Geral

Saiba como funciona! · 17/04/2013 - 20h09

Empresa lucra com aluguel de namorados falsos no Facebook

Namoro Fake está no ar desde janeiro deste ano e conta com 10 mil clientes cadastrado


Compartilhar Tweet 1



O exibicionismo das pessoas na internet e a vontade de alguns de causar ciúmes em namorados, ex-namorados ou ficantes motivaram o empreendedor Flávio Estevam, 32, a criar o site Namoro Fake e alugar namorados virtuais falsos para interagir com usuários do Facebook.

O empresário também é criador do site Amigo Fake, onde as pessoas recebem elogios para fazer marketing pessoal e turbinar sua carreira ou vender produtos, por exemplo.

O Namoro Fake está no ar desde janeiro deste ano e conta com 10 mil clientes cadastrados. Desses, 20% já contrataram o serviço do Namoro Fake mais de uma vez. É possível escolher entre os pacotes ficante, ex-namorado (a), namorado (a) virtual e namorado (o) top.

A diferença entre eles é o número de comentários e o período que serão postados (dias ou semanas). A duração dos planos varia de três a 30 dias. O número de postagens também varia de três a 30 comentários do falso namorado ou ficante na página do contratante no Facebook.

Os preços vão de R$ 10 (por um ficante de três dias e com três comentários) a R$ 120, no caso do pacote namorado (a) top, (para uma mulher ou homem considerados com uma beleza fora do padrão postar cinco comentários durante cinco dias). O pagamento é feito por cartão de crédito.

O pacote mais vendido é o de ficante, que também é o mais barato. O empreendedor conta que alguns clientes compram duas ou três vezes ao mesmo tempo esse pacote. A maioria (45,9%) dos clientes é homem e solteiro. Há, ainda, o grupo de homens comprometidos que querem causar ciúmes na parceira. Eles somam 27%. O restante (27,10%) é de mulheres.

"Eles escolhem garotas para dar em cima deles na rede social e dispensar uma delas para os amigos acompanharem os diálogos. Coisas de homem", diz Estevam.

O empreendedor teve a ideia de criar o Namoro Fake ao observar os perfis dos usuários do Facebook e a experiência de um amigo. Ele conta que o amigo queria causar ciúmes na ex-namorada e postava comentários sobre um caso que estava tendo com outra mulher na sua própria página no Facebook.

Os comentários não surtiram tanto efeito porque nem a ex-namorada e nem os amigos acreditaram muito. Foi quando ele teve a ideia de pedir para uma amiga se passar pela nova ficante e escrever um comentário confirmando a versão dele na rede. O negócio deu certo e o amigo conseguiu reatar o namoro.


Fonte: Com informações do Uol