Geral

Votação feita por Veja · 19/03/2014 - 12h14

Guilherme Leão é eleito o segurança mais bonito do metrô de SP

Modelo alcançou 76% dos 18 624 votos computados e desbancou o galã da Linha Amarela


Compartilhar Tweet 1



Ele se tornou uma webcelebridade instantânea depois que uma foto sua passou a circular na internet. Milhares de pessoas compartilharam a imagem e muitas prometeram aderir ao transporte público só para poder vê-lo. No Instagram, o site de venda de moda Dafiti, para o qual já posou como modelo, postou: "Se você não vai passar pela estação da Sé hoje, não tem problema, o #segurançadometro Guilherme Leão também está em nossa sessão de roupas masculinas". Até a própria companhia de transporte lançou nessa terça (18) a campanha: "Seguranças do metrô não são só bonitos. Eles são treinados em técnicas de imobilização, primeiros socorros e atendimento ao público".

Em suma: nas últimas 48 horas a vida do agente de segurança do metrô de São Paulo Guilherme Leão sofreu uma reviravolta.

Aos 22 anos, com 1,87 metro de altura, 80 quilos e um belo par de olhos verdes, Guilherme viu uma foto sua publicada pelo blogueiro Hugo Gloss ser curtida por mais de 44 000 pessoas. Uma outra postagem, feita pelo perfilGina Indelicada, agradou mais de 160 000 internautas. Apesar da fama repentina, a beleza do jovem já é comentada há algum tempo pelos colegas de trabalho. No metrô, ganhou o apelido de "modelo" tantos são os comentários, xavecos, investidas e fotografias que são tiradas dele por usuárias todos os dias na estação da Sé. Morador de Artur Alvim, na Zona Leste, ele trabalha na companhia há um ano e meio, desde que retornou de uma temporada na China, onde relata ter trabalhado como modelo. Atualmente, concilia as duas profissões, mas sonha em deslanchar no meio artístico.

Em uma enquete feita por VEJASÃOPAULO.COM, Guilherme disputou com outro galã dos trilhos, o agente de atendimento da Linha Amarela Rodrigo Nogueira, o posto de segurança mais bonito. Os participantes o escolheram com 76% dos votos. Confira a seguir um bate-papo com ele:


Fonte: Com informações de Veja SP