180graus

Intoxicações domésticas - 26/05/2015 às 16h37

Quando o perigo pode está em nossas casas

Os envenenamentos acidentais no ambiente domestico são mais comuns do que se imagina. Nossas casas possuem um arsenal de substâncias químicas que devem ser monitoradas e guardadas em um local seguro e de difícil alcance, principalmente das crianças e animais domésticos.

Solventes, inseticidas, raticidas, materiais de limpeza ou até mesmo embalagens vazias destes produtos, tornam-se potencialmente fatais se estiverem ao alcance das crianças.
Os medicamentos utilizados pelos familiares ou pela própria criança representam a principal causa de intoxicações no país. Produtos de higiene pessoal, como perfumes, desodorantes corporais, antissépticos bucais, também são responsáveis por um grande número de intoxicações.

Outro local das residências que possuem grande potencial para intoxicações são os jardins. Segundo o Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox), 60% dos casos de intoxicação por plantas tóxicas no Brasil ocorrem com crianças menores de nove anos e que 80% deles são acidentais. Muitas plantas consideradas medicinais ou utilizadas como amuletos, tais como: comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia seguinte), pinhão roxo (Jatropha gossypifolia), cachorro-pelado (Euphorbia tirucalli), entre outras, são extremamente tóxicas. O mesmo ocorre com algumas plantas ornamentais, copo-de-leite (Zantedeschia aethiopica), coroa de cristo (Euphorbia milii) e a espirradeira (Nerium oleander), não devem ser cultivadas em ambientes com crianças. A esperradeira por exemplo, mata rapidamente por parada cardíaca.

Para se prevenir, siga os conselhos do farmacêuticos, Dr. Kleber Aurélio, que alerta através do seu blog no Jornal da Parnaíba:
• É muito importante explicar às crianças o risco de tomar remédios sem ter sido dado por um adulto a alertá-las para o perigo de provar ou mexer nestes produtos.
• Nunca se refira a medicamento como “um bombonzinho”. Diga sempre que é remédio.
• Procure se informar para conhecer o significado dos símbolos existentes nos rótulos.
• Não tome e nem dê medicamentos às escuras e não exceda as doses prescritas pelo seu médico.
• Lembre-se de que os perfumes, águas de colônia e loções para a barba geralmente são soluções alcoólicas que podem causar intoxicações. Guarde em segurança e em locais de difícil acesso, assim como as bebidas alcoólicas.
• Guarde sempre os medicamentos e outros produtos químicos (produtos de limpeza, pesticidas, tintas, querosene, diluentes) fora do alcance das crianças.
• Leia as instruções de aplicação com cuidado e aplique os produtos dentro das regras de segurança, principalmente quando usar pesticidas, produtos corrosivos e vernizes.
• Não utilize embalagens vazias para guardar outros produtos, guarde-os nas suas verdadeiras embalagens. Feche as embalagens e guarde os produtos imediatamente após o uso. Não deixe abandonadas embalagens de pesticidas destapadas, vazias ou vasilhas com resto dos mesmos.
• Não aplique raticidas, naftalina ou outros pesticidas em locais acessíveis às crianças.
• Não ponha produtos de uso doméstico junto a comidas ou bebidas.
• Não dê embalagens vazias às crianças para brincar.
• Não deixe as crianças brincarem com sementes de plantas desconhecidas, pois existem muitas plantas que provocam a morte quando ingeridas.
• Não tenha plantas tóxicas em casa ou no jardim.
• Não apanhe cogumelos frescos, pois muitos também são tóxicos.

No caso dos medicamentos sempre procure a orientação do farmacêutico. Tire suas dúvidas com o farmacêutico, pois ele é o profissional de saúde formado e capacitado, para lhe orientar sobre o uso correto dos mesmos e principalmente a maneira como eles devem ser conservados, como também muitas outras informações. Jamais se esqueça de informar sobre o uso de outros medicamentos, pois a combinação de um ou mais medicamentos podem causar um envenenamento.

Em casos de intoxicações, manter a calma é muito importante. Não se precipite e entre em desespero.

Em caso de ingestão de um produto intoxicante procure o serviço de saúde o mais rápido possível, não perca tempo em tomar medidas caseiras, como dar leite e outros métodos. Isso só tende a agravar a situação. Tenham em mãos os telefones úteis, tais como o do serviço de saúde mais próximo e do corpo de bombeiros, e ao levar o intoxicado ao serviço médico, leve também a embalagem do produto ingerido. Pois desta forma o trabalho da equipe de saúde será facilitada e as medidas a serem tomadas serão mais rápidas e consequentemente ocorrerá o sucesso do tratamento do intoxicado.
Dr. Kleber Aurélio (Farmacêutico)
http://jornaldaparnaiba.com/intoxicacoes-ou-envenenamentos…/

Fonte: Jornal da Parnaíba

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Influenza - 25/05/2015 às 15h12

Piauí prorrogará vacinação contra a gripe até o dia 05 de junho

O Piauí está entre as doze unidades da Federação que prorrogaram a campanha de contra a gripe. Segundo dados do Ministério da Saúde apenas 38,6% dos grupos prioritários receberam a dose. A meta do governo é imunizar 80% do público-alvo – pessoas com mais de 60 anos, crianças com idade entre 6 meses e 5 anos incompletos, indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, a população carcerária, profissionais de saúde e os que atuam no sistema prisional, além de doentes crônicos.

A campanha que encerraria hoje, ficará prorrogada no Distrito Federal, em Goiás e São Paulo, até o dia 3 de junho. No Rio de Janeiro, Ceará, Piauí, em Alagoas, Pernambuco, Bahia (fora a capital) e Santa Catarina, a nova data prevista para o encerramento é 5 de junho. Em Salvador - BA, a data foi prorrogada imunização contra a gripe vai até 30 de maio, mesma data prevista para o encerramento da campanha no Pará. Já no Espírito Santo a vacinação acontece até o dia 9 de junho.

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano – A (H1N1), A (H3N2) e influenza B. O período de maior circulação da gripe no Hemisfério Sul vai do final de maio a agosto. Após a aplicação, o corpo leva de duas a três semanas para gerar a proteção contra a gripe.

A dose é contraindicada para pessoas com histórico de reação anafilática em doses anteriores ou aquelas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Medicamentos em números - 21/05/2015 às 22h47

Medicamentos falsificados: mantenha-se vigilante

Estima-se que entre os anos de 2000 a 2007, em média, 100 mil pessoas morreram anualmente no mundo em decorrência do uso de medicamentos ilegais.

A movimentação financeira gerada, no ano de 2010 , pelos medicamentos falsificados chegam a US$ 75 bilhões em todo o mundo. Somente no Brasil a perda anual de arrecadação com impostos com medicamentos contrabandeados chega a R$ 2,5 bilhões de reais.

Calcula-se que 20% dos medicamentos consumidos no Brasil são ilegais, contra 10% da média mundial. O crescimento com a venda de medicamentos ilegais foi, entre os anos de 2000 e , foi de 800% e já se tornaram os produtos mais pirateados e que geram a maior fonte de lucro para os contrabandistas. Para se ter uma ideia, 50% dos medicamentos comercializados na internet são pirateados.

A maior segurança para o usuário e comprar medicamentos sempre em farmácia e exigir SEMPRE a nota fiscal. Procure sempre pelo farmacêutico, a assistência por este profissional é um direito do cidadão e garantido por Lei.

Fonte: Rede Press

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Aedes aegypti - 17/05/2015 às 22h00

O Aedes aegypti: vetor de perigosas doenças

Primeiro foi a dengue, tipo I, classica, depois vieram as do tipo II, tipo III e a tipo IV, e agora, além destas já conhecidas, vivemos sob a ameaça de uma série de doenças transmissíveis e que, todas elas possuem o mesmo vetor: o Aedes aegypti.

O nome já demonstra que o mesmo é persona non grata por onde chegue. O termo a?d?s vindo do grego "odioso" e ægypti do latim "do Egito" é a nomenclatura taxonômica para o mosquito que é popularmente conhecido como mosquito-da-dengue ou pernilongo-rajado. É uma espécie de mosquito da família Culicida (primo da nossa muriçoca) e proveniente da África e atualmente, distribuído por quase todo o mundo, com ocorrência nas regiões tropicais e subtropicais.

Para se desenvolver, dependente da concentração humana no local, motivo pelo qual, está bem adaptado a zonas urbanas, mais precisamente no entorno do domicílio humano, onde consegue reproduzir-se e pôr os seus ovos em pequenas quantidades. Ao contrário da prima, a muriçoca que se reproduz em qualquer poça d´água, o Aedes necessita de água limpa, isto é, pobres em matéria orgânica em decomposição e sais (que confeririam características ácidas à água), que preferivelmente estejam sombreados e próximo da sua futura fonte de alimento, o sangue humanos. As fêmeas, para realizar hematofagia, podem percorrer até 2.500 metros quadrados (algo como uma área de 50 x 50 metros), podendo ir bem mais além, carregada pelos ventos.

Além de vetor da já conhecida dengue, também transmite outras doenças graves como, a febre amarela, a febre zika e a chicungunha e, por isso mesmo, o controle das suas populações é considerado assunto de saúde pública.

O Aedes aegypti se encontra ativo e pica durante o dia, ao contrário da muriçoca que tem atividade mais crepuscular e matutina. O Aedes aegypti tem como vítima preferencial o homem e não faz praticamente nenhum som audível antes de picar. Mede menos de 1 centímetro; é preto com manchas brancas no corpo e nas pernas.

O seu controle é difícil, por ser muito versátil na escolha dos criadouros onde deposita seus ovos, que são extremamente resistentes, podendo sobreviver vários meses até que a chegada de água propicie a incubação. Uma vez imersos, os ovos desenvolvem-se rapidamente em larvas, que dão origem às pupas, das quais surge o adulto. Como em quase todos os outros mosquitos, somente as fêmeas se alimentam de sangue para a maturação de seus ovos; os machos se alimentam apenas de substâncias vegetais e açucaradas.

Por se adaptar bem a vários recipientes, a expansão deste mosquito a partir do seu habitat original foi rápida. O Aedes aegypti foi introduzido na América do Sul através de barcos provenientes de África. Nas Américas, se admite que sua primeira colonização sobre o Novo Mundo ocorreu através dos navios negreiros no período colonial junto com os escravos. Houve casos em que os barcos ficaram com a tripulação tão reduzida que passaram a vagar pelos mares, constituindo os "navios-fantasmas".

No Brasil, o Aedes aegypti havia sido erradicado na década de 1950; entretanto, nas décadas de 1960 e 1970, ele voltou a colonizar esse país, vindo dos países vizinhos que não haviam conseguido promover a sua total erradicação.

O Aedes aegypti está presente nas regiões tropicais de África e da América do Sul, chegando à Ilha da Madeira, em Portugal e ao estado da Flórida, nos Estados Unidos. Nessa zona, o Aedes aegypti tem vindo a declinar, graças à competição com outra espécie do mesmo gênero, o Aedes albopictus. Este fato, porém, não trouxe boas notícias, uma vez que o A. Albopictus é também um vetor da dengue, bem como de vários tipos de encefalite equina. Mas, no Brasil, o único que transmite a Dengue é o A.aegypti.

E a competição entre as duas espécies ocorre devido ao fato de a fêmea do A. Aegypti se acasalar tanto com o macho de sua espécie, quanto com o macho do A. Albopictus que é mais agressivo e, sendo de outra espécie, gera ovos inférteis, reduzindo assim a população de A. Aegypti.

A melhor forma de combatê-lo é a educação da população para a eliminação dos locais utilizados como criadouros, uma vez que, em sua grande maioria, estão no interior das residências e fora do alcance do poder público.

Fonte: Site da dengue

Publicado Por: José Vilmore

Tópicos
Campanha 5 maio - 06/05/2015 às 10h07

Uso racional de medicamentos é tema de ação do CFF, na Câmara

Organizada a partir de uma proposta da deputada Alice Portugal (PCdoB/BA), a ação do CFF está sendo promovida, pelo segundo ano consecutivo, na Câmara dos Deputados, em comemoração ao Dia Nacional Pelo Uso Racional de Medicamentos (05 de maio). Além da aferição de pressão arterial e dosagem de glicemia capilar, a consulta farmacêutica também está sendo realizada pelos profissionais.

A intenção é orientar usuários, promover o uso seguro e o descarte correto de medicamentos, e informar sobre os riscos da automedicação. Neste primeiro dia, foram atendidos parlamentares, funcionários e visitantes. Entre as pessoas que compareceram ao estande estavam Antônio Carlos Vieira, 45 anos, que nunca havia aferido a pressão arterial e não tinha informações sobre os riscos da automedicação.

A madrinha do evento, Alice Portugal (PCdoB/BA), comprovou que está com a saúde em dia, após o atendimento. “Como farmacêutica, tenho que parabenizar o CFF, nas pessoas do seu presidente, Dr Walter Jorge João, dos diretores e de todos os conselheiros federais, pela ação. O farmacêutico também é o profissional que entende do medicamento e atividades assim são esclarecedoras e essenciais para a saúde da população brasileira. Assim como é essencial que a Lei 13.021/14 pegue no Brasil, pois ela trouxe farmácia à condição de estabelecimento de saúde e estabelecimento de assistência farmacêutica, com a presença permanente de um farmacêutico. A luta foi grande, mas conseguimos. É uma grande conquista para a saúde da população, temos, agora, que lutar para que ela seja cumprida”, comentou a Deputada.

No Piauí
No Piauí as faculdades de farmácia também fizeram eventos de esclarecimentos a população para o uso racional de medicamentos. A FACID/DeVray, professores e alunos de farmácia aproveitaram o E-Day, realizado pela faculdade e fizeram a campanha no estande do curso de farmácia. Os professores, funcionários e alunos da UFPI fizeram a campanha no ambulatório do Hospital Universitário, com palestras e distribuição de folders . Outras faculdades do estado, por motivo do calendário de aulas, planejam fazer o evento em data posterior.

Fonte: CFF

Publicado Por: José Vilmore

Carregando, por favor aguarde...
WX - Village Leste
WS Construtora - Alto das Palmeiras
VANITY SANDRA SILVA
VAL PRAEIRO HELICONIA
VANITY SANDRA SILVA
DREAM PARK ABC
Inocoop Recanto das Palmeiras
THREVO PIATZ
Mirante da Mota Machado
Últimas Notícias
03h30 Instituto Butantan busca voluntários para teste da vacina contra a dengue 03h05 Mãe de Dilma é internada com sintomas de isquemia, diz Planalto 03h01 Câmara aprova fim da reeleição para prefeitos, governadores e presidente 02h56 TCU barra primeiro leilão de gasoduto da Petrobras 02h33 Lava Jato questiona maior empreiteira do país sobre esquema de propinas 02h10 Dilma não se decidiu sobre veto ao fim do fator previdenciário, afirma Temer 02h04 Finalista: Flamengo na raça passa pelo Panahyba e classifica para a final 01h53 Jovens saem para tirar fotos e são sequestradas e violentadas no Piauí 01h50 MP denuncia quatro pessoas por falsificação e fraude a licitação 01h43 PF entra em investigação contra Fifa e visita sede de parceiro da CBF 01h41 Fogo em frente à Delegacia de Castelo do Piauí após quatro garotas estupradas 01h27 Prefeito Tintin confirma as atrações que animarão o XIX Festival Junino de NSR 01h26 Dilma afirma que investigação policia na Fifa vai 'beneficiar o Brasil' 01h06 Novo equipamento que estimula os nervos diminui tempo de cirurgias no HUT 00h59 Vândalos ateiam fogo em biblioteca municipal e caixa do Banco do Brasil de Porto Piauí 00h39 William Travassos é o novo apresentador do bloco de notícias do 'Gugu' 00h21 Gravação de pegadinha de Gugu com Luiz Bacci acaba na polícia 00h04 Anitta se declara solteira e dispara: 'Quisesse estaria namorando uns 30' 23h50 Prefeitura de Avelino Lopes promove grande evento de Cidadania 23h50 Governo admite PIB menor em 2016 e mínimo R$ 1 mais alto, em R$ 855 23h30 Governo inicia plenárias do Plano Plurianual no mês de junho 23h20 Prefeita Dra Salete participa da XVIII Marcha dos municípios à Brasília 23h16 Milhares de pessoas recebem vacina contra a gripe em Porto Piauí 23h05 Cruzamento na Homero Castelo Branco sofrerá intervenção a partir desta quinta 23h04 MEC assegura polos da UFPI em Oeiras e Esperantina
SA CAVALCANTE RIO POTY
SEU IMOVEL NA DANTAS
HR like
Tire sua habilitação na Servemplac
BRISA SUL - BOA VISTA
Mirante da Mota Machado

Enquete

Sem o pagamento integral do reajuste previsto para o mês de maio, os Policiais Militares ameaçam paralisar suas atividades integralmente, enquanto o governo negocia o parcelamento do reajuste. Você acha correto que os policiais cruzem os braços?

Total de Votos: 47

Válida de 27/05/2015 a 03/06/2015

Mais lidas

    VAL PRAEIRO
    CONTE ENGENHARIA - ENCONTRO DOS RIOS
    AGUAS DE TIMON
    WS Construtora Recanto das Palmeiras
    SA CAVALCANTE RIO POTY
    SEU IMOVEL NA DANTAS
    Inocoop - Recanto das Palmeiras
    Mirante da Mota Machado
    Tire sua habilitação na Servemplac
    WX - Village Leste
    Inocoop Recanto das Palmeiras
    AGUAS DE TIMON
    Mirante da Mota Machado
    Imobiliaria
    VAL PRAEIRO HELICONIA
    BRISA SUL PISCINA
    VANITY SANDRA SILVA
    CONTE - ENCONTRO DOS RIOS
    AGUAS DE TIMON

    180graus no Instagramno Instagram