Geral

Dicas importantes · 12/02/2010 - 07h00

Como fazer uma mulher ejacular. Deixe sua gata louca!

Como fazer uma mulher ejacular. Deixe sua gata louca!


Compartilhar Tweet 1



um orgasmo que libera líquido lubrificante em abundância. Como isso ocorre? Dentro da vagina existem muitas glândulas, que liberam antes e durante o ato sexual, um liquido que lubrifica as paredes da vagina, para que seja mais agradável a penetração. O que acontece é que às vezes, libera muito antes da penetração e aí, na hora, a mulher pode se sentir seca ou libera pouco nas preliminares e na hora do orgasmo, ela pode “ejacular” esse liquido todo de uma vez.

É interessante, mas o squirt não é fácil de conseguir, porque não depende só do jeito e técnica, depende do organismo de cada mulher. Normalmente, o líquido é liberado de acordo com as contrações que essa mulher sente na hora do orgasmo, tem que haver contrações muito fortes e, claro, tem que ter líquido para sair.

Em resumo, para haver um squirt é necessário:

- Que a mulher consiga juntar bastante líquido, e isso não depende apenas dela. Depende de o organismo gerar e reter esse líquido;

- O pênis do homem não ser tão grande que precise usar sempre esse líquido constantemente para lubrificação;

- O orgasmo dessa mulher precisa ser muito, mas muito intenso, para haver contrações que estimulem as glândulas a expulsarem o líquido.

A técnica é a mesma que se usa para estimular o Ponto G (ler artigo aqui). Se introduz dois dedos e em movimentos de vai e vem, você estimula o orgasmo do Ponto G e as glândulas de Skene podem ejacular. Outras mulheres, só com o orgasmo clitoriano, ejaculam. Umas ejaculam pouco, em jatinhos, outras escorrem o líquido em excesso. Com algumas, não acontece nada, porque muitas mulheres não conseguem atingir o orgasmo pelo Ponto G.

Agora, vou avisando, nem toda a mulher gosta desse tipo de penetração, desse tipo de “sacanagem”, porque muitas não querem ser como atrizes de filmes pornôs, nem serem comparadas, vai muito da cabeça de cada uma. Outras conseguem com muita facilidade e gostam. Ou seja, vai de cada uma.

Existem mulheres que não gostam de sexo oral, que só querem ter orgasmos vaginais, ou seja, é muito complexa a sexualidade humana. Se sua namorada ainda é meio presa ou inexperiente, eu acho que você deve começar aos poucos, explicando o que gosta e o que quer, ir seduzindo ela para proporcionar-lhe prazer. Sexo é muito íntimo e cada um gosta de um jeito. Só existe dois jeitos para ir liberando o prazer: conversando ao pé do ouvido e ir fazendo para ver até onde pode chegar as coisas.

Na hora das preliminares, percorra o corpo dela e sinta as sensações que você proporciona. Qualquer um sabe diferenciar um gemido de bom, pra um gemido de ruim, um “pára agora” de um “ai,paaara, vai...”.

Sexo é assim, não existe receita de bolo, exige intimidade, cumplicidade e vontade de fazer o outro feliz.

Por isso que eu sempre digo, melhor saber cinco posições bem feitas, que atinjam o orgasmo para ambos, do que 1001 posições, porque não vai saber agradar em nenhuma.

Só para finalizar, eu procurei um vídeo para demonstrar a técnica do squirt, mas era pornô. E nem era o problema em ser, sabe, era como o homem fazia, era meio estilo harcore (exagerado, parecia que machucava). Não gosto do sexo dos filmes pornôs de hoje, porque parece que todo homem é tarado e toda mulher é boneca inflável, e nesse vídeo, tratava o sexo como algo assim, o que sinceramente, eu não acho. E ainda pior quando tratam o sexo apenas como sacanagem. É por isso que muitas mulheres se retraem em seus desejos, porque não querem passar essa sensação de prostitutas, que estão lá apenas para satisfazer o macho que se diverte com o corpo dela. Por isso a atenção, carinho, compreensão nas menos experientes é tão necessário.

Claro que todo mundo gosta de ter e dar prazer, mas com zelo, cuidado com quem você ama e acima de tudo, respeito pelos sentimentos e vontades.