180graus

IV MEDLAB - 24/10/2014 às 06h57

Teresina sediará o IV Congresso de Medicina Laboratorial (MEDLAB)

Iniciará na próxima semana, entre os dias 3 de outubro e 01 de novembro, o IV Congresso Meio-Norte de Medicina Laboratorial (MEDLAB). O evento estará este ano em sua 4ª edição e já se consolida como o maior evento de medicina laboratorial da Região Meio-Norte e será realizado no Centro de Convenções Atlantic City.

A Programação do Congresso será formada por palestras, incluindo diversos temas da Medicina Laboratorial; minicursos teóricos; cursos práticos; mesas redondas; e apresentação de trabalhos científicos. Este ano, a grande novidade fica por conta da implantação de dois novos eventos paralelos, o I Encontro em Ciências Farmacêuticas e o I Encontro de Gestão e Qualidade Laboratorial, além da III Feira de Tecnologia, Produtos e Equipamentos Laboratoriais.

O IV MEDLAB receberá nomes importantes da área, como o Dr. Ulisses Tuma, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC); e o Dr. Marco Antonio Zonta, membro do Novacyt-Conseil Scientifique (Paris-France).

O Congresso organizado pelo grupo GPI, será presidido pelo professor de Farmácia da Universidade Federal do Piauí, Dr. Rivelilson Freitas e proporcionará aos seus participantes o envio de trabalhos orais e banners, onde os vencedores terão oportunidade de publicar seus artigos na Revista Geum.

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas pelo site www.gpicursos.com/medlab

Publicado Por: José Vilmore

Canabinoides proibidos - 22/10/2014 às 06h23

Portaria proíbe uso de 14 substâncias à base de canabinoide sintético

Causou certo receio entre os familiares dos pacientes que necessitam do uso do Canabidiol, a nova Portaria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, publicada nesta segunda-feira, proibindo o uso de 14 substâncias à base de canabinoide sintético. O receio deve-se ao medo de um endurecimento e não de flexibilização por parte da Agência, para a importação dos derivados da Cannabis.

As famílias de pacientes portadores de epilepsia grave, vem já há algum tempo pleiteando a liberação da importação do canabidiol, uma substancia derivada da maconha, mas sem efeito alucinógeno. Estas famílias, relatam que com o uso do produto chegam a ter uma diminuição do número de aproximadamente 50 crises diárias para apenas uma ou duas crises epiléticas.

Pela Resolução 63/14 publicada na edição de segunda do Diário Oficial da União, 14 novas substâncias passam a ter uso e comercialização proibidos no Brasil, porém, segundo a Anvisa, todas sem qualquer utilidade terapêutica.

A Anvisa até que vem liberando a importação do canabidiol, mas segundo as famílias, para um reduzido número de pacientes, em relação aos que necessitam da substância. Até o dia 13 de outubro a Agência havia recebido 167 pedidos de importação do Canabidiol (CBD) para uso pessoal, por meio do pedido excepcional de importação de medicamentos de controle especial e sem registro no Brasil.

Dos 167 pedidos encaminhados à Agência, 113 foram autorizados, dez aguardam o cumprimento de exigência pelos interessados e 39 estão em análise pela área técnica. O prazo médio das liberações é de uma semana. Ocorreram, ainda, quatro arquivamentos de processos por interesse da família ou caso de falecimento de paciente, logo após a entrada do pedido na Agência.

O pedido de excepcionalidade é necessário porque medicamentos sem registro no País não contam com dados de eficácia e segurança registrados na Anvisa. Neste caso, cabe ao profissional médico a responsabilidade pela indicação do produto, especialmente na definição da dose e formas de uso.

Os procedimentos para a importação da substância sem a necessidade de demandas judiciais estão publicados no Portal da Anvisa. Confira o link mais orientações para importação: http://s.anvisa.gov.br/wps/s/r/cTr3

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Farmácia Hospitalar - 20/10/2014 às 06h41

1° Simpósio de Farmácia Hospitalar em Oncologia

Hospital São Marcos promoveu neste sábado, dia 18/10, o 1° Simpósio de Farmácia Hospitalar em Oncologia com o tema “O papel do farmacêutico na segurança do paciente oncológico”, evento que foi muito prestigiado por farmacêuticos hospitalares de diversos hospitais da capital.

Palestrante vindo de Recife e Rio de Janeiro ministraram palestras na área de biossegurança em quimioterapia, seguimento farmacoterapêutico, protocolos de biossegurança e cuidados paliativos, com vista a aprimorar a participação do profissional no seguimento.

A atividade do farmacêutico na farmácia hospitalar é uma das áreas da profissão que mais cresce no Estado e já emprega um grande número de profissionais, pois, além de representar uma grande fonte de economia de recurso para os hospitais, é também um dos grandes indicadores de garantia de qualidade de serviços e principalmente segurança para os pacientes.

Durante o evento foram também instaladas no Estado representações da Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar (Sbrafh) e da Sociedade Brasileira de Farmácia Oncológica (Sobrafo), integrando os profissionais que atuam na área aqui no Piauí, com os profissionais dos demais centros do país.

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Farmácia e sociedade - 14/10/2014 às 06h18

Farmamil participa da VI Ação Criança em Parnaíba

Galaxy

A Farmácia Farmamil, localizada em Parnaíba – PI, além de um serviço de saúde voltado para o uso correto de medicamentos, sempre teve como diferencial, a participação em atividades sociais voltadas a comunidade onde está inserida. Campanhas de vacinação, de orientações para o uso correto de medicamento, um site atualizado com informações sobre saúde e uma busca constante de aproximação cada vez mais estreita com a sociedade, sempre fizeram parte das atividades da farmácia.

Neste domingo 12/10, dia da criança, a Farmamil apoiou e participou, em cooperação com várias outras instituições, o VI Ação Criança promovida pela Associação Cultural Balança mas não Cai que aconteceu no Centro Estadual de Educação Profissional Ministro Petrônio Portela (CEEP),Parnaíba - Piauí.

O VI Ação Criança proporcionou várias atividades voltadas para o público infantil, da comunidade do Bairro São Benedito. Danças, teatro, apresentação de talentos da comunidade, serviços de saúde, brincadeiras , oficinas de ciências e pintura entre outras , que fizeram momentos especiais; com a participação dos alunos Técnicos em Análises Clínicas e em Enfermagem da instituição.

Entendemos que proporcionar qualidade de vida para população, é também, participar e contribuir com os eventos importantes em nossa cidade. A Farmácia Farmamil não é apenas um estabelecimento comercial e sim uma Unidade de Saúde que sempre participa e promove ações sociais na cidade de Parnaíba, relatam os farmacêuticos Dr. Kleber Aurélio e Dra. Aline Véras Aurélio.

Publicado Por: José Vilmore

Medicamentos similares - 13/10/2014 às 06h08

Medicamentos similares poderão ser intercambiáveis a partir de 2015

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, na quinta-feira (09/10), a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) Nº 56/2014, que trata sobre a Certificação de Boas Práticas para a realização de estudos de Biodisponibilidade/Bioequivalência (BD/BE) de medicamentos.

Os medicamentos similares que obtiverem a nova certificação poderão ser oferecidos pelos farmacêuticos como opção aos medicamentos de referência, prescritos pelo médico. Hoje, esta prática, chamada de intercambialidade, é aceita apenas com os genéricos. A partir da comprovação da bioequivalência dos medicamentos similares, será possível a prática da intercambialidade, na hora da venda, com a garantia de mesma qualidade do de referência. É mais uma opção que estará disponível ao consumidor.

A norma define que os estudos de BD/BE para fins de registro e pós-registro de medicamentos devem ser realizados em centros de pesquisa certificados. Até o fim deste ano, os fabricantes de similares devem apresentar os mesmos testes de equivalência que os genéricos para comprovar que funcionam, no organismo, como os de referência. Os interessados em obter nova certificação sem interrupção da continuidade com o certificado em vigor deverão protocolar a petição entre 270 e 180 dias antes do vencimento do certificado.

Acreditamos que, principalmente para a pequena indústria nacional, receber a nova certificação da Anvisa é de grande interesse. Dessa forma, podem agregar mais valor aos produtos e ganhar mais força no mercado.

Outra novidade da nova certificação é o prazo de validade, que foi alterado para dois anos, a partir do vencimento do certificado anterior. Também foi publicada a Instrução Normativa (IN) Nº 9, que aprova o roteiro de inspeção nos centros.

As Boas Práticas são um conjunto de medidas que devem ser adotadas pelos centros de pesquisa, a fim de garantir a qualidade e a conformidade dos estudos. Os estudos se BD/BE comparam os parâmetros farmacocinéticos ou farmacodinâmicos entre o medicamento teste e o medicamento de referência ou comparador.

Intercambialidade

A intercambialidade do similar foi uma proposta lançada pela Anvisa, no fim de 2013. Em janeiro deste ano, o então ministro Alexandre Padilha (Saúde) lançou a ideia de que os similares passassem a ser identificados com o símbolo "EQ" na embalagem algo para contrapor o "G" que identifica os genéricos.

Além disso, o então ministro disse que defenderia que os similares também tivessem um preço reduzido predeterminado, da mesma forma como acontece com os genéricos que, por lei, devem custar até 65% do preço cobrado pelo medicamento de referência.

Confira a RDC Nº 56/2014 e IN Nº9/2014 no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte: Comunicação CFF

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Carregando, por favor aguarde...
Últimas Notícias
13h29 Novo tratamento promete resolver suor em excesso sem dor. Conheça! 13h29 Encerra programação do percurso da tocha olímpica nas escolas de JF 13h17 Reconheça 8 armadilhas na hora de comprar imóvel na planta 13h10 Disque Eleições funcionará sábado e domingo de eleições das 7 às 19 horas 13h09 Técnico do Barça confirma estreia de Luis Suárez contra o Real Madrid 13h08 Ex-BBB Vanessa sensualiza em fotos só de roupão e calcinha; amplie! 13h06 Polêmica real: ex-stripper irá se casar com príncipe da Suécia 13h05 Confira 44 concursos públicos abertos em todo país; salários de até R$ 25 mil 13h05 Melão dá dica de sedução e diz que já foi parada pela PF com algema 'sexy' 13h00 Ministro do TSE nega pedido de Dilma para suspender veiculação da ‘Veja’ 12h45 Leia íntegra da matéria de 'Veja' que traz depoimento de Alberto Youssef 12h36 Plantão - Justiça suspende atividades hoje e retorna na quarta 12h15 TIM incentiva uso de dados com compartilhamento grátis 12h08 Prefeitura de Teresina reforçará a frota de ônibus na eleição de domingo (26) 11h58 Após 'abandono' e bronca da mãe, Medina diz que vai ficar na água até o fim das baterias 11h41 Rubinho dá sua versão para saída e agradece a Galvão e Globo 11h38 Escolas municipais de Oeiras recebem camapanha educativa realizada pela prefeitura 11h36 Prefeitura de Oeiras realizada campanha educativa nas escolas da rede municipal 11h33 Igreja lota na 1ª novena dos festejos de São Benedito,na noite desta 5ª (23/10) 11h32 Diferentes formas de atingir o orgasmo além da penetração 11h30 Aprenda fazer um strip-tease sensual sem cair no ridículo 11h24 Barça confirma Suárez, mas não adianta se desde o início com Messi e Neymar 11h18 Secretaria de Saúde de Simões promove palestra de prevenção ao câncer de mama e de útero 11h07 Motoristas participam de carreata nos festejos de São Benedito 11h00 Juiz concede prazo de 20 dias para Eletrobras melhorar fornecimento de energia em Barras