180graus

Servfaz - 10/12/2012 às 17h36

Servfaz: uma empresa que investe no potencial dos seus colaboradores

A Servfaz é uma empresa piauiense que tem no crescimento profissional de seus colaboradores sua principal missão. Atuando há dois anos na prestação de serviços, qualificou, incentivou e apoiou colaboradores a descobrir e utilizar melhor suas competências.

Para Valquíria Araújo, psicóloga e Coordenadora de RH, o principal objetivo é valorizar os que fazem a empresa. “O colaborador Servfaz é, acima de tudo, um profissional de alta estima elevada. Um colaborador proativo. Focado nas necessidades do cliente, estimulado e consciente de sua participação para o crescimento de seu campo de atuação.

É neste sentido que a empresa realiza uma série de cursos e treinamentos internos que visam aperfeiçoar a mão de obra que ela coloca no mercado, a exemplo do curso de Preparo de Alimentos, ministrado para as merendeiras contratadas da Servfaz que atuam em escolas da rede municipal de ensino de Teresina. Uma destas profissionais foi Elizete Silva Batista, de 28 anos, que trabalha na Escola Municipal H. Dobal. Em depoimento ao final do curso, a merendeira afirmou que aprendeu técnicas de reaproveitamento de alimentos, por exemplo, que nunca tinha ouvido falar, mas que, de agora em diante, iriam fazer parte do seu dia a dia na cozinha da escola, entendendo a importância disso para a economia dos recursos e melhor atendimento dos alunos, que podem contar com porções mais nutritivas e bem maiores.

Iniciativas como estas movem a Servfaz . Por isso, se afirma que o negócio da Servfaz é administrar competências. Formar, gerir e aplicar competências para atender demandas de clientes das mais diversas áreas, nos setores público e privado.

Contando com entusiasmadíssima equipe de colaboradores, a carteira de clientes da Servfaz é formada por escolas, hospitais, faculdades, tribunais entre outros. Em comum, entre esses clientes é que todos abrigam funcionários da Servfaz , além de bem treinados, entusiasmados, satisfeitos com a função que exercem porque a empresa tem preocupação, a cada nova contratação, de descobrir potenciais humanos e aplicá-los onde sejam realmente necessários.

Este trabalho de recrutamento de mão de obra é realizado por uma equipe de psicólogos especializada, por meio da aplicação de testes de competências. Este procedimento dá a todos, empresa, colaboradores e clientes a segurança necessária para o sucesso do trabalho que será desenvolvido.

Ser uma empresa de recursos humanos. Isto por si só, já diz muito do corpo profissional e de como deva ser administrado esses recursos. Compreendendo-se, ainda que não é tarefa fácil atender com presteza e eficiência as exigências de um mercado de trabalho em constante transformação.

Sabe-se que são muitos os postos de trabalho abertos, ociosos de mão de obra qualificada, sendo o grande responsável pelo crescimento dessa oferta o momento econômico favorável que vive o país. Então, a conta é muito simples: não basta as empresas somente estarem inseridas num contexto econômico favorável, pois o desenvolvimento de qualquer organização depende de seus colaboradores, é nas mãos da equipe profissional que repousa o sucesso de qualquer negócio.

A Servfaz , como legítima empresa de recursos humanos segue à risca essa equação, entendendo sua obrigação em colocar no mercado somente aquele profissional que tenha condições reais de contribuir com o crescimento do cliente. Sem esta sinergia, não se efetiva a missão da Servfaz .

"Temos uma filosofia de trabalho muito clara e simples na Servfaz : profissional bom é profissional motivado. Essa motivação, esse entusiasmo pelo trabalho é percebido por nós logo na entrevista de emprego. Buscamos atrair pessoas que compreendam a importância do seu trabalho dentro das necessidades dos nossos clientes, porque para nós não existe trabalho menos ou mais importante, existe trabalho. E é imprescindível que todos tenham seu valor reconhecido dentro de qualquer organização. É nisso que acreditamos! Trabalhamos com gente, gente é o nosso negócio", finaliza Valquíria Araújo.


Fonte: Fotos: Jone Clay Macedo

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Dr. Igor Martins
UNIMED - DIGA 33
Últimas Notícias
10h17 Noite da Prefeitura Municipal no Festejo de São João Batista 10h13 Informativo da 6ª Companhia Independente 10h08 'Problema do país não é culpa minha', desabafa Wesley Safadão ao doar cachê de show 10h03 Informação da 6ª Companhia Independente 09h57 Operador ligado a Temer admite ter recebido R$ 1 milhão pela Engevix 09h41 Série Crônicas de um Espírito Amigo: A Modernidade 09h38 A terceirização é uma porta aberta à corrupção, confirma desembargador 09h36 Folha do Governo do Estado saltou de R$ 17 para R$ 300 milhões em 15 anos 09h32 Médicos do PI decidem suspender o atendimento a partir de terça (28/06) 09h19 Quatro adolescentes serão julgados por estupro coletivo em Bom Jesus 09h03 Jovem é assassinado ao tentar separar briga em uma festa 06h32 Morador tenta apagar Tocha Olímpica com jatos d’água 06h25 Walkiria Estarley, da banda Farra da 'Gordinha', passa mal e é internada 00h35 Prefeito Gilson inaugura UBAS e entrega 32 casas em João Costa 00h10 Curso de Capacitação para Merendeiras do Município de Itaueira 23h33 Festejos Junino de Itaueira abre as festividades com um público recorde 23h16 Icasa leva um saco de gols da Associação Atlética de Altos 21h19 Maçonaria de União solidariza-se com vencedores de concurso 20h57 Desatenção levou brasileiros a caírem no antidoping, diz especialista 20h57 Instituto Butantan começa a testar vacina contra a dengue em todo o país 20h56 Primeiro-ministro italiano vai à França discutir saída do Reino Unido da UE 20h54 Brexit: partido português quer a realização de referendo no país 20h53 Papa Francisco visita memorial do genocídio na Armênia 20h52 Reino Unido deve dar o primeiro passo para deixar UE, diz Merkel 20h51 Lâmpadas incandescentes não poderão ser vendidas no Brasil a partir do dia 30

Contratamos designer gráfico

Mais Lidas


    Enquete

    Escândalos de corrupção têm sido cada vez mais frequentes no noticiário. Pagamentos de propina à nível nacional envolvem até políticos do Piauí. Você acha que ainda tem jeito pro Brasil?

    Total de Votos: 241

    Válida de 16/06/2016 a 23/06/2016

    180graus no Instagramno Instagram

    sunset