180graus

Mundial de Formula 1 - 03/04/2016 às 10h58

Sem unanimidade, decisão sobre novo modelo de classificação é adiada






Antonio das Neves - Peritos Associados
comserv

A área em frente ao prédio da torre de cronometragem do Circuito de Sakhir ficou lotada de jornalistas e câmaras de TV neste domingo, ainda há pouco, horas antes da largada da segunda etapa do campeonato - a corrida começa ao meio dia (horário de Brasília). Todos queriam saber dos personagens que aos poucos começavam a sair se haviam, finalmente, chegado a um acordo. Pauta do encontro: discutir um novo formato para a sessão de classificação.

“Não, não houve unanimidade. Combinamos de cada um estudar um modelo de disputa e apresentar na próxima reunião, quinta-feira”, afirmou Jean Todt, presidente da FIA.

O sistema adotado pela primeira vez na F-1 no GP da Austrália, no dia 19 de março, e repetido ontem, no Circuito de Sakhir, não agradou quase ninguém na F-1 e mesmo entre os fãs da competição. Depois do choque em Melbourne, com a pista vazia no final do Q3, quando todas as atenções deveriam estar na luta pela pole position, lá mesmo, no Circuito Albert Park, representantes das equipes, Todt e Bernie Ecclestone, promotor do Mundial, decidiram, por unanimidade, não adotar aquele modelo na definição do grid de ontem, segunda etapa do calendário.

Mas nos dias seguintes Christian Horner, da RBR, e o representante da McLaren, expressando a opinião de Ron Dennis, sócio e diretor, mudaram de ideia. Na sua visão, o formato experimentado na Austrália tinha aspectos interessantes. Eles propunham um ajuste, apenas. Nesse formato, os pilotos vão para o Q1 e depois de 7 minutos o mais lento é eliminado. O mesmo ocorre a cada 90 segundos. A sistemática vale para o Q2, após 6 minutos, e no Q3, ao final do quinto minuto.

Ecclestone não falou com a imprensa, hoje. Toto Wolff, da Mercedes, disse: “Podemos até mesmo manter o atual formato se não houver acordo”. O austríaco, chefe e sócio da equipe Mercedes, é um dos críticos mais ferozes do modelo em uso, apesar de seus pilotos terem estabelecido primeiro e segundo tempo nas duas sessões realizadas.

“Eu assisti ao treino dos boxes e não entendia muita coisa. Vi volta lançada não valer nada, como no caso de Perez (largará em 18.º), um entra e sai de piloto dos boxes, confuso demais.” Niki Lauda, seu sócio, também comentou: “Eu imagino quem está em casa, vendo a TV. Eu procurei acompanhar e me perdi, não faz sentido. As coisas têm de ser mais simples”.

Para mudar o formato atual é preciso que todas as equipes concordem, bem como Ecclestone e Todt. Paul Hembery, diretor da Pirelli, comentou o que Todt havia adiantado. Ficou acertado que esses quatro dias antes do próximo encontro servirão para todos apresentarem suas propostas. E também expressou não saber se haverá um consenso, a exemplo do que aconteceu até agora.

O grupo permaneceu reunido por quase duas horas e como não houve acordo quanto a voltar ao sistema antigo ou às emendas propostas ao usado na Austrália e ontem, a saída foi fazer com que cada um apresente, então, o que considera melhor para a F-1. Na realidade, para si. Todt praticamente descartou a possibilidade de a definição do grid ser a mesma usada até o GP de Abu Dabi do ano passado.

Se não houver unanimidade, de novo, quinta-feira, no encontro com local ainda não definido, provavelmente até a classificação do GP da China, dia 16, as coisas não deverão se mexer. E nesse caso a F-1 apresentaria no Circuito Internacional de Xangai o mesmo espetáculo que não agrada quase ninguém. Em tom de brincadeira, Toto Wolff, falou: “Se surgir alguém contra a ideia de mudar o que vimos deveríamos sacrificá-lo publicamente no paddock”.

Fonte: Com informações do Globo Esporte

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Vem pro Podium
Teresina Participativa
Vem pro Podium!
Vem pro Podium
Vem pro Podium!
PM TO - Vem pro Podium!
Cadastre-se
PM BA - Vem pro Podium!
Vem pro Podium
Últimas Notícias
15h15 Temer troca comando do Ministério da Justiça; Torquato Jardim assume 15h14 Novo ministro da Justiça foi advogado de Hugo Napoleão 14h17 Estadão: quem defende eleições diretas é turvo ou oportunista 13h33 Bandidos explodem Bradesco em Conceição do Canindé 11h18 Conheça 15 músicas que são ideais para ouvir durante o sexo 11h16 Sexo frequente é segredo para relação duradoura, diz estudo 11h11 Games para Nintendo Switch e 3ds serão distribuídos oficialmente no Brasil 11h09 Atlético Vermelhense vence por 11 x 7 Seleção de Matias Olímpios e se torna Campeão em NSR 11h07 Conheça o menino de 10 anos que é um prodígio da maquiagem 10h53 Piauiense Sub 19: Tiradentes vence o 4 de Julho e lidera grupo do campeonato 10h48 Jovem se dedica sonhando com o ouro no Brasileiro de Judô 10h47 Grupo de amigas promove comemoração do dia das mães 10h44 Indígena de apenas 11 anos é revelação mundial nos esportes aquáticos 10h36 Prejuízo do Ministério da Cultura com depredação e vandalismo supera R$ 200 mil 10h33 Festa das mães é realizada em Pimenteiras 10h32 22 filmes brasileiros receberão apoio de R$ 15 milhões após realização de edital 10h28 Edital prevê abertura de cinemas em cidades sem salas 10h22 Thomaz Costa posta foto com Lari Manoela e deixa fãs intrigados 10h16 Ritmo coreano vira febre entre jovens do mundo inteiro; confira 10h12 Whindersson Nunes se aproxima de Katy Perry e Taylor Swift no Youtube 10h11 Em evento do PT, Ciro Nogueira, mesmo ausente, é vaiado, em 2018 Wellington terá que conversar muito 10h08 Muito emocionado, Raul Gil manda recado para Marcelo Rezende 09h56 Piauí vai receber o 'Arraiá da Inclusão' com programação especial para junho 09h46 'Folha de SP' aponta que maioria no Congresso Nacional é contra diretas 09h41 Semana de Conciliação Trabalhista fechou mais de 18 mil acordos em 2017

Vem pro Podium
Vem pro Podium!
Vem pro Podium
Vem pro Podium!
Teresina Participativa

Mais Lidas

    Podium - Professores Dir. Constitucional

    Enquete

    Você aprova a decisão da CCJ do Senado em diminuir as vagas para deputados piauienses?

    Total de Votos: 913

    Válida de 2017-04-06 17:08:00.0 a 2017-04-30

    Suas ideias podem melhorar Teresina
    Vem pro Podium!
    Podium - Professor Atualidades

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional