180graus

XXXVIII ENEF - 24/07/2015 às 06h43

Teresina sediará o XXXVIII Encontro Nacional de Estudantes de Farmácia (ENEF)

Iniciará amanhã (25/07) em Teresina o XXXVIII Encontro Nacional de Estudantes de Farmácia (ENEF), e nesta edição, terá como tema: " Formando profissionais indispensáveis à saúde, a partir da reconstrução da educação farmacêutica" que levanta questionamento a cerca da formação do profissional farmacêutico, frente as problemáticas da saúde publica, a valorização da categoria e necessidade da consolidação do SUS.

O Encontro Nacional de Estudantes de Farmácia (ENEF) é o ápice do Movimento Estudantil de Farmácia (MEF), sendo o espaço mais amplo e plural de discussão, formação e de deliberação. Nele se debate e define os rumos do Movimento para o tempo que vem, além de ser um momento de síntese do que acontece no Movimento Estudantil durante todo um ano.

O ENEF agrega estudantes de todo o Brasil, para discutir e elaborar proposições acerca das questões pertinentes aos estudantes de Farmácia. O XXXVIII ENEF ocorre entre os dias 25 de Julho à 01 de agosto de 2015 na Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Fonte: UFPI

Publicado Por: José Vilmore

Doenças raras - 22/07/2015 às 17h34

Doenças raras: ainda existem poucos medicamentos disponíveis para tratamento

Qualquer doença crônica que atinja um número inferior a 65 indivíduos para uma população de 100.000 pessoas, é considerada como uma doença rara.

As doenças raras têm muitas causas, sendo que 80% delas são de origem genética, e 20% são desenvolvidas por infecções bacterianas e virais, alergias ou causas degenerativas, que podem ser decorrente de alimentação deficiente, erros genéticos, uso excessivo de medicamentos, estilo de vida entre outros.

Segundo organizações especializadas, existem aproximadamente 7.400 doenças raras conhecidas, onde, cerca de 65% destas, se manifestam na faixa etária dos 0 aos 5 anos de idade.

O dado mais preocupante é que 95% das doenças, não tem tratamento e, para que se tenha uma melhor qualidade de vida, demandam cuidados especializados de reabilitação. Em 2% destas doenças, os pacientes poderiam ser beneficiados por medicamentos que embora já existam, não despertam o interesse em produzi-los, devido aos custos elevados e beneficiar apenas um pequeno número de pacientes, sendo conhecidos por medicamentosórfãos.

Em aproximadamente 3% das doenças raras, medicamentos utilizados para tratar outras enfermidades, podem aliviar e diminuir os sintomas. Por despertar pouco interesse devido ao pequeno número de pacientes, estima-se que apenas 350 medicamentos foram aprovados pela FDA para estes tipos de doenças.

 

Publicado Por: José Vilmore

Medicamentos com orientação - 17/07/2015 às 11h10

Farmacêuticos e alunos de farmácia da UnB orientam pacientes sobre medicamentos.

A Unidade de Farmácia Dispensação do Hospital Universitário de Brasília (HUB), por meio de uma parceria com o Ministério da Saúde e com a Secretaria de Saúde, é responsável pela distribuição de medicamentos gratuitos do componente estratégicos a pacientes da rede pública de saúde.

Os medicamentos do componente estratégicos são distribuídos de forma ambulatorial, para o tratamento como: leishmaniose, malária, doença de Chagas, esquistossomose, HIV/Aids, profilaxia de doenças oportunistas (prevenção de outras doenças para pacientes com Aids), tuberculose, hanseníase, tabagismo, talidomida, epidermólise bolhosa e diabetes (insulinas glargina, detemir e ultra rápida).

A dispensação de medicamentos do HUC dispõe de um serviço de orientação farmacêutica, onde os farmacêuticos do programa tiram dúvidas e prestam orientações sobre como usar os medicamentos, alertando sobre possíveis efeitos adversos e as condutas a serem adotadas caso surjam.

O serviço é realizado em salas reservadas e somente no ano passado, a unidade atendeu 29 mil pacientes, uma média de 2,4 mil por mês. Este ano, até maio, já foram 12 mil usuários beneficiados. A maioria busca o serviço para tratar diabetes e receber insulinas.

Geralmente estes medicamentos são de custo elevado e de dispensação privativa de órgãos governamentais, e podem trazer, como efeitos colaterais, trazer sérias complicações à saúde, o que leva a necessidade do monitoramento profissional.

Em outras situações, alguns destes medicamentos possuem efeitos colaterais desagradáveis, que trazem desconforto, previsíveis e esperados, mas que não trazem malefícios ao organismo, mas que, se não reconhecidos pelo pacientes como parte do tratamento, levar ao seu abandono.

Fonte: Portal G1.DF

Publicado Por: José Vilmore

Zica - 13/07/2015 às 06h30

Zika vírus suspeito de causar síndrome de Guillain-Barré (SGB)

O Zika vírus (ZIKAV) é um arbovírus do gênero Flavivírus, isolado em 1947 na floresta de Zika na Uganda, o que deu a sua denominação. Na natureza, o mesmo infecta macacos, que são considerados seus reservatórios silvestres, embora outros hospedeiros reservatórios ainda não tenham sido excluídos.

O principal modo de transmissão é por meio do mosquito Aedes aegypti, o mesmo vetor da dengue e da chikungunya, embora exista descrição na literatura científica da ocorrência de transmissão ocupacional em laboratório de pesquisa, perinatal (da mãe para o recém-nascido) e sexual.

A febre pelo vírus Zika é uma doença pouco conhecida e sua descrição está embasada em um número limitado de relatos de casos e investigações de surtos. Segundo estes estudos, somente 18% das infecções humanas resultam em manifestações clínicas com sintomas da doença.

Quando aparecem os sinais e sintomas mais comuns são: são exantema maculopapular (aquelas manchas na pele), febre baixa, dor nas articulações, dor muscular, dor de cabeça e hiperemia conjuntival não purulenta e sem prurido (vermelhidão dos olhos sem pus e sem coceira), enquanto edema, dor de garganta, tosse, vômitos e haematospermia (sangramento na ejaculação) foram relatados com menor frequência.

Os sintomas geralmente desaparecem espontaneamente após 3-7 dias. Recentemente, foi proposta uma possível correlação entre a infecção ZIKV e síndrome de Guillain-Barré (SGB) em locais com circulação simultânea do vírus da dengue . Durante o surto de ZIKAV na Micronésia foram diagnosticados 40 casos de SGB e na Polinésia Francesa 53 casos, e recentemente em algumas capitais do nordeste brasileiro, principalmente Salvador – BA, sugerindo a relação do ZIKAV no aumento de ocorrência de SGB, nessas complicações neurológicas.

Fonte: http://www.saude.ba.gov.br/

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
PL 4135/2012 - 30/06/2015 às 21h49

PL garantirá direito de usuários de medicamentos e economia de recursos pelo SUS

1º de julho poderá ser um dia de grande importância para os usuários de medicamentos dispensados pelo SUS.

Espera-se que seja votado na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei (PL) nº 4135/2012, alterando a Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, para tomar obrigatória a assistência de técnico responsável na assistência farmacêutica realizada no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), Projeto este de autoria da Senadora Vanessa Grazziotin -PcdoB/AM.

O PL tem a relatoria do Deputado Júnior Marreca, que já deu parecer favorável, por “não implicação da matéria com aumento ou diminuição da receita ou da despesa públicas, não cabendo pronunciamento quanto à adequação financeira e orçamentária do PL nº 4.135/12 e dos PL's nºs 2.459/11 e 3.569/12, apensados”.

A aprovação da Lei se faz necessária, já que dados apontam que o gerenciamento da logística de medicamentos absorve 20% dos recursos financeiros da saúde; 90,3% dos municípios apresentaram problemas na gestão de recursos ou serviços de assistência farmacêutica. Em 71% dos municípios brasileiros foi constatada falta de controle de estoque ou sua deficiência, em 39% condições inadequadas de armazenamento, e falta de medicamentos em 24%. Dados apontam que 28% de todos os atendimentos de emergência estão relacionados ao mau uso de medicamentos e, desses, 70% correspondem a situações evitáveis, enquanto 24% deles resultam em internação hospitalar. Em pronto atendimento hospitalar, foi encontrada prevalência de 31,6% a 38,2% de consultas de urgência ligadas a medicamentos.

Dados disponíveis no DATASUS demonstram que, apenas no ano de 2013, podem ter ocorrido entre 1,2 milhão e 3,2 milhões de internações de urgência ligadas a problemas relacionados aos medicamentos. Isto considerando um universo de aproximadamente 48 milhões de atendimentos de urgência e emergência e 11 milhões de internações de urgência naquele ano, a um custo médio de R$ 1.135,26 por usuário, por internação. O custo total das hospitalizações pode ser estimado entre R$ 1,3 bilhão e R$ 3,6 bilhões, somente em 2013. Assim, numa avaliação conservadora, a economia de recursos poderia ser de até R$ 2,5 bilhões ao ano, somente com hospitalizações, se 70% desses problemas, considerados evitáveis, fossem realmente evitados.

Fonte: CFF

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Carregando, por favor aguarde...
LIKE HR
WX - Village Leste
meu blog 2
WS Construtora - Alto das Palmeiras
Inocoop Recanto das Palmeiras
VAL PRAEIRO HELICONIA
Mirante da Mota Machado
DREAM PARK ABC
THREVO PIATZ
Últimas Notícias
07h32 'Poderosos e partido do governo' se beneficiavam de esquema, diz delator 07h09 Confiança dos brasileiros na política desaba no ano de 2015, aponta Ibope 06h36 Messi posta foto ao lado de Neymar e comemora: 'bom nos encontrarmos' 06h10 Santos ganha 'verba de F. Anderson' e fecha 6 patrocínios para pegar o Fla 05h56 Vanderlei Luxemburgo comanda coletivo e repete formação com três volantes 05h28 Dorival elogia Paulo Ricardo e explica saída de Thiago Maia do time titular 05h19 Gastos de Silas Freire com assessorias de imprensa chamam atenção 05h04 Diego Costa e Cahill estão bem para Super Copa da Inglaterra, diz Mourinho 04h56 Ricardo Gomes prevê 'frio na barriga' em estreia como técnico do Botafogo 04h33 Larissa Manoela se inspira em Gloria Pires para fazer gêmeas na TV 04h05 ONU 'atingiu objetivo central' da missão para resposta de emergência ao ébola 04h03 FHC afirma que Dilma é "honrada" e diz ser contra uma suposta prisão de Lula 03h55 Corinthians recusa vice-artilheiro da Série B e dá responsabilidade a Tite 03h39 Ronaldinho só deverá atuar 45 minutos em estreia pelo Flu; Fred é vetado 03h25 Kangaço está de volta na despedida das férias com Mara Pavanelly. Foto! 03h02 Santos negocia com volante do Atlético-PR e anima Dorival Júnior 03h01 BrVox/LUIS CORREIA: Ex-prefeito lidera intenções de voto 02h56 Irmão de Zé Roberto quer tri com vôlei sentado no Parapan: 'Não há plano B' 02h33 'Ficaremos mais à vontade no 'Tomara que caia'', diz Johnson após mudanças 02h16 River treina em Imperatriz com Carlinhos, Fabinho e Thiago Dias na formação inicial 02h09 CBF promete que dará apoio à Zico em sua candidatura a presidência da FIFA 02h09 Desembargador Ribamar Oliveira recebe processo da GENPP contra decisão do TCE-PI 02h04 Eletrobras Piauí só investiu 15,4% do orçamento previsto para o ano de 2015 01h15 1ª dama de Vila Nova e diretora do CAMPI de Picos conclui curso de mestrado em saúde da família 01h15 Técnicos de Vigilância de Lagoa do Barro participaram do lançamento “Projeto Roda de Conversa”.