilsdorf debateu o tema 'Estratégias para conquistar, manter, encantar e fidelizar clientes'. Economista, pós-graduado em Marketing pela UFG, autor de vários livros e consultor de empresas, Hilsdorf é considerado o mais carismático e um dos mais requisitados palestrantes do país.

Carlos Hilsdorf

Segundo ele, fidelizar clientes é o principal desafio dos vendedores. Ainda de acordo com ele, a sociedade vive um período que ele chama de Era da Convergência. “Na sociedade que nós vivemos o que era individual passou a ser grupal. O individuo deve estar preparado para viver com essas dificuldades”, declarou.

sorteio-600x80w.jpg

Durante o evento houve o sorteio de prêmios. Logo após a primeira palestra foram sorteadas seis assinaturas da revista Venda Mais, em seguida, após o retorno da pausa para o almoço, houve o sorteio de um ipad, durante a tarde foi sorteado R$ 1 mil reais em combustível, e finalizando teve o sorteio de uma moto zero quilômetro.

all8-1-600x400w.jpgGanhadores da assinatura da revista Venda Mais

Ganhador do iIpad

Ganhador de mil reais em combustível

motocicla-600x450w.jpgGanhador da moto zero quilômetro

VEJA MAIS FOTOS DO EVENTO

abr-600x250w.jpg
Cerimonialistas, Jhone Sousa e Aralice Carvalho

ajhg-600x400w.jpg

avf1-600x434w.jpg

az1-1-600x450w.jpg

dscn7514-600x450w.jpg

img9359-3-600x450w.jpg

aa3-3-600x364w.jpg

aggt-600x377w.jpg

all3-1-600x375w.jpg

dscn7648-600x450w.jpg

dscn7706-600x450w.jpg

dscn7840-600x450w.jpg

sorteio-600x80w.jpg

all8-1-600x400w.jpg
Ganhadores da assinatura da revista Venda Mais


Ganhador do ipad


Ganhador de mil reais em combustível 

motocicla-600x450w.jpg
Ganhador da moto zero quilômetro

credenciamento-600x80w.jpg

dscn0986-600x450w.jpg

img8931-600x450w.jpg

img8954-2-600x450w.jpg

img8956-2-600x450w.jpg

ak-4-600x299w.jpg
Jhussyele Reis, Hada Ferreira, Janaína Santos, Rhayara Pontes, Karine Santana, Catarina Nascimento, Larissa Félix, Paula Santos, Mayara Dias, Lorenna Ribeiro, Emanuele Amorim, Jéssyca Lages, Camila Carvalho, Talita Madeira, Dalylla Soares, Élida Machado, Amanda Lima, Ana Virlânia, Litssi Lima, Raisa Brito, Andréia Sousa, Apoliana Oliveira e Allana Sousa

ak1-2-600x396w.jpg
Márcio Lima, Fábio Carvalho, Jhone Sousa, Marcelo Barradas, Vitor Sousa, Daniel Silva, Luan Moura, Pedro Augusto, Ricardo Castelo Branco, Eriomar Serra e Carlos Alberto